quarta-feira, 31 de outubro de 2012

O tempo, o silêncio e o caos


Num dos últimos apontamentos que aqui publiquei, lembro-me muito bem de ter dito:
"... Vamos deixar Vercauteren trabalhar. Ele precisa de tempo e silêncio!...".
Não sou detentor da verdade, qualquer que ela seja, relativa ou absoluta. Mas penso que esse meu apelo, se analisada a actual situação do Sporting em todas as vertentes possíveis ou imagináveis, será o caminho que o bom senso e os sagrados interesses do clube recomendam. E é minha profunda convicção que quaisquer outros cenários passíveis de poderem vir a ser concretizados, enfermariam de uma confrangedora falta de qualquer dessas duas premissas.
Concordarei que o trajecto de Godinho Lopes, desde a sua polémica eleição, não estará isento de erros. Mas para mim, a questão central não se deverá reduzir à quantificação ou qualificaçao dos mesmos. Importante será avaliar se, nas actuais circunstâncias, qualquer eventual correcção traria algum benefício para o Sporting. Por mim, manifestamente não traria, independentemente do caminho escolhido viesse a passar ou não pelo pior cenário, que naturalmente seria a convocação de eleições antecipadas.
Mas da forma como vejo a crítica situação actual do Sporting Clube de Portugal, muitos sportinguistas não terão sentimento igual ou sequer parecido. E se dúvidas houvesse quanto ao tempo que deveríamos dar a Vercauteren, bastará reparar na forma como foi recebida a sua decisão de conceder ao plantel a folga no dia de hoje. Choveram críticas de todos os quandrantes, sejam eles favoráveis ou desfavoráveis a Godinho Lopes. Os críticos nem se deram ao trabalho de tentar perceber as razões que suportaram a decisão do novo técnico. O benefício da dúvida e o tempo que seria legítimo conceder-lhe, não foram além de meia dúzia de horas após a sua apresentação pública.
E se do tempo estamos falados, que dizer do silêncio, gerador de acalmia e de um clima favorável a que o seu trabalho possa ser realizado e dar frutos?!... Que virtudes encontrará um dos mais empedernidos "papagaios leoninos", Vicente Moura, conhecido sócio do emblema verde e branco e presidente do Comité Olímpico de Portugal, no arrazoado que ainda ontem veio debitar, sobre as virtudes de um potencial candidato à presidência do Sporting, quando o cenário de eleições só existe na cabeça de quem apenas pretende a instabilidade e a anarquia tumultuosa?!...
Tempo e silêncio pedi eu para Franky Vercauteren. Coitado de mim que tão mal conheço quantos e quais, não se importarão de enterrar o Sporting, desde que satisfaçam os seus objectivos pessoais!... Há quem no Sporting, entre o tempo e o silêncio, opte pelo caos! Não me revejo neste tipo  de sportinguismo! Nunca percorrerei esse caminho !!!...
 
Leoninamente,
Até à próxima
 
 
 

Associação de Basquetebol SCP


É um projecto autónomo, fruto do esforço, dedicação e devoção de um grupo de sportinguistas amantes da modalidade, que o Sporting Clube de Portugal em boa hora acolheu no seu seio e significou o regresso à modalidade, 17 anos depois da sua extinção no clube.
Embora a ideia inicial assentasse basicamente  nos escalões da formação, um formidável conjunto de boas vontades e amor pela modalidade, tornou possível já neste primeiro ano, constituir uma equipa sénior feminina, que se candidatou à disputa do campeonato nacional da 2ª divisão. Incluída naturalmente na zona Sul, a equipa formada essencialmente por atletas sportinguistas, praticantes da modalidade noutros clubes, mas que preferiram aderir ao projecto do seu clube do coração, vem dando boa conta de si e soma por vitórias os três jogos até agora disputados.
Aquilo que muitos sportinguistas julgariam apenas um sonho, está a tornar-se, surpreendentemente, numa agradável realidade, colorindo com as gloriosas camisolas verde e brancas, que assentam bem na beleza e talento das nossas meninas, os pavilhões onde vem dando expressão ao seu amor à modalidade e ao Sporting Clube de Portugal.
Porém, num país em crise económica profunda e com o Estado absolutamente alheado das suas responsabilidades e obrigações, com comparticipação ZERO em projectos desta natureza, nada mais resta à comunidade civil e em particular ao universo sportinguista que aprecia e ama a modalidade, que substituir-se a esse Estado e suportar os custos que ela naturalmente comporta.
Aqui do meu canto, sem que ninguém da ABSCP alguma vez mo tivesse pedido, lanço o meu apelo para que cada vez mais boas vontades se juntem a quem sonhou e vai vivendo tão bonito sonho. Bastará o preenchimento da proposta que deixo a seguir e o seu posterior envio para Alvalade, nos termos que a cada um caberá decidir.
 
 
 
Leoninamente,                                                                                                                            
Até à próxima                                                                                                                                                                                                                                                                                 
                                                                                                                          
 
 
 

terça-feira, 30 de outubro de 2012

Quem não se sentir preparado, pode ir andando...

in Record online
 
Aí temos Franky Vercauteren! Frontal, realista e com ideias perfeitamente definidas sobre o trabalho que entende dever ser feito no Sporting. Sem promessas vâs e com a perfeita noção do atraso que o Sporting tem para os principais adversários. Entende que o plantel tem muita qualidade e que poderá fazer muito mais do que tem feito até ao momento, e que para isso ele cá está, para tentar mudar a situação.
Disse entender também que problema do Sporting passa por não ganhar. Os motivos poderão passar por aspectos tácticos, físicos ou mentais. Mas o principal problema está no rendimento. É preciso fazer mais e melhor. O plantel é idêntico ao da época passada mas não significa que isso seja uma vantagem. Há anos melhores e piores, mas a responsabilidade passa sempre pelo treinador. Adiantou ainda um pensamento importante que muita gente deverá reter, a começar pelos atletas do plantel: jogadores que jogam a este nível têm de estar prontos para a pressão; quem não se sentir preparado a jogar ao mais alto nível, tem de ir jogar para um patamar inferior; o Sporting é, por tradição, um clube de topo em Portugal.
Vercauteren aponta como objetivo chegar aos lugares de acesso à Liga dos Campeões. Ficar nos lugares que dão acesso à Liga dos Campeões é uma ambição. Mas a maior preocupação e enfoque será ganhar cada jogo. Pensar semana a semana. Fazer o melhor em cada partida e manter o horizonte em vista. Depois, consoante os adversários, veremos a nossa possibilidade na classificação. Os outros clubes também irão perder pontos. A ambição é importantíssima.
 Excelente conferência de imprensa, muito bem dirigida por Pedro Sousa e com um competentíssimo responsável pela tradução, mas como sempre a rectaguarda com falhas inadmissíveis. As sacramentais garrafas de água e respectivos copos, ficaram no tinteiro. Há mais gente que deverá ir pregar para outra freguesia. Amadorismo puro e inadmissível, que continua a perpetuar-se no Sporting e a envergonhar-nos. Pormenores pouco importantes?!... Um grande clube não falha em nada!...

Leoninamente,
Até à próxima
 
 
 
 
 
 

Soninho bom, não, seu chapa ?!...


 
Ontem à noite em Alvalade, nem a todos assaltou o nervoso miudinho, o desespero e a decepção. A  alguns, a crise de resultados não afecta, o jogo muito menos e as "férias" decorrem dentro da mais estrita normalidade.
Ninguém conseguirá compreencer que, num ambiente ensurdecedor e nas condições psicológicas em que de correu o encontro, este ilustre paroquiano tenha aproveitado para "ferrar o galho". A menos que tenha dado o salto na noite anterior, com mais sorte que ao Carrillo da última vez... Grandes profissionais!...
 
