quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Mauro Riquicho com suspeita de fractura do tornozelo

Fotos: Record


O capitão leonino Mauro Riquicho, em jogo disputado esta tarde no Estádio Aurélio Pereira, na Academia Sporting, e em que os leões defrontaram e venceram o Leixões por 3-1, apenas pôde dar o seu contributo ao Sporting B até ao minuto 62, quando uma violenta entrada por trás do jogador adversário Alemão, deixou o promissor jovem internacional português imobilizado, com suspeita de fractura do tornozelo.

Coisa leve, esta entrada por trás que a imagem evidencia e a FIFA condena com veemência, do jogador leixonense, a merecer apenas do árbitro Bruno Rebocho, de Évora, a amostragem de um cartão amarelo.

Por mais absurdo que a muitos possa parecer, à complacência e incompetência do árbitro, respondeu o jogador leixonense Alemão, com a mais sentida consternação pela lesão que causara ao seu companheiro de ofício, ao ponto de os responsáveis leixonenses terem promovido a sua imediata substituição.

Agora aguardam-se os resultados dos exames que neste momento decorrem no hospital para onde foi de imediato conduzido, mas o cenário não se adivinha muito positivo, suspeitando-se de uma lesão que poderá implicar o recurso a cirurgia e a demorada recuperação.

Leoninamente,
Até á próxima

5 comentários:

  1. O que quer que tenha sido, foi grave. A reacção do colega de equipa, pedindo ajuda médica e, depois, levando as mãos à cabeça, não deixou dúvidas da gravidade da lesão.
    Dúvidas que o árbitro teve, ao punir o jogador leixonense com um amarelo.
    A imagem é clara - que será preciso acontecer para que um árbitro expulse um adversário nosso?

    ResponderEliminar
  2. Vinha fazer uma boa época. Azar do car...caraças!
    SL
    Levezinho

    ResponderEliminar
  3. Enquanto isto acontecia em Alcochete...

    O clube da corrupção na versão B lá teve mais uma benesse dos “apitadores de serviço”…
    A equipa B deles estava a perder 0-1 ao intervalo… No inicio da 2ª parte começou o festival dos cartões… primeiro lá empataram, depois mais cartões e a partir dos 70′ vieram as expulsões, sim foram 2, e no fim, depois da primeira expulsão, lá ganharam por 3-1 e mais uma vez a máfia venceu a verdade desportiva…

    É o que temos...

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ao Riquicho, os desejos de boa e o mais rápida possível recuperação...

      Para o árbitro...o cartão vermelho que ficou por mostrar...para o Alemão...
      O que é que poderei dizer, mão creio que fosse sua intenção lesionar dessa maneira o seu antagonista...

      SL

      Eliminar
    2. Obviamente, amigo Max, que a entrada de Alemão, embora duríssima e merecedora de expulsão, não foi intencional. E a prová-lo, está a atitude do jogador leixonense que ficou de tal modo consternado que os responsáveis entenderam e bem, substituí-lo. São acidentes próprios do futebol, nada mais.

      Que a gravidade da lesão não seja a que as imagens possam deixar supor.

      SL

      Eliminar

PUBLICIDADE