domingo, 31 de janeiro de 2016

Cabeçudense já para a I Liga!!!...


A explicação de Cosme para o erro de Alvalade

«Cosme Machado entendeu, na sua visão, que João Real estava suficientemente distante de Ewerton para considerar que não teve interferência directa no lance, seguindo uma indicação técnica que os árbitros têm definida para este tipo de lances. Se houver uma distância razóavel entre dois jogadores e um deles não entrar em contacto com a bola, considera-se que, para efeitos de fora-de-jogo, não é considerada a posição do primeiro. Terá sido por isso que Cosme Machado teve uma análise diferente da do seu auxiliar Alfredo Braga, um dos mais experientes árbitros assistentes, que até já teve o estatuto de internacional. Compete agora também ao observador do árbitro verificar se este agiu bem ou mal embora não subsistam dúvidas sobre a decisão tomada, que pode valer ao árbitro de Famalicão uma nota muito negativa.

Cosme Machado, de 40 anos, está na 1.ª categoria desde 2005 e a opinião generalizada no meio da arbitragem é que desde que aqui chegou "tem sido sempre a cair" embora vá conseguindo manter-se no escalão máximo, mesmo depois de em 2008, durante o julgamento do processo originário do Apito Dourado, ter protagonizado um episódio caricato. Em sede de audiência, quando interrogado na qualidade de testemunha, o árbitro reagiu assim a uma referência do procurador sobre o facto de ser conhecido por Colina, devido ao facto de ser careca, tal como árbitro italiano. "Não, o Colina é que é conhecido por Cosme", respondeu, para depois ser peremptório na análise, através de vídeo, de uma decisão sua num jogo do Gondomar, considerando, perante a estupecção geral, que marcara bem um fora-de-jogo num lance iniciado com um lançamento de linha lateral. No dia seguinte, Cosme Machado fez chegar ao tribunal uma declaração escrita na qual se penitenciava pelo seu erro, alegando que pensara que a bola raspara na perna de um jogador do Paredes antes de ser rematada para a baliza.

Cosme Machado é o mais famoso adepto do Cabeçudense, clube de Famalicão, sediado em Cabeçudos, a sua terra.»
(Eugénio Queirós, in Record)

Cabeçudense já para a I Liga!!!...

Leininamente,
Até à próxima

Poderá ser muito perigoso voltar a nomear Cosme para um jogo do Sporting!...



A apreciação global destes três ex-árbitros, mesmo relevando o seu habitual corporativismo, é sintomática do miserável trabalho de Cosme Machado e da justeza das palavras de Octávio Machado, ontem logo após o jogo!...

Poderá ser muito perigoso voltar a nomear Cosme para um jogo do Sporting!...

Leoninamente,
Até à próxima

Hoje a corrupão atinge toda a pirâmide do futebol português!...

Cosme, o rabejador

A grande diferença para os tempos de Inocêncio Calabote, é que ao contrário da porca miséria, da pouca vergonha, da desfaçatez e da impunidade  hoje instaladas no seio do nosso futebol, nesses tempos a corrupção não passava dos primeiros degraus do sistema! Um "sistema" genuinamente português: pobre, mal amanhado, básico, uma cópia estúpida importada da Sicília!...

Hoje a corrupão atinge toda a pirâmide do futebol português!...

Leoninamente,
Até à próxima

Hoje o futebol português voltou aos tempos de Inocêncio Calabote!...


E se ainda houvesse dúvidas no espírito dos milhões de adeptos do futebol que existem neste pobre país desterrado nos "confins da Europa", sobre a porca miséria, a pouca vergonha, a desfaçatez e a impunidade instaladas no seio de todas instituições responsáveis pela organização, arbitragem, disciplina e justiça das nossas competições domésticas de futebol, o senhor Cosme Cunha Machado mostrou-se absolutamente à altura de as desfazer!...

O que aconteceu esta noite em Alvalade, mostrou à evidência a pequenez e a mentira do futebol português!...

Desta vez, não haverá uma única estação televisiva ou de rádio, um único jornal desportivo ou generalista, um único site na internet, ou até uma modesta e despretenciosa mesa de café, que possam abordar os acontecimentos de Alvalade, sem que a condenação recaia de forma unânime, clara e inequívoca, sem benefícios de dúvidas e sem o mínimo argumento de compreensão e respeito pelo erro que sempre deverá ser atribuído a quem, como ser humano, tem de julgar, sobre a mediocridade técnica e intelectual que há longos anos é atribuída ao pobre e infeliz juiz que em má hora obrigaram a viajar de Braga para Lisboa.

Hoje o futebol português voltou aos tempos de Inocêncio Calabote!...

Leoninamente,
Até à próxima

sábado, 30 de janeiro de 2016

Salim Cissé emprestado ao V. Setúbal



Segundo o que o jornal A Bola acabou de divulgar ao início desta tarde (LINK), o avançado leonino Salim Cissé deverá ser cedido ao Vitória de Setúbal até ao final da presente temporada.

O jogador de 23 anos, natural da Guiné Conacri, que tem actuado pela equipa B dos leões, deverá começar a trabalhar no Bonfim no início da próxima semana. 

Desconhecem-se quaisquer pormenores do acordo estabelecido entre os clubes, não tendo nenhum deles, até ao momento, confirmado este empréstimo.

À medida que se esgota o tempo de abertura desta janela de mercado, admitem-se mais decisões desta natureza, por parte da Sporting, SAD, na medida em que ainda resta um razoável número de jogadores, cuja rodagem em equipas do primeiro escalão beneficiaria todas as partes.

Leoninamente,
Até à próxima

Restará a todos, sem excepção, um único caminho: a demissão!...


