quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Toda a sorte do mundo para ti Wallyson!...


A Sporting CP – Futebol, SAD acaba de trazer ao nosso conhecimento ter chegado a acordo com o Standard Liège para a cedência temporária de Wallyson Mallmann até final da presente época desportiva, sem opção de compra.(LINK)

O prosseguimento da política leonina de fazer rodar e evoluir o talento burilado na nossa Academia, por forma a que todos tenham a oportunidade de um dia poderem regressar à casa-mãe num outro patamar competitivo que a sua juventude ainda n~~ao lhes permite.

Toda a sorte do mundo para ti Wallyson!...

Leoninamente,
Até à próxima 

Toda a sorte do mundo para ti Salim!...


A Sporting CP - Futebol, SAD acaba de comunicar ter chegado a acordo com o Sporting Clube Olhanense para a transferência definitiva de Salim Cissé, ficando a Sporting SAD com 25 por cento dos direitos económicos do jogador. (LINK)

Salim Cissé abandona o Sporting em definitivo levando consigo os sonhos que o trouxeram para Alvalade. A vida é assim, nem sempre temos a felicidade de concretizar os nossos sonhos!...

Toda a sorte do mundo para ti Salim!...

Leoninamente,
Até à próxima

Começo-me mesmo a convencer que até os comemos, carago!...


A Sporting CP – Futebol, SAD acaba de comunicar ter chegado a acordo com o Liverpool FC para a cedência temporária do jogador Lazar Markovic até ao final da presente época desportiva.(LINK)

A bomba das úitimas horas do último dia de toda esta escaldante abertura de mercado de Verão! O impossível de todos os impossíveis afinal aconteceu!...

Comparado com um outro extremo protagonista da maior telenovela que tivemos neste Verão, talvez uma simples bota de Lazar Markovic valha mais do que esse famigerado "melhor e mais promissor extremo do mundo", que em nova reedição de um esquema já com barbas utilizado no outro lado da nossa rua, foi feito interprete de um pretenso interesse do Sporting.

Será extremamente fácil compreender porque Lazar Markovic deu preferência ao Sporting, depois da abertura demonstrada pelo Liverpool com o necessário, natural e compreensível beneplácito de Jurgen Klopp. Mas para essa compreensão teríamos de trazer para aqui quem tem mais que fazer do que andar a aturar a dor de corno dos outros!...

Começo-me mesmo a convencer que até os comemos, carago!...

Leoninamente,
Até à próxima

P.S. - Já tinha a foto de lado preparada para publicar. Uma foto com uma camisola sem duas interpretações, como teria de ser! E falta uma hora para fechar esta porra! Tanto tempo ainda!!!...

Vê se vais pela sombra, para não te crestares!...


A Sporting CP – Futebol, SAD acaba de informar ter chegado a acordo com o jogador Zakaria Labyad para a cessação do contrato de trabalho com o atleta, com efeitos imediatos. (LINK)

Ontem já seria tarde, muito tarde, demasiado tarde, estratosfericamente tarde Zakarias!...

Vê se vais pela sombra, para não te crestares!...

Leoninamente,
Até à próxima

Vamos ter saudades tuas Slimani!...


A Sporting CP – Futebol, SAD informou há pouco ter chegado a acordo  com o Leicester City Football Club para a transferência definitiva do jogador Islam Slimani pelo valor de 30 milhões de euros acrescidos de um valor variável de 5 milhões de euros em função de objectivos.

Enquanto quem vier depois de Islam Slimani não fizer igual, parecido ou melhor...

Vamos ter saudades tuas Slimani!...

Leoninamente,
Até à próxima

Bem vindo Elias e melhor sorte desta vez!...



A Sporting CP – Futebol, SAD  acaba de anunciar que chegou a acordo com o Sport Club Corinthians Paulista para a transferência definitiva do jogador Elias. O atleta assinou um contrato válido por duas épocas desportivas, ficando com uma cláusula de rescisão de 60 milhões de euros.

Bem vindo Elias e melhor sorte desta vez!...

Leoninamente,
Até à próxima

Iuri Medeiros emprestado esta época ao Boavista


A Sporting CP – Futebol, SAD acaba de informar que chegou a acordo com a Boavista Futebol Clube, Futebol, SAD para a cedência temporária de Iuri Medeiros até ao final da presente época desportiva, sem opção de compra.(LINK)

Outra boa decisão da SAD leonina que permitirá a Iuri Medeiros uma utilização mais consentânea com o seu último estágio evolutivo que por certo não lhe seria possível se continuasse em Alvalade.

Toda a sorte do mundo para ti Iuri!...

Leoninamente,
Até à próxima

Naldo no Krasnodar por 4,5 milhões de euros!...



A Sporting CP – Futebol, SAD acaba de informar que chegou a acordo com o FC Krasnodar para a transferência definitiva de Naldo por 4,5 milhões de euros, ficando a Sporting SAD com 20 por cento dos direitos económicos do jogador. (LINK)

Segundo aquilo que constou na CS por ocasião da sua contratação, o Sporting terá pago cerca de 3 milhões de euros, pelo que se me afigura um bom negócio aquele que foi alcançado com o FC Krasnodar e que terá compensado inclusivamente o total  do custo de aquisição somado à massa salarial dispendida durante a época em que permaneceu em Alvalade, sem ter em conta o facto de 20% dos direitos económicos do jogador permanecerem na posse da SAD...

Quem está a seguir?!...

Leoninamente,
Até à próxima

Típico "jornalixo" de sargeta!...