Leoninamente,
Até à próxima
 


segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Tempo e silêncio para Vercauteren...

Tempo e silêncio para Vercauteren...
 
Não dá!... A equipa tentou, lutou, fez o que pôde, mas... não dá!... Na minha opinião, só haverá um único culpado, responsável pelo facto de a equipa não revelar processos assimilidados, rotinas, mecanismos, numa palavra, não ser capaz de jogar futebol.
Franky Vercauteren vai ter de começar tudo do princípio. Não me lembro, desde que me conheço, de nenhum treinador que tenha passado pelo Sporting,  ter provocado um tal caos organizativo, uma tamanha negação deste desporto de multidões. Não me lembro de alguma vez ter visto o meu Sporting praticar tão mau futebol, nem de ver uma equipa verde e branca tão completamente arrasada, quer no aspecto anímico quer no aspecto psicológico.
E não me venham falar de erros de Godinho Lopes, Luís Duque ou Carlos Freitas. Não devo nada a nenhum deles para aqui e agora os defender ou atacar. Terão cometido apenas e tão só um único erro, quando escolheram o substituto de Domingos Paciência.  Ricardo Sá Pinto será, para mim, o responsável único por quatro meses de um  trabalho miserável, se é que não deveremos justamente somar algum tempo mais do final da época passada. Custou-me muito chegar a esta conclusão, pela admiração que por ele tinha enquanto jogador, mas há muito que deixei de ter dúvidas a esse respeito.
Vamos deixar Vercauteren trabalhar. Ele precisa de tempo e silêncio! Dentro de dois meses voltarei a falar sobre a equipa...
 
Leoninamente,
Até à próxima
 
 

Cuidado com as mutações !!!...

Tenho a impressão que o "papa" se disfarçou de noiva louva-a-deus !...


Quando a esmola é grande, o pobre desconfia !...

Leoninamente,
Até à próxima

Um sportinguista disse... (2)


in O Jogo online

 
... A equipa tem sido altamente penalizada por momentos de desconcentração momentânea dos futebolistas...
 
... Trabalhámos preocupados com a recuperação física dos jogadores, em dar-lhes toda a confiança, abalada pelos resultados negativos, para poderem encarar o jogo com a Académica com a devida condição e conseguirem a vitória que todos merecem e que precisamos urgentemente...
 
... Jogar em Alvalade tem de ser um prazer maior. Só temos de contar com o apoio dos sportinguistas que nos vão ajudar a conseguir esta vitória. Mas fui jogador, conheço bem o futebol e sei que há alturas em que têm de ser os jogadores a puxar pelo público. É normal que as pessoas que vão estar em Alvalade não estejam nos seus melhores dias, para apoiarem desde o primeiro minuto, mas se os jogadores derem tudo, os adeptos vão entrar no jogo e a pressão irá recair sobre os adversários.
 
... É urgente conseguir os três pontos no jogo com a Académica...
 
... Este é um jogo demasiado importante para ser visto como uma desforra...
 
... Não encaro este jogo como se fosse o último de alguma coisa. O Sporting é muito importante na minha vida. Daqui a muitos anos vou trabalhar desta maneira...
 
... É normal que o novo treinador comece a tentar conhecer os jogadores que vai orientar e queira aproveitar o tempo para se adaptar imediatamente ao clube. Mas a responsabilidade por tudo o que vai acontecer amanhã é completamente minha e tenho total liberdade para decidir...
 
 
Na última conferência de imprensa de Oceano Cruz, enquanto treinador principal do Sporting, pouco mais poderia dizer um dos nossos mais carismáticos capitães?!... Mas fê-lo com dignidade e altruismo, como um verdadeiro Capitão. Obrigado Oceano !...
 
Leoninamente,
Até à próxima
 

 
 

domingo, 28 de outubro de 2012

Faz parte do crescimento !...


in Record online
 
Uma primeira parte de gala!... Foram 45 minutos sem tirar os olhos do pequeno monitor do computador - enquanto a Sporting TV não arranca, somos felizes no site do Sporting -, imaginando o que esta gente acabará por fazer um dia destes, na equipa principal. Três golos sem resposta e futebol de primeira e da mais fina água.
Na segunda parte veio o desencanto! Até parecia que estava a jogar a equipa principal, com a defesa a meter água, a linha média a mastigar o jogo e Esgaio a fazer de Elias, a atirar uma bola sobre a linha de golo, por cima da barra. Certo que os bracarenses vieram do balneário com a lição bem melhor estudada e foram semeando pelo campo, uma mistura de agressividade, virilidade e brutalidade, que o árbitro foi fazendo os possíveis por não ver. Mas não havia necessidade de, quem tão bem sabe interpretar os princípios sagrados do jogo, sofresse um golo logo no recomeço, outro bem perto do final e acabasse quase com o credo na boca.
Mas creio que José Dominguez tem razão nas palavras que aqui proferiu: "... nao nos podemos esquecer que os nossos jogadores são jovens, estas coisas fazem parte do crescimento deles...".
Foi a segunda vez que a equipa revelou um apagão desta ordem. Na primeira deixámos que o adversário empatasse a partida. Hoje já melhorámos e estou convencido que não haverá terceira.
Foi uma pena que Vercauteren não tivesse ido a Rio Maior. Era uma boa prenda de aniversário, ter presenciado esta primeira parte. Algo me diz que ainda hei-de ver gente desta na equipa principal. Para já, parabéns Franky Vercauteren e muitas felicidades !...

Leoninamente,
Até à próxima

A primeira centena !...

 
A equipa feminina de basquetebol do Sporting deslocou-se este domingo ao Pinhal Novo, em cujo Pavilhão Municipal defrontou e venceu a Casa Benfica de Palmela, por um  expressivo resultado de 14-111, em jogo da 3.ª jornada do Campeonato Nacional da II Divisão zona Sul.
As «leoas» conseguiram assim a terceira vitória em três jogos e logo com uma marca que pela primeira vez ultrapassou o mítico "score" dos 100 pontos. Joana Claro, numa das melhores exibições da equipa, alcançou a nível individual a bonita marca de 22 pontos, mas haverá que realçar o excelente desempenho colectivo do grupo, que assim continua a ocupar com todo o merecimento, o primeiro lugar da sua zona.
No próximo fim-de-semana a formação «leonina» não joga, voltando apenas a competir no dia 11 de Novembro, frente ao Alenquer Basket.
Parabéns às nossas meninas e a todos os obreiros do relançamento do basquetebol no Sporting, motivo do nosso orgulho e credor de todo o apoio e carinho dos nossos dirigentes, particularmente de Ricardo Henrique Tomás, vogal do CD responsável pelo pelouro das modalidades.
 
Leoninamente,
Até à próxima
 

sábado, 27 de outubro de 2012

Um sportinguista disse... (1)



Joel Neto, um sportinguista
 

Um sportinguista escreveu aqui e eu fiz "copy & past", para que não se perca uma única palavra, não vá o diabo tecê-las:


Alerta Franky

Publicado em 25 out 2012 às 18:57, por Joel Neto


 
Não me custa reconhecê-lo: não sendo um monstro do futebol europeu, Vercauteren é de facto o treinador com melhor currículo a passar pelo Sporting em muitos anos. Em termos abstratos, pois, é de longe melhor opção do que José Couceiro. Mas se Couceiro acabou descartado por ter exigido o controlo total do edifício do futebol sportinguista, então não sei. Porque, nesse caso, Franky terá aceitado vir para Alvalade sem controlo total. E eu, que logo em agosto escrevi que Sá Pinto ia por muito mau caminho se tinha aceitado o adiamento do jogo com o Marítimo sem ser consultado previamente, aviso desde já o belga que só tem a mínima hipótese de triunfar em Alvalade se obtiver imediatamente aquilo que Couceiro queria: o controlo do plantel, das contratações, do calendário, dos treinos, dos orçamentos, dos programas de viagem, das comitivas, dos equipamentos, da marca das bebidas energéticas, da cor dos azulejos das casas de banho e do número de papos-secos que os roupeiros comem ao pequeno-almoço. É a sua única hipótese porque é assim que funcionam os clubes efetivamente resgatados à irrelevância - e é a sua única hipótese porque, até prova em contrário, não há em Alvalade quem saiba dirigir o que quer que seja. Portanto, venha com democracias e o melhor é nem se dar ao trabalho de decorar o apartamento.