CASO DOS "VOUCHERS" DENUNCIA NOVO PODER

«Em tempo útil, expressei a opinião de que esta conversa das ofertas de cortesia dos clubes aos árbitros é para embalar meninos.

Sou contra o princípio, porque entendo que os árbitros são um agente desportivo igual aos outros, sejam eles jogadores ou treinadores. Fazem parte do jogo e têm um papel decisivo em cada partida que dirigem.

Não têm de receber ofertas. No começo de cada encontro, os 'capitães' de equipa trocam cumprimentos e um galhardete. Isso é que é um gesto de educação e cortesia. Os treinadores não costumam receber nada. Houve um tempo em que a figura do árbitro, meramente amadora, chocava contra o estatuto profissional dos demais intervenientes. Nem isso, hoje, acontece. O profissionalismo, embora com distintas e abissais diferenças remuneratórias, é transversal.

Esta é a minha posição de princípio, mas o que vale é o que está preceituado nos regulamentos e é neles que nos devemos focar. O importante é o espírito da lei.

O espírito da lei é que as ofertas de cortesia tenham carácter simbólico e, como sempre sublinhei, inclusive nestas honradas colunas do Record, é isso que está preceituado nas 'Normas e Instruções para árbitros"; fugir daí… é entrar por outros labirintos que a razão desconhece e permitir a especulação sobre quem domina os corredores (do poder) do futebol.

Por mais que se queira ignorar o facto, e ainda não vi isso nem ser aflorado nem ser discutido, a regulamentação da UEFA tem um enquadramento específico, que resulta da circunstância de estarmos a falar de 'jogos da UEFA'. Não me parece curial que se esteja a confundir a realidade de cada Liga ou de cada Federação com a realidade dos 'jogos da UEFA'. Quando uma equipa de arbitragem vai dirigir um 'jogo da UEFA', sai do seu país, vai visitar um país diferente, e, embora estejamos a falar na maior parte dos casos de um 'espaço comum' (europeu), 300€ em Portugal não representam o mesmo que, por exemplo, 300€ na Alemanha.

De resto, no extracto tornado público pela CII da Liga refere mesmo que "impõe-se o enquadramento à luz do ordenamento regulamentar e jus-disciplinar". Exactamente. Como é que se 'salta', então, para o normativo da UEFA, se esse normativo é aplicável numa circunstância diferente ("jogos da UEFA") daquela que ocorreu em Portugal? Os 'jogos da Liga' são todos 'jogos UEFA' e os 'jogos UEFA' são todos 'jogos FIFA'? Por que razão, então, os regulamentos de competições e os regulamentos disciplinares não são todos iguais, de país para país, de liga para liga, de federação para federação? E se, como a própria CII reconhece, "inexiste qualquer norma no ordenamento jurídico das nossas competições profissionais que convoque a aplicação desse corpo normativo", como é que a CII se atreve a dar esse salto?!…

No (extractado) acórdão, refere-se que "uma caixa com a figura de Eusébio […] não pode deixar de ser vista, na praxis futebolística, como tendo cariz de símbolo, de lembrança (…)". Sem dúvida. Mas como é possível a CII, logo a seguir, no seu arrazoado, assumir a posição de que "não se diga que tal raciocínio sai afectado por na oferta entregue estar presente um convite/voucher (duplo ou para quatro pessoas), permitindo acesso ao Museu do clube e outro espaço com possibilidade eventual de uma refeição…"?

Contesto em absoluto: "Não se diga"?… Não se diga, porquê? Esse 'voucher' é que está a mais, e não há nenhuma justificação para lá estar. O que a CII fez foi abrir um precedente, grave, no sentido de se arranjar as mais engenhosas soluções para se legitimar o princípio da cortesia social. Quem é que me diz que, em vez de uma refeição, não se possa promover outro tipo de 'cortesias', em princípio mais caras - acima de 300€ - mas que ficam abaixo desse valor, feito o desconto… por mera cortesia? A partir de agora, as equipas de arbitragem, para além de irem munidas dos respectivos equipamentos, com apito e cartões, devem levar igualmente uma máquina de calcular. Têm de ter muito cuidado com o que comem, porque uma cereja a mais ou um morango a menos pode ser a diferença entre o lícito e o ilícito. É que o valor de 299€ é permitido; 301€ já não é. Ridículo!

No inquérito, foram ouvidos 142 agentes da arbitragem a quem lhes foi perguntado se sentiam que aquelas ofertas tinham o propósito de "viciação do normal decurso dos jogos"? Esses agentes foram os primeiros a considerar o mecanismo 'normal', houve claramente a assunção colectiva de um procedimento 'normal', e seriam eles a contrariar essa suposta 'normalidade', que eles próprios impuseram como regra?

Acabo como comecei: tudo isto é para embalar meninos.

Não é uma questão jurídica. É uma questão política. De poder.»
(Rui Santos, Pressão Alta, in Record)

Só eu sei o quanto lamento esta "histórica e degradante" decisão da CII da LPFP! E os motivos para o meu lamento, nunca serão para aqui chamados! Reservá-los-ei sempre e apenas para mim...

Mas Rui Santos está coberto de razão: "Tudo isto é para embalar meninos. Não é uma questão jurídica. É uma questão política. De poder"!...

E o grande erro cometido pela CII da LPFP, terá sido negociar  a sua dignidade, mesmo que em troca do Sol!...

Restará a todos, sem excepção, um único caminho: a demissão!...

Leoninamente, 
Até à próxima

P.S. - "Há um mínimo de dignidade que um homem não pode negociar! Nem mesmo em troca do Sol." (Dias Gomes, dramaturgo brasileiro)

sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Oriol Rosell cedido ao V. Guimarães até final da época!...



