terça-feira, 16 de agosto de 2016

Por cada leão que "cair", outro leão se levantará!...



Embora nenhum sportinguista desejasse ser confrontado com a iminente partida de João Mário para o F.C. Internazionale Milano, o facto é que a realidade é bem diferente e o melhor jogador da Liga NOS 2015/16 estará de malas aviadas e pronto para fazer o "check-in" do voo que o levará até Milão, muito justamente em busca dos seus sonhos e de uma independência económica que ainda há três anos, no trampolim das margens do Sado, nem lhe passaria pela cabeça. Ossos do ofício e consequência do seu talento e de ter bebido a água milagrosa da fonte da melhor Academia do mundo! Nada a fazer e pode João Mário partir de consciência tranquila porque se alguma coisa pudesse ficar a dever ao Sporting, os afectos sempre reafirmados e que leva consigo no coração, seriam paga suficiente para a grande nação sportinguista.

Mas à tristeza de ver partir o mais novo dos manos Eduardos, tinha vindo a somar-se a preocupação nos últimos dias, de saber que algo não estaria a permitir a inscrição de alguém que o Sporting, a tempo e horas, havia tido a inteligência e a perspicácia de contratar para eventualmente colmatar a brecha que viria a abrir-se na muralha leonina: Marcelo Meli.

Essa legítima preocupação no entanto viria a ser varrida do nosso espírito durante o dia de hoje (LINK): Meli já foi devidamente inscrito nos organismos competentes e passará a partir de agora a estar à disposição do treinador Jorge Jesus para avançar para a frente de batalha que todos queremos e desejamos travar e vencer, quiçá já no próximo sábado na Capital do Móvel, assim seja esse o entendimento do técnico leonino.

Por cada leão que "cair", outro leão se levantará!...

Leoninamente,
Até à próxima 

7 comentários:

  1. Caro Álamo:
    A melhor sorte para João Mário, se se concretizar a saída.
    Só um comentário: hoje em dia os jogadores, na ânsia de ganharem muito e muito rápido, para mais com a pressão dessas hienas que são os agentes, que ganham " à transferência", não páram para pensar ( se pensassem talvez não tivessem agentes, bastava um bom advogado para redigir os contratos). No caso vertente, e sem prejuízo do desejo do jogador de progredir na carreira, será o Intwr o clube adequado para tal? Pelo cemitério de jogadores e treinadores que tem sido nos últimos anos, não o creio. Mais, creio que, se tem tido paciência, ainda antes do frcho do mercado teria chegado melhor " casa" para onde se mudar. Espero que tudo lhe corra bem, mas fico com dúvidas.
    Um Abraço
    José Lopes

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro José Lopes,
      Acabo de ler num site italiano, que terá recebido informação privilegiada de um jornalista português que acompanhou as negociações por dentro, que BdC cedeu e o "negócio" está consumado! O homem esticou a corda até onde pôde, quase conseguiu atingir os 50M€, mas viu-se obrigado a ceder face à realidade que o rodeia: está sózinho, não tem o xaile de nenhum agente FIFA como outros, nem a máquina de propaganda de outros e... não podia falhar este "grande negócio"! Perderia o Sporting de duas maneiras: o dinheiro e o futuro rendimento do jogador! Porque este perderia 15M€ limpos em 5 anos e nunca mais seria o mesmo!...

      Quanto ao futebol com que JM vai ter de se confrontar, talvez pudesse brilhar mais noutro campeonato, mas ninguém lhe pagaria o que o Inter lhe vai pagar. É a sua independência e a da sua família! É humano... Qualquer um de nós faria o mesmo!...

      Um grande abraço

      Eliminar
    2. Sem querer tar a duvidar da sua pessoa,mas um jornalista português que acompanhou de perto as negociações e BDC não combina e nem sequer faz sentido!SL

      Eliminar
    3. A sorte do "anónimo das 00:10" terá sido eu dominar com fluência o "lisboês", pelos três anos de carreira académica que passei em Lisboa, e perceber à primeira leitura que a tradução de "sem querer tar a duvidar da sua pessoa..." será: "sem querer estar a duvidar da sua pessoa"! Mas aconselharia o anónimo a quando viesse aqui comentar o fizesse em português, na medida em que poderá haver um certo número de leitores que não dominem o "lisboês".

      De sequida, dizer-lhe que o que não faz sentido será afirmar que não se está a duvidar de alguém para a seguir, adversativamente, afirmar exactamente o seu contrário. Deverão ser hábitos que o anónimo terá adquirido na escola de onde eventualmente terá saído muito recentemente, mas neste blog, não sendo uma escola, não se cultivam hábitos tão pueris e deselegantes.

      Para rematar direi ao comentador que sob a capa do anonimato se atreve a acusar de mentiroso quem não conhece de lado nenhum, que o jornalista português citado pelo site italiano, se chama Joaquim Rodrigues, e que se as suas informações não combinam e não fazem sentido, terá o anónimo de discutir essa questão com o próprio e não vir aqui "arrotar postas de pescada" como se fosse gente grande!...

      Tenho pena que seja um sportinguista, num blog leonino a fazer uma triste figura destas, num blog que se calhar conhece apenas há meia dúzia de dias e julga ser igual aos que ordinariamente costuma visitar! Lamento-o profundamente.


      Eliminar
  2. Eu sou como sou o que não me impede de dizer um disparate de vez em quando. Tenho a maior admiração pelo João Mário que condidero ser o melhor jogador (português ou não) a jogar em Portugal. E aqui vai o meu disparate: penso que para JJ será mais fácil adaptar o esquema do Sporting sem contar com o João Mário do que sem outros e estou-me a referir a Slimaní em particular! Que ele tenha muita sorte lá pela Itália mesmo se o considere merecedor de um nível mais alto!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A minha sensibilidade aponta no mesmo sentido, meu estimado amigo Aboim Serodio. E colocaria logo a seguir a Slimani,também o Adrien Silva, como dos mais difíceis de substituir dentro da ideia de jogo de JJ...

      Eliminar
    2. E como "cada cabeça, sua sentença", eu coloco sir William, o pêndulo do nosso meio campo defensivo, como o de mais difícil substituição.

      Eliminar

PUBLICIDADE