quarta-feira, 31 de julho de 2013

Sporting - Nacional, amanhã à 21.15 na SportTV1

 
 
Acabou por imperar o bem senso. O jogo de preparação que o Sporting amanhã vai disputar como o Nacional da Madeira em Rio Maior, anteriormente marcado para as 20.15, acabou por ser diferido para uma hora mais tarde e terá honras de transmissão televisiva pela SportTV1.
 
Depois da agradável prestação evidenciada contra a Real Sociedad, amanhã será curioso de apreciar a reacção da equipa leonina, contra uma equipa da Liga Portuguesa, que nos permitirá ficar com uma ideia mais aproximada do Sporting que teremos num campeonato onde não desejaremos ver repetida a triste figura da época passada.
 
Sem euforias e com as nossas expectativas bem balizadas por um realismo que nos vemos obrigados a interiorizar, mas com a esperança incontrolável na nossa alma de leões, de assistir a um futebol bem jogado e prontos para ajudarmos a torcer no final as camisolas da nossa "meninada", aqui e ali compensada com outros "meninos leões" de quem também aprenderemos a gostar e a aplaudir.
 
Leonardo Jardim não poderia ser impedido de continuar a proceder à suas afinações, durante um intervalo tão grande. A partida que o Nice nos pregou, sem que ninguém ainda nos tenha explicado porquê, já que jogou no mesmo dia e à mesma hora com outro adversário, tinha que ser compensada. Acredito que tenha sido Jardim a quebrar o gelo e a animosidade que parecia existir entre as duas colectividades. È bom que tenha sido assim. As guerras não interessam a ninguém. Amanhã, às 21.15, não há mais nada para ninguém: JOGA O SPORTING !!!...
 
Leoninamente,
Até à próxima

Um alerta, com intenção única !...

Esta semana arrancou e vai decorrendo com sucessivas notícias desagradáveis sobre o Sporting Clube de Portugal. Nada que abale a confiança dos adeptos, mas bem melhor seria que o Clube não andasse nas primeiras páginas dos jornais, com evidentes prejuízos da sua imagem de grande, de enorme Clube, seja qual for o contexto em que seja inserido.
 
Nunca colocarei em causa, que eventuais razões estratégicas tenham estado na origem de alguns, senão de todos, os actos decididos pelos responsáveis leoninos. Porém, na minha condição de adepto, entendo que dificilmente alguma vez a imagem e respeitabilidade de um clube deverá subordinar-se a qualquer estratégia, por muito inteligente ou justificada que se apresente. 
 
Num alinhamento que não pretende ser cronológico, antes resultante da importância das matérias, colocarei à cabeça a recente decisão da Comissão Arbitral Paritária, que tem em mãos o caso Bruma, de declarar improcedente o processo apresentado pelo Sporting. Que me perdoem os estrategas da área jurídica do Sporting, mas jamais entenderei uma estratégia que passe por sofrer um golo no primeiro minuto do desafio, como forma de alcançar a vitória no final do encontro. E dói-me a alma de sportinguista quando me vejo obrigado a reconhecer alguma razoabilidade nas afirmações do advogado do jogador quando diz que ".... o Sporting fez mal o seu trabalho de casa!...".
 
O clube de futebol francês Stade de Reims, acusa o Sporting de ter mudado a sua posição "de forma incompreensível" nas últimas horas, no caso do processo de transferência de Atila Turan. E de novo, como adepto e apenas enquanto tal e sem colocar em causa eventuais benefícios que pudessem vir a resultar da atitude tomada pelo Sporting Clube de Portugal, nenhum fim poderá alguma vez justificar meios de natureza duvidosa no sentido de o alcançar. No Sporting, na minha modesta opinião, jamais poderão alguma vez ser utilizados métodos que condenamos nos outros. Primeiro, estará sempre uma história de 107 anos e uma dignidade de que justamente nos orgulhamos.
 
Convirá também incluir neste lote de coisas desagradáveis, os cancelamentos dos jogos de preparação com o Beira-Mar, logo no início da pré-época e com o Nice, que deveria realizar-se hoje. Porque das duas uma: ou a negociação, contratualização e marcação destes jogos foi protagonizada do lado do Sporting, por exemplares do mais puro amadorismo e/ou incompetência, ou o clube aveirense e bem assim o clube francês, estariam inevitavelmente neste momento a ser confrontados com os respectivos e inapeláveis processos indemnizatórios, de que os associados do Sporting já deveriam ter sido informados. Assistindo os adeptos sportinguistas ao mais ensurdecedor silêncio pelas bandas de Alvalade, naturalmente serão "empurrados" para a primeira hipótese, o que, para além de surpreendente, será descoroçoante e inimaginável, num dirigismo que permanentemente, desde que foi eleito, tem afirmado pelos mais variados porta-vozes, pretender acabar para sempre com o amadorismo e a incompetência com que infelizmente fomos confrontados nos últimos anos. 
 
Para o fim, ainda que haja por aí outros aspectos mais superficiais que melhor seria nem sequer pudessem ser considerados, mas que passarão mais facilmente por entre os pingos da chuva, a novela construída em torno de Elias. Quer-me parecer que, estejam as culpas onde estiverem, venham elas do passado ou resultem de incidentes insuficientemente ou mesmo mal geridos pela actual estrutura, quando os nossos telhados são de vidro, estamos decididamente condenados a não atirar pedras. E o comunicado emitido pelo Sporting, quer-me parecer a mim e duvido que o mesmo não acontecerá com a grande maioria dos adeptos, terá correspondido a um inusitado derrame de mais gasolina sobre a fogueira. Alguém terá trocado o necessário balde de água, por um explosivo e perigoso combustível.
 
Serei naturalmente insuspeito nas minhas críticas. Há quatro meses que venho por aqui erguendo a minha voz, na defesa do presidente Bruno de Carvalho e dos seus pares. Contra ventos e marés e mesmo contra os saudosistas internos de um passado que não desejarei ver repetido no Clube que amo. Mas sempre afirmei que essa minha posição de total solidariedade para com aqueles que hoje conduzem os destinos do Sporting Clube de Portugal, alguma vez se traduziria por uma posição cega, subserviente e acrítica. Defensor acérrimo de um Sporting a uma só voz, do mesmo modo entendo que a responsabilidade sempre recairá apenas sobre um único par de ombros.
 
Porventura fruto dos ciclópicos trabalhos a que tem sido obrigado, o presidente Bruno de Carvalho, terá sido obrigado a descurar a vigilância sobre as pequenas coisas do dia a dia leonino. Acredito que tal possa estar a verificar-se e que, infelizmente, alguns dos seus pares em que terá delegado missões menos espinhosas, não estarão ao nível da exigência que sempre apregoou. As minhas palavras de hoje trazem um alerta com intenção única!...
 
Leoninamente,
Até à próxima

terça-feira, 30 de julho de 2013

Zé Love no Sporting?! Bruno de Carvalho é que sabe !...

 
 
É apontado ao Sporting! Não triunfou em Itália e fala-se na possibilidade de vir para Alvalade, cedido por  empréstimo, durante uma época, pelo clube a que se encontra vinculado, o Génova, como aqui é referido.
 