ADRIEN E SLIMANI VENDIDOS EM PACOTE PARA 'FINTAR' INVESTIDOR
Leões têm de dar 20 por cento da mais-valia do argelino a empresário

«O Sporting prepara-se para receber cerca de 60 milhões de euros pelas transferências de Adrien e Slimani para o Leicester. 

No acordo, os leões planeiam estipular que o valor do médio será a cláusula de rescisão (45 milhões de euros), de forma a reduzir ao máximo o encaixe oficial pelo avançado argelino.

É que o empresário saudita Abou Khaled Gheram tem direito a 20 por cento da mais-valia da transferência de Slimani, o que significa praticamente 20 por cento do valor total do negócio, pois o argelino custou apenas cerca de 300 mil euros.

Ora, quanto menor for o valor da transferência de Slimani, menos terá o Sporting de pagar a Khaled Gheram. Daí, é muito provável que o bolo total seja dividido em 45 milhões por Adrien e cerca de 15 pelo goleador.»
(in Record às 14:31)


Esta local foi publicada pelo jornal Record há pouco mais de uma hora. Seria natural que a responsabilidade do seu autor fosse assumida por algum jornalista ou, no mínimo, pelo colectivo redactorial. Mas tal não aconteceu...

Uma prova mais de que interesses estranhos vaguearão por aquele jornal, como almas penadas a "atazanar" o juízo e a missão de quem deveria zelar para que daquela casa nunca fosse possível sair tamanha imundície. Presume-se que António Magalhães, Bernardo Ribeiro e outros jornalistas com responsabilidades na edição electrónica, estejam a banhos. Só assim se compreende este...

Típico "jornalixo" de sargeta!...

Leoninamente,
Até à próxima

Toda a sorte do mundo para ti Daniel!...


A Sporting CP – Futebol, SAD acaba de informar ter chegado a acordo com a Moreirense Futebol Clube – Futebol, SAD para a cedência por empréstimo do jogador Daniel Podence até final da temporada 2016/17, sem opção de compra.(LINK)

Era tão previsível quanto necessária e mesmo imperiosa esta decisão da SAD leonina, de permitir a explosão do talento inquestionável de Daniel Podence, impossível de acontecer no Sporting, face a uma utilização que a exigência competitiva do Clube muito dificilmente permitiria.

Podence terá assim oportunidade de crescer e evoluir como atleta de eleição que é, para um dia poder regressar à casa mãe e cumprir os legítimos sonhos que acalenta.

Toda a sorte do mundo para ti Daniel!...

Leoninamente,
Até à próxima

Carlos Mané emprestado ao VFB Stuttgart


A Sporting CP – Futebol, SAD acaba de informar ter chegado a acordo com o VFB Stuttgart para a cedência temporária de Carlos Mané até ao final da época desportiva de 2017/18, com opção de compra. (LINK).

Não foram revelados os valores constantes do acordo, expressando apenas a SAD o desejo das maiores felicidades pessoais e profissionais a mais um produto da melhor academia do mundo.

E ainda haverá dúvidas sobre qual é afinal a maior potência desportiva nacional?!...

Leoninamente,
Até à próxima

Elias: a " verdade" de ontem continua a ser a "verdade" de hoje?!...

Elias à chegada a Portugal, hoje ao fim da manhã

«Espero tentar ajudar da melhor maneira o Sporting a chegar ao título tão sonhado. [...]

Acho que estão (problemas resolvidos com Bruno de Carvalho), estou aqui! 
Na altura, Bruno de Carvalho procurava os interesses do Sporting e eu os meus. Agora, ele voltou a procurá-los e eu também e por isso voltei. [...]

Sou actual campeão brasileiro e tenho a experiêcia para ajudar o Sporting a caminhar nesta difícil trajectória. [...] 

O Sporting tem um grande treinador. Esperamos dar continuidade ao trabalho do ano passado.»

Pimenta Machado terá afirmado um dia que "no futebol, o que hoje é verdade amanhã é mentira"!...

Elias sempre foi um grande jogador! Caber-lhe-à agora demonstrar inequivocamente numa segunda oportunidade que nem a todos sorri, que Bruno de Carvalho e Jorge Jesus não são loucos e que...

A verdade de ontem continua a ser a verdade de hoje!...

Leoninamente,
Até à próxima

Acordado o leão, a selva tremeu e a bicharada corre à desfilada a buscar refúgio!...



Uma coisa nunca vista! O Sporting domina a actualidade da pasquinada neste último dia de um mercado louco e tórrido, acompanhado de perto por Rafa, transformado talvez sem o desejar, directa ou indirectamente, no bom, no mau e no vilão desta "fita à portuguesa"!...

E tudo o que estará a acontecer neste inusitado e alucinante ritmo, quer-me parecer terá, como as capas o demonstram, o epicentro em Alvalade e nos camiões de milhões que por lá vão descarregando! No dia da apresentação, Jorge Jesus terá colocado o dedo na ferida: "o leão estava adormecido"!... 

Acordado o leão, a selva tremeu e a bicharada corre à desfilada a buscar refúgio!...

Leoninamente,
Até à próxima 

É a loucura total!...



É a loucura total!...

Leoninamente,
Até à próxima

Dizem que será a capa dos pasquins desta manhã!!!...


Dizem que será a capa dos pasquins desta manhã!!!...

Leoninamente,
Até à próxima

terça-feira, 30 de agosto de 2016

Elias, volta que estás perdoado?!...



Elias, volta que estás perdoado?!...

