domingo, 27 de setembro de 2020

Nem mal que nunca se acabe"!...


"Não há bem que sempre dure...

Nem mal que nunca se acabe"!...

Leoninamente,
Até à próxima
 

O Sporting sempre soube escolher, democraticamente, o seu o Futuro!...


Sócios do Sporting chumbam Relatório e Contas e Orçamento por larga maioria
Documentos reprovados por quase 70 por cento dos associados que votaram

De forma democrática e linearmente concludente os 3.115 associados que participaram na Assembleia Geral do Sporting Clube de Portugal deste sábado, 26 de Setembro de 2020, marcada para votar o Relatório e Contas da temporada 2019/20 e Orçamento da época 2020/21, reprovaram os números  e pressupostos apresentados pelo Conselho Directivo por larga e concludente maioria.

Contra o Orçamento para 2020/21 votaram 69,19% dos associados participantes na AG, tendo votado 30,81% a favor. Um resultado idêntico em relação ao Relatório e Contas de 2019/20, que registou a reprovação de 67,22% dos associados, com 32,78% a favor.

Imediatamente a seguir a terem sido divulgados estes resultados o Conselho Directivo do Sporting emitiu o seguinte comunicado:


Como associado do Sporting Clube de Portugal e face à situação de contingência a que todos estamos obrigados, residindo bem a Norte de Alvalade, entendi por bem não me deslocar a Lisboa para expressar os meus votos nesta AG. Mas aceito democraticamente os concludentes e incontornáveis resultados que o Clube acaba de anunciar e, nessa condição, compreendendo o legítimo teor do comunicado acima, entendo que a expressão do sentir dos 3115 sportinguistas que se deslocaram a esta AG, irá muito para além da rejeição dos documentos que hoje lhes foram submetidos. Ela afigura-se-me muito mais como uma "rejeição à moção de confiança apresentada pelo executivo do Sporting"! E, apesar de costumarem ser necessárias três rejeições, já vi muitos governos caírem à segunda!...

Porque não sou jurista e muito menos "achista", deixo a análise a esta séria questão para quem no Sporting o souber e quiser fazer, na certeza de que parecendo-me a rejeição do Relatório & Contas 2019/2020 irreversível, assim como não se me afigura como exequível a elaboração de um novo Orçamento 2020/2021 capaz de recolher a aceitação dos associados em nova Assembleia Geral, vejo como muito problemática a continuação pacífica destes OS até ao final do seu mandato.

Há no entanto em mim uma enorme certeza...

O Sporting sempre soube escolher, democraticamente, o seu o Futuro!...

Leoninamente,
Até à próxima

sábado, 26 de setembro de 2020

Os mesmos "desocupados" e "apoiados" de sempre!!!...


Mais palavras para quê?! Nunca deixarão de ser...

Os mesmos "desocupados" e "apoiados" de sempre!!!...

Leoninamente,
Até á próxima

Nuno "Leão" Santos!...


O futuro do Sporting é já amanhã, em Paços de Ferreira, e à margem de possíveis reforços - uns já anunciados e outros que eventualmente o possam vir a ser -, apenas poderemos contar com "os que estão aqui", como disse e bem Emanuel Ferro. na conferência de lançamento da estreia do Sporting na Liga 2020/21.

Uma surpresa a convocatória de Nuno Santos. Não terá sido de ânimo leve que Rúben Amorim e a sua gente terão tomado uma decisão desta responsabilidade. Algumas coisas e nunca apenas uma, o terão justificado e essas apenas poderão e deverão ser atribuídas a um grande profissional...

Nuno "Leão" Santos!...

Leoninamente,
Até à próxima  

Em pés de lã, Varandas e Viana vão resolvendo!...


 Notícia Record: Tabata reforça Sporting
Jogador esteve muito perto do Sp. Braga mas preferiu o clube leonino

Segundo avançou o jornal Record ao fim da manhã de hoje, o acordo estará fechado com os leões. Bruno Tabata vai ser jogador do Sporting. O clube leonino pagará 5 milhões por 50% do passe e o contrato será válido por cinco temporadas. O avançado brasileiro estaria a um pequeno passo de assinar pelo Sp. Braga mas a dimensão do Sporting  bem como a sua proposta tê-lo-ão convencido a rumar a Alvalade.