 
Leoninamente,
Até à próxima

Este rapaz é capaz de ir longe!...

Aurélio Afonso: este rapaz vai longe na arbitragem!...


Diz o insuspeito jornal A Bola, na sua edição "online", acerca do jogo de hoje em que o Sporting defrontou e venceu o SLB, para a 10.ª jornada do Campeonato Nacional de Juniores, disputado no Campo Aurélio Pereira, da Academia Sporting, em Alcochete:
 
"... Nota final para o desempenho do árbitro Aurélio Afonso, com uma tarde para esquecer. Perdoou a segunda cartolina amarela (e a expulsão) ao benfiquista Eliseu Cassama, e pareceu-nos forçada a segunda admoestação com o cartão da mesma cor ao leão Fabrice Fokobo. O árbitro ainda admoestou o treinador do Sporting, Abel, por protestos veementes num lance...".
 
Dizem-me pessoas que estão muito por dentro deste circo, que até no Campeonato de Juniores já se encontra devidamente montado, que este árbitro de 3ª categoria da AFL, é muito bem capaz de ir longe na arbitragem portuguesa. Vamos fixar-lhe bem a fachada, o seu nome completo, Aurélio Dias Pinto Afonso e acompanhar com muita atenção a sua progressão na carreira. Dizem-me as mesmas fontes, que é funcionário público - pudera!... - e que não usa habitualmente o Centro Comercial Colombo, mas anda por perto. Desejamos-lhe muita saúde e sorte na vida ! Falta pouco para as insígnias de internacional. Oxalá não vá nunca ao Colombo...
 
Leoninamente,
Até à próxima



 


Entre padres e duques...

 
Entre padres e duques, quem alcançará o céu?!...
 
Há quase dois anos que vinha acompanhando um programa de cariz  noticioso, exibido regularmente pela TVI24 nas noites de segunda feira, onde me habituei a conhecer com uma antecedência notável, novidades sobre a vida interna do meu clube, que apenas viriam a fazer primeiras páginas dos desportivos bastante tempo depois.
O programa era moderado por um jornalista moderadíssimo daquela estação, acompanhado por três "paineleiros" afectos a cada um dos três grandes do futebol nacional. O coitado do jornalista, que nunca conseguiu ser moderador de coisa nenhuma, mais não fazia que deixar "correr o marfim", sufocado pela verborreia dos constituintes do painel, os ditos "paineleiros", abrindo, de quando em vez como eu, a boca até às orelhas pelas surpreendentes "cachas" vomitadas pelo sempre melhor informado de todos eles, uma criatura com aspecto de padre, presumido, vaidoso, convencido e com uma raiva ou ciúme incontroláveis e para mim inexplicáveis, pelo clube de Alvalade.
Do lado oposto e à direita do pobre coitado do jornalista, um anafado homem do norte, descansando a proeminência gordurosa do ventre sobre a mesa do painel, passava o tempo a afiar o "epsilon" da língua e a gargalhar de goso e escárnio, sobre os mais variados temas, particularmente sobre o dourado dos apitos e sobre a improficuidade da luta alheia para apear do pedestal da fama e do proveito o seu intocável apoderado.
Do lado esquerdo do energúmeno e catedrático padre careca, vegetava um simplório e pouco ou nada sagaz arquitecto de utópicas paixões, chorando baba e ranho a cada viperina picadela do gordo e carpindo mágoas de corno, perante o calendário noticioso sobre a sua vida doméstica, vomitado prazeiteira e provocatoriamente pela careca reluzente do cura.
Sempre me acompanhou ao longo de todo o tempo que o programa já leva de exibição, um fantasmagórico ponto de interrogação, sobre a(s) fonte(s) que alimentava(m) a "sapiência exuberante" do pároco de tamanha freguesia de conhecimento. Numa simples semana e juntando menos de meia dúzia de factos, o meu ponto de interrogação foi perdendo a forma da barriga do porco gordo e qual modelo anorético, passou a um inimaginável, límpido e transparente ponto de admiração!...
Desconheço a penalização prescrita no "direito canónico" para um padre que, pouco inteligentemente, dá com a língua nos dentes sobre os segredos da confissão. Mas temendo pela apregoada "amizade" entre confessor e confessado, durmo bem para esse lado. O confessor terá perdido estupidamente a raíz da sua exuberante "sapiência", qual avicultor que come a canja da sua mais prolifera galinha. Naturalmente continuarei a dormir bem nessa almofada. O que me vai preocupando nestes últimoa dias, será a dramática situação dos munícipes de Sintra, para além de que, por mais que prolonguem o dito programa, ele nunca mais vai ser como antes.
Diz o nosso povo que "às vezes de uma fraca moiteira, poderá sair um bom coelho"! Quem havia de dizer que Godinho Lopes, entre viscondes, marqueses e duques, haveria da calar o padreco para sempre?! E agora, quem adivinha para onde o cura irá rezar missa ?! Sintra, já era. Luz, apagou-se por mais quatro anos. Lisboa é uma miragem. E a ponte?!... É uma passagem?!...
 
Leoninamente,
Até à próxima

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

King and Lionheart ...




Às vezes o gramofone parece um leão !...
Porque o Sporting é muito mais que pontapés na bola !...
É música para os nossos ouvidos e para o nosso coração de leão !...

Leoninamente,
Até à próxima

+

Chicotada psicológica para quem ?!...