Leoninamente,
Até à próxima

O Sporting há muito que merecia homens desta índole!...


É DISTO QUE JESUS GOSTA

«É disto que Jorge Jesus gosta e é disto que Jorge Jesus vive; é nisto que Jorge Jesus tira o melhor proveito e é nisto que Jorge Jesus se sente como peixe na água: escolher jogadores, à sua imagem e semelhança, fazê-los crescer como ele tão bem sabe e como só ele sabe, torná-los melhores e mais competitivos, e integrá-los depois no Sporting que todos os anos renova a sua ambição na conquista de títulos. É assim que Jorge Jesus se sente mais cómodo e é assim que vive cada um dos seus dias, num desafio constante, colocando-se sempre à prova, porque essa é a sua maneira de viver o futebol e só assim é que ele sabe estar. Este novo Sporting encaixa-se no que ele mais deseja e o que ele mais deseja é desafiar-se todos os dias e sempre no fio da navalha. 

Aqui está um Sporting que já é líder mas com um grande ponto de interrogação ao qual Jesus terá de dar resposta pronta. João Mário e Slimani – dois indiscutíveis – estão de saída, embora haja jogadores suficientes no plantel para que não seja necessário entrar em ansiedade . Elementos como Paulista, Petrovic e Meli – já para não falar de Bruno César – têm muito para dar, e a situação do ataque nem sequer se coloca, atendendo às chegadas de André, Bas Dost e Castaignos. Reforços que, apesar do seu bom nome e do seu bom currículo, terão que corresponder ao que Jorge Jesus pretende para apanharem o comboio. 

É neste carrossel de entradas-e-saídas, mesmo em cima da hora, ao qual o Sporting não estava habituado há muitos anos – e veremos como é que vai acabar o folhetim Adrien –, que o treinador terá de encontrar as melhores soluções para sustentar a liderança, num tipo de exercício em que Jorge Jesus se costuma transcender. Se o Sporting pode superar a fasquia dos 80 milhões de euros em vendas, o que é notável – esse encaixe resulta de uma política desportiva que abre as portas aos talentos da Academia assim como de um fantástico Europeu de França e não é um exclusivo seu –, Jorge Jesus tem agora a oportunidade de potenciar talentos de raiz de forma a garantir futuras receitas e sem se esquecer que o título é o que mais deseja o universo sportinguista. E, desta vez, não há desculpas possíveis. Não há, não!»
(Jorge Barbosa, Caderno de Apontamentos, in Record)



Uma crónica inteligente de Jorge Barbosa, que talvez veja Jorge Jesus por um prisma que muita gente tenha dificuldade ou se recuse mesmo a ver, exactamente porque será muito difícil compreender como é que alguém pode gostar de viver em permanência " no fio da navalha"...

E será preciso recuar apenas um pouco mais de um ano, para perceber a razão principal porque JJ saiu do Benfica. Porque ninguém naquele clube tinha pedalada para ele. As razões aduzidas por uma formidável "central de propaganda goebbelsiana então liderada pelo arcanjo", só os néscios as terão aceitado. O que "expulsou" Jorge Jesus do Benfica foi precisamente a incapacidade dos dirigentes benfiquistas de se integrarem no tumulto permanente de que se alimenta aquele que não demorará muito a ser alcandorado ao pódio mundial dos treinadores.

E o mais curioso é que vai sobrevivendo por aí um jornalismo bacôco que ainda perde tempo para ganhar uns tostões no papel que presume vender e onde escarrapacha "inventonas" de um mal estar entre Jorge Jesus e Bruno de Carvalho. Porque será areia demasiada para a sua camioneta, compreender que finalmente ambos encontraram o "casamento ideal" em que se realizam em plenitude. Aquilo que causou nos dirigentes benfiquistas um terror atroz e determinante na "escorraçadela" de Jorge Jesus, veio proporcionar agora o inefável e  supremo extâse que Bruno de Carvalho sempre procurou. Nem o equilibrado Jardim e muito menos o "pirralho mimado" Marco Silva alguma vez o conseguiriam. Bastou Jorge Jesus juntar-se a Bruno de  Carvalho para Alvalade explodir de brilho e fulgor em chamas tão desafiantes e cortantes como os gumes das navalhas em que ambos de realizam e alcançam a suprema felicidade.

Bem podem Adrien Silva mai-los sôfregos pai e agente, acolitados por um João Evangelista que nunca há-de ter inteligência para desprezar uns míseros cinco minutos de fama efémera, espernear nestas pouco mais de 24 horas que faltam para o fecho do mercado. Adrien só sairá de Alvalade sobre os cadáveres de Bruno de Carvalho e Jorge Jesus. E há-de continuar a produzir um rendimento semelhante ou superior ao da época passada. Contrariado ou não!...

O Sporting há muito que merecia homens desta índole!...

Leoninamente,
Até à próxima

Põe aqui os olhos Adrien!...



"Aguentar tudo calado não é fácil, mas graças a Deus esta quase acabando" 🙏🏾🙏🏾🙏🏾 Tudo tem sua hora... Obrigado Deus mais um dia que pude dar o meu melhor!!! 👊🏾👊🏾👊🏾

Põe aqui os olhos Adrien!...

Leoninamente,
Até à próxima

Qual será o próximo?!...


A SportingCP – Futebol, SAD acaba de informar ter chegado a acordo com o Kaiserslautern para o empréstimo do jogador Ewerton até ao final da presente época desportiva, com opção de compra.(LINK)

E ainda faltará um boa mão cheia de comunicados até amanhã às 24:00!...