Segundo adiantou há pouco o jornal Record (LINK) o Sporting Clube de Portugal e o V. Guimarães chegaram a acordo para a cedência do médio-defensivo Oriol Rosell até final da temporada. 

Utilizado na época passada em 22 jogos, Rosell não terá conseguido convencer Jorge Jesus da sua qualidade e não somou qualquer minuto esta temporada pela equipa principal. Esta será uma boa oportunidade para com Sérgio Conceição, relançar a carreira e ajudar os vimaranenses na luta pela Liga Europa.

Uma boa notícia antes do fecho do mercado! Haverá outras?!...

Leoninamente,
Até à próxima

Um abalo telúrico na arbitragem nacional!...





A qualquer adepto de futebol por esse mundo fora, a quem seja facultada a possibilidade de apreciar estas imagens, perguntará de imediato o nome do árbitro que esteve em campo e quantos jogadores equipados de vermelho terão sido expulsos?!... 

Porém, ironia do destino, o árbitro em questão, que era até há bem pouco tempo considerado o melhor árbitro português em actividade, de seu nome, Manuel Jorge Neves Moreira Sousa, parece ter sido acometido de uma rara doença degenerativa muito comum nos mamíferos bunodontes, artiodáctilos, não ruminantes, mas que se julgava impossível de ser transmissível à espécie humana: uma progressiva perda de faculdades intelectuais, em simultâneo com um inusitado desenvolvimento dos pavilhões auriculares e da pirâmide nasal.



Segundo a opinião de experimentados analistas da mais recente profissão instituída em Portugal, esta terrível doença poderá muito bem pôr termo, de forma dramaticamente precoce, à carreira deste jovem árbitro, nascido em 18 de Junho de 1975.

Um abalo telúrico na arbitragem nacional, que só o major americano Edward Murphy ajudaria a explicar se ainda fosse vivo!...

Leoninamente,
Até à próxima

Sempre tive o senhor Jorge Nuno na melhor conta!...



Sempre tive o senhor Jorge Nuno na melhor conta!...

Leoninamente,
Até à próxima

Nem na Itália se terá ido tão longe!...


É ESTA A JUSTIÇA QUE MERECEMOS?

«O caso Slimani é o último desenvolvimento de uma justiça desportiva que, à imagem da que é aplicada no país, vive nas ruas da amargura. A culpa maior é dos regulamentos, dizem, mas parece faltar também o bom senso que tanta diferença faz na gestão das questões quentes. Pior, neste caso ela parece manobrada por terceiros. E por muito que se explique aos adeptos do Sporting que as várias agressões que veem aos seus jogadores não podem ser castigadas porque as leis não deixam, a perceção que fica é que Jorge Sousa e o Conselho de Disciplina só olharam para um lado. Porque salta à vista que Samaris, Eliseu ou Jardel, entre outros, também agrediram rivais. E vão escapar. Afinal, por muito que se citem os regulamentos, é a verdade que sai ferida nesta história. Uma vez mais.

O processo a Slimani é natural. O argelino tem, de facto, uma entrada à margem da lei . Julgá-la é da mais elementar justiça. Já difícil é entender como é que um jogo disputado a 21 de novembro só vê levantado um processo esta 2.ª feira. Eis algo que desafia a lógica e mexe com a verdade desportiva. Porque as suspeitas que se vão levantar à volta de um tema que podia ter sido resolvido no dia seguinte são óbvias. Imagine-se que um eventual castigo a Slimani é aplicado antes do dérbi. A imagem da competição fica manchada, assim como o bom nome de quem julga. Ter juristas a carvão a decidir um negócio milionário é brincar com coisas sérias. E as pessoas deixam de acreditar.

A ligeireza com que o caso dos vouchers foi julgado pela Comissão de Inquéritos é também sintomática. Ilibar o Benfica sem uma investigação transparente, devidamente explicada ao público, aproveitando-se para estabelecer limites claros às ofertas, é deixar no ar o cheiro que em Portugal é nauseabundo. E mau para todos. Benfica, Sporting, árbitros e futebol.»
(Bernardo Ribeiro, Entrada em Campo, in Record)

A Justiça em Portugal está entregue aos bichos! E se nos detivermos na área específica do futebol, então a coisa atinge proporções inimagináveis, assistindo-se de há uns anos a esta parte a um deslizar consequente e despudorado para um terceiro mundo que deveria envergonhar todos os seus agentes, sejam eles movidos "a carvão", gente jovem carregada de teses de mestrado e doutoramento, ou velhos caducos jubilados de tribunais superiores do aparelho tradicional da Justiça, todos dispostos a venderem a alma ao diabo, em troca de suplementos de toda a ordem, aos seus já de si obscenos proventos!

E o diabo  balança na teia que ao longo dos anos engendrou, à espera das moscas que, descuidadas e fáceis, nela se deixem envolver. Uma teia de raíz  e sotaque siciliano, como tão bem a definiu o saudoso Manolo Vidal, com sucessivas e costumeiras alternâncias de padrinhos, embora o cheiro nauseabundo se mantenha, porque os métodos permanecem e a merda nunca deixará de ser merda!..

Ontem o "apito foi dourado" e a hidra quase perdia a cabeça. E enquanto convalescia, o apito mudou de cor e aí o temos hoje, pujante, discricionário e vergonhosamente implacável, exibindo o vermelho como cor predominante  e inquestionável do "sistema", sem que se vislumbre o mais pequeno assomo de dignidade por parte de todos aqueles a quem deveria incumbir a promoção de uma eficaz administração da Justiça !...

Nem na Itália se terá ido tão longe!...

Leoninamente,
Até à próxima

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

E se não, onde estão os tomates?!...