Já por aqui acentuei que, do meu ponto de vista, face à situação de imperiosa necessidade de recuperação económica e financeira, as preocupações do Sporting deveriam focar-se exclusivamente na colocação de todos os atletas que Leonardo Jardim considere excedentários no grupo que terá idealizado para corporizar o seu projecto que, naturalmente, será o de todos os adeptos sportinguistas.
 
Mas admito em absoluto que, face à juventude e inexperiência de Salim Cissé, subjacente e paralela à preocupação referida, possa ser aproveitada uma qualquer possibilidade que o mercado revele, no sentido de reforçar um sector que revela algumas carências imediatas.
 
Claro que a notícia poderá perfeitamente incluir-se no vasto lote de especulações com que diariamente somos confrontados. Mas haverá nuances que não poderão ser negadas e, valendo o que valem todos os vídeos que possamos apreciar, também não deixa de ser curiosa a desenvoltura e o felino sentido de oportunidade do jogador.
 
 



Claro que um "negócio" desta natureza, há-de conter nuances que apenas quem estiver - se estiver - a conduzi-lo conhecerá. Com a dezena de "excedentários leoninos" que desejaríamos ver colocados, até poderá acontecer que apenas com um pau, seja possível matar dois ou mais coelhos. Restar-nos-à a nós adeptos, aguardar com calma, serenidade e confiança nos nossos dirigentes, que com toda a certeza procurarão o melhor para o Sporting.
 
De uma coisa pessoalmente terei poucas dúvidas: o patamar em que julgo Zé "Love" Eduardo estará colocado, nada terá a ver com as múltiplas soluções que já foram aventadas no mercado interno para as necessidades do Sporting. Perante elas, eu diria mesmo, que mais valerá estar quieto!...
 
Leoninamente,
Até à próxima

segunda-feira, 29 de julho de 2013

Lá vamos, cantando e rindo !...

 
Incrível a forma como Portugal foi afastado deste Europeu de Sub-19! Depois de conseguir recuperar de uma desvantagem permitida logo aos 5 minutos de jogo, com golos de Bernardo Silva aos 55 minutos e Alexandre Guedes aos 80,  os portugueses deixaram a Sérvia empatar a cinco minutos do final dos 90 minutos.
 
O prolongamento nada acrescentou ao tempo regulamentar: à superioridade e a sobranceria da equipa portuguesa respondeu a Sérvia com as armas da humildade e do esforço colectivo! Um filme já demasiado visto, onde o vedetismo e os conceitos extravagantes dos jogadores lusos têm conduzido a insucessos sistemáticos.
 
O desempate da marca das grandes penalidades, apenas trouxe a confirmação que os 120 minutos de jogo já tinham antecipado. As nossas selecções jovens, são conjuntos onde sobressai um estúpido vedetismo, exponenciado pelo culto terrível de egos despropositados e exibicionistas  e onde persistem em continuar ausentes os mais elementares príncípios de humildade e sentido colectivo.
 
Em duas competições internacionais de top consecutivas, persistiram os mesmos erros e a mais completa ausência de liderança. Enquanto a filosofia da escolha de cada um dos diferentes responsáveis pelos selecionados jovens, assentar em conceitos que nada terão a ver com  competências e capacidades para liderar projectos que assentam numa juventude que, embora recheada de talento, transporta em si uma colectânea de defeitos e vícios de mentalidade competitiva, não haverá nada a fazer.
 
"... Lá vamos, cantando e rindo, levados, levados sim, pela voz do som tremendo das tubas, clamor sem fim! Lá vamos, que o sonho é lindo! Torres e torres erguendo.  Rasgões, clareiras, abrindo!  Alva da Luz imortal, roxas névoas despedaça e doira o céu de Portugal!  Querer! Querer! E lá vamos!  Tronco em flor, estende os ramos, à mocidade que passa...".
 
Em quase quarenta anos, dolorosamente, pouco teremos aprendido! Continuamos pequeninos, com uma terrível e estúpida mania das grandezas, julgando que o êxito, no futebol e em quase tudo o que fazemos, o êxito deriva das massagens do umbigo e de coloridos e extravagantes penteados! Somos um arremedo de hiena, que comendo excrementos de carnívoros e fazendo sexo apenas uma vez por ano, passa eternas madrugadas a rir, sem que ninguém saiba porquê ?!...
 
Leoninamente,
Até à próxima

domingo, 28 de julho de 2013

Fernando Martins, uma grande figura benfiquista !...

Fernando Martins, uma grande figura benfiquista
 
 
Há momentos na vida do cidadão adepto de toda a actividade desportiva, que em silenciosa homenagem, se esquecem rivalidades e acrimónias passadas. Hoje no meu coração de sportinguista, mora um profundo respeito pela incontornável figura benfiquista que foi Fernando Martins.

À família benfiquista enlutada, Leoninamente!!!... endereça as mais sentidas condolências.

Leoninamente,
Até à próxima
 

Medalhas do Ecletismo - João Costa

 
 
E o ecletismo do Sporting Clube de Portugal, renova-se em cada dia. Recorda-se com orgulho e saudade no Mundo Sporting! Mas está vivo em cada dia no presente, projectando-se garantidamente no futuro!...
 
Ontem, mais um dia glorioso para o atleta olímpico do Sporting, João Costa, na prova de 50 metros do Campeonato da Europa de bala, que está a decorrer na localidade croata de Osijek, ao arrebatar a medalha de prata, a escassos 6.4 pontos do ouro, a somar a uma carreira prodigiosa de amor à modalidade e ao Sporting Clube de Portugal, onde sobressaiem quatro presenças consecutivas em Jogos Olímpicos, quiçá um excelente prenúncio, rumo ao Brasil.

Honra e aplausos orgulhosos para o Leão, João Costa!...

Leoninamente,
Até à próxima

Honestos e sérios, continuem rapazes...



E como é bom regressar a casa...
É ali que estamos completos...
Que sonhamos...
Que rimos e choramos...
Que vamos e vimos... sem nunca de lá sairmos...!

E como é bom não estarmos sózinhos...!

E hoje não estive lá sózinho... trago a boa e grata companhia de uns HONESTOS e SÉRIOS jogadores que me encheram a alma...

Não... Não está nada acabado... Há um longo, e difícil caminho a percorrer...
Não... Não houve pontapés de bicicleta... nem filigrana futebolística...
Não... Não houve génios e artistas... nem o brilho de uma arte impoluta...

Mas houve...
Houve, sim, uma equipa séria nos princípios..., nos meios e nos fins...
Houve a honestidade dos justos e íntegros...
Houve coisas boas..., outras menos boas... mas houve dignidade...
Houve SPORTING...
E como eu já tinha saudades de ver este SPORTING..., o "meu" SPORTING...

Se me chega ver este "meu" SPORTING...? Sim chega... Não sou muito exigente... "Só" quero que dignifiquem a camisola e o clube que eu tanto idolatro...
Se quero mais deste "meu" SPORTING...? Nem vocês sabem o quanto, mais, eu quero...
Se acho que, pode dar mais, este "meu" SPORTING...? Com esta disponibilidade... claramente...

Obrigado rapazes...
CONTINUEM rapazes...

SL
 
Este foi o comentário de ZE, um grandíssimo sportinguista que também ajuda a que Leoninamente seja o blog que é! Obrigado amigo, bem haja!...