Qual será o próximo?!...

Leoninamente, 
Até à próxima

O nome verdadeiro de Slimani agora é... Mr. 40M€! Perceberam?!...

Sporting have rejected a bid from Leicester for Algeria forward Islam Slimani





Leicester's £25m bid for Islam Slimani turned down by Sporting Lisbon - Sky sources
Last Updated: 30/08/16 12:14pm

Leicester have had a £25m bid for Islam Slimani turned down by Sporting Lisbon, according to Sky sources.
The Portuguese side rejected the bid in the early hours of Tuesday morning - they want £34m for the striker. (LINK)
Loucos, loucos, loucos e estupfactos andarão os súbditos de Sua Magestade! Nada que surpreenda os sportinguistas...

O nome verdadeiro de Slimani agora é... Mr. 40M€! Perceberam?!...

Leoninamente,
Até à próxima

Depois bastaria escolher a árvore mais alta e próxima!...


Se eu me chamasse Nuno Farinha e por força de uma inusitada conjugação de ventos favoráveis tivesse conseguido trepar até ao gabinete de sub-director do jornal Record, usando depois a prerrogativas inerentes ao "ar condicionado" que por lá se respira, para ter a desfaçatez e a pouca vergonha de escrever a crónica acima reproduzida...

Se algum tempo depois me visse confrontado com o arrasador e fundamentado contraditório apresentado por alguém como o blogger "Mestre de Cerimónias" que no seu cada dia mais conceituado e reconhecido blog "O Artista do Dia" (LINK) onde, usando de uma elegância a merecer fácil unanimidade de aplausos, apenas argumentasse "eatarmos conversados quanto à qualidade da minha análise"...

Creio que me dirigiria à drogaria mais próxima e tentaria comprar dois metros e meio de corda mais resistente que grossa que por lá estivesse disponível...

Depois bastaria escolher a árvore mais alta e próxima!...

Leoninamente,
Até à próxima

Um novo ciclo de vitórias leoninas poderá ser a carta de alforria de muita gente!...


JESUS, O REGENTE


«Guardiola costuma dizer que um dos principais segredos de uma boa equipa está na ordem e na necessidade de todos saberem rigorosamente o que fazer em cada instante. É também essa característica que hoje distingue as equipas de Jorge Jesus, um treinador que se aparentela cada vez mais com um regente musical. Jesus também não deixa nada ao acaso e, através dos ensaios obstinados, luta por conseguir que a percussão sobre os bombos e os pratos resulte de forma harmoniosa com o sopro dos clarinetes e fagotes e com o teclado do cravo, numa riqueza de timbres em que os improvisos e os remendos só são admitidos aos solistas – e, mesmo aí, só em situações específicas. A generalidade da crítica especializada sobrelevou, e com razão, a importância que a troca de posições de Bryan Ruiz com Bruno César teve na vitória sobre o Porto: o costa-riquenho, além de desinspirado, puxava da harpa em momentos em que a pressão e as transições de Herrera e André exigiam era a multiplicidade e o vigor da bateria. Aquela simples troca posicional foi o momento de transformação do jogo e é justo salientar que o técnico comprovou a ardileza que há muito se lhe reconhece. Mas, se é verdade que Jesus está cada vez mais culto no apuro da sua palheta futebolística, também importa destacar os ganhos de maturidade táctica que se lhe notam desde que se mudou para Alvalade. Hoje, viu-se domingo, já é possível ver o seu 4x4x2 clássico desdobrar-se (defensivamente) num 4x4x1x1 (quando troca um segundo avançado por Bryan Ruiz ou Bruno César) ou até num 4x1x4x1 (quando entra Bruno Paulista e Adrien se adianta). O Sporting raramente se descompensa, algo cada vez mais banalizado nas grandes equipas, mas que Jesus nem sempre levou em conta (lembram-se da indiferença sobranceira à possibilidade de usar, principalmente na Champions, Gaitán nas costas do ponta-de-lança?). Este Sporting é bem diferente do Benfica sem freno que Jesus treinou durante meia dúzia de anos, que tinha um ritmo atormentador, mas muitas vezes pagava caro o excesso de velocidade – e, por isso, ganhou menos do que podia realmente ter ganho.

Jesus é hoje mais do que um treinador. É o único verdadeiro manager do futebol português, o único que acumula a liderança técnica com o papel de director desportivo. A sua posição dominante já lhe permitiu contratar mais de duas dezenas de jogadores e substituir alguns que ele próprio mandara contratar. Neste momento, ainda pode citar Rúben Semedo e Gelson como exemplos recentes da otimização da formação, mas veremos quanto isso irá durar agora que chegaram Douglas e Campbell. Claro que a saída de Slimani seria uma dor de cabeça para qualquer treinador, mas a quantos na história do Sporting foi oferecida uma alternativa da estirpe e com o preço de Bas Dost? Bruno de Carvalho faz-lhe todas as vontades e, valha a verdade, o presidente merece o elogio de ter percebido a vantagem de comprar antes de vender. Por tudo isso, é difícil acreditar que Adrien venha a ter grande sucesso nesta última tentativa desesperada de forçar a saída. A menos que o Leicester se apresente com um malão irrecusável de libras, Jesus não se importará de lidar com um Adrien ‘chateado’…

