quinta-feira, 21 de setembro de 2023

Não precisamos de ser embalados para dormir!!!...


Nesta capa de Record "à minha maneira", Varandas e Amorim colocam os pontos nos is, sobre o modo como todo o universo leonino enfrenta a actualidade do futebol que nos envolve!...

E assim como na presente temporada, por todas as razões e mais uma, o "campeonato será sempre a nossa primeira escolha", também não venham "as virgens ofendidas" com as palavras de Carlos Xavier, tentarem atirar-nos areia para os olhos: há décadas que somos todos tratados como mouros, sarracenos, muçulmanos, infiéis, maometanos, árabes, arábicos, agarenos ou pagãos, por toda a "entourage" que gravita em torno das antas.

Que não venha agora a Dona Xepa e todos os seus acólitos do CD da FPF contar-nos "histórias da carochinha"! Temos a perfeita noção da podridão latente no nosso futebol há décadas, sem que alguém tenha ousado ter a coragem de o denunciar! Vão contar essa história a outros!...

Não precisamos de ser embalados para dormir!!!...

Leoninamente,
Até à próxima

quarta-feira, 20 de setembro de 2023

Nada em Alvalade voltará a ser como dantes!!!...


Ainda inacabado - os vestígios dos limites dos stencils utilizados por Daniel Elme, visíveis nas fotos mais recentes publicadas por aí e a implorar os retoques finais, são elucidativos! - o mural próximo da porta 3 do nosso estádio, já contém os ingredientes suficientes para passar a representar o Orgulho Leonino, tanto no passado de que nos honramos, quanto no futuro que desejamos ardentemente!...

Nada em Alvalade voltará a ser como dantes!!!...

Leoninamente,
Até à próxima

"Não bate a bota com a perdigota"!!!...


Mouros, que o mesmo seria dizer, segundo os mais variados e mais ou menos abrangentes dicionários da língua portuguesa, sarracenos, muçulmanos, infiéis, maometanos, 
árabes, arábicos, agarenos, pagãos, todos nós ouvimos alguma vez o "papa das Antas" e muitos outros papas que vivem à sombra do monumento megalítico que lhes marcou a origem, dirigir-se deste modo aos adeptos do Sporting e não só, nas suas prédicas habituais de exortação dos seus "soldados", sempre que lhes calhava terem de defrontar, em campo ou fora dele, algum clube do Sul!...

E não haverá memória de alguma vez ter sido decretada a mais simples admoestação por parte de qualquer orgão disciplinar ou de justiça federativa. Muito menos tal terá acontecido sempre que tais supostas "ofensas" brotaram dos lábios de quem não estava, no momento do "pecado", ligado a tal "instituição Papal" por outros vínculos que não fossem o coração e a paixão!...

Como sempre acontece em tantos e tantos outros processos, ao Sporting "calha sempre a fava"! E as palavras precipitadas, negligenciadas e reprováveis de Carlos Xavier - mesmo que seguidas de retratação, desculpas e arrependimento! - logo deram origem, à abertura de um processo por parte - quem mais havia de ser?! -, do Conselho de Disciplina da FPF, cuja pena poderá vir a dar origem, ao que tem sido divulgado por uma CS ávida de "trolha e sangue", à interdição do Estádio José Alvalade até um prazo máximo de 5 jogos!...

Desconheço em absoluto qualquer réstia de jurisprudência aplicável ao caso em apreço. Seria novidade para mim Carlos Xavier ser actual dirigente do Sporting ou estar vinculado ao Clube por qualquer outro motivo. Nesta condição não vejo assim nenhum motivo para poder o Sporting vir a ser sancionado pelas palavras de Carlos Xavier, que as proferiu no pleno uso dos seus direitos de cidadania, perante uma estação privada de televisão, pesando apenas sobre si próprio as consequências que as instâncias competentes possam vir a julgar como procedentes e justas.

"Não bate a bota com a perdigota"!!!...

Leoninamente,
Até à próxima

terça-feira, 19 de setembro de 2023

Bom jornalismo é isto!...