TANTAS MÁS NOTÍCIAS EM ALVALADE...

«Por todas as razões - algumas muito boas, várias delas defendidas nas últimas horas por Octávio Machado, como a qualidade de jogo da equipa, a aposta firme em jogadores portugueses e o aumento de espectadores em Alvalade - o Sporting vai estar, no mínimo até final da temporada, no primeiro plano da actualidade futebolística. E não apenas porque lidera a Liga.

Ou porque lhe fugiram por entre os dedos futebolistas que muito desejava, ou porque viu ser arquivado o processo dos vouchers, ou porque pode perder Slimani, sem esquecer a novela Carrillo, que pode ser surpreendente para quem vive no reino do leão.

A questão que ultimamente tenho colocado a mim mesmo, independentemente de alguns dos mais altos responsáveis dos leões defenderem que no clube só se fala de jogadores com contrato assinado, é por que razão tem perdido o clube jogadores que lhe interessam, particularmente para o FC Porto.

E a propósito desta temática, quando se pretende fazer dos jornalistas bodes expiatórios nestes processos é bom não esquecer que há muita gente interveniente no jogo que planta notícias através de empresários que lhes são próximos… E como diria o mesmo Octávio Machado muita gente sabe do que estou a falar…

Danilo falou com Jorge Jesus, Suk tinha uma proposta melhor do Sporting, Carlos Pereira defende que Marega e José Sá não se tornaram leões porque o clube se atrasou, mas quais serão verdadeiramente as razões? Se o treinador é reconhecido por todos como um dos melhores da atualidade, porque será? Terá isso a ver com a forma de estar do presidente do clube no atual panorama do nosso futebol? É bem provável mas, mesmo assim, alguém me conseguirá convencer de que o futuro, por exemplo, de José Sá será mais feliz no Dragão do que em Alvalade? E em boa verdade, jogarão Suk e Marega mais vezes do que Aboubakar?

Depois, os vouchers. A entrevista recente de Vítor Pereira, muito polida, com as palavras certas, mas com perspetiva reduzida de futuro, deixava perceber o que se passaria relativamente à queixa apresentada pelos leões. Em boa verdade, a partir de agora vai ser um salsifré, mas será de bom tom que todos os clubes tenham um aparelho na cabina dos árbitros que quantifique o valor das prendas. Sejam elas pastas para os dentes, sabonetes, roupões, fatos de banho, viagens (desde que até Cacilhas ou Valença…) ou vouchers. Uns com direito a champanhe, outros só com águas das pedras.

E há, finalmente, a situação de Slimani. A comunicação saiu no mesmo dia do arquivamento da história dos vouchers, para evitar que se repare muito que o processo disciplinar ao argelino foi instaurado 60 dias depois. O avançado do Sporting tem-se posto a jeito muitas vezes, também acho que naquele lance com Samaris devia ter sido expulso. Mas, como diria o outro, e devia só ter sido ele? Em boa verdade nos jogos recentes entre Sporting e Benfica houve vários jogadores dos encarnados que molharam a sopa. Mas essas queixas foram arquivadas - e aí Octávio Machado está cheio de razão.

Falta Carrillo, para embelezar este bouquet leonino. O processo tem sido complicado, as duas partes esticaram a corda, cada uma à sua maneira. Nesta altura o peruano tem tudo a seu favor para fazer o que muito bem entender, e até admito que possa tornar-se jogador do Atlético de Madrid até final do mês. Mas se os leões não se defendem não ficaria admirado de o ver de vermelho até final da época. E, se assim for, são sucessivas as más notícias em Alvalade e o castelo verde e branco poderá levar um abanão tipo terramoto...»

Não sei qual será a afinidade clubística de JMF! Uns juram sobre os sagrados livros que será um benfiquista de fato camuflado , outros dizem-no adepto sportinguista em fuga do fundamentalismo. Este texto que hoje escreveu, parece-me, nunca poderia ter sido escrito por um benfiquista, mesmo que disfarçado e com a isenção no bolso da camisa! Se estou errado, aceitarei dar a mão à palmatória sem pruridos. Mas que, como jornalista, demonstrou a estatura e a coragem que faltam a um grande número dos seus pares, nem uma réstia de dúvida se me coloca!...

O futebol em Portugal está podre! Vocês estão fartos de saber daquilo de que eu estou a falar! Nesta condição, terá o senhor João Wengorovius Meneses, aceitado a Secretaria de Estado da Juventude e do Desporto, a convite do arcanjo e para colaborar na rebaldaria?!...

E se não, onde estão os tomates?!...

Leoninamente,
Até à próxima

O sadismo tem limites!...

Éderzito António Macedo Lopes

Por amor da santa, poupem-nos as mãos e a cabeça! Não nos obriguem a imitar, na bancada ou à frente do televisor, o mais frequente "gesto técnico" que o rapaz sempre exibiu nos relvados!...

O sadismo tem limites!...

Leoninamente,
Até à próxima

Valeu a elegância de ambas as partes!...


COMUNICADO DO SPORTING SOBRE O ATLETA DIOGO SALOMÃO

A Sporting Clube de Portugal, Futebol SAD informa que chegou a acordo com o RCD Mallorca para a transferência a título definitivo do atleta Diogo Salomão, ficando a Sporting SAD com 10% da mais valia numa futura transferência do jogador. 

A Sporting SAD deseja a maiores felicidades pessoais e profissionais a Diogo Salomão.
(in site oficial do Sporting Clube de Portugal)

Adivinhava-se há muito tempo! Sempre se suspeitou que algo estaria errado na relação, sem que nenhum dos lados fizesse muito para o negar...

Valeu a elegância de ambas as partes!...