 
Hoje apetece-me dissertar sobre "chicotadas psicológicas" nos clubes de futebol!... O que são e os efeitos que poderão produzir e em quem. Sobre a sua essência não valerá a pena perder muito tempo. Haverá uma infinidade de definições, que se resumem numa palavra: mudança! Fundamentalmente de pessoas, mas que por arrastamento significarão alterações mais ou menos profundas ou mesmo radicais, na mentalidade competitiva,  nos métodos de trabalho e na prestação desportiva de um conjunto de atletas em estado de comprovada fragilidade. Mas resumir-se-ão apenas a estes protagonistas, os seus efeitos?!... Obviamente que não!... Ainda que de forma indirecta, eles hão-de repercutir-se na massa de adeptos da instituição em causa, por maior ou menor que possa ser.
Constato com mágoa e desalento, que a "chicotada psicológica" que o Sporting protagoniza nos dias que correm, sendo ainda quase impossível de lhe avaliar os efeitos no que aos atletas e à equipa diz respeito, já deveria estar a produzir efeitos reflexos, mas sensíveis, em todo o universo de adeptos sportinguistas. E explico porquê, retirando desta minha apreciação a Taça de Portugal, por ser facto irreversível a nossa recente eliminação.
Na Taça da Liga, perguntarei apenas que alguém me explique o que impede neste momento o Sporting de conseguir conquistar esse título, chame-se ele "taça lucílio baptista" ou qualquer outro "apitador"?!... Nada!... Então a que se deve o pessimismo dos adeptos?!...
Na Liga Europa, atentando na classificação e nos jogos que faltam disputar, alguém me poderá provar que com três vitórias por margem compatível com a categoria das equipas em presença e perfeitamente ao nosso alcnce, o Sporting não poderá ainda conseguir o apuramento para a fase seguinte, sem depender apenas de si próprio, sejam quais forem os resultados que se venham a verificar entre os restantes candidatos?!...  Então a que se deve o pessimismo dos adeptos?!...
Na Liga Zon/Sagres, encontrando-se o Sporting com 6 pontos e a 8 dos dois primeiros classificados e a 5 do terceiro, faltando ainda disputar 24 jornadas, alguém é capaz de me provar que o clube ainda não poderá aspirar a qualquer lugar na classificação, inclusivamente ao título?!... Na época passada os três primeiros classificaram-se com75, 69 e 62 pontos, o Sporting com 6, estando ainda 72 pontos em disputa, não poderá ainda aspirar a qualquer desses lugares?!...
Bem sei que "à velocidade" das 6 primeiras jornadas, arrecadaríamos 30 pontos e escaparíamos à despromoção por uma unha negra. Mas então o que vem Frank Vercauteren cá fazer ?!... Passar férias na Academia, como fizeram todos, repito todos, os que por lá têm andado desde o início da pré-época?!... Mas então um técnico que na época de 2010/2011, pegou na "equipazita" que ontem nos derrotou e que ocupava rigorosamente a mesma posição na tabela que o Sporting actualmente ocupa e conseguiu ser campeão, está impedido de conseguir o mesmo em Portugal?! Porquê?! Então a que se deve o pessimismo dos adeptos?!...
Abram as mentes companheiros leões! A "chicotada psicológica" também é para nós. Também nós deveremos permitir que sejam alteradas e irradicadas todas as fragilidades que vimos acumulando desde a pré-época. Vamos dar o benefício da dúvida a François Vercauteren. Porque não ?!...
Reparem bem, François, ou Franky, ou ainda Frank,  como mais gostarem, de apelido Vercauteren, quer como jogador, quer como treinador, terá arrecadado mais títulos sózinho, do que o Sporting nos últimos 30 anos, ou do que os jogadores que constituem o actual plantel todos juntos !!!... Então que sentido terá a descrença que vejo instalada nas hostes leoninas ?!
Já não falo do goso com que todos os orgãos da Comunicação Social portuguesa descrevem a situação actual do Sporting. Dessa gente nada me espanta. Mas cá dentro de nossa casa, quando virá o dia em que todos paramos para pensar um pouco?! Quando virá o dia em que os "papagaios" se calam, nem que seja por um bocadinho, enquanto Vercauteren dá um "recadinho" aos nossos leões e os "vira do avesso" ?! Será mesmo preciso "chicoteá-los" na verdadeira acepção da palavra ou, alguém me diz o que será preciso fazer aos Carlos Barbosas, aos Carlos Xavieres, aos Zeferinos Boais, aos Dias Ferreiras, aos Eduardos Barrosos, aos Ruis Oliveiras e Costas, aos Pedros Venâncios, aos Marcos Caneiras, aos Costinhas, aos Augustos Inácios, aos Josés Eduardos, aos Ângelos Correias, aos Santanas Lopes e a alguns mais que agora não me ocorrem, para que se calem ?!...
Faltar-me-á agora falar da blogosfera sportinguista. Dói-me falar dela, porque também é a minha casa, vai já para dois anos. Aos "papagaios da escrita" eu peço reserva, respeito e manifestações diferentes daquelas que, no dizer dos ditos, refletem o seu amor pelo Sporting. O amor ao Sporting será, na minha modesta opinião, uma coisa muito diferente daquela que exibem. Digo só isto, porque cada palavra que lhes dirija, será um espinho que enterro na minha própria carne.
 
Leoninamente,
Até à próxima 
 
Leoninamente,
Até à próxima 
 

Derrota nunca significará excelente jogo !!!...

in A Bola online

Nesta sexta-feira pelas 02.00 horas, Frank Vercauteren aterrou na Portela. O Sporting, na pessoa de Roberto Severo, estava à sua espera. Traz a esperança e uma vontade enorme de não ser um treinador a prazo. Nas suas próprias palavras, reconhecendo o compromisso estabelecido com o Sporting, que salvaguardou os interesses de ambas as partes, afirmou que de modo nenhum está no seu pensamento vir apenas até ao final da época. Mas também disse que para que possa continuar, é preciso vencer.
Tem uma dura tarefa pela frente. O jogo de ontem, não tendo sido a radiografia que desejaria - apenas pôde apreciar 14 dos atletas com que irá tentar afastar o Sporting da beira do precipício - já lhe terá dado indicações muito seguras sobre alguns dos aspectos que terá de revolucionar. Mas há-de querer apreciar, muito provavelmente, mais uns 30 que ainda não teve oportunidade de conhecer. Quem sabe se mais!...
Que se cuidem os profissionais do Sporting e comecem a interiorizar que as palavras que ontem Rui Patrício proferiu no final do jogo, aqui sublinhadas, são uma perfeita  idiotice! Patrício e todos os seus companheiros, terão de meter rapidamente na cabeça, na cabeça que sistematicamente afirmam precisar de levantar, uma derrota nunca pode classificar qualquer jogo que o Sporting dispute, como "um excelente jogo"!... Nunca Patrício!... Sabes o que quer dizer NUNCA ?!...
 
Leoninamente,
Até à próxima

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Qual injustiça, qual carapuça ?!...

 
Muita cola!... Muita cola vai ser precisa a Frank Vercauteren, para  operar o milagre de fazer deste monte de cacos em que se transformou a equipa do Sporting, a peça de porcelana rara que outrora foi exibida em público e de que já poucos se recordarão do modelo, da beleza e das virtudes.
O jogo de hoje na Bélgica, foi mais uma demonstração cabal, de que terão feito do Sporting uma equipa que não sabe o que fazer em campo. O Sporting será, hoje por hoje, exactamente o antídoto daquilo que há um par de anos se dizia nos jogos em que estivesse presente a selecção alemã: são onze de cada lado, duas partes de 45 minutos e... no fim, perde o Sporting! Atitude, alguma a espaços. Desconcentração, muitíssima e quase permanente. Falta de agressividade, gritante e incomodativa!...
Nem com Frank Vercauteren na bancada a equipa despertou! Anda ali muito menino que, a ser verdade aquilo que dizem dele como treinador, vai mesmo passar um mau bocado. Só espero que quando começarem a rolar cabeças, Godinho Lopes não faça o mesmo que os dirigentes do Al Jazira e o seu coração não penda exactamente para o lado de quem parece apreciar sobremaneira a estância balnear de Alcochete.
Dramático para os sportinguistas, afigura-se-me o próximo jogo com a Académica em Alvalade. Oxalá me engane e esta gente saiba cerrar os dentes e afirmar alguma da sua competência, de modo a que não seja necessário invocar de novo o azar e o árbitro. Como se o futebol fosse um jogo em que a justiça desempenhasse algum papel importante. Que me perdoe Oceano Cruz, mas já não me sinto capaz de continuar a ouvir sempre a mesma penitência. Os sportinguistas não cometeram nenhum pecado, nem o amor que têm ao Sporting alguma vez poderá ser assim entendido. A equipa perdeu porque não soube, nem foi capaz de ganhar. Ponto final. Qual injustiça, qual carapuça?!...
 
Leoninamente,
Até à próxima
 

O último módulo da engrenagem !...