Leoninamente,
Até à próxima

sábado, 27 de julho de 2013

Leão escaldado, até de água fria tem medo !...

 
O jogo de apresentação do Sporting Clube de Portugal aos seus adeptos, começou com algumas surpresas. A ausência de alguns nomes como Tiago Ilori, André Santos e Viola, prestar-se-ão a várias interpretações, assim como a presença de William Carvalho, embora num plano completamente inverso, também será significativa.
 
Sobre os que não estiveram presentes, parecem-me evidentes as quase certas saídas de André Santos e Viola. Já quanto a Tiago Ilori, julgo que terão começado hoje os dois anos do calvário que ele próprio terá escolhido e, se não for capaz de entender o que se passa à sua volta, encarnará o exacto paradigma daquilo que o Sporting do futuro tem reservado para aqueles que porventura pensem subordinar a gratidão, o reconhecimento e o realismo das suas carreiras, à apressada ganância e ingratidão.
 
Tiago Ilori, como Bruma e eventualmente Idrisa Sambu e Moreto Cassamá, bem como todos aqueles que os rodeiam e (des)aconselham, "hão-de comer o pão que o diabo amassou" e somarão à ingratidão que manifestam com o Clube que tudo lhes ofereceu, a inveja de assistirem às trajectórias de sucesso de companheiros com quem ainda há pouco partilhavam o balneário e as alegrias das vitórias:  Eric Dier, Ricardo Esgaio, Wilson Eduardo, João Mário Eduardo, William Carvalho, Patrice Fokobo e outros que já se apresentam na longa fila apontada ao futuro leonino.
 
Mas voltando ao jogo de hoje, trouxe-nos ele a confirmação de que, salvo surpresas sempre possíveis, Leonardo Jardim, em 22 que hão-de constituir a equipa A, já terá escolhido 19: 
 
1- Rui Patrício;  2 - Welder;  3 - Maurício;  4 - Jefferson;  5 - Rojo;  8 - André Martins; 10 - Gerson Magrão; 11 - Diego Capel; 14 - William Carvalho; 15 - Eric Dier; 17 - Freddy Montero; 18 - Carrillo; 20 - Labyad; 21 - Fito Rinaudo; 22 - Marcelo Boeck; 23 - Adrien Silva; 28 - Wilson Eduardo; 41 - Cedric; 92 - Cissé.
 
Os 3 que teoricamente faltarão, sairão do lote constituído por Esgaio, João Mário, Fokobo e alguma eventual contratação que ainda possa estar em carteira.
 
Para além deste relevante aspecto do desvendar da composição do plantel principal, assistimos a um muito agradável jogo de futebol e a uma mais do que justa vitória do Sporting. Pudemos apreciar o que pode ser conseguido de um plantel em termos de capacidade e resistência física, ao fim de quatro semanas de trabalho, se o saber e a competência de quem faz a programação e a leva à prática, estiverem presentes. Que diferença para aquilo que nos foi dado apreciar no arranque e no decorrer de toda a época passada!...
 
Quando à organização do colectivo e ao sistema de jogo que Leonardo Jardim desejará implantar, apesar da equipa já revelar um nível de entrosamento e desenvoltura bastante agradáveis, o tempo que ainda nos separa do arranque das competições oficiais, dá-nos a garantia suficiente de quando isso acontecer teremos mais equipa e uma eficácia ainda maior. Em todos os aspectos do jogo, comparar a prestação que a equipa hoje conseguiu, com aquela via sacra que acompanhámos durante toda a época passada, mesmo até na parte final do campeonato, será um exercício inglório.
 
Não seria justo qualquer destaque, porque a entrega de todos esteve ao nível do leão rampante que orgulhosamente ostentaram no peito. Mas William Carvalho talvez tenha afirmado hoje de modo determinante, uma titularidade que poucos já se atreverão a contestar. E teremos também eventualmente assistido a uma supreendente e fantástica ressurreição de Adrien Silva.
 
Não me vou embora hoje, sem aqui expressar a minha grande e grata homenagem a Leonardo Jardim. E mais não digo porque, ou muito me engano, ou a sua contratação terá sido o melhor acto de gestão de Bruno de Carvalho, desde que foi eleito. E pode o futuro confrontar-me com a falta de adjectivos, se os começar a gastar tão cedo. Vou guardar tudo o que de bom e agradável hoje senti para lá mais para o fim da época. Até a euforia. Leão escaldado, até de água fria tem medo !...
 
Leoninamente,
Até à próxima
 

Começar bem, é bonito e faz bem à alma !...

 
 

Mais logo à noite em Alvalade, muitas dúvidas serão desfeitas. Leonardo Jardim já desfez o pequeno equívoco à volta dos 20 jogadores que constituirão o plantel principal. Afinal nesses 20 não deverão ser considerados os guarda-redes, pelo que o número total subirá, obviamente, para 22.
 
E pesem embora as muitas surpresas que o mercado ainda poderá vir a proporcionar, o certo é que Leonardo Jardim vai ter que apresentar aos sócios e adeptos do Sporting Clube de Portugal, o "esqueleto" possível da equipa que pretende, correndo naturalmente o risco de dentro de poucos dias voltar a fazer as necessárias correcções, porque definitiva só será a lista que elaborará na madrugada de 1 de Setembro.
 
Não virá mal ao mundo se na cabeça de cada sportinguista esse esboço já estiver alinhavado. Isso em nada colidirá com aquilo que venha a ser a realidade e sempre fará parte dos vícios do "treinador de bancada" que existe em qualquer adepto, muito particularmente se for sportinguista. Não resisto, nesta condição, em adiantar em algumas horas, a constituição da "minha equipa": 

GR: Patrício + Boeck
DD: Cedric + Welder
DE: Jefferson + Mika
DC: Ilori + Dier + Rojo + Maurício
MD: Rinaudo + André Santos
MC: Adrien + Magrão
MO: André Martins + Labyad
ED/EE: Capel + Carrillo + W. Eduardo + Viola
PL: Montero + Cissé


Pronto, não batam mais! Sei bem que o Patrício, com uma grande percentagem de certeza, não fará parte do plantel. Que o Mika fará parte da equipa B, assim como o William, o João Mário e o Wilson. Que o Adrien, o Labyad e o Viola ainda poderão sair. Sim eu sei isso tudo. Até sei que entre o Onyewu, o Boularouz, o Bojinov, o Jeffrén e o Pranjic, algum poderá acabar por ficar. Mas, meus amigos, eu apenas deixei aqui o meu "feeling", não se  abespinhem comigo, por favor.
 
Olhem, o que eu quero mesmo é que, independentemente de quem componha o lote que Jardim apresentará logo à noite, os nossos leões nos mostrem já um futebol agradável e, se possível, que marquem uns golitos para alegrar a malta e deixem os espanhóis a zero. Se não puder ser, já me fico só pelo futebol agradável e adulto. Força leões ! Começar bem, é bonito e faz bem à alma!...
 
Leoninamente,
Até á próxima

sexta-feira, 26 de julho de 2013

A mística leonina está de regresso ! Finalmente !!!...


 
Aguardava esta notícia a roer as unhas! Eu gosto destes "miúdos", eu gosto da sua maturidade, do seu carácter, da sua forma de estar e sentir o Sporting! E fiquei contente e feliz!...
 