O Porto já havia provado, em Roma, ser capaz de fazer boa parte daquilo que distingue as boas equipas. E voltou a demonstrá-lo em Alvalade. Se não fez melhor e durante mais tempo foi talvez porque ainda não tem os mesmos meios e o tempo de refinação do Sporting de Jesus. É impossível, nesta altura, exigir mais a Nuno, até porque havia sempre que lidar com a factura física e mental da surpreendente façanha conseguida poucos dias antes em Itália. Pode, claro, questionar-se o lançamento apressado de Óliver, mas quem resistiria à tentação? É ainda um Porto em PdR (processo de reforma), mas já capaz de provar que não irá negociar o seu novo estilo nem abdicar de jogar com cada pedra no seu sítio. Até por isso, não havia necessidade de acusar o Sporting do recurso a uma agressividade intimidatória. Creio ter sido o argentino José Pekerman, um treinador amante do jogo combinativo e com estilo, a dizer que o futebol deve ser jogado com alegria, mas também com uma faca entre os dentes. E quem deveria entender bem esta imagem até deveriam ser os responsáveis de um Porto que conseguiu boa parte do seu invejável palmarés à custa de uma grande atitude competitiva. Não colhe também, como é óbvio, a desculpa dos erros arbitrais, uma tentação que tem tanto de infundada como de contagiosa, como o Benfica já tinha mostrado na semana passada.»
(Bruno Prata, Ludopédio, in Record)

Dá-me ideia que Bruno Prata estará a protagonizar como jornalista, a nuance de refinamento técnico e táctico que inteligentemente parece ter descoberto finalmente em Jorge Jesus! Esta sua crónica de hoje afirma-o de forma gritante e incontornável. E note-se que estará a ser dos primeiros jornalistas portugueses a aperceber-se que Jorge Jesus nunca mais foi o mesmo desde que atravessou a rua para abraçar o projecto do Sporting.

Excelente também as apreciações que faz sobre o papel que Bruno de Carvalho está a desempenhar neste estonteante Verão quente de 2016, sobre a estúpida reacção das gentes do Porto à mais do que justa e merecida vitória do Sporting
no último clássico e, pasme-se, que dizer do "comovente" recado que sobre o mesmo tema envia ao "folclore benfiquista" a propósito do empate com o V. de Setúbal?!...

Já por aqui deixei várias vezes implícito o que agora passo a afirmar de forma explícita e sem subterfúgios:

O futebol português e a classe ds jornalistas portugueses, precisam como de pão para a boca de um Sporting campeão! Precisam de perder a subserviência aos "ddt's", para poderem evoluir para patamares europeus a todos os níveis que se possam imaginar. Precisam de abandonar definitivamente a estúpida "infância" em que se deixaram enredar.

Um novo ciclo de vitórias leoninas poderá ser a carta de alforria de muita gente!...

Leoninamente,
Até à próxima

A pimenta no cu dos outros não será propriamente refresco!...


... E JUSSARA CORREIA

«Poucas coisas geram tanto entusiasmo no adepto como o defeso. O vai-e-vem de jogadores alimenta sonhos de grandeza. Por estes dias, tudo nos é permitido: não há craque que não esteja para ser contratado pelo nosso clube. A comunicação social joga com isso e faz de rumores notícias. Até aqui, nada de novo – os adeptos gostam de ser iludidos. Faz parte do jogo.

Há, contudo, uma realidade paralela em torno das movimentações de mercado que convém ser esquecida, caso queiramos preservar a paixão pelo futebol. Direitos económicos vs. desportivos; fundos e superagentes; clubes detidos por empresários asiáticos que se transformam em veículos para ativos tóxicos; cláusulas de rescisão para além do razoável; prémios de assinatura para o agente amigo; contratações esdrúxulas por valores idênticos às vendas de craques incontestáveis. O futebol a tornar-se um tema que pouco diz à paixão do adepto.

Talvez o negócio Rafa seja o pináculo de toda esta realidade. Com direitos económicos divididos entre Feirense (10%), Braga (40%), Gestifute (40%) e António Araújo (10%), Rafa é a versão século XXI do capitalismo popular, que caraterizou a vaga de privatizações do início dos noventa. Todos sonham lucrar com o negócio.

Ultrapassada esta intrincada rede de proprietários, eis que, numa troca epistolar em público, descobrimos que a administração da ONSOCCER International S.A. e Jussara Correia reivindicam ainda uma parcela pela intermediação da venda. Desconheço a empresa, de nome estrangeiro, mas a minha intuição diz-me que é Jussara Correia que guarda a chave que desvenda todos os mistérios do futebol.»
(Pedro Adão e Silva, A luz intensa, in Reocrd)


"Tempus dominus rationis est": O tempo é o senhor da razão!... Não conheço o autor deste sublime pensamento. Já alguém o terá atribuído a Marcel Proust, mas o facto de a frase aparecer frequentemente em latim leva-me a acreditar que terá sido oferecida à Humanidade muitos milhares de anos anos antes do escritor francês ter nascido, o que releva a grande verdade que encerra.

Quando já lá vão mais de três anos o recém eleito presidente do Sporting Clube de Portugal, ousou pela primeira vez em Portugal dizer o que pensava sobre a aberração que constituíam a grande maioria dos fundos, superagentes e empresários de todas as origens que fazem do futebol a área privilegiada para todas as falcatruas que a lei obstaculiza, um indiscritível coro de virgens ofendidas elevou a sua voz e o mínimo que terão chamado a Bruno de Carvalho terá sido... D. Quixote Desmancha (prazeres)!...

Quando o grande jornalista italiano Pipo Russo lá do berço das mafias, ousou homenagear a coragem do presidente leonino e afirmar-lhe a sua solidariedade, muito poucos não lhe terão chamado tonto!...

Passaram os anos até que hoje, o agnóstico profundo e convicto que sou, se benzeu com a mão esquerda, quando se lhe deparou esta crónica do indefectível benfiquista, insigne  professor no ISCTE-IUL e apreciado comentador político Pedro Adão e Silva...

Há pessoas que só quando a desgraça lhes bate à porta se apercebem de que afinal...

A pimenta no cu dos outros não será propriamente refresco!...

Leoninamente,
Até à próxima

segunda-feira, 29 de agosto de 2016

No melhor pano cai a nódoa! Sempre foi assim e sempre assim será!...


Ainda lavando os cestos da vindima dos últimos dias e que parecia ter terminado ontem em apoteose no estádio José Alvalade, com o corte dos derradeiros e saborosos cachos de uvas azuis reluzentes, talvez seja a altura mais indicada para um balanço desapaixonado de tudo o que aconteceu e continua a acontecer no Sporting, umas vezes a merecer o meu aplauso e outras nem tanto assim, mas como ensinou Voltaire, "As paixões são como as ventanias que inflam as velas do navio. Algumas vezes o afundam, mas sem as ventanias não se pode navegar."

Quero com isto dizer que nem só de sorrisos vai vivendo o adepto leonino que sou. Também por vezes o sobrolho se me carrega sem que o possa evitar. Mas entre coisas positivas e negativas, importante será que o Sporting continue a navegar! Assim...

Positivo

- O louco assédio dos endinheirados da Europa aos nossos melhores jogadores.

- A transferência de João Mário para o Internazionale Milano. Pese embora a partida do nosso talentoso leão, a outra face da moeda trouxe ao Sporting um incontável número de benefícios.

- A eventual saída de Islam Slimani, afina exactamente pelo mesmo diapasão da anterior, com o singular condão de um impensável reforço do prestígio e da saúde do Clube para níveis inimagináveis.

- A vitória no clássico que  vai muito para além da conquista  dos três pontos.

- A resposta da SAD às saídas dos nossos jogadores mais requisitados, com contratações aparentemente bem pensadas no tempo e no modo.

Negativo

- A expulsão de Jorge Jesus do banco de suplentes. Por mais atenuantes que tentemos encontrar, já estará na hora de adquirir a fleuma necessária e compatível com a grandeza do Clube.

- O cartão amarelo a Gelson Martins a seu "pedido expresso" não revela apenas imaturidade. Uma pena que um jogador, seja ele qual for, não seja capaz de interiorizar que na jogada seguinte o jogo poderá "obrigá-lo" a segundo amarelo e, com a expulsão, transformar uma vitória anunciada, numa derrota sem desculpa. Deveria ser substituído no minuto seguinte, como medida profilática para ele e para todos.

- A presumível entrevista de Adrien Silva ao jornal O Jogo. Não é de Capitão do Sporting Clube de Portugal. Nem do homem que todos imaginávamos que fosse, pese embora a eventual validade de todos os argumentos expressos.

- As declarações de Litos sobre uma possível saída de Adrien Silva, elas sim, uma facada nas costas do Sporting.

No melhor pano cai a nódoa! Sempre foi assim e sempre assim será!...

Leoninamente,
Até à próxima

Ficam tão bem o "armani" e os "ray-ban" ao Nuno que até parece mentira ser calimero!...


"Rotinas da equipa do Sporting foram fundamentais para a vitória sobre o Porto."
Capa do jornal Público

"Houve reacção portista mas equipa nunca foi agressiva."
Domingos Paciência in capa do JN

"Líder, Rei e Senhor. Leão impõe-se e isola-se. 
Equipa verde e branca virou o jogo e o marcador com autoridade."
Capa do jornal A Bola

"Argelino sai em lágrimas e vai rumar ao Leicester que também quer Adrien. Gelson virou o jogo: decisivo no 1º golo e atirou para o 2º. 
Se o presidente quisesse fazia uma pipa de massa com transferências."
Capa do jornal Record

"Leão teve de usar as garras.
Dragões queixam-se de dois lances de mão na bola e de jogo violento.
Slimani e Adrien perto do Leicester.
Arbitragem teve clara influência na resultado."
Capa do jornal O Jogo

"Foi contestada a arbitragem de Tiago Martins, sobretudo pelos lances dos dois golos - muito protestados por Casillas. Boas decisões em ambos os casos: no primeiro golo, Gelson domina com o peito; no segundo golo, a bola bate efectivamente no braço de Bryan Ruiz, mas o costa-riquenho tem o braço encostado ao corpo e não tem forma de evitar o alívio à queima de Marcano. Gostava de saber, no entanto, se Jorge Jesus é o único treinador da Liga que manda bocas aos árbitros durante os jogos."
Mestre de Cerimónias in O Artista do Dia

Ficam tão bem o "armani" e os "ray-ban" ao Nuno que até parece mentira ser calimero!...

Leoninamente,
Até à próxima

O "elixir de Alvalade" só não vê quem não quer!...


O ELIXIR DE ALVALADE

«Reza a lenda que na China do século IX, ao procurar criar o elixir da imortalidade, um grupo de alquimistas descobriu a pólvora. Também o Sporting recorreu a um alquimista, Bruno de Carvalho, para inverter o rumo das desgraças que se sucediam em Alvalade. Podia é tê-lo tido mais cedo, logo nas eleições de 2011, quando Bruno tinha a batalha ganha até às 18 horas, para depois aparecer, sobre o fecho das urnas, a brigada do reumático, carregada de votos, a virar a coisa para o lado de Godinho Lopes, um azar dos diabos.