Para que serve um treinador

«Morten Hjulmand foi contratado por verba impressionante (a transferência pode ascender a 20M€), um pouco desajustada dos números espelhados no currículo. Como de costume, o interesse leonino reflectia projecção optimista do potencial. Se tudo se reduzisse à contabilidade era um jogador de 24 anos, com 169 jogos como profissional, nos austríacos do Admira Wacker (74) e nos italianos do Lecce (95), com apenas um golo marcado, sem internacionalizações pela Dinamarca, pelo que a cláusula de 80M€ correspondia a todo o exagero subjacente à operação.

Desde que está no Sporting apresenta quatro presenças, já chegou à selecção e, em pouco tempo, fez um golo, tendo-lhe sido anulados mais dois, um em Braga, e outro na qualificação para o Europeu, na vitória por 4-0 sobre São Marino. O seu perfil está em transformação. Era um médio restrito, cumpridor escrupuloso de tarefas defensivas, com raio de acção curto, cujo objectivo em campo era fazer bem o pouco que lhe era pedido. É para isto que serve um treinador: para melhorar os jogadores que lhe chegam às mãos.

Rúben Amorim encetou processo de aquisição de competências tácticas e até técnicas, que está a torná-lo mais abrangente e completo; faz alargar influência no colectivo; torna-o importante em mais fases do jogo e confere-lhe multifuncionalidade que pode conceder-lhe o estatuto de centrocampista de dimensão europeia. Em breve os 80M€ da cláusula deixarão de ser um disparate como outros.»

Bom jornalismo é isto!...

Leoninamente,
Até à próxima

Morreu um homem bom!...


« Morreu Marinho Peres, antigo treinador de V. Guimarães, Belenenses, Sporting e Marítimo, aos 76 anos. O falecimento foi anunciado pela mulher do ex-técnico, Mazé Marinho, através das redes sociais.

Mario Peres Ulibarri, mais conhecido por Marinho Peres, nasceu no Brasil em 1947 e fez praticamente toda a carreira de futebolista no Brasil, em vários clubes, com excepção de uma passagem pelo Barcelona em 1974/75, tendo ainda representado a selecção canarinha em 15 ocasiões. Pendurou depois as chuteiras em 1981. No entanto, a notoriedade que conquistou em Portugal advém do seu trajecto como treinador no nosso país, onde chegou em 1986 para orientar o V. Guimarães durante uma temporada (voltaria ao Minho em 1992/93). Seguiram-se passagens em duas ocasiões diferentes pelo Belenenses (1987-89 e 2000-03), o clube onde ganhou estatuto de lenda e ao serviço do qual conquistou a Taça de Portugal em 1988/89 e foi terceiro classificado no campeonato da época anterior. Orientou também o Sporting (1990-92) e o Marítimo (1996/97).»

À família enlutada, Leoninamente apresenta sentidas condolências.

Morreu um homem bom!...

Leoninamente,
Até à próxima

Da mais elementar justiça!!!...


Uma capa que dignifica o Jornalismo Desportivo  e na qual me parece haver apenas uma "pequena lacuna"...


Sem nunca abdicar de um "'low profile' que já não se usa", sem se colocar alguma vez em "bicos de pés" e recusando liminarmente tanto protagonismos estéreis quanto demagogias baratas, o Sporting, se hoje tem o privilégio de possuir entre as suas fileiras "todas estas máquinas", muito deverá à competência e ao incansável dinamismo deste homem...

Talvez tenha chegado a sua hora: à espera de uma cláusula de rescisão de 100 milhões!...

Da mais elementar justiça!!!...

Leoninamente,
Até à próxima

segunda-feira, 18 de setembro de 2023

Há quem lhe chame coincidência!!!...


«A Polícia Judiciária confirmou a detenção de um funcionário do Benfica, no âmbito da operação que desmantelou um laboratório clandestino de doping, suspeito de liderar uma rede de importação e distribuição de esteroides anabolizantes em vários ginásios.

A Polícia Judiciária explicou hoje em comunicado que conseguiu "desmantelar um laboratório clandestino de produção em massa de substâncias anabolizantes, provavelmente o de maior dimensão até hoje identificado e localizado", na área metropolitana de Lisboa.