Poderá até acontecer que venham a ser incluídos na equipa B ou mesmo a ser emprestados para continuarem a sua evolução de forma mais consistente, mas estas renovações serão a afirmação clara de que o Sporting conta com eles, lhes assegura o futuro e está disposto a esperar por eles!...

Agora estará nas mãos deles, trabalharem afincadamente para que amanhã sejam os nossos ídolos, que não trocaremos pela contratação mais sonante do mundo. Porque estes são nossos, estes conhecem demasiado bem o peso da camisola que envergam, são felizes por senti-la sobre o corpo e arriscam o seu futuro no Sporting, porque confiam no Clube. E nada no mundo poderá empolgar mais os adeptos do que sentirem essa confiança por parte de quem os representa!...

Sente-se finalmente no Sporting Clube de Portugal aquela mística que já foi nossa e tantas saudades nos despertava. Em todo o Clube começa a respirar-se Futuro, finalmente! E essa onda parece também começar a varrer a nossa Academia! Os "nossos meninos" começam finalmente a aperceber-se de que será sempre pelo Sporting que passará o seu futuro, independentemente do que a médio ou longo prazo lhes possa vir a acontecer.

E lentamente, quase sem se dar por isso, começam a decidir que não estão interessados em trocar o certo pelo incerto! Certo, certo é o seu amor ao Sporting! Certa, certa é a confiança, uma confiança do tamanho do mundo, que o Sporting lhes merece!...

Não é milagre o que está a acontecer! É a mística leonina que está de regresso !...

Finalmente !!!...

Leoninamente,
Até à próxima

Que Magrão engorde os nossos sonhos !...



E o sétimo leão para a temporada prestes a arrancar já foi apresentado! Gerson Magrão é o novo reforço do plantel profissional de futebol do Sporting Clube de Portugal. Com 28 anos,  13-06-1985, 1.81 e 74 kgs, este médio esquerdino vem do Brasil, destaca-se pela superior craveira técnica e polivalência e poderá vir a acrescentar ao grupo a maturidade que parecia escassear.
 
Gerson Alencar de Lima Júnior,  era um jogador livre e assinou contrato com o Sporting válido por uma temporada, mas prorrogável por mais duas épocas, o que assegura ao Clube uma liberdade futura completamente diferente daquela que neste momento não dispõe em relação a muitos dos profissionais contratados num passado recente.  

"... Espero ter sucesso. É um prazer enorme jogar no Sporting, um Clube grande com enormes tradições. Não prometo títulos, mas sim muito empenho, luta e vontade em todos os jogos. [...] Vou treinar e procurar fazer o meu melhor para estar entre os 11. Tenho 28 anos, por isso posso passar alguma da minha experiência para ajudar os mais jovens...".

Será este o 10 de que o Sporting há tanto tempo necessita?! Terminarão com ele, as tentativas de quase todos os últimos técnicos que passaram por Alvalade, para encontrar "o motor" do ataque leonino?! Conseguirá ele encontrar nos ares da nossa Academia o equilíbrio emocional que parece ter faltado ao longo da sua carreira?! E será Leonardo Jardim capaz de o despertar para o fecho com chave de ouro de uma carreira, onde queimando sucessivas etapas, nunca alcançou o êxito que em jovem lhe foi vaticinado?! Ninguém mais do que ele o desejará! Próxima apenas estará a mais fantástica falange de adeptos do mundo, que ele agora vai ter a oportunidade de ficar a conhecer! Que sejas feliz Gerson e que tenhas a maior sorte do mundo em Alvalade !...

Leoninamente,
Até à próxima

 

Grandes dúvidas e surpresas no ar ?!...




Depois de Jefferson, Maurício, Cissé, Hugo Sousa e Fredy Montero, eis que chega Welder, vindo do Palmeiras por empréstimo com cláusula de opção por mais 4 anos. Sabendo-se que um outro brasileiro, Gerson Magrão, só não foi hoje apresentado conjuntamente com o lateral-direito, pelo facto de a documentação necessária ainda não estar completa e tendo em conta que o presidente Bruno de Carvalho afirmou ainda haver mais reforços para apresentar, o que significará que além de Magrão ainda chegará pelo menos mais um, confesso que começo a ficar preocupado.
 
Acredito que esta catadupa de reforços obedeça a uma estratégia deliberada e há muito estabelecida, que visará sobretudo baixar os custos salariais do plantel principal. Mas, a ser assim, a famigerada lista de excedentários que até agora imaginávamos circunscrever-se a Onyewu, Boulahrouz, Bojinov, Pranjic e Jeffrén, ainda poderá muito bem ser implementada com algumas surpresas de monta.
 
Se eu estivesse na pele de todos aqueles cujos custos salariais estão de momento fixados acima do valor definido como tecto máximo no Sporting, já não dormiria descansado. Pouco importará especularmos em torno dos nomes de todos aqueles que estarão nesse lote e cujo rendimento desportivo, nem sequer ajudará a que possam vir a constituir excepções. As palavras que Bruno de Carvalho hoje pronunciou parecem-me demasiado claras e os 36 dias que ainda nos separam do fecho do mercado, poderão trazer surpresas para muita gente.
 
As expectativas sobre a apresentação do plantel para a temporada 2013/14, que amanhã ao fim da tarde decorrerá em Alvalade, redobram naturalmente depois das palavras do Presidente e aumentam a nossa curiosidade, uma vez que já poderão constituir um indicador aproximado das surpresas que anteriormente referi. Mas não apagarão também a preocupação que de início manifestei. É que me quer parecer que não estaremos a assistir a pontuais e contidas alterações. Tratar-se-á, pelo contrário de uma "revolução" que naturalmente introduzirá na produção do plantel consideráveis atrasos e um redobrar do trabalho de Leonardo Jardim, que me parece perfeitamente consciente disso!...
 
Leoninamente,
Até à próxima
 
 
 

Às vezes, de fraca toca sai bom coelho !...





Dizem que está em Lisboa e que na Academia já terá feito testes clínicos. Dizem também que Leonardo Jardim muito o aprecia e que há dois anos, quando treinava o Braga, esteve com um pé nos minhotos. Consta que é um 10 puro e que está sem clube, depois de acertar a rescisão com a sua anterior equipa, por incompatibilidade com o técnico. Apreciar um jogador apenas por um vídeo, é quase nada, mas...

Leonardo Jardim, extremamente cuidadoso com as palavras, deixou ontem nas entrelinhas um mundo de pontas por onde cada um poderá pegar a seu belo prazer. A mais importante, para mim, andará à volta, exactamente, da posição 10, onde Gerson Magrão poderá enquadrar-se. Em termos de custos, a opção até poderá estar dentro dos parâmetros há muito definidos por Bruno de Carvalho. Mas em todas as restantes envolventes, talvez ninguém possa colocar as mãos no lume., nem mesmo Leonardo Jardim, porque a carreira deste jogador terá sido um labirinto esquisito.

Quer-me parecer que a solução aventada aqui há poucos minutos, talvez seja um pouco arriscada. Com 28 anos e um passado complicado, tenho fortes dúvidas sobre a possibilidade de no final da primeira época não possa vir a fazer parte da famigerada lista de "excedentários" que nos dias de hoje nos vai dando cabo da paciência. Mas confio sobretudo no facto de o fecho do negócio tenha a ver com o "agrément" de Leonardo Jardim e isso já será para mim garantia suficiente.