Leoninamente,
Até à próxima

As maiores felicidades para Sebastián Coates!...




Comunicado sobre o atleta Sebastián Coates


"A Sporting Clube de Portugal, Futebol, SAD informa que chegou a acordo com o Sunderland AFC para o empréstimo até final da presente época do atleta Sebastián Coates, ficando a Sporting SAD com opção de compra no valor de 5 milhões de euros.
A Sporting SAD deseja as maiores felicidades profissionais e pessoais a Sebastián Coates."
(in site oficial do Sporting Clube de Portugal)

Pronto, este defesa central não deve ser jogador para deitar fora: para ter recusado ingressar no Benfica (LINK1), ter estado na órbita do Porto (LINK2) e acabar transferido para o Liverpool, acumulando entretanto 20 presenças na seleccção uruguaia, ao serviço da qual venceu, em 2011, a Copa America, sendo considerado o melhor jogador jovem da competição, algum valor deverá ter...

Agora chega a Alvalade numa operação relâmpago levada a cabo pelo Sporting - já não era sem tempo! -, concretizando o desejo há muito expresso por Jorge Jesus, de contar no plantel com um verdadeiro e experiente líder no centro da sua defesa, lacuna apontada desde o início da época e só agora colmatada. 

Com uma extraordinária envergadura atlética, 1,96/85 kgs, muito naturalmente rei do espaço aéreo nas grandes áreas e enormes poderes de antecipação e capacidade de condução de bola, serão absolutamente legítimas as aspirações do Sporting Clube de Portugal, de JJ e dos adeptos leoninos, ainda bem recordados do que segnificou a contratação de André Cruz para a conquista do último título.

As maiores felicidades para Sebastián Coates!...

Leoninamente,
Até à próxima

"Yo no creo en las brujas, pero..."



"Venho para dar tudo! Foi uma decisão fácil de tomar. Estou muito feliz por estar aqui!..."
(Sebastian Coates, à chegada à Portela, in Record)

Nunca fiando! A cartilha desta gente do futebol é sempre a mesma, seja nas margens do Sado, na Madeira e na América Latina a coisa acentua-se de forma exponencial!... 

"Yo no creo en las brujas, pero..."

Leoninamente,
Até à próxima

quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Tudo como dantes, quartel-general em Abrantes?!...



Está bem, no sábado à noite lá teremos o "colina de Braga" a apitar em Alvalade! Podia ser muito pior...

Engraçadas mesmo serão as nomeações que o Bítaro vai fazendo como preparação para o clássico da 22ª jornada! Ou muito me engano ou começa a ser demasiado óbvia qual será a sua escolha! A menos que um dia destes assistamos a um surpreendente retorno de D. Bufas à sua boa forma. De outro modo, arrisca-se a ter de conjugar o verbo despedir: do título e de mais um treinador! O Sousa Tavares até já avisou!... 

Tudo como dantes, quartel-general em Abrantes?!...

Leoninamente,
Até á próxima

E esta semana nunca mais acaba!...



E esta semana nunca mais acaba! JJ bem pode barafustar, como aqui é reportado , seja com verdade ou com a invenção a que já estamos habituados, mas o rio de jogadores a caminho do Sporting apresenta um caudal de tal ordem que não pode ser atribuído apenas às "condições climatéricas" deste período que só acabará em Fevereiro. Haverá outros factores, exógenos ou mesmo endógenos, que estarão a dar cabo da paciência do técnico leonino. 

Quanto "às malhas que o império tece" pouco haverá a fazer. Será uma luta em que talvez demore mais tempo a celebrar uma eventual vitória que aquele que a nossa permissividade permitiu ao longo de décadas. Agora que as nossas paredes continuem tão transparentes como a ingenuidade duma criança, já será uma questão bem diferente e incompreensível, à luz da presunção e água benta que tão apregoada vemos quase diariamente.

E esta semana nunca mais acaba!...

Leoninamente,
Até à próxima

terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Fica o caminho livre para a felicidade de quem tem a assinatura!...


Pronto, foram cumpridos os desígnios de muito boa gente, que agora pouca ou nada importa para aqui trazer: a "taça do lucílio" já era e já ninguém andará mais a enganar ninguém!...

Do jogo de Arouca, gostei de algumas coisas, poucas, e desgostaram-me uma boa porção de outras, mas o que seria das outras cores se todos gostássemos do verde e proibíssemos a nossa consciência do sentido crítico?!...

Gostei do ar sereno, calmo, tranquilo e atento de Azbe Jug, que me pareceu contrastar exactamente com o contrário que julguei ver nas últimas prestações de Marcelo Boeck, que dizem ir regressar ao seu Brasil. O esloveno salvou uma das muitas "brancas" que passaram pela cabeça de Paulo Oliveira ao longo de todo o encontro e, se calhar, ficámos a dever-lhe a magra vitória.

Gostei da estreia de Ricardo Esgaio como médio mais recuado: leu bem a pauta que JJ lhe entregou e afinou  pela simplicidade e inteligência  em quase toda a "música" que lhe ouvimos. Só não saberei bem o que JJ traz naquela cabeça em relação ao nazareno.

Os laterais, por razões que só eles e JJ saberão, andarão com o campo invertido: são defesas mas apenas brilham quando atacam. Ou fui eu que não consegui perceber, ou então serão mesmo eles que ainda não perceberam...

O André Martins, ou fui eu que vi mal o jogo, ou terá sido o seu jogo de despedida. Engraçado que a sua imprensa é muito boa, parece a imprensa do nosso anterior treinador, com a única diferença de ainda nenhum tablóide se pôr a adivinhar qual será o seu próximo clube!...