Recuso-me acreditar que Godinho Lopes, perante a escusa de José Couceiro de abraçar o seu reformulado projecto para o futebol profissional, tenha abandonado ou sequer suspendido a sua intenção. Porque não acredito que o vazio que noto e que milhares de sportinguistas comigo comungarão, também não lhe entre pelos olhos dentro. O Sporting precisa de preencher esse vazio, precisa de encontrar um homem competente e discreto, que constitua a rectaguarda forte e geradora dos êxitos que todos desejamos e seja o braço direito, no terreno, de quem agora acumula as funções de Presidente do clube e da SAD, onde não existe uma única alma que domine com segurança, todos os múltiplos e obscuros segredos do "negócio".
Frank Vercauteren, depois do jogo com a Académica, vai iniciar o seu trabalho e temo que Oceano Cruz não lhe possa responder a todas as questões que certamente o futebol português, mais do que a equipa que pretende dirigir e recuperar para um final de época consentâneo com a grandeza do Sporting, lhe irá colocar. E não há projecto que possa resistir a um vazio dessa natureza.
Godinho Lopes terá que desenvolver rapidamente um esforço hercúleo, no sentido de apetrechar a nova estrutura do futebol profissional do Sporting com alguém capaz de garantir a solidez, o saber e a competência de que ainda necessita para vencer os obstáculos que se lhe irão deparar. Bailam na minha cabeça alguns nomes de ilustres sportinguistas que assentariam como uma luva nessa estrutura. Seria com extrema facilidade que aqui poderia enumerar um significativo rol de nomes, todos eles capazes de preencher o actual vazio. Da sua disponibilidade apenas eles saberão. E essa divulgação, tenho a certeza de que seria inevitavelmente contraproducente. Alvalade está repleta de "papagaios", que não se fartam de semear pedregulhos no caminho que teremos de percorrer. Não quero ser mais um. Porque quero o melhor para o Sporting. Mas Godinho Lopes tem outras responsabilidades e eu continuo a acreditar na sua capacidade para apetrechar a engrenagem que idealizou, com o último módulo!...
Leoninamente,
Até à Próxima

A entrevista de Godinho Lopes

 
No momento em começo a escrever, ainda não são conhecidas as conclusões da reunião do Conselho Leonino. Apesar do seu carácter não vinculativo, não deixarão de reflectir uma boa parte do sentimento actual do universo sportinguista, pela representatividade que o Conselho necessariamente traduz.
Godinho Lopes terá levado à reunião uma mensagem semelhante, ressalvadas as devidas distâncias e salvaguardados pormenores da vida interna do clube, à que teve o cuidado de expressar na entrevista concedida a Fátima Campos Ferreira, na Útima Palavra da RTP Informação que ontem foi para o ar às 23.00 horas. 
Nesta condição, será de aguardar com redobrado interesse as conclusões do Conselho, já que na referida entrevista Godinho Lopes proclamou em definitivo a adopção de uma linha de cariz eminentemente presidencialista, com particular enfoque na assumpção total e exclusiva dos destinos do futebol profissional do Sporting Clube de Portugal.
Godinho Lopes salientou ainda a reformulação de todo o projecto para o futebol, reconhecendo os erros e desvios do passado recente, que assentará, segundo as suas palavras, no aproveitamento das potencialidades da sua formação, no sentido de conseguir que a mesma venha a transformar-se num factor inalienável da sustentabilidade futura do clube. Estará nessa linha a contratação de Frank Vercauteren, em detrimento de tantos outros nomes que chegaram a andar no ar.
O presidente do Sporting Clube de Portugal deixou ainda algumas nuances que apontam para que estará para breve um acordo com Domingos Paciência para a cessação do pagamento indemnizatório acordado com o nosso ex-treinador, assim como a definição com Ricardo Sá Pinto sobre tema semelhante. Outra nuance importante que ligeiramente aflorou, terá sido o seu actual empenhamento no sentido de encontrar alternativas para a sustentabilidade financeira do Sporting, que não passem, obrigatoriamente, pelo investimento estrangeiro ou que, pelo menos, dele não dependa o futuro do Sporting.
Foi uma entrevista interessante onde foram abordados múltiplos temas de interesse reduzido, mas com impacto comunicacional significativo e que Godinho Lopes ultrapassou com cortesia e elevação, como por exemplo Scolari e as demissões com que tem sido confrontado no seu ainda curto mandato.
Apreciei a sua firmeza, convicção e determinação, embora reconheça que continuará a subavaliar a necessidade urgente de dotar toda a rectaguarda do futebol do Sporting de um homem forte e conhecedor profundo dos segredos do "negócio". Pareceu-me mais ágil e decidido e terei de lhe prestar a minha homenagem, quando teve a humildade de reconhecer que tem passado grande parte do seu  mandato, a aprender e a compreender o que verdadeiramente é o Sporting.
Já são conhecidas, no momento em que me preparava para terminar esta minha apreciação, as conclusões do Conselho Leonino: a necessidade de nova reunião para continuar e aprofundar a discussão da situação actual do Sporting. Daniel Sampaio informou que nova reunião será marcada para os próximos dias.
Parecem voltar à normalidade os agitados dias que se têm vivido em Alvalade. Mas os "papagaios" continuam por aí em voos rasantes. Precisamos, todos nós sportinguistas, de exterminá-los !!!...
 
Leonianmente,
Até à próxima

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

O nosso Principezinho Leão, é assim...

 
 
"... Hoje em dia, está no 'top' dos treinadores belgas...".
"...É preciso rigor, disciplina de jogo. São áreas em que ele tem feito um trabalho extraordinário. Ele é muito organizado e disciplinador...".
Robert Waseige sobre Vercauteren
 
"... A maneira como a equipa joga reflecte esse trabalho...".
Villas-Boas sobre Genk e o trabalho de Vercauteren
 
"... Ele gostava de jogar em 4x3x3, penso que será bom para o Sporting que tem bons alas e podem beneficiar com esse sistema..."
Filipe Lopes ex-jogador Anderlecht
 
"... Ele gosta de jogar futebol ofensivo, mas sempre com uma boa organização. Fizeram uma boa escolha. É um treinador experiente e pode fazer boas coisas no Sporting...".
De Wilde ex-guarda redes Sporting

"... Sobre Franky Vercauteren falei com um amigo/conhecido que tenho na Bélgica e a primeira frase foi "pá é intratável no balneário, vai tudo a direito, e quem não der 100% não tem futuro numa equipa dele". Depois disse-me que parece bom treinador, gosta de trabalhar com jovens e é muito/demasiado ofensivo. As equipas dele pressionam muito e são fortíssimas fisicamente.
Mais que isto não sei. Tenho receio que jogadores habituados no Sporting a "férias" desportivas sem exigência, que acabam os jogos com derrotas e bastante sorridentes, não se adaptem a um "bicho" destes e lhe façam a cama rapidamente...porque a estrutura também é fraca e pouco exigente. 
blog Quinta do Duque
 
"... Neste Clube só se pode pensar em ganhar...". "... Os adeptos fazem parte da equipa...”.
Vercauteren, hoje ao jornal Sporting
 
Primeira entrevista de Frank Vercauteren a uma televisão portuguesa

Leoninamente,
Até à próxima

 P.S. - Parece que Godinho Lopes será entrevistado na RTP Informação, hoje às 23.00 horas!..
 

Colossal erro estratégico !...