Se Gerson Magrão deixar à porta da Academia o seu feitio complicado e por vezes mesmo irascível e Leonardo Jardim conseguir insuflar-lhe o espírito que nunca revelou ao longo da carreira, o Sporting ficaria a ganhar e até com os potenciais candidatos a 10, produtos de Alcochete, poderia acontecer o mesmo. É uma pena que as disponibilidades financeiras do Clube, neste momento, não permitam ir mais além. Mas, às vezes, de fraca toca sai bem coelho !...

Leoninamente,
Até à próxima

 

quarta-feira, 24 de julho de 2013

Rui Patrício não é mercadoria em saldo !...

Eu estava lá! Foi a melhor defesa que vi fazer, ao vivo, em toda a minha vida!
 
Surpreenderam-me as primeiras páginas dos jornais de hoje. Verifiquei que o Sporting assinou com um excelente avançado e que há forças, que sabe-se lá quais são, que acabam por conseguir que algumas primeiras páginas sejam mais uma proposta do Mónaco pelo Rui Patrício, ao invés da própria entrada de um jogador como o Montero, no futebol português.
 
É estranho porque não foi o Sporting que deu esta notícia, também duvido que tenha sido o Mónaco a dá-la, assim como o Rui Patrício. Por isso, não percebo estas primeiras páginas.
 
O Rui Patrício tem honrado a camisola do Sporting, foi formado aqui e já demonstrou publicamente o amor ao Clube em diversas ocasiões. Por isso, é logo a primeira pessoa, que numa eventual saída, não quer prejudicar o Sporting Clube de Portugal, nem acreditamos que vá pressionar o clube sabendo que a proposta em cima da mesa seja muito inferior ao seu real valor, mesmo que a nível pessoal a mesma seja satisfatória.
 
Estamos a falar do melhor guarda-redes português, titularíssimo da selecção portuguesa, um dos melhores do Mundo. Ainda há pouco tempo, num estudo de uma revista espanhola, foi considerado o sétimo melhor numa avaliação, entre 15 e 17 milhões de euros. Com certeza que o Mónaco, com o desejo de construir uma equipa com os melhores, terá isso em atenção e fará uma proposta mais condizente com o valor do jogador.
 
Além disso, se é a pronto ou não, quem define isso não é quem compra, mas sim quem vende. Seja em que moldes for, este ou outro valor, quem define essas questões é o Sporting, que, neste caso, seria o vendedor.
 
Além do mais, 10 milhões é um valor totalmente insatisfatório para o Sporting. Este não é o valor do Rui Patrício e, por isso, o Sporting não vai pactuar com manobras de primeiras páginas de jornais ou com manobras para tentar desestabilizar o jogador.
 
O Sporting sabe aquilo que o Rui Patrício vale, já fez chegar a informação clara ao seu agente, que é quem tem vindo a intervir neste negócio, uma vez que nós ainda não fomos contactados pelo Mónaco.
 
Mas, que fique claro, o Sporting não está em condições de pensar deixar sair Rui Patrício por um valor inferior a 15 milhões, nem sem as partes envolvidas estarem prontas para verem os seus direitos económicos actuais e futuros alterados com o apresentado pelo Sporting. Há uma diferença muito grande entre aquilo que é o valor do Rui Patrício e aquilo que é uma proposta, com certeza, meramente exploratória.
 
Os empresários têm de aprender uma lição rápida: quanto mais quiserem fazer negócio com o Sporting pelos jornais, menos negócio farão. Todos aqueles que assim o tentaram, deram-se mal. Quando se quiserem sentar e negociar a sério, então, o Sporting estará sempre pronto a negociar e a defender os interesses do Clube e, claro, não menos importante, os do jogador. Comigo não se negoceia através dos jornais.
 
Também achei descabido dizer que eu me iria sentar com o agente, para fechar uma coisa que estava falada há muito tempo. Deve ser um lapso dos jornais , porque comigo só falaram há dois dias, e, aí, fui claro: não aceitei e dei as condições para o Rui Patrício sair.
 
Além disso, o Sporting gosta de negociar com calma e com sigilo, seja pelo Rui Patrício, seja por quem for, quem quiser negociar com o Sporting tem de se sentar à mesa e negociar desta forma.
 
Rui Patrício tem contrato até 2018 e quem o quiser levar terá de o fazer consoante aquilo que o Sporting determina. A sair, teremos muita pena, ficaremos com saudades dele, porque deu muito ao Clube e é muito bom guarda-redes, mas se não negociarem dentro destas condições, ele ficará e nós ficaremos muito contentes.
(Bruno de Carvalho, em entrevista ao site oficial do Sporting)


Amén !!!...


Leoninamente,
Até à próxima

Inteligente será... conversar !...

 
 
"... Hoje em dia, é fácil constatar a importância de Baldé na futebol juvenil dos leões. A relação serve ambas as partes, pois se é verdade que o empresário alimenta os vários escalões do clube com jogadores, também é certo que é a estrutura leonina que os ajuda a crescer enquanto futebolistas...".
 

Bruno de Carvalho não terá pela frente, nem uma missão fácil, nem, longe disso, agradável. Assistem-lhe, como generalizadamente é aceite por todos os quadrantes do futebol português, profundas e consistentes razões morais. Mas não será inteligente atirar as responsabilidades da crise que vem protagonizando com o empresário, para cima do passado recente do dirigismo leonino, ainda que poucos duvidem das suas razões.
 
Catió Baldé, independentemente de todas as considerações que possam ser tecidas em torno do seu carácter e da sua integridade, será, hoje por hoje, o "dono" de um surpreendente painel de promessas guineenses, que despontam na Academia Sporting! Negar esta realidade será um erro de consequências imprevisíveis. Mas toda a moeda terá sempre duas faces e Baldé, saberá melhor que ninguém, que em nenhum outro local do mundo teria possibilidade de potenciar os diamantes que a conta-gotas tem "carregado" da Guiné-Bissau!...
 
  
 Nesta condição, ambas as partes, só terão a ganhar se se sentarem defronte de duas bicas e conversarem calma e serenamente, durante todo o tempo que for preciso. Excluindo à partida e disso fazer ponto de honra, todas as recriminações mútuas ou ónus de culpas passadas. E lançando bases para o estabelecimento definitivo entre as partes, de um protocolo de conduta futura, que faça cessar o diferendo actual e salvaguarde um relacionamento de médio e longo prazo que se tem revelado profícuo.
 
Poderá muito bem até acontecer, que esse protocolo possa vir a servir de base da "carta de admissão na Academia Sporting", que o amadorismo dos dirigentes sportinguistas nunca permitiu que alguma vez fosse elaborada e posta em prática. Poderá, quem sabe, que um dia destes possamos concluir que por vezes "há males que vêm por bem" !...
 
Leoninamente,
Até à próxima

Fredy Montero, sócio nº 101.870, bem vindo !...