Conflitualidade permanente. O presidente leonino percebeu, desde a primeira hora, que a prioridade era recolocar o Sporting no mapa de que sucessivos erros desportivos e de gestão o tinham retirado. Daí as polémicas, os remoques, os contra-ataques, a estratégia da conflitualidade permanente. E a preocupação da comunicação. A saída de João Mário para o Inter foi "compensada", no próprio dia, com o anúncio da maior transferência de sempre de um jogador português para o estrangeiro e a contratação de Pedro Delgado – valha ela o que valer. Antes do clássico de ontem, soube-se, quase em simultâneo, da partida de Slimani e do desembarque de Bas Dost. 

Euforia controlada. São actos normais de uma gestão profissional? Sim, mas transmitem confiança aos adeptos e à estrutura, e geram um entusiasmo que se transmite aos jogadores, que retomaram o hábito de vencer e vêem os companheiros, que se valorizaram, conquistar o direito a novas carreiras e melhores salários. Foi esse clima de euforia controlada que esteve na base da volta que os leões deram ao resultado. Dominados na parte inicial do encontro e em desvantagem no marcador, tiveram alma e talento para chegar à vitória.

Barato. Contratar Jesus foi o pozinho decisivo no êxito da poção do alquimista de Alvalade. Com a ida à Champions e as vendas de jogadores, já ninguém se lembra dos milhões do salário de um técnico que se pode até considerar barato. Caros são os que auferem menos e não metem dinheiro em casa.

Mestre. No jogo com o FC Porto, encontrámos três bons exemplos dos milagres de Jesus: Bruno César – que exibição! –, João Pereira e Bruno Paulista. O primeiro errou pelo Mundo e exilou-se no Estoril, o segundo foi corrido do Valencia – por Nuno Espírito Santo (!) – e esteve meio ano sem clube, e o brasileiro parecia perdido na equipa B. Pois aí estão eles, de regresso ao alto rendimento, simplesmente porque na sua vida lhes apareceu um mestre.»
(Alexandre Pais, Futebol à Portuguesa, in Record)


Com esta crónica de Alexandre Pais, até me esqueci das "lágrimas de crocodilo" vertidas pelo excelentíssimo senhor sub-director do Record, Nuno Farinha - ou será farelo? -, com o "desplante" do Sporting em ter feito alinhar Islam Slimani contra o Porto, quando estará praticamente acordada a sua transferência para um qualquer clube inglês por, imagine-se, 30 milhões! Só "farelo"?! Mas olha que alguém aí no Record te terá dado uma facada nas costas, porque já por lá li qualquer coisa a rondar os 40!...

Já vi benfas a gostarem menos que o Porto vencesse o Sporting em Alvalade do que o "farelo" de forma asinina expressa na sua crónica e a preocuparem-se muito menos ou nada mesmo, com um cartão amarelo que eventualmente o árbitro pudesse mostrar ao argelino. Coitado do "farelo", está mesmo cada vez mais burro!...

Mas estava eu a dizer que a crónica de Alexandre Pais é do "caraças", exactamente porque, a meu ver, o prisma pelo qual observa o "Sporting de hoje" está em flagrante rota de colisão com a grande maioria dos assalariados que andam lá pelo Record a coçar o rabo pelas esquinas e a escreverem e a publicarem aquilo que o "farelo" lhes manda, António Magalhães e Bernardo Ribeiro incluídos!...

Claro que o "elixir de Alvalade" só não vê quem não quer!...

Leoninamente,
Até à próxima

Sporting, o mundo sabe que pelo teu amor eu sou doente!...




A sublime canção original "Comme d'habitude" foi composta em 1967, com letra de Claude François e Gilles Thibaut e musicada também por Claude François em parceria com Jacques Revaux e com Hervé Vilard a interpretar a primeira gravação.

Em 1969 Paul Anka depois de ficar extasiado perante tão melódica a fabulosa canção logo da primeira vez que a ouviu na televisão francesa, comprou aos autores os direitos de publicação e adaptação para a língua inglesa e pouco depois nascia "My Way" especialmente ciada por ele para Frank Sinatra que viria a imortalizá-la.


Há mais de 45 anos que este autêntico hino à estética musical, embora vendo sempre respeitada a sua ímpar harmonia melódica, tem sofrido frequentes e sucessivas adaptações no que à letra diz respeito, consoante as mais variadas línguas, argumentos e objectivos o foram impondo. 

Alguém, em sublime momento de inspiração, pensou um dia em transformar esta poderosa canção com quase meio século de existência, num poderoso hino motivacional do Sporting, para ser cantado em uníssono por um Estádio José Alvalade completamente lotado.

Mal saberia esse alguém o bonito sarilho que arranjaria aos adversários do Sporting, quando o calendário os obrigasse a visitar Alvalade. E o que por lá aconteceu ontem ao fim da tarde, aquela reviravolta heróica que conduziu o Sporting à liderança da tabela classificativa, pode muito bem ter começado aqui:




Não me admiraria nada que, concluído o Pavilhão João Rocha, o Sporting Clube de Portugal se veja na necessidade de, a muito curto prazo, matar dois coelhos com uma só cajadada: tapar o odiado e perigoso fosso e conseguir o acréscimo de lotação para o estádio de forma a encontrar resposta para sucessivas casas esgotadas geradas por um empolgamento a que nenhum sportinguista ficará indiferente!...

Sporting, o mundo sabe que pelo teu amor eu sou doente!...