The Little Prince
 
Está a chegar o "Pequeno Principe"! Era assim que lhe chamavam quando despontou como jogador em 1975, como grande esperança do futebol belga, no seu clube de origem, o Anderlecht, onde foi coleccionando títulos, 6 nacionais e 5 a nível europeu. Quando terminou a sua carreira em 1993, no Molenbeek, depois de uma passagem de três anos pelo Nantes em França, este excelente asa esquerdo, deixou saudades, tanto nos clubes por onde passou, como na selecção belga, onde acumulou 63 internacionalizações. 
Iniciou a sua carreira de treinador nos escalões jovens de várias equipas belgas, até se tornar adjunto no Anderlecht em 1998/99, tendo nessa condição sobrevivido a vários treinadores principais, até ser convidado a assumir em Fevereiro de 2005 o comando da equipa, sagrando-se campeão belga, nas duas épocas seguintes.
Depois de uma curta passagem pela selecção belga, Vercauteren assumiu em Dezembro de 2009, o comando do Genk, onde em Maio de 2011, viria a sagrar-se novamente campeão belga, tendo vencido também, pouco depois a Super Taça.
Em Agosto de 2011 assinou pelo Al Jazira de Abu Dabi, clube com o qual viria a rescindir por mútuo acordo, em Março de 2012, alegadamente por incompabilidade com alguns dos jogadores que liderava.
Conhece-se muito pouco acerca das características de Frank Vercauteren, para além da sua aparente dificuldade de relacionamento com os jornalistas e da severidade com que reage a eventuais comportamentos menos correctos dos jogadores que comanda, tanto no capítulo disciplinar como no que à sua entrega aos treinos e jogos diga respeito. Não se lhe conhecem métodos de treino e preferências tácticas e de modelos de jogo, apesar de, naturalmente, lhe devermos reconhecer capacidades nesse campo, dado que não se conseguem alcançar os títulos que já alcançou sem que se dominem suficientemente bem os aspectos mais importantes do jogo.
Não se conhecem ainda pormenores do seu futuro enquadramento no Sporting. A julgar pelas palavras que Godinho Lopes tem vindo a repetir, Oceano será o seu adjunto, mas para além disso nada mais se sabe. Não será de excluir a vinda de outro técnico de sua confiança, nomeadamente ao nível da preparação física, como complemento e acompanhamento, num país estranho e com cultura completamente diferente da sua.
Seja como for, em termos de apoio e solidariedade específica na sua missão, para além de Oceano,  François Vercauteren estará sempre entregue a si próprio. Ninguém mais no Sporting lhe poderá proporcionar, por real e objectivo desconhecimento de todas as questões ligadas ao futebol, o clima e o conhecimento que ele próprio desejaria. Faltar-lhe-á sempre o respaldo, a cobertura da rectaguarda, que só uma estrutura forte e conhecedora do futebol português lhe poderia proporcionar. Godinho Lopes e Paulo Farinha Alves pouco mais serão que um zero à esquerda nessa tão necessária estrutura.
Aí residirá, do meu ponto de vista, o colossal erro estratégico do Presidente.
 
Leoninamente,
Até à próxima



 

Aí está Franky Vercauteren

Frank Vercauteren
 
Por duas vezes foi campeão belga dirigindo o Anderlecht e à frente do adversário que amanhã o Sporting defrontará, também alcançou o título e conquistou  a Supertaça. Esteve apenas alguns meses à frente da selecção belga durante o ano de 2009 e a sua primeira aventura no estrangeiro foi no Al Jazira Club, um clube de futebol dos Emirados Árabes Unidos, sediado na cidade de Abu Dhabi,  onde esteve entre Agosto de 2011 e Março de 2012 e de onde, aparentemente terá saído por incompatibilidade com a maior parte dos jogadores que comandava.
Parece ter-se comprometido com o Sporting até final desta época, ficando o clube com opção para renovar por mais um ou dois anos. Ao que se sabe, assumirá o comando da equipa leonina, após esta defrontar a Académica.
Um quase desconhecido que terá iniciado a sua carreira de treinador com as camadas jovens de vários clubes e parece ser de relacionamento difícil nos balneários que dirige. Aguardemos pela sua chegada, na esperança de que seja capaz de fazer de um excelente plantel, aquilo que até agora não foi conseguido, uma equipa.
 
Leoninamente,
Até à próxima
 

Sporting, entre a vida e a morte !!!...

Leão de Lucerna - a mais lúgubre e tocante peça em pedra no mundo.

Entre a vida e a morte !!!...

Leoninamente,
Até à próxima

A tua história não merece o que te estão a fazer !!!...

 
Com tantas e arriscadas acrobacias de Godinho Lopes, com as mudanças operadas na SAD sem que as moscas fossem expulsas ou exterminadas, com a guerrilha interna patrocinada por Eduardo Barroso e o folclore diário de papagaios esvoaçando sobre Alvalade, o que é que estavam à espera que José Couceiro fizesse ?!...
Claro! Claríssimo como a água: recusou o convite do Sporting !!!...
E agora Presidente?!... Vai alinhavar à pressa, um novo projecto para apresentar amanhã no Conselho Leonino ? Com um novo treinador? Qual? Um estrangeiro daqueles que se ofereceram, ou um português desempregado? Fica o Oceano? Ou vai mandar regressar o Domingos Paciência? Olhe que se calhar era uma boa ideia! Se ele não estiver pelos ajustes, ligue ao Cajuda, ou ao Faquirá, quem sabe algum deles não se importe de vir...
Nos céus de Alvalade, como por milagre, vão desaparecer os papagaios! E aproximam-se nuvens de um negro carregado, que transportam um mar de água que vai desabar sobre tudo e todos!...
 
Pobre Sporting! A tua história não merece o que te estão a fazer !!!...
 
Leoninamente
Até à próxima

terça-feira, 23 de outubro de 2012

O Sporting precisa de dirigentes a sério !!!....

Especialista em... direito desportivo !

O Sporting nomeou o especialista em direito desportivo, Paulo Farinha Alves, para diretor de futebol. Godinho Lopes resolveu apostar no vice-presidente do Conselho de Disciplina da Associação de Futebol de Lisboa para substituir Carlos Freitas. Este advogado de profissão, aqui referenciado, vai exercer as funções na dependência directa do presidente Godinho Lopes, que assumirá, ele próprio, o futebol sportinguista.
Ao que se julga saber, José Couceiro assumirá apenas o cargo de treinador principal do Sporting, caindo por terra as suposições que apontavam para que viesse a desempenhar as funções de "manager" de todo o futebol leonino, que acumularia com a responsabilidade de treinador. 
Mais uma acrobacia temerária de Godinho Lopes: todo o futebol do Sporting ficará sob alçada de dois homens que nada percebem de futebol! É a atracção fatal que de há muitos anos a esta parte, costuma abater-se sobre quase todos aqueles que, chegados à presidência dos clubes, não resistem, mesmo sem possuirem quaisquer qualificações, ao canto da sereia do pontapé na bola.
Razão teve Paulo Futre para hoje vaticinar, aqui, que o que ainda resta da época "... vai ser um autêntico pesadelo para Godinho Lopes..." !...
Como sportinguista, receio bem que Godinho Lopes tenha dado hoje, a última machadada naquilo que restava de todo o seu projecto, de pouco valendo as corteses palavras de Daniel Sampaio, aqui veiculadas, no final da reunião dos Corpos Sociais, ocorrida hoje ao princípio da tarde em Alvalade.
Todo o benefício da dúvida que, embora semeado de críticas ao "timing" utilizado,  tenho vindo a dar a Godinho Lopes, desde que procedeu ao despedimento de Sá Pinto, ficou hoje completamente desfeito com mais este imperdoável tiro nos pés. Começa-me a faltar a paciência para aturar tanta falta de visão, lucidez e objectividade. Temo que tenha de vir a reconsiderar a minha, até agora, firme oposição a qualquer antecipação de eleições! Talvez a convocação de novas eleições, possam vir a constituir o "remédio santo", tanto para sistemáticos tiros nos pés de Godinho Lopes, como para o desbragado e incorrigível palrar de Eduardo Barroso!...
O Sporting precisa, urgentemente, de dirigentes a sério !!!...
 
Leoninamente,
Até à próxima
 

Entre o silêncio e o bater com a porta !...

