sábado, 20 de agosto de 2016

É urgente Jorge Jesus afinar o tempero!...



Suada e com pouco brilho embora justa, esta importante vitória conseguida num terreno habitualmente difícil. Melhorias notórias em termos defensivos mas exibindo ainda muitas dificuldades em termos de penetração e eficácia atacantes.

Continua assustador o número de perdas de bola de uma equipa que muito raramente cometia esse erro na época passada. E é incompreensível como nos últimos minutos de jogo e com a vitória nas mãos, não consegue a frieza necessária para manter a posse de bola e reduzir a zero os riscos de um contra-ataque fortuito e de sofrer um golo no meio de qualquer confusão, situação que na temporada anterior nos terá roubado o título e que hoje não terá voltado a acontecer mesmo no fecho do encontro, porque um corte providencial de Sebastian Coates conseguiu secar os suores frios que já inundariam os rostos de muitos sportinguistas, comigo incluído.

Atribuo o "título" de melhor em campo "ex aequo", a Adrien e William, pelo que cada um fez, respectivamente, no primeiro e segundo tempo.

Resumindo, o Sporting assemelha-se a um bom cozinhado, ao qual ainda faltará uma boa pitada de sal!...

É urgente Jorge Jesus afinar o tempero!...

Leoninamente,
Até à próxima

1 comentário:

  1. Diz o nosso amigo Álamo que ao Sporting fará falta "uma pitada de sal"...
    Mas talvez seja melhor "acrescentar-lhe antes outros condimentos" (por exemplo sabor a Campbell...)...porque com o sal é necessário um certo cuidado...

    E que dizer daquele cartão amarelo ao William (quando o apitador foi tão condescendente com os pacenses...) numa jogada em que nem falta existiu da parte do nosso atleta...?
    Será "assim" que "vai ser tratado" para lhe irem "somando" a amarelos que depois serão "trocados" por jogos de descanso...?
    Confesso que ainda "ando à procura" de justificação para aquele amarelo, que só encontro no facto de...ser um dos nossos...!

    Abr e SL

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE