sábado, 21 de abril de 2018

Aqui del rei, quem nos acode!...



Nas barbas da polícia e da magistratura, que parecem entretidas em disfarçar tão puro e duro exercício sadomasoquista...

Aqui del rei, quem nos acode!...

Leoninamente,
Até à próxima

Mas "cagande" estrutura!!!...



RUI COSTA ACUSADO DE SER “PREGUIÇOSO” (LINK)

Atitude e papel do administrador da SAD terão sido reprovados por Domingos Soares de Oliveira

Mas "cagande" estrutura!!!...

Leoninamente,
Até à próxima

sexta-feira, 20 de abril de 2018

Ver o barrote que tem à frente dos seus!...


ISTO E MAIS UM MITROGLOU, EVIDENTEMENTE

«A propósito daquela velha arte competitiva a que chamam "atitude", a segunda parte do jogo entre o Sporting e o Porto, para a Taça de Portugal, trouxe-nos ecos da segunda parte do jogo entre o Benfica e o Porto, para o campeonato. Entre as ocorrências passaram-se quatro dias e, na realidade, não deixa de ser curioso ter a equipa de Sérgio Conceição sucumbido nos segundos 45 minutos de Alvalade ao mesmo tipo de pecado cometido pela equipa de Rui Vitória no último tempo do clássico da Luz. Aconteceu a Sérgio Conceição e a Rui Vitória não escaparem à impiedade popular. Tendo ambos os treinadores, dizem os analistas, considerado que os resultados ao intervalo lhes agradavam imenso, foram castigados com a derrota. No caso do treinador do Porto, valeu-lhe o afastamento da final da Taça de Portugal, coisa menor. No caso do treinador de Vitória, valeu-lhe a perda da condição de líder do campeonato e a perda da vantagem de depender o Benfica apenas de si próprio. E isto, sim, coisa maior.

É normal, quando acontecem estes desaires, dedicarem-se os adeptos da equipa derrotada a longos e penosos exercícios de culpabilizações internas e externas, sempre à vontade do freguês. E se a eliminação do Porto foi apenas um pro forma sem pinga de tragédia, o espalhanço do Benfica foi, de facto, estrondoso e fez mossa. Daí a lista de culpados que começou a circular na Luz mal Soares Dias apitou para o fim do jogo, sendo que o primeiro nome dessa lista, obviamente, era o nome do próprio Soares Dias, o árbitro da partida. Seguia-se o nome do treinador do Benfica por causa das substituições que fez. E logo a seguir, os nomes de todos os administradores da SAD do Benfica, também eles mais do que culpados por Rui Vitória só ter podido fazer as substituições que fez. Depois vinham os nomes dos jogadores substitutos e dos jogadores substituídos e ainda os de uma multidão de funcionários do clube por não terem feito nada do que era preciso fazer. E, a culminar, os nomes dos tratadores relva e também os nomes de quem teve a triste ideia das cantorias no início do jogo que só serviram para desconcentrar o público e os nossos jogadores.
De um modo geral são muito injustas estas acusações. O desaire, na realidade, explica-se em poucas palavras. O Benfica perdeu com o Porto porque, a meio da semana que antecedeu o clássico, não se lembrou de pedir ao João Gabriel (who else?) para escrever um ‘tweet’ das arábias perguntando se sempre era verdade que o árbitro que foi ameaçado na Maia iria ser o mesmo do jogo do título. Bastava isto. Isto e mais um Mitroglou, evidentemente.

Foi uma semana tão cinzenta para o Benfica que a única notícia que ainda teve a sua pequena graça foi a do novo empréstimo ‘desobrigacionista’ do Sporting no valor de 60 milhões. Isso e o regresso do presidente aos palcos, evidentemente. Valha-nos Deus.»
(Leonor Pinhão, Floresta de Pernas, in Record)


Só eu sei o gozo que me deu descobrir que bem no meio da "floresta das pernas da Leonor" escorria  um líquido orgânico qualquer que, à distância, já não saberei precisar se seriam lágrimas de amargura ou uns pinguitos de xixi de uma incontinência qualquer ditada pela profunda desilusão, ou mesmo pelo terrível amarfanhamento da "piquena", depois de ter ficado a ver o penta por canudo tão fininho, tão fininho e... tão limpinho, tão limpinho, para mais no agradável conforto do lar, enquanto secava a loiça do jantar ou ia dobrando as camisas do realizador que ainda vai acautelando as despesas lá de casa porque, convenhamos, a côngrua das crónicas que vai escrevendo, a julgar pelas parcas audiências que provavelmente estará a conseguir, pouco mais deverá dar do que para pagar a conta da água!...

Já sobre a única alegria que terá tido no meio do "cinzentismo" da semana, a "piquena" terá "decididamente decidido" ser infeliz: do que ela se havia de lembrar para amenizar a sua dor!...