Do Tanaka e do Montero, não poderei dizer nada, porque não consegui ver nada do que fizeram. A menos que o tenham feito nas vezes em que fui responder ao apelo do vício dos "fumarros"...

De todos os restantes, entendo que não devo dizer mal, nem bem, muito antes pelo contrário, com Jorge Jesus incluído...

E a "taça do lucílio", só atingirá a maioridade quando o seu vencedor puder ir à Europa! À fé de quem sou! Por enquanto e nos moldes actuais, é uma competição de... subtrair: lá ganhámos ao Arouca, e... desta já nos livrámos!...

Fica o caminho livre  para a felicidade de quem tem a assinatura!...

Leoninamente,
Até à próxima

Para já, vamos contando com os que são nossos!...


ESCLUSIVA TMW - Sporting Lisbona, in arrivo Diagne
26.01.2016 14.02 di Gaetano Mocciiaro

Fonte: Gianluigi Longari
ESCLUSIVA TMW - Sporting Lisbona, in arrivo Diagne
Secondo quanto raccolto da Tuttomercatoweb, Mbaye Diagne, attaccante classe 1991 dell'Ujpest (fin qui 11 reti in 14 partite) si avvia a diventare un giocatore dello Sporting Lisbona. Affare da 1,5 milioni e 10% su una prossima eventuale vendita.




A gente vai assistindo a este tipo de notícias e vai encolhendo os ombros. Certo, certo, só quando a Sporting, SAD nos mostrar a imagem do jogador  à frente daquele glorioso painel com Luís Figo e Cristiano Ronaldo... 

Para já, vamos contando com os que são nossos!...

Leoninamente,
Até à próxima

Até da chacota dos benfas não se conseguirá livrar!...



O caso deste "andrade desalinhado" deve ser grave e eminentemente patológico: por certo que será um exemplo singular em todo o universo azul e branco! Numa coisa reunirá o consenso geral: no anedotário nacional!...

Até da chacota dos benfas não se conseguirá livrar!...

Leoninamente,
Até à próxima

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Mas Jorge Jesus não vai em conversas!...



SE A TAÇA DA LIGA FOSSE MUITO IMPORTANTE, A EQUIPA ERA OUTRA E TERÍAMOS GANHO

«Apesar de sabermos que estamos dependentes de terceiros e mesmo assim temos de ter um 'goal-average' superior, pois só a vitória não chega. De qualquer maneira, principalmente no jogo em Portimão, não quisemos por em risco o jogo com o Paços de Ferreira. Ainda temos uma possibilidade e vamos agarrar-nos a ela, com a ideia e com a estratégia que fizemos em Portimão. Vou convocar 4/5 jogadores da equipa B, os quais nos vão permitir equilibrar a equipa para o jogo em Arouca. Não sei bem qual é a equipa que o Arouca vai apresentar. Eles já não têm possibilidades nenhumas… De certeza que não será a melhor equipa do Arouca a entrar amanhã em campo. Há outras prioridades também para o Arouca. [...]

O que é importante é que a equipado Sporting que jogar,  possa estar à altura de, pelo menos, vencer o jogo e depois esperar pelo resultado do P. Ferreira-Portimonense. Estamos empenhados e ainda nos resta esperança. Se sentíssemos que [esta competição] era muito importante, teria apostado noutra equipa em Portimão e teríamos ganho.[...]

Estas modificações são para que a equipa que tem jogado mais possa chegar aos jogos do campeonato e corresponder à qualidade de jogo que o Sporting apresentou, por exemplo, em Paços de Ferreira. Se eu não tenho feito a rotação da equipa em Portimão, não tínhamos apresentando a qualidade de jogo que tivemos em Paços de Ferreira. Isto foi fruto da forma como abordamos o jogo de Portimão.[...]

A situação do Adrien não me parece que seja muito grave. Mais grave tem sido a do Gelson. Temos tentado não lhe dar tanto tempo de jogo pois ainda não está completamente recuperado. O Adrien vai recuperar até sábado e isso também nos dá garantias, mas não vai a Arouca. O Gelson vai. Estamos esperançados que tudo corra bem até sábado.»
(Jorge Jesus, no lançamento do Arouca-Sporting, in Record)

Pois é, nós adeptos somos incorrigíveis: queremos sempre este mundo e o outro, esquecendo quantas vezes que... quando a manta é curta, para cobrir a cabeça, destapamos os pés!...

Mas Jorge Jesus não vai em conversas!...

Leoninamente,
Até à próxima

Há uma linha nada ténue, que separa as culturas nórdica e latina!...



"É verdade que estive em Lisboa. Tínhamos um fim-de-semana de folga, por isso tive tempo para fazê-lo. Conheci um pouco a cidade e foi isso. Isso [a transferência] é com os clubes e o meu empresário. Não sei aquilo que negoceiam e decidem. Apenas me concentro nos meus treinos."
(Lukas Spalvis, à TV2 Nord, segundo Record)


Há uma linha nada ténue, que separa as culturas nórdica e latina!...

Leoninamente,
Até à próxima

"Há inimizades evitáveis e amizades que merecem investimento"!...



MAIS DOIS PARA O PORTO

«Desde o início da época, já são quatro os jogadores que o Porto consegue desviar ' in-extremis' de Alvalade. Danilo, no verão, Suk, José Sá e Marega, na presente janela de transferências.

A garantia destes reforços e as batalhas ganhas não podem ser explicadas apenas pelo maior poder económico do FC Porto, até porque o próprio presidente do V. Setúbal, Fernando Oliveira, reconheceu, por exemplo, que a proposta apresentada pelo Sporting para aquisição do sul-coreano era superior à dos dragões.