O internacional jovem canarinho estava ligado ao Portimonense até 2023 e tinha uma cláusula de rescisão de 40 milhões de euros. Tal como Wendel costuma ser chamado à selecção olímpica brasileira, pelo que deverão os dois estar presentes nos Jogos de Tóquio.

Para além da consumação desta contratação, correm também rumores consistentes que apontam para a forte possibilidade de nos próximos dias chegar a Alvalade mais um brasileiro, desta feita e exactamente, o central que Rúben Amorim desde sempre desejou. Dizem que chegará de Itália por forte influência do próprio jogador junto do seu actual clube.

Em pés de lã, Varandas e Viana vão resolvendo!...

Leoninamente,
Até à próxima

Se o que me digais fora impossível"!!!...


Para além de terem nascido quase no mesmo dia - logo a seguir ao Natal, o da esquerda dois dias e o da direita apenas um, embora o primeiro seja mais velho três anos! -, decerto que haverá outras - grandes ou pequenas, veremos depois! - diferenças entre estes dois árbitros internacionais!...

Pois por curiosa ironia do destino, vamos ter oportunidade de, no espaço de apenas quatro dias, podermos apreciar essas grandes ou pequenas diferenças!...

E se acontecer o 'milagre' de assistirmos a duas grandes arbitragens?!...

"Nem me lo digam...

Se o que me digais fora impossível"!!!...

Leoninamente,
Até à próxima
 

sexta-feira, 25 de setembro de 2020

Só se eu fosse 'verissimamente' ingénuo!...


Concluída ontem a 3.ª pré-eliminatória da Liga Europa, a UEFA acaba de revelar os árbitros para os encontros do playoff, agendados para a próxima quinta-feira, em que estará presente o Sporting, a quem caberá receber em Alvalade os austríacos do Lask Linz, num reencontro com uma equipa que fez parte do grupo do Sporting nesta competição, na temporada passada. O árbitro do desafio será o bielorrusso Aleksei Kulbakov. Recorde-se que o playoff da Liga Europa é disputado a um só jogo e não haverá vídeo-árbitro disponível.

Aleksey Kulbakov é um conceituado árbitro bem conhecido dos portugueses, sendo a terceira vez que dirigirá um encontro do Sporting, tendo-se já cruzado com o Sp. Braga, Benfica e FC Porto. Um dos mais jovens árbitros internacionais de sempre, recebeu as insígnias da FIFA aos 26 anos e os pormenores da sua carreira poderão aqui ser apreciados, sendo de destacar a sua forma de arbitrar quase sem recurso a cartões, especialmente vermelhos.

Espera-se e deseja-se que não seja pelo árbitro que o Sporting deixará de atingir a fase de grupos da Liga Europa 2020/21.

Com o previsível e desejado regresso de algumas unidades importantes do plantel, após a infortunada quarentena a que foram obrigados, espera-se também e deseja-se ainda mais um colectivo forte e capaz de perseguir os desígnios de todos os sportinguistas na competição.

Gostava de ter idênticas perspectivas para o jogo de depois de amanhã, em Paços de Ferreira, muito particularmente no que à arbitragem diz respeito, mas, porém, todavia, contudo...

Só se eu fosse 'verissimamente' ingénuo!...

Leoninamente,
Até à próxima 

O julgamento das suas consciências!...


Uma justa e louvável homenagem aos que em todos os momentos das suas passagens pelo Sporting souberam honrar e dignificar o nome do Clube, sem que as suas consciências alguma vez os acusassem de atitudes menores!...

Uma bofetada de luva verde e branca aos que vacilaram, pecaram ou nem sempre souberam ser dignos da grandeza do Sporting!...

A História os absolverá, ou não! Importante será sempre...

O julgamento das suas consciências!...

Leoninamente,
Até à próxima

"E no domingo há mais em Paços de Ferreira"!...