 
 
Hoje foi o primeiro dia do resto da sua vida! Fredy Montero fez hoje o primeiro treino. Diz quem "andou por lá", que o novo leão anda num sino e que terá perguntado ao nosso capitão Fito Rinaudo,  a quem naturalmente a língua  aproximará, como é possível ser o sócio nº 101.870?! Terá mesmo confidenciado ao seu capitão, que depois de conhecer a nossa Academia e perceber pelo número do cartão de sócio a grandeza do seu novo Clube, nasceram-lhe na alma umas tais "ganas" de triunfar, que não irá apenas "pegar de estaca"! Já lhe estarão a despontar sob a pele, os rebentos de folhas e flores e que em pouco tempo irão surgir também os frutos !...

Que venham os golos Fredy! E então perceberás a verdadeira dimensão do Clube que nesta hora te abre os braços e que te deseja toda a sorte do mundo! Os adeptos leoninos, querem esquecer rapidamente as agruras e decepções de um passado recente! Eles não são bipolares, eles desejam é viver e conviver permanentemente com a vitória e nem tu sabes quão importantes poderão ser os teus golos, as tuas assistências, a filigrana do teu futebol e o lema que rapidamente irá marcar de forma indelével o teu espírito de leão que aprenderás a encarnar: esforço, dedicação, devoção e glória !...

Que assim seja Fredy Montero! Que sejas feliz e nos dês em troca a felicidade que há tanto tempo desejamos! Bem vindo à savana, novo leão colombiano !!!...

Leoninamente,
Até à próxima
 

Em Roma, sê romano e mai'nada !...

 
 
Para este velho adepto que "Leoninamente" sente e vive o Sporting, vai sendo difícil enquadrar-se nestes novos métodos que a globalização até no futebol vem impondo. Os velhos valores e princípios éticos em que nasci e fui educado, deram lugar a imbricados e complexos processos negociais, que numa primeira reacção me deixam confuso e desagradado. Mas não me custa reconhecer que o defeito será meu, porque "o mundo pula e avança, como bola colorida entre as mãos de uma criança"!... 
 
O negócio da contratação de Fredy Montero, afinal é simples! Quase tão simples como foi o de João Moutinho! Ou aquele de um famoso "roberto" que veio e foi para ajudar a "simplificar" a conta-corrente entre o Atlético de Madrid e a Inland, do nosso bem conhecido "rei dos pneus", negócio que ainda agora, estará a ser concluído com a vinda de Sílvio e Pizzi, antes que ficasse no rol dos esquecidos! É o futebol globalizado que temos e o "pixote" serei eu, ao pensar que Bruno de Carvalho, como Presidente de leões como eu, deveria ser um modelo de virtudes. Não pode, coitado! Mesmo que queira, vê-se obrigado a entrar neste combóio em andamento, e mais, tem que dar aquela famosa corridinha que tantas dei para apanhar o 28 rumo à Estrela!...
 
Já combati os meus pensamentos e decepções de ontem à noite e volto a estar, sem reservas, ao lado de Bruno de Carvalho. Em Roma, sê romano e mai'nada!... Boa Presidente!!!...
 
Leoninamente,
Até à próxima

terça-feira, 23 de julho de 2013

O que é que se passa em Alvalade ?!...


 
 
BRUNO DE CARVALHO CONTRARIA SEATTLE E AFIRMA QUE FREDY MONTERO ASSINOU POR CINCO ÉPOCAS, MAS EM COMUNICADO O SPORTING MENCIONA QUE O COLOMBIANO CHEGOU A ALVALADE POR EMPRÉSTIMO.
 
 
O título que acima destaco (link), apareceu há pouco, com considerações que, embora desagradáveis, fazem algum sentido. O que é que se passa em Alvalade?!...
 
Leoninamente,
Até à próxima

E Fredy Montero vai ficar com o número... 17 !...

 
 
Agora é oficial. Fredy Montero assinou contrato com o Sporting Clube de Portugal para as próximas cinco temporadas e foi apresentado esta tarde no Estádio José Alvalade, conforme aqui foi reportado  há poucos minutos atrás.
 
Vai utilizar o dorsal 17, que afirmou ter sido o seu número nas últimas cinco ou seis épocas e que porventura será o seu talismã. A operação terá custado, ao que se sabe, qualquer coisa como 2,5 milhões de euros, o que, segundo o presidente Bruno de Carvalho, será confirmado à CMVM a breve trecho.

As opiniões sobre a valia deste atleta serão múltiplas e nem todas coincidentes. Porém, a fazer fé nos vídeos disponíveis e que já aqui trouxe, quer-me parecer que poderá estar mais próximo de Falcao do que de Wolfswinkel. Dotado de excelente técnica e grande mobilidade, remata bem com qualquer dos pés e também possuirá um bom jogo de cabeça.

Agora caberá a Leonardo Jardim a tarefa de o enquadrar tão rápido quanto possível. Naturalmente que vem de um futebol completamente diferente e que a sua adaptação não será porventura, nem fácil nem rápida. Aos adeptos caberá terem a calma e a paciência necessárias, de modo proporcionarem uma integração tranquila e faseada. O Sporting Clube de Portugal, não dispõe de momento de argumentos económicos e financeiros suficientes para competir em pé de igualdade com qualquer dos nossos rivais, pelo que nunca poderiam os adeptos sonhar demasiado alto. Mesmo assim, imagino o esforço que terá sido necessário fazer, para hoje podermos receber Montero em Alvalade.

Leoninamente, desejamos a Fredy Montero toda a sorte do mundo e que se sinta bem em Alvalade. A julgar pelo que consta, estará apaixonado pela nossa Academia, que não troca por todas as estrelas que um qualquer hotel possa exibir. Isso enche-nos de orgulho e leva-nos a um forte e reconhecido aplauso, mesmo antes de começar a marcar golos. Que sejas feliz, Fredy!...

Leoninamente,
Até à próxima

P.S. - Posteriormente à publicação deste post, o Sporting Clube de Portugal divulgou no seu site oficial, a informação de que Fredy Montero, chegou ao Clube através de empréstimo por um ano, com opção de compra no final desse período.
 

segunda-feira, 22 de julho de 2013

Os dois lados da vida...

 
 
E a noite trouxe-nos três notícias: duas que entendo como boas e uma pouco animadora. A vida é composta tanto de coisas boas, como de outras que não o serão tanto.
 
A primeira boa notícia será, na minha opinião, a continuação de Valentin Viola no Sporting Clube de Portugal. Não terão chegado a bom termo as negociações para o empréstimo do argentino ao seu clube de origem, o Racing Avellaneda. Ao que se sabe, o clube argentino não terá estado receptivo à exigência por parte do Sporting de uma verba considerável pelo empréstimo. Apenas estaria disposto ao pagamento integral do salário do jogador, sem outra qualquer contrapartida. Sempre entendi que seria demasiado cedo para abdicar do talento que me parece existir no jovem Viola. Negociações duras?! Pois, evidentemente. O Sporting não está em saldo!...
 
A segunda boa notícia será a condição em que Fredy Montero chegará ao Sporting, que na nova configuração do negócio, receberá o colombiano por empréstimo, com provável opção de compra por parte do clube de Alvalade. Esta alteração das condições de ingresso de Montero no Sporting, parecem-me bem mais vantajosas, na medida em que a aquisição definitiva do seu passe poderia comportar os riscos que a nova modalidade nunca representará. Negociações duras?! Pois, evidentemente. Os tempos em que o Sporting era uma instituição de Segurança Social, terão acabado definitivamente!...