Há quem seja capaz de ver o argueiro nos olhos dos outros e se revele incapaz de, mesmo que os deuses lhes valham...

Ver o barrote que tem à frente dos seus!...

Leoninamente,
Até á próxima

O tesouro é para manter por quem o tem!!!...




Tem cuidado... 

O tesouro é para manter por quem o tem!!!...

Leoninamente,
Até à próxima

Parabéns leões e façam por nós o que têm a fazer!...




O Sporting Clube de Portugal venceu copiosamente esta tarde os húngaros do Győr por 6-1, nas meias-finais da "final four" da UEFA Futsal Cup, que decorrem em Saragoça, Espanha e está na final que se disputará no próximo domingo pelas 19h e terá transmissão em directo na Sporting TV, cabendo-lhe defrontar o vencedor do duelo espanhol entre o Barcelona e o Inter Movistar.

Parabéns leões e façam por nós o que têm a fazer!...

Leoninamente,
Até à próxima

Ó Marquês, anda cá abaixo outra vez!!!...



GALARDÕES COSME DAMIÃO 2011 GERAM POLÉMICA

Divulgação de emails sugere que dois dos vencedores não foram os mais votados 

"Se entenderem que as forças do além podem querer contrariar a democracia, agradeço o vosso alerta", terá sido deste modo que Domingos Soares de Oliveira se terá dirigido aos elementos da direcção do clube e da SAD, no sentido de "as forças do além" determinarem os vencedores dos Galardões Cosme Damião de 2011!... (LINK)

No Benfica tudo passa pelo veredicto das "forças do além", que estarão claramente acima do poder federativo, político, judicial, da própria essência da democracia e até acima de muitas determinações divinas! Um dia todos seremos "cristão novos"!...

Ó Marquês, anda cá abaixo outra vez!!!...

Leoninamente,
Até à próxima

"Os Ernestos da 2ª Circular"!... (actualizado)



"Influência" na arbitragem foi assumida em reunião de quadros do Benfica

Novos emails tornados públicos revelam que já em 2012, o Benfica assumiu como "desafio" o "reforço/controlo" sobre "conselhos de arbitragem", "poder político", "media" e "judicial" (LINK)

«Cinco anos antes de uma juíza do Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa para autorizar buscas ao estádio da Luz no chamado "caso dos emails" (Outubro de 2017), se referir a suspeitas sobre responsáveis do Benfica de exercerem "pressão" e "influência junto de responsáveis da arbitragem e de outras estruturas do futebol nacional", já a própria sociedade desportiva, numa reunião de quadros, terá assumido tal objectivo como um "desafio" para o futuro. A mensagem consta de uma apresentação em "powerpoint", que terá sido apresentado aos quadros da SAD do Benfica a 18 de Junho de 2012, documento este que consta de um novo conjunto de emails divulgados pelo blog "mercadodebenficapolvo.wordpress.com".

Desta vez a caixa de correio divulgada pertence a Domingos Soares de Oliveira, administrador da SAD do Benfica, e os emails situam-se entre 2009 e 2012. Foi já neste último ano,no início do mês de Junho, que Soares de Oliveira e outros elementos da SADtrocaram correspondência sobre a apresentação a ser feita na reunião de quadros, que teve lugar no dia 18 daquele mês. O documento em "powerpoint", além de metas desportivas e financeiras, estabeleceu ainda "desafios" na "vertente externa", os quais passariam por, em primeiro lugar, "definir e implementar uma estratégia coerente a cinco anos".






A análise dos diapositivos 41 e 42, não oferecerá dúvidas a ninguém:



. Dominar a envolvente externa



.Definir e implementar uma estratégia coerente a 5 anos/partindo de um diagnóstico sobre as envolventes internas e externas (Federativo, Político, Comunicação e Judicial)



. Reforço do controlo/influência nas diferentes áreas do poder da indústria



. Aumentar a influência/controlo sobre o poder

- Federação e respectivos conselhos de arbitragem

- Poder político

- Meios de comunicação/media

- Judicial


CONQUISTAR CAPACIDADE DE INFLUÊNCIA


São os próprios documentos internos do Benfica, emitidos naquela data e agora caídos no domínio público, a apontar para uma clara estratégia do clube de controlar a arbitragem. Dito com todas as letras e, como se a gravidade desse facto não fosse já de si suficiente, a ambição desbragada do dirigismo benfiquista visava também vir a controlar o poder político e, imagine-se, o poder judicial.

Hoje todo o país vai tomando consciência do rigoroso "conseguimento" alcançado pelo Benfica em todas as vertentes federativas, especialmente no Conselho de Arbitragem, nos diferentes poderes políticos que se lhes foram perfilando sucessivamente no horizonte e, "last but not least", no insuspeito poder judicial, que parece vestir hoje, andrajosamente, uma inaudita "camisa de onze varas", revelando para surpresa de um país inteiro, a mais completa e revoltante incapacidade de a despir rápida e dignamente.