A crónica do Sporting-Aberdeen, 1-0: a pressa foi amiga da perfeição
Sem pernas para os 90 minutos, o melhor que podia ter acontecido ao leão foi resolver cedo o jogo. Está quase tudo por fazer, mas já há ideias



«O que é a perfeição em futebol? Ganhar. A partir daqui, todas as análises são possíveis e todas vão ajudar a perceber que o jogo do Sporting ontem esteve longe de ser perfeito. A verdade é que, no primeiro jogo da época, não se poderia pedir muito mais. E nem é preciso invocar as semanas que antecederam o encontro ou o facto de o grupo ter ficado privado do treinador principal e de nove jogadores devido à pandemia de Covid-19.

Reunidos os argumentos que explicam a ausência absoluta de nota artística na exibição dos leões, o que importa realçar é o que fica para a história desta temporada: vitória por 1-0 sobre o Aberdeen e objectivo alcançado. A fase de grupos da Liga Europa está, agora, a um playoff de distância. Mas, sim, será necessário fazer muito melhor para ultrapassar o LASK Linz, na próxima 5ª feira, em Alvalade.

Surpresas para todos os gostos

Em controlo remoto, e com Emanuel Ferro a dar voz de comando no banco, Rúben Amorim apresentou uma surpresa no onze. E não foi Tiago Tomás, porque só quem andasse distraído ou não tivesse acompanhado a pré-época do Sporting poderia considerar ‘TT’ um intruso. Nada mais errado. O ‘menino’ de 18 anos conquistou o lugar por mérito próprio e ontem fez questão de provar que o que ficou para trás não foi mera coincidência. Jogou Tomás... ficou Sporar no banco e, aqui sim, o técnico conseguiu surpreender.

Jovane ocupou a posição ‘9’ e Vietto, a despeito de ter falhado a primeira metade do estágio, por ter testado positivo ao novo coronavírus, completou o tridente ofensivo. De resto, tudo como esperado, com as estreias dos reforços Adán, Feddal e Porro, este em altíssima rotação. Se Amorim procurou baralhar o Aberdeen no ataque, os escoceses tentaram fazê-lo pela estratégia e pela táctica: em vez do 3x4x3 habitual, Derek McInnes montou a equipa num 3x5x2 mais defensivo, com a ideia de ganhar vantagem na zona do meio-campo. Talvez o plano fosse bom, no papel, mas na prática faltaram os intérpretes. E, assim, não foi difícil ao Sporting tomar conta do jogo.

Candeia que vai à frente...

Haveria de ser esse o segredo da vitória: uma boa entrada. E pode dizer-se que, neste caso, a pressa foi amiga da perfeição, porque foi esse arranque a todo o gás que garantiu o triunfo. Numa transição em falso do Aberdeen, com o Sporting a pressionar alto, Wendel roubou a bola a McCrorie e colocou-a em Vietto. O argentino desequilibrou a defesa contrária em dribles sucessivos e soltou, na hora agá, para Tiago Tomás, que apareceu no sítio certo, à hora combinada e fez o golo, com frieza germânica. Estava feito o mais difícil, que era quebrar o gelo. E os minutos seguintes até mostraram uma equipa com muitas, e boas, ideias. O problema é que faltaram as pernas e, antes disso ainda faltou acerto a Jovane (40’) e TT (56’). E, nos últimos minutos, ao arriscar tudo, o Aberdeen esteve perto de levar o jogo para prolongamento, por intermédio de Hedges (62’ e 87’), o melhor jogador do adversário.

Sem pulmão (Wendel e Jovane deram o ‘estoiro’), valeu a experiência do sector mais recuado e um par de cortes providenciais de Feddal (78’) e Coates (89’). As substituições terão chegado tarde, mas pouco acrescentaram. A manta está curta. E no domingo há mais, em Paços de Ferreira.»
(Vítor Almeida Gonçalves, in Record, hoje às 00:06)

Gostei desta crónica de Vitor Almeida Gonçalves. O meu televisor parece ser exactamente igual ao dele!...

"E no domingo há mais em Paços de Ferreira"!...

Leoninamente,
Até à próxima 

quinta-feira, 24 de setembro de 2020

PUBLICIDADE