Leoninamente,
Até à próxima 

domingo, 28 de agosto de 2016

Há quem diga que ainda falta um, será verdade?!...


E para rematar esta semana intensa de especulações e dúvidas e celebrar a vitória de Alvalade e a consequente liderança destacada da Liga NOS, nada melhor do que o Sporting anunciar oficialmente a contratação de Luc Castaignos.

Com mais este "vaso de guerra", fica completa a "armada holandesa" de ataque ao título de campeão nesta época de 2016/17, mas parece que a coisa ainda não ficará por aqui. Há quem diga que ainda falta um "contratorpedeiro" para defender as linhas a bombordo...

Será verdade?!...

Leoninamente,
Até à peóxima

Claro que já era tempo!...


ALVALADE, CALOR EXTREMO

«Um estádio a abarrotar vibrou num clássico ainda mais especial, pois enfrentavam-se os dois grandes que precisam, como pão para a boca, de escorraçar de campeão um Benfica instalado no título há três anos e que já cumprira na Madeira o objectivo da jornada. A pressão era de cortar à faca, num Alvalade debaixo de um calor extremo em temperatura, nas bancadas e no campo.

O Porto entrou determinado em ser feliz e marcou, mas não gelou os adeptos verdes que se mantiveram irmanados com a equipa na vontade inabalável de triunfar. E chegou o empate. A partir da igualdade, o Sporting agigantou-se e empurrou os dragões para trás da linha do meio campo e, ainda no primeiro tempo, virou o resultado com um golo que ditou o resultado.

O segundo tempo foi dos leões que dominaram e dominaram. O pecado esteve nos falhanços em momentos de decisão em algumas flagrantes oportunidades que podiam ter matado o jogo com um terceiro golo, o qual acabou por não ser necessário , a vitoria foi verde e o Sporting saltou para a liderança, isolado. Um feito louvável.

Para o triunfo, foi decisiva a decisão de Jorge Jesus na troca de posições entre Bryan Ruiz e Bruno César e depois, um depois muito importante, os fabulosos desempenhos de William Carvalho e Rúben Semedo num conjunto que deu tudo, com uma tremenda garra da qual João Pereira foi exemplo.

Uma equipa madura, com portentosa coluna estrutural e com imenso talento, um treinador de topo e os melhores adeptos do Mundo formam no Sporting um conjunto ganhador. Já era tempo.»
(Alberto do Rosário, Bilhar Grande, in Record)

Soube-me muito bem ler esta crónica de Alberto do Rosário depois do acalorado encontro de Alvalade.


Claro que os perdedores "agarraram-se" ao árbitro para justificar o insucesso! Quando isso deixar de acontecer cá pelas margens do pântano, até os galos começarão a pôr ovos!...

Acho que serão desculpas esfarrapadas de mau perdedor. Mais razões talvez tivesse JJ para se queixar do "zelo" do árbitro e preferiu falar de outras coisas, se calhar bem mais interessantes!...

Quanto ao Sporting ser um conjunto ganhador, também penso que já era tempo!...

Leoninamente,
Até à próxima

Alvalade tem mais encanto na hora da despedida!...


Todos os sportinguistas compreendem bem as tuas lágrimas Islam Slimani! Ser Sporting é algo que não se ensina, não se explica, não se implora e muito menos exige! Somente se sente e vive... ou não! É algo que simplesmente acontece e essas lágrimas de gratidão só os sportinguistas as poderão compreender! Mais ninguém... 

Sabes tu e sabemos todos nós, sportinguistas, que nunca mais esquecerás estas mais de três épocas que passaste em Alvalade e que para sempre habitará em ti uma palavra que não conhecias e que connosco aprendeste: saudade!...

Vamos ter saudades de ti, Slimani! Mas vibraremos com o teu sucesso como se fosse nosso, porque sabes tu e nós também, que sem o Sporting talvez o teu futuro não se adivinhasse tão risonho!...

Mas vai em busca da tua felicidade com uma certeza: tu não deves nada ao Sporting, nem o Sporting te ficará a dever nada a ti! Ambos foram felizes com a tua vinda para Alvalade! E na hora da despedida  o saldo será, para além desta bendita saudade, uma gratidão imensa: em ti e em nós. Mas acredita que todos compreendemos as tuas lágrimas...

Alvalade tem mais encanto na hora da despedida!...

Leoninamente,
Até à próxima

Três milhões e meio de portugueses hoje vão dormir felizes!...



Foi a cereja no topo do delicioso bolo que o Sporting ofereceu aos seus adeptos neste memorável fim de semana: oitenta e tal milhões na caixa, duas saídas importantíssimas rapidamente colmatadas e a liderança destacada da Liga NOS, antes deste interregno das selecções que cai como sopa no mel, com JJ a ter o tempo imprescindível para afinar uma orquestra com novos músicos!... 

Um jogo impróprio para cardíacos, nem sempre bem jogado mas frenético e de muita luta, no qual as três equipas deram o que tinham e o que não tinham, com o Sporting a alcançar uma vitória justíssima e o Porto a sair de cabeça erguida.

Três milhões e meio de portugueses hoje vão dormir felizes!...

Leoninamente,
Até à próxima


Fica assim a faltar apenas um!...

Luc Castaignos, hoje à chegada ao aeroporto da Portela

Aguenta coração! O próximo já está em Lisboa para exames médicos e assinar contrato com o Sporting!...

Fica assim a faltar apenas um!...

Leoninamente,
Até à próxima

PUBLICIDADE