Nesta 'guerra' de transferências, há, pelo menos, mais dois factores a ter em conta. A vontade dos jogadores, que quase invariavelmente dão preferência ao Porto. Independentemente das propostas que tenham em mãos, o êxito desportivo dos azuis e brancos nas últimas décadas também conta, sobretudo para os jogadores estrangeiros, com menos sensibilidade para aferir o peso social que o Sporting inegavelmente possui.

Mas mais importante do que isso são, por certo, os elos que Pinto da Costa foi criando ao longo de todos estes anos, transformando divergências em consensos quando as circunstâncias assim o aconselham. Bruno de Carvalho, embora com muito menos tempo nestas lides, ainda não foi capaz de perceber que há inimizades evitáveis e amizades que merecem investimento
(Luís Pedro Sousa, Linha Directa, in Record)

Claro que LPS, naturalmente, apenas encontra dois factores que terão contribuído para as situações que refere. Mas todos sabemos que haverá um terceiro que, coincidentemente abordei em post anterior e cuja abordagem não será mjuito recomendável a qualquer articulista que pertença oas quadros dos tablóides que ali citei.

Mas estará com LPS uma boa parte das razões que poderão explicar o tema em questão. Seria estúpido não lhe reconhecer razão na primeira das duas que invoca: o Sporting andou durante duas décadas e sob a "dinastia roquettista", em "ensaios laboratoriais de novas e quiçá surreais técnicas de gestão", esquecendo que os motores de todas elas teriam de ser, necessária e obrigatóriamente, os adeptos e as vitórias.

E a segunda e última das razões aduzidas, constituirá, por muito que me custe reconhecê-lo, a de mais forte impacto naquilo que em matéria de transferências de jogadores tem acontecido em Alvalade...

"Há inimizades evitáveis e amizades que merecem investimento"!...

Leoninamente,
Até à próxima

P.S. - Creio que apenas os adeptos estarão excluídos do prosseguimento de uma linha de conduta desse jaez. Por isso elegem quem pensam que o pode e deve fazer!...

Última hora: esta gente nem as pensa!!!...


Abençoada emancipação! Creio que muito poucos adeptos sportinguistas haverá, que ainda olharão para as páginas dos tablóides desportivos cá do burgo, muito particularmente em tempo de mercados abertos, sem um sorriso de cínica e contemplativa indulgência ! Coitados, como se afadigam interesses rasteiros e objectivos esconsos e quão  grande a ingenuidade de quem os compra, sem que aos promotores sobre alguma lucidez para perceberem que esse "chão deixou de dar uvas" em Alvalade!...

Abençoada e contudo tão demorada emancipação! Mas, mais importante do que esta tardia verificação, será o facto de ela estar a surgir com o ressurgimento do orgulho e da ambição leoninas, enquanto se vai gastando papel e tempo de antena na mira de alvos que deixaram de o ser...

O Moussa e o Zé, trocaram o Sporting pelo Porto? A sério?! Mas quem disse que o Sporting estava interessado nesses prodígios?! Os tablóides?! Aquele programa "maisespeculação"?! A padralhada renascencista?! Ou os "orgãos oficiosos" dos benfas e dos andrades?!... 

Esta gente nem as pensa!!!...

Leoninamente,
Até à próxima

domingo, 24 de janeiro de 2016

Duvido que Tondela volte a ser repetido pelos leões de Jorge Jesus!...



PELOS CAMINHOS DE JESUS

«Objectivo número 1: o campeonato. Jesus nunca o escondeu e disse-o muitas vezes. Mais do que isso, tomou opções a pensar nessa prioridade, desvalorizando outras competições que, embora de menor dimensão, também enriquecem o património de um clube.

O título nacional é pois a grande luta do Sporting e se é verdade que um empate em Alvalade com o Tondela pode comprometer esse objectivo, são vitórias como aquela que obteve em P. Ferreira que alimentam a convicção leonina de que esta época (após 13 de jejum), sim, é possível.

Disse Roy Keane, antiga estrela do M. United, que os treinadores recebem demasiado crédito quando os resultados são bons e demasiadas críticas quando os resultados são maus. Há um grande fundo de verdade nesta observação, mas é inegável que neste caso pertence a Jesus a maior quota de responsabilidade pela transformação e pelo trajecto do Sporting.

O técnico leonino tem insistido na importância de se instituir em Alvalade uma cultura de campeão que se constrói não apenas com vitórias mas também com a capacidade de tirar lições das derrotas. Essa transformação está reflectida no jogo dos leões e nos resultados. Esta época o Sporting tem mais 6 pontos do que na anterior e só em duas outras temporadas a diferença cifrou-se em apenas um dígito: 7 em 13/14 e 9 em 06/07. De resto, a diferença para os 48 pontos que o Sporting tem neste momento foi sempre superior à dezena chegando a atingir os 26 pontos em 12/13! É com estes números e uma mentalidade nova, que se conquista jogo a jogo, que o Sporting segue pelo caminho traçado por Jesus.»

Entre o jogo em Alvalade com o Tondela e a vitória categórica em Paços de Ferreira, receio bem que tenha estado "o caminho que Jorge Jesus" se tem vindo a esforçar por inculcar na mente dos jogadores do Sporting Clube de Portugal! E nenhum adepto sportinguista terá dúvidas hoje, o quão benéfico terá sido para todos os leões que estavam em campo, aquele surpreendente e fortuito golo  dos pacenses, que transformou um resultado confortável de 2-0, num arrepiante e premonitório 2-1! Tal a natureza do impacto, que bastaram 2 minutos para os leões voltarem a restabelecer a diferença.

Duvido que Tondela volte a ser repetido pelos leões de Jorge Jesus!...

Leoninamente,
Até à próxima

É tão bom... Não foi?!...