A notícia pouco animadora prende-se com a lesão no joelho direito da Marcos Rojo. Uma inesperada contrariedade, que não estava no programa de Leonardo Jardim. O atleta deverá ser sujeito a uma artroscopia, com um tempo de paragem nunca inferior a 4 semanas. Mas as mãos milagrosas do doutor Pedro Pessoa, não hão-de permitir uma grande paragem a Rojo. Brevemente aí o teremos de novo, com o seu problema ultrapassado, com a força inabalável de um leão. Força Marcos!...
 
Leoninamente,
Até á próxima 

Força Maurício !!!...

 
 
 
Maurício (2)
 
 
Chegou há meia dúzia de dias. Modestamente preferiu ficar na Academia, que gastar uma fortuna num hotel de muitas estrelas. Encontrou um futebol que nada tem a ver com aquele a que estava habituado. Fez um autogolo em Toronto. E já está a ser apelidado pela crítica que conhecemos bem, como um... reforço à beira de ser um desastre!...
 
Sportinguistas, não tenho procuração de Maurício para o defender, nem o pretendo fazer! Apenas me nasce uma "raiva entre os dentes" quando, assistindo diariamente ao elogio fácil de toda a trampa que aterra na Luz ou no Dragão, deparo com análises semelhantes à citação com iniciei este post, pela única e simples razão de que os analisados envergam a gloriosa camisola às listas verde e brancas.
 
Pôrra! E o que mais me dana é ver por aí sportinguistas a fazerem o mesmo! Eu fico sempre de pé atrás quando vejo a "pasquinada"  e as "más línguas sportinguistas" a actuar! E nasce-me uma força irreprimível de os contrariar.  Pois aqui vos garanto  e desafio a fazer o mesmo: vamos dar tempo a Maurício! Vamos deixá-lo adaptar-se, vamos permitir-lhe conhecer o futebol europeu, vamos deixá-lo receber os ensinamentos e conselhos de Leonardo Jardim, e quando passarem dois ou três meses, então sim, vamos fazer um exame rigoroso às prestações do rapaz!...
 
Neste momento, Maurício é nosso! É um leão que mudou de savana e anda ainda à procura de novos hábitos e de uma nova forma de sobreviver, nesta selva matreira e traiçoeira que é o futebol europeu, muito diferente do "brincar na areia" que é o futebol brasileiro. Vamos apoiá-lo e aplaudi-lo no próximo sábado em Alvalade. E dar-lhe tempo... FORÇA MAURÍCIO !!!...

Leoninamente,
Até á próxima
 
 

A grande dor de cabeça de Jardim !...

William Carvalho não escondeu a alegria na estreia a marcar com a camisola leonina.

Melhor do Sporting: William Carvalho (Nota 4)

Com apenas 21 anos, tratou do campeão uruguaio como poucos o fariam. Rinaudo – o capitão – foi ontem a sua sombra. Marcou um grande golo, ao minuto 32, e foi um dos poucos a trazer equilíbrio à equipa entre os sectores.


Nascido em Angola de uma família de sportinguistas, veio ainda menino para Portugal e cedo despertou atenções quando a grande capacidade física e uma excelente técnica individual exibidas nas camadas infantis do Algueirão e Mira Sintra, despertaram a cobiça de vários emblemas da capital com o SLB à frente. Não foi em futebóis, porque o seu grande sonho e amor sempre esteve em Alvalade. Quando Aurélio Pereira lhe acenou com o convite para ingressar na Academia e Nani o aconselhou a aceitar de olhos fechados, não hesitou em responder ao apelo do coração.
 
Tinha o ano de 2007 acabado de nascer e apesar de ainda ter idade de Iniciado, entrou directamente na equipa de Juvenis, ainda a tempo de se sagrar Campeão Regional e Nacional. Na época seguinte estrear-se-ia nas selecções nacionais de sub-16 e sub-17 e viria a confirmar-se como uma das grandes figuras dos Juvenis leoninos.
 
Na temporada de 2008/09, apesar de ainda Juvenil, ascendeu à equipa de Juniores do Sporting, onde voltaria a ser Campeão Nacional, ao mesmo tempo que continuou a fazer parte da selecção de sub-17, mas estreando-se no escalão de sub-18. Voltaria a ser Campeão Nacional de Juniores na temporada de 2009/10 e na época de 2010/11 estreou-se na equipa principal do Sporting, quando José Couceiro o lançou nos últimos minutos de um jogo disputado em Guimarães, corria o mês de Abril de 2011.
 
Ao ser promovido a sénior foi emprestado ao Fátima, onde foi utilizado preferencialmente como defesa central, mas em Janeiro de 2012 na reabertura do mercado, foi o escolhido pelo Cercle de Brugge, para de acordo com o protocolo estabelecido entre o Sporting e aquele clube belga, ocupar o lugar de Renato Neto, que na ocasião  regressou a Alcochete.
 
A sua imponente compleição fica - 1,87 e 80 kgs - e a sua extraordinária capacidade técnica, transformaram-no, nas duas épocas que passou no Cercle de Brugge, num jogador de referência da equipa e revelaram-se fundamentais para o seu regresso a Alvalade, muito provavelmente a título definitivo, muito pela excelente impressão que tem causado a Leonardo Jardim, a que se alia a sua profunda determinação de continuar a sentir sobre o seu coração de leão, a honra de ostentar orgulhosamente o "leão rampante" dos seus sonhos de menino.
 
Claro que estou a falar de William Carvalho, mais uma pérola da nossa Academia, de que Leonardo Jardim parece já não abdicar para, com Rinaudo, constituir a dupla que deseja ver à frente da defesa, no sistema 4x2x3x1 que tudo indicia será o seu modelo preferencial.
 
Tomando esta pérola angolana como exemplo de um estado de espírito que parece começar a evidenciar-se no seio do talento emergente da nossa academia, ou muito me engano ou estaremos a assistir a uma solidária resposta - será revolta?! - de grande parte dos "nossos meninos", à tão apregoada e condenada "ganância e ingratidão" que ultimamente surgiu na bruma que tem envolvido Alcochete. As rápidas, simples e transparentes renovações de Wilson Eduardo, Esgaio e Mika por mais cinco anos, as afirmações de André Martins de que só faz falta ao Sporting quem cá está e muitas outras disposições e posições semelhantes, anunciam uma nova mentalidade, uma nova forma de estar e sentir o Sporting Clube de Portugal.
 
Como já por aqui afirmei, Manolo Vidal, esteja onde estiver, deve estar orgulhoso! A nossa Academia parece começar a mostrar muito mais do que talento e classe!...
 
Leoninamente,
Até à próxima

Há quanto tempo eu não tinha esta alegria !!!...

 
 
Eu já não tenho coração para estas emoções, amigos sportinguistas! Eu sou um pouco jovem leão, com um coração "enfartado" há já uns longos 13 anos e hoje, o coração tremeu, as pernas tremeram, os lábios tremeram e... no final até a minha casa tremeu!...
 