 
Doloroso ler aqui, as declarações de António Dias da Cunha acerca da postura de Eduardo Barroso, face à actual situação do Sporting. E mais doloroso será reconhecer que o maior culpado das duras e porventura excessivas palavras do antigo presidente do Sporting, terá sido, malfadadamente, o destinatário das mesmas.
Já abordei por aqui, repetidas vezes, que a incontinência verbal de Eduardo Barroso se tem revelado, em quase todas as situações que tem protagonizado, como duplamente nefastas. Tanto para o Sporting que tanto diz amar, como para a sua própria imagem pessoal. A sua, creio que incorrigível verborreia, além de causar quase invariavelmente, profundos danos ao Sporting, vem degradando cada vez mais o prestígio e a elevada estima e consideração de que gosava no seio do universo sportinguista, ao ponto de começar a merecer a comiseração geral e constituir motivo de chacota dos nossos adversários, com a inclusão das suas diatribes no anedotário nacional.
Temo que não seria exequível o seu afastamento do honroso cargo para que foi eleito, como Dias da Cunha estaria disposto a fazer se fosse presidente do CD e deixou de conselho a Godinho Lopes. Mas haverá um ponto em que não tenho dúvidas: a Eduardo Barroso, se acaso não for capaz da contenção que o cargo que desempenha e a sua condição de sportinguista o deveriam obrigar, apenas restará a solução que, no meio de toda a sua verborreia já admitiu, bater com a porta!...
 
Leoninamente,
Até à próxima

Racionalizar ou manter as moscas ?!...

 
As declarações de um ex-treinador do Sporting Clube de Portugal, aqui reproduzidas serão, na minha opinião, a fiel expressão do tipo de mentalidade corporizada por uma parte substancial dos homens do futebol em Portugal: nenhuma estrutura funciona no futebol deste país, se não tiver a suportá-la um autêntico e extenso  exército  de administradores, acessores, conselheiros, colaboradores, adjuntos, especialistas, psicólogos, operadores logísticos, agentes de comunicação, relações públicas, etc., etc., etc., !... Ironicamente, quanto mais desfavorável for a relação entre a situação económica dos clubes de top do futebol português e os resultados desportivos alcançados, mais vão engordando as respectivas estruturas de apoio.
Num país pobre, com os principais clubes esmagados por passivos insustentáveis, assistimos à manutenção, senão mesmo ao aumento do peso das estruturas de apoio técnico, administrativo, logístico e outras vertentes, que vão asfixiando cada vez mais os orçamentos e aumentando exponencialmente os défices anuais.
Eu gostava de perguntar a Paulo Sérgio, as razões que sustentam as suas afirmações.  Porque "... não se pode pôr tudo nas mãos do José Couceiro para ele resolver o problema sózinho..."?!... E que raio de problemas tão complexos existirão no Sporting, que não se possam resolver com a substituição de pessoas?!... Então se a solução não passa pela substituição de pessoas, passa por onde?!... Pela substituição dos relvados da Academia? Pela substituição do sistema de ar condicionado? Ou pela substituição do trem da cozinha?!...
Gostava de um dia ver publicado na imprensa portuguesa, um estudo comparativo entre a constituição e custos de toda a estrutura técnica e de apoio do futebol profissional do Sporting e uma estrutura análoga de um clube inglês de média dimensão, sem défice orçamental.
Gostava também de saber, face à saída do administrador Luís Duque e à previsível entrada de José Couceiro, para o seu lugar, acumulando e bem, as funções de administrador da SAD e treinador - "manager" portanto - o que vai fazer um tal de Silva e Costa, para a administração da SAD?!... Mais um?!... Para quê?!... Decididamente, Godinho Lopes ou vive de mãos amarradas perante as exigências dos credores da banca, ou perdeu o pé e nada mal, ou continua a revelar uma profunda atracção por complicar o que é simples!...
Aguardemos. Pode ser que os rumores que por aí andam, mais não sejam que balões de ensaio.
 
Leoninamente,
Até à próxima
 
 

O novo "manager" do Sporting ?!...



Escrevi aqui há pouco mais de uma semana que se Godinho Lopes decidisse dar um duplo salto mortal para a frente e afastar Luis Duque e Carlos Freitas, poderia e deveria, no meu modesto entender, avançar para um modelo semelhante ao dos mais importantes clubes ingleses e contratar um "manager" que surperintendesse todo o futebol do Sporting.
Escrevi na ocasião que a solução teria de vir do estrangeiro, já que em Portugal não existiria ninguém com esse perfil. Erro meu, que resultou de um esquecimento imperdoável. Existe esse homem em Portugal, sim! E é sportinguista dos sete costados! E Godinho Lopes parece que há muito o traria na cabeça! Chama-se José Couceiro e, segundo as últimas notícias, ainda não confirmadas, parece estar a caminho do Sporting, correspondendo a um convite de Godinho Lopes.
Penitencio-me desse meu esquecimento. José Couceiro, na minha simples e despretensiosa opinião, poderá ser, a confirmarem-se os rumores, "the right man in the right place" !...
Vamos aguardar os desenvolvimentos, mas desejaria confessar-vos a minha satisfação se isso se vier a concretizar.
 
Leoninamente,
Até à próxima

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

O último petardo do padreco !!!...




O padreco voltou hoje a atacar!... Presumo que tenha sido mesmo o último ataque!... Godinho Lopes terá conseguido destruir-lhe a rede de informação!... Mas já não o impediu de lançar o último petardo:
 
O anúncio do novo treinador do Sporting está por horas e antecederá sempre a reunião do Conselho Leonino !!!...
 
 
Leoninamente,
Até à próxima

P.S. - Eu não vos dizia que tinha sido a última que o padreco saberia?!... Ora vejam lá se ele sabia que o José Couceiro seria o substituto do Carlos Freitas !!!...
P.S. 2 - Aliás, segundo as últimas informações, Couceiro não será propriamente director desportivo. Ele deverá liderar como "manager", todo o futebol do Sporting!!!...

Duque e Freitas de saída ...



O céu estava... mais negro que os melros! O coração dos sportinguistas, qual chapéu de pobre, já quase não tinha conserto!... Tinha que vir aí borrasca ! E veio!...
Não veio o treinador. Agora talvez demore pouco. Digo eu, sempre optimista quando entra em campo o Sporting! Já nem sei que pense....
Pois é, Luís Duque e Carlos Freitas deixam o Sporting, como aqui é referido, ou foram afastados como aqui é admitido. Mais logo o site do Sporting virá agradecer os bons serviços prestados ao Sporting por ambos. É o habitual. Nada que nos surpreenda!...

Leoninamente,
Até á próxima

P.S. - Carlos Barbosa, Paulo Pereira Cristovão, Luís Duque e Carlos Freitas, tem sido um correpio! ´Godinho Lopes fica com os Guedes, os cooptados e mais alguns! Ninguém percebe nada de futebol, mas quem sabe se Oceano Cruz não é suficiente ?!... Só falta saber se estes dois últimos vão ficar a receber até encontrarem emprego...

Palavra de Leão !!!...