É tão bom... Não foi?!...

Leoninamente,
Até à próxima

Valentes Leões!!!...



Estava tudo afinadinho nas hostes do 8º Exército Benfas, para celebrarem a liderança depois do jogo na Capital do Móvel! Rui Vitória, subrepticiamente, atreveu-se a admiti-lo e um quarteirão de sorrisos e o maior e ensurdecedor coro de aplausos do mundo - eles são sempre os melhores do mundo! -, estralejou do outro lado da rua, no meio de "bjecas e coiratos"!...

Para que ninguém me venha depois "chatear a molécula", aqui vos deixo a imagem de toda essa gente, que me enviou o meu amigo Balakov, sportinguista dos sete costados, que ia passando pelo local, foi surpreendido pelo "bruaá" e como tem um telemóvel de última geração, chegar à minha caixa de correio electrónico foi o tempo que demora a arder um fósforo:


E para grande desgosto de toda esta gente, o que valeu foi que os nossos leões, para além de desenvolverem o futebol da mais fina água que se pode ver nesta terra tuga, resolveram vestir o fato de macaco e ali mesmo, na relva da Mata Real, sacaram das plainas, das garlopas, dos serrotes, das desengrossadeiras, lixadeiras e toda a demais parafernália de instrumentos de carpintaria e...

Construíram a mais bela cama para toda esta gente dormir o sono dos justos durante mais uma semana!...

Valentes Leões!!!...

Leoninamente,
Até à próxima

P.S. - No topo coloquei aquele que, a meu ver, foi o "carpinteiro" da noite!...

sábado, 23 de janeiro de 2016

Bem dizia o outro, que não era preciso gastar dinheiro em contratações!...


"... Neste campeonato vai haver surpresas do género de descidas de árbitros e se calhar de internacionais. E subidas para internacionais de árbitros que muita gente reconhece que não têm qualidade para estarem no topo. As classificações são ditadas pelo senhor Ferreira Nunes e cá estaremos no final da época para vermos o que vai acontecer..."
(Pinto da Costa, entrevista ao PortoCanal, in O Jogo)

Pinto da Costa nunca deu "ponto sem nó"! Na entrevista supracitada, avançou com o nome de José Ferreira Nunes, digníssimo vice-presidente do Sector de Classificações do CA da FPF, presidido por inerência por Vitor Pereira e que detêm o poder "democrático" de decidir exactamente a classificação, descidas e subidas dos árbitros, que deixam muitas reservas ao presidente portista. 

É um nome que nunca aparece associado ao controle da arbitragem. Trabalha na penumbra e no silêncio dos gabinetes federativos e a sua influência nas prestações arbitrais em cada fim de semana, será porventura bem superior à do próprio nomeador, ironicamente sem nunca sequer informar este, segundo as suas próprias palavras, das ditas classificações que resultam de avaliação mantida no "segredo dos  deuses" excepto quando tal não convém ao "sistema".

A julgar pelas palavras de PdC,  este "imperador do controle arbitral", poderá vestir todas as vestes menos as azuis. Do mesmo modo, pela pose demonstrada na foto acima, acrescida pela sua aversão à divulgação da sua imagem e rematada no pouco que se conhece sobre o seu trajecto no dirigismo desportivo, também nada o apontará como adepto de outras cores que não afinem pela das gravatas que invariavelmente utiliza em cerimónias públicas.

Bem dizia o outro, que não era preciso gastar dinheiro em contratações!...

Leoninamente,
Até à próxima

sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

Talvez o Ti Herculano, desta vez, possa revelar-se... providencial!...



CUIDADO!

«Alguns sportinguistas e alguns portistas desvalorizaram as derrotas em Portimão e Famalicão, argumentando que se tratou da Taça da Liga e que muitos titulares não jogaram. É um erro pensar assim. Embora a Taça da Liga não seja decisiva, ela potencia o que está bem e acelera o que está mal. Ora, Sporting e Porto atravessam momentos perigosos. O Porto está em mudança de ciclo, podendo rapidamente recuperar ou afundar-se. E o Sporting, após um período de euforia provocado pelas vitórias sobre Benfica, Porto e Braga, levou um duche de água fria ao empatar com o último em Alvalade.

Além disso, os dois clubes têm problemas na presidência. Pinto da Costa está em fim de ciclo - iniciado há dois anos com a perda da hegemonia para o Benfica. E se até agora ninguém tivera coragem para levantar o problema da sucessão, ela aí está na ribalta, com estrondo. O problema do Sporting é outro: é o excesso de impetuosidade do presidente. Que, entre outras coisas, está a colocar demasiada pressão num grupo pouco habituado a estas emoções. A equipa já estava sobre brasas. Ora, após os últimos acontecimentos, o treinador e os jogadores do Sporting vivem numa panela de água a ferver.

Porto e Sporting têm de encarar os próximos jogos com cautelas extremas. Pinto da Costa pode deitar a perder em pouco tempo décadas de glória. E Bruno de Carvalho pode deixar fugir tudo aquilo que ele próprio ajudou a construir com muito esforço.»
(José António Saraiva, Futebol à Portuguesa, in Record

Sim, é numa "panela de água a ferver" que Bruno de Carvalho tem vindo a colocar o plantel e o corpo técnico do Sporting Clube de Portugal, sem sequer se dar conta do mal que estará a fazer a todos: ao Clube, aos adeptos e a todos aqueles que dentro das quatro linhas outra coisa não desejarão que honrar os compromissos que assumiram! É hora de ganhar juízo e partir o danado do espelho!...

Talvez o Ti Herculano, desta vez, possa revelar-se... providencial!...

Leoninamente,
Até à próxima

PUBLICIDADE