Tudo começou com aquele golo madrugador do Betinho! Disse para comigo, estamos a jogar com a equipa que na Luz ofereceu o "quase" ao SLB, nada de euforias! Depois veio o empate. E o 2-1 e eu, voltei a dizer para mim, além de ser uma equipa bem montada, já leva mais duas semanas de preparação! E veio o 3-1 e lá atirei eu a toalha ao chão: esta moçada vai abaixo animicamente e já não há volta a dar. Mas com aquela alma leonina, verdinha de esperança, não arredei pé, mas disse para comigo, que o melhor seria ir tirar o espumante do frigorífico.
 
Quando Betinho repetiu a gracinha, eu pensei que pelo menos ficaria salva a honra. Mas quando o Iuri Medeiros, que penso ser um primo afastado da minha mulher, açoriana do Faial, iniciou aquele galope, eu tive medo e pensei, querem ver que agora vai fazer como o Wolfswinkel e remata contra o Vagner! Mas o puto mandou a redondinha beijar o véu da noiva! Já está!...
 
Começaram os penalties e eu pensei que os "nossos meninos" repetiriam a cena dos leões mais velhos lá pelo Canadá.  Mas o meu primo afastado, desconcentrou-se e... tive medo de morrermos na praia. Mas quando Mickael Meira, com felinidade de leão, esticou aquela "gâmbea" direita e despachou a bolinha para junto do marcador, eu percebi a razão porque Abel Ferreira o mandou entrar no último minuto de jogo.
 
Depois foi a alegria e nem cheguei a ver a entrega das medalhas, porque fui buscar o espumante bruto Quinta da Bageiras, que o Mário Sérgio Nuno prepara com requinte na Fogueira! Quando cheguei de novo à frente do televisor, de taça na mão, depois do "pum" que me acordou a mulher, estava na hora da 30ª Taça de Honra chegar ás nossas mãos! Hei-de ir apreciá-la no Mundo Sporting, um dia destes!
 
Bebi a minha taça quase só de um gole! Enchi-a de novo e, vão-me perdoar, voltei a bebê-la, todinha, por todos aqueles sportinguistas que não acreditavam e até tiveram o desplante de criticar. Já não sei qual das duas me soube melhor. Mas também isso agora não interessa nada! O que interessa é que vou dormir esta noite como um santo!...
 
Há quanto tempo eu não tinha esta alegria !!!...
 
Leoninamente,
Até à próxima
 
 

Ouvem-se já os tambores !...




"... Ergue-te ó Sol de Verão
Somos nós os teus cantores
Da matinal canção
Ouvem-se já os rumores
Ouvem-se já os clamores
Ouvem-se já os tambores..."



Porque a alegria também se canta, a minha homenagem aos campeões da Taça de Honra da AFL !!!...

Leoninamente,
Até à próxima

domingo, 21 de julho de 2013

Sporting vence Penârol nos penalties !...

 
 
No BMO Field, em Toronto e na presença de cerca de 3.000 espectadores na sua grande maioria adeptos leoninos, a formação principal do Sporting Clube de Portugal, em estágio de pré-temporada naquela região canadense, defrontou hoje às 20.00, o campeão uruguaio Peñarol, tendo apresentado de início a seguinte constituição: Patrício; Cédric, Maurício, Rojo e Jefferson; Rinaudo (c) e William Carvalho; Wilson Eduardo, André Martins e Filipe Chaby; Cristian Ponde.
 
Sporting e Peñarol proporcionaram um excelente espectáculo de futebol, tendo o Sporting marcado aos 16, 32 e 73 minutos, por intermédio de Cristian Ponde, William Carvalho e Salim Cissé e o Peñarol respondido aos 19, 34 e 50 minutos, através de Maurício(p.b.), Estoyanoff e Piriz.
 
No final do encontro procedeu-se ao desempate através da marcação de grandes penalidades, tendo Labyad, Adrien, Capel, Carrillo e Rojo conseguido concretizar todas as oportunidades e proporcionar a vitória leonina, enquanto que os uruguaios logo na primeira atiraram ao poste.
 
Leonardo Jardim ao intervalo substituiu Filipe Chaby por Diego Capel e Cristian Ponde por Salim Cissé. Depois, aos 62 minutos, saíram Rui Patrício, Maurício, Rinaudo e Wilson Eduardo, para as entradas de Marcelo Boeck, Eric Dier, Adrien Silva e Labyad, para aos 80 minutos entrar André Carrillo para o lugar de André Martins.
 
O adversário de hoje, campeão uruguaio em título, já não seria propriamente o rebuçado do jogo anterior, mas a resposta do Sporting terá constituído indicador seguro de que a equipa continua em crescimento, objectivo único, tanto do estágio que vai decorrendo em terras canadianas, como do encontro de hoje, de que a vitória alcançada terá sido o ponto menos importante.
 
Leoninamente,
Até à próxima

No futebol, como na política, o que parece, é !...



A compilação que aqui foi apresentada, ainda que enfermando de alguns vícios próprios do jornal que a apresenta, não deixa de ter algum interesse para quem acompanha com preocupação a evolução de cada um destes "7 magníficos".
 
Claro que como no post anterior referi, penso que Viola será de excluir do lote, como aliás parece ser também o sentimento de Leonardo Jardim. Por isso aplaudo as condições apresentadas pela Sporting, para a cedência do jogador apenas por um ano, sem cláusula de opção, com pagamento integral do seu salário e contra o pagamento de 400/500 mil euros.
 
Já o restantes, toda e qualquer solução que seja encontrada me parecerá sempre o mal menor. E tanto assim é, que no acordo estabelecido entre a banca e Bruno de Carvalho, parece ter ficado acordada e reservada uma verba, precisamente para contemplar a possibilidade de, "in-extremis", possibilitar a rescisão em todos os casos em que se verificar ausência de outra solução no mercado.
 
Quando aos seis para com os quais já foi encontrada solução, somarmos, no mínimo mais estes seis que ainda continuam no gume da navalha, só com evidente ingenuidade ou má fé não se compreenderá, sem quaisquer outras explicações, a situação catastrófica para que foi conduzido o Sporting Clube de Portugal.
 
Parece-me perfeitamente ajustada a decisão de isolar a grande maioria destes "dispensáveis", dos trabalhos de pré-época dos plantéis A e B, que Leonardo Jardim e Abel Ferreira lideram, num harmonioso e profícuo trabalho conjunto, a que último ontem teceu rasgados elogios, que daqui do meu canto com muita satisfação aplaudo:
 
"... Sinceramente não estava a espera da ligação estreita com o Leonardo Jardim. Tem sido um orgulho trabalhar directamente com ele. É uma ligação directa, para passar as coisas ao treinador. A equipa B serve para o treinador da formação principal vir cá buscar jogadores sempre que quiser. Não tenho dúvidas de que serão o futuro do clube. Uns mais cedo, outros mais tarde... Até 31 de Agosto muito pode acontecer...".
 
Há quanto tempo os sportinguistas não sentiam este pulsar do leão, sempre habituados à proliferação de capelinhas, onde cada um massajava com volúpia o seu próprio umbigo?! Talvez se comecem agora a compreender muitas das medidas tomadas, às quais precipitadamente muitos colocaram os rótulos de impopulares e injustas! Quantas vezes no futebol, como na política, o que tem de ser tem muita força?! E quiçá não tão raramente como isso, o que parece, é ?!... 
 
Leoninamente,
Até á próxima 

PUBLICIDADE