 
No artigo que publiquei antes deste, penso ter sido claro de que não serei adepto de eleições antecipadas no Sporting Clube de Portugal. E por razões que de alguma modo se prendem com esse meu pensamento, abomino a absurda e ensurdecedora proliferação de papagaios que por aí vai, que significará precisamento a antítese desse meu pensamento.
Terão perguntado a si próprios aqueles que me lêm, nas razões que estarão por detrás dos "voos" desengonçados e da "palradura" de todos eles?!... Com franqueza, o que motivará a sede de protagonismo de Eduardo Barroso, que aqui nos aparece? Não convocou ele, usando do pleno direito que lhe assiste, uma reunião do CL inédita no Sporting? E não foi essa convocatória suficientemente elucidativa da sua posição sobre os temas mais candentes do momento actual do Sporting? Julga estúpidos e obtusos todos os sportinguistas, ou a sua reentrada em cena durante o dia de hoje, mais não é que uma redundância ou a forma que entendeu necessária para explicar a si próprio o acto que protagonizou? Ou pretendeu tão sómente fazer o pré-aviso da sua iminente partida do orgão a que preside? Confesso que não consegui até agora entender. Tentarei contactar a sua empregada para que me explique! Ela aparenta saber bem mais do que ele próprio!...
E que dizer da "boutade" com que Tomás Aires hoje, aqui nos surpreendeu? Pensa ele que sem a sua informação, os sportinguistas continuariam a não saber quem é o "pai da crise" que vive o Sporting? Ou com luva branca pretendeu também tirar o tapete a Godinho Lopes? Por onde tem andado? E porque aparece agora! Vou esperar para poder entender!...
E qual a pressa de Dias Ferreira vir afirmar o que todos há muito estamos fartos de saber que pensa? Então não poderia ter esperado mais umas horas para o dizer logo à noite no "Dia Seguinte" da SIC, que até lhe paga e bem, para ele enterrar o Sporting em cada um dos seus programas? Ou está com medo que os paineleiros que o acompanham nem tempo de antena lhe permitam? Ou que o moderador lhe corte a palavra e lhe alinhe o discurso para os útimos segundos do programa? Vou apreciar logo com atenção!...
E Sousa Cintra, quis ajudar ou antes pelo contrário? Então é penalti ou não, pôrra? Está a perder qualidades o Cintra! Era um livro aberto e, por aquilo que aqui foi explicado, não consegui perceber bem qual a intenção!...
Numa coisa começo a adquirir uma profunda certeza. Venham as eleições do Sporting a realizar-se, como eu entendo ser menos nocivo para o meu clube, dentro da mais perfeita normalidade, daqui por 17 meses ou, por algum processo fora daquilo que julgo ser o melhor caminho para o Sporting venham a ser antecipadas, aqui declaro alto e bom som, de modo a que todos os sportinguistas fiquem a saber, não votarei em nenhuma lista de que qualquer destes "papagaios" - de hoje, de ontem e de sempre!... - venham a fazer parte!...
Palavra de Leão !!!...
 
Leoninamente,
Até à próxima 
 
 
 
 

Tempo de quaresma !...



Todas as religiões têm períodos voltados à reflexão, eles fazem parte do ritual e disciplina religiosa. Cada doutrina tem seu calendário específico para seguir. As religões mais próximas da cultura ocidental, chamaram-lhe Quaresma, pela duração de quarenta dias e é, essencialmente, um  período de retiro espiritual voltado à reflexão, onde os cristãos se recolhem em oração e penitência para preparar o espírito para a acolhida do Cristo, ressuscitado, no Domingo de Páscoa. Assim, retomando questões espirituais, simbolicamente o cristão está renascendo, como Cristo.
A cor litúrgica deste tempo é o roxo, que significa tristeza, dor e penitência. O roxo no tempo da quaresma não significa luto, antes simboliza que os seguidores de determinada religião se estão preparando espiritualmente para a grande festa da ressurreição.
É minha profunda convicção que o Sporting Clube de Portugal terá entrado, ontem à noite em Moreira de Cónegos, no seu tempo de Quaresma. Um tempo, exactamente, de tristeza, dor, penitência, reflexão e conversão espiritual, como preparação para a "páscoa" em que acreditamos.
Mas tão convictamente como entendo que, de tarja roxa sobre o peito teremos entrado no nosso período quaresmal, recusarei liminarmente a apologia da "invenção" de novos caminhos ou a recuperação de velhos "cismas", para que a nossa "páscoa" seja alcançada. Nem o "papa" ainda morreu para que todos nos reunamos em conclave para lhe escolher o sucessor, nem a "nossa religião" oferecerá as mais leves dúvidas existenciais a quem quer que seja, para que alguma vez se possam justificar esses "cismas", "capelinhas", "correntes", "oposições"  ou qualquer outra coisa que lhe queiram chamar. Esse caminho significaria no momento actual e na minha perspectiva, uma autêntica machadada na "nossa religião", porventura um golpe profundo nos alicerces da grande nação que José Alvalde fundou.
Outra coisa completamente diferente, será continuarmos todos a rezar o rosário de amargura ditado pelo nosso líder religioso. A ele, a "nossa quaresma" também deverá impôr a mesma tristeza, dor, penitência, reflexão e conversão espiritual, no sentido ecuménico da convocação de todas as vontades na caminhada para aquela que todos desejamos possa vir a ser a nossa "ressurreição", a "nossa páscoa"! E que jamais esqueça que este tempo nunca poderá ser infinito. Nem que alguma vez possa permitir-se estendê-lo pelos tradicionais e seculares quarenta dias...
 
Leoninamente,
Até à próxima
 
 





domingo, 21 de outubro de 2012

Triste e desconsolada quaresma !!!...


 
Godinho Lopes decidiu sujeitar o Sporting a uma dolorosa travessia do deserto das suas ideias, da sua indecisão, da sua inoperância, da sua incapacidade para liderar a grandeza do clube e compreender o fenómeno que envolve a modalidade que sempre suportou e há-de suportar essa grandeza. E o resultado está à vista: destruiu a auto-estima e o equilíbrio emocional de um excelente plantel e está a à beira de destruir a fé e a esperança de uma admirável massa de adeptos, que nem todos os clubes se podem orgulhar de possuir. 
Incapaz de imitar qualquer vulgar ginasta e executar o salto mortal que a dolorosa situação do Sporting, talvez mais do que nunca exigisse, entendeu imitar o mais prodigioso equilibrista e, de extensa vara na mão, decidiu atravessar sobre a corda bamba, o precipício sedutor e perigoso que parece convidar e querer acolher o Sporting nos seus braços.
Temo que a nefasta (in)acção de Luís Godinho Lopes conduza à redução do edifício sportinguista a um mero monte de escombros. Temo que da sua imponência de outrora, não fique pedra sobre pedra. Porque todos continuamos a assistir a manifestas faltas de lucidez e de coragem e a uma cega, comprometedora e insustentável teimosia!...
 É hora de colocarmos sobre o peito orgulhoso do Leão, as faixas roxas desta triste e desconsolada quaresma !!!...
 
Leoninamente,
Até à Próxima

sábado, 20 de outubro de 2012

Mais uma vitória saborosa no basquetebol !...


Esta noite a equipa feminina de basquetebol do  Sporting Clube de Portugal, deslocou-se a Abrantes para defrontar  o Clube Náutico de  Abrantes, às 20.30, no pavilhão da Escola Dr. Solano de Abreu.
No final do 1º período as nossas meninas venciam por uma margem de 13 pontos. No 2º período as abrantinas equilibraram a contenda e no final a vantagem leonina cifrava-se em 12 pontos, margem com que as equipas recolheram aos balneários.
Nos dois períodos finais acentuou-se a supremacia leonina e o Sporting Clube de Portugal acabou por triunfar pela confortável margem de 77-43!...
As nossas leoas conquistaram assim, a segunda vitória em dois jogos e mantêm a liderança no campeonato. Djenyfer Monteiro e Joana Claro voltaram a estar em destaque ao marcaram 24 e 19 pontos, respectivamente.
Impressionante o fulgor das nossas leoas !... Em boa hora o basquetebol regressou ao Sporting!...
É disto que o meu povo gosta !... Isto é o SPORTING !!!...
 
Leoninamente,
Até à próxima
 
 
 


 

PUBLICIDADE