Os casos já conhecidos sobre manipulação de notas de árbitros, subidas e descidas de escalão dos mesmos, somados às reiteradas cortesias consubstanciadas nos vouchers, dariam para, no mínimo, o Benfica descer de divisão mais do que uma vez, sendo que regulamentarmente, e parece não ser por acaso, surge como muito pouco transparente a possibilidade do cúmulo jurídico.

Confirmando-se agora que o Benfica tentou e parece ter conseguido o impensável, que terá sido controlar os sistemas politicos e judiciais, as consequências poderão vir a tornar-se terríveis e catastróficas, não sendo de afastar a possibilidade de o Benfica vir a ser punido com suspensão entre 10 ou 15 anos em todas as provas internacionais, ou mesmo com uma suspensão total de um ou mais anos de todas as competições internas.

Só os tolos continuarão a acreditar que o Pai Natal existe e que um país inteiro se veja compelido a continuar a fazer fé de que todos os dirigentes de um clube com semelhantes práticas deverão continuar, impunemente, a ser chamados de...

"Os Ernestos da 2ª Circular"!...

Leoninamente,
Até à próxima

quinta-feira, 19 de abril de 2018

Os jogadores de futebol são como os melões!...



Perante as dificuldades evidenciadas pelo Atlético Mineiro no pagamento da dívida de 1,5 milhões de euros ao Sporting Clube de Portugal, ainda resultante da transferência de Elias para aquela colectividade brasileira, os clubes terão chegado a acordo sobre a transferência da jovem promessa Marco Túlio, produto da formação mineira, para Alvalade, num negócio que corresponderá a um abatimento de 900 mil euros na dita dívida, tendo ficado acordado o pagamento  em várias tranches dos restantes 600 mil euros.

Considerado uma das grandes promessas do futebol brasileiro, Marco Túlio, avançado (extremo direito/esquerdo) de apenas 20 anos, que terá assinado com os leões um contrato válido por cinco temporadas, com uma cláusula de rescisão de 60 milhões de euros  irá integrar, numa primeira fase, a equipa de sub-23 do Sporting. O objectivo da estrutura de futebol dos leões passará por dotar este plantel de elementos que possam saltar com relativa facilidade para a equipa principal, de forma a darem maior profundidade de soluções a Jorge Jesus.

Internacional pelas camadas jovens do Brasil, Marco Túlio chegará a Portugal no arranque da próxima temporada, com a clara intenção de convencer Jorge Jesus. Em ano de estreia na principal equipa do Atlético Mineiro, leva já sete jogos realizados, deixando adivinhar um futuro promissor.

Os jogadores de futebol são como os melões!...

Leoninamente,
Até à próxima

Tanto tempo perdido!!!...



"Hoje fomos campeões"

«... Quando o Jorge Jesus falou do “joguinho” do fim-de-semana passada do Porto não quis desvalorizar o adversário e o resultado contra o Benfica. O que quis dizer ao Sérgio Conceição é que se preparasse para um jogo a sério, contra uma equipa a sério, num estádio a sério com adeptos e claques a sério. Num país a sério e num campeonato sério estas seriam as duas únicas equipas a disputar o título. São as melhores a léguas de distância de todas as outras. Os campeões, os verdadeiros campeões vêem-se nestes jogos em que as equipas se olham nos olhos e ganha quem tem mais coração. Hoje fomos campeões.»
(Rui Monteiro, in A Insustentável Leveza de Liedson)


Subscrevo sem pruridos e reticências todo o pensamento que Rui Monteiro nos deixou no seu último postal, muito particularmente este parágrafo que aqui destaco. Estiveram ontem em Alvalade "as duas melhores equipas a léguas de distância de todas as outras. Os campeões, os verdadeiros campeões vêem-se neste jogos em que as equipas se olham nos olhos e ganha quem tem mais coração. Hoje fomos campeões"!...

Mas só eu sei quanto lamento que os jogadores do Sporting apenas depois de o "céu lhes cair em cima" com o estrondo que amargurou todo o povo desta singular "Gália" a que nos orgulhamos de pertencer, tenham finalmente começado a sentir o peso da responsabilidade e do orgulho que significa envergarem a gloriosa verde e branca e a libertar as asas dos seus corações para o voo da glória tão desejada por todos nós e há tanto tempo escrito nos astros!...

Tanto tempo perdido!!!...

Leoninamente,
Até à próxima

quarta-feira, 18 de abril de 2018

SPOOOOOOOOORTING !!!...



E no Jamor com os dois pés, só poderia estar o grande, o maior, o melhor...


SPOOOOOOOOOORTING !!!...

Leoninamente,
Até à próxima

PUBLICIDADE