Cumprindo "11 mandados de busca, sendo 6 domiciliárias e 5 não domiciliárias, sendo igualmente cumpridos dois mandados de detenção, fora de flagrante delito", foram apreendidos "vários equipamentos laboratoriais e máquinas industriais para produção dessas substâncias (orais, e injetáveis)", bem como "substâncias proibidas, com processo de produção finalizado e já embaladas e etiquetadas, contendo cartonagens, blisters, hologramas, bulas, que habilitavam os produtos dopantes em causa a entrar no mercado, com aparência de produção certificada e produção laboratorial legítima".

Ainda de acordo com o comunicado da PJ - que revela também a "apreensão de mais de 250 mil euros em numerário e ativos digitais, designadamente cripto moeda, bem como de quatro viaturas de luxo, avaliadas em cerca de 300 mil euros" -, os dois detidos já foram presentes ao juiz. Um deles ficou em prisão preventiva e o outro com apresentações bissemanais e proibição de contactos.»

Há quem lhe chame coincidência!!!...

Leoninamente,
Até à próxima

"Cansa só de ver"!!!...

Gyökeres mata... Gyökeres esfola: números comprovam que o sueco é o jogador mais combativo da Liga
Lidera em duelos disputados ou faltas sofridas e aproximou-se do topo da lista de melhores marcadores

«"Gyökeres torna a equipa muito mais perigosa". A frase é de Rúben Amorim, proferida após a vitória do Sporting com o Moreirense (3-0), com a assinatura do avançado: um golo, uma assistência e um rol de estatísticas que comprovam que joga e faz jogar o leão. Ou melhor, que Gyökeres mata... mas também esfola.

Cinco jornadas volvidas da Liga, o tal processo de "adaptação" ao Sporting e às equipas portugueses que o próprio confessou que influenciou os seus primeiros jogos pelo clube... nem por isso se reflectem nas estatísicas, que nos dizem que o camisola 9 tem sido um quebra-cabeças para as defesas contrárias, com recurso a um estilo de jogo marcadamente físico. Aliás, um dado diz tudo: é o jogador do campeonato com mais duelos disputados (94), bem à frente do vizelense Essende (86) e do amadorense Ronald (75), e também é o jogador que mais duelos venceu (47), superando o companheiro de equipa Coates (41) e o estorilistas João Marques (39).

Por aqui se explicam os traços nitidamente combativos do internacional sueco, que não raras vezes só é travado... à lei da falta. Diante do Moreirense, sofreu 9, número que é recorde na Liga 2023/24, e destacou-se também na liderança dos jogadores com mais faltas sofridas (20), com Ronald (18) e Rafa e Aranda (17) atrás. Reportando de novo ao embate com os cónegos, 'sacou' três amarelos: dois para Maracás, expulso por acumulação aos 88'; e um para Marcelo (49').

Impressionante, sim, mas... há mais. É que se falamos da capacidade que Gyökeres tem de desgastar a defesa contrária, temos também de mencionar o que faz em frente às balizas. Com 3 golos em 5 jornadas, está a um do topo, onde se sentam Di María e Paulinho (4), o que é mérito do número de tentativas em cada jogo. O nórdico é o segundo jogador que mais vezes remata (19), atrás do já citado Di María), e fica de novo na vice-liderança quando o tópico são os tiros efectuados na área (15), a um curto passo de Bozeník (16).

Averso ao cansaço

Os números que Gyökeres apresenta e que deixam os sportinguistas apaixonados são, claro, reflexo de muito trabalho. Depois da vitória com o Moreirense, Rúben Amorim atribuiu parte do mérito à sua capacidade 'corporal' - "Deus deu-lhe aquele físico..." - e de facto é também nesse parâmetro que se destaca - ontem percorreu, em Alvalade, 10,6km, isto depois de na semana anterior ter sido submetido a um desgaste adicional com dois jogos ao serviço da selecção da Suécia.

Como se constata pelo gráfico acima da Goalpoint, o sueco andou um pouco por todo o lado do meio-campo para a frente, quer em zonas centrais como nos corredores. Além dos números já referidos, fez ainda 4 passes para finalização e 17 passes progressivos, ambos recordes pessoais que dão razão ao técnico do Sporting, ao reconhecer que o '9' "ajuda a esticar o jogo" do leão. Isso... e muito mais!...»

Começam a escassear as palavras para definir e enaltecer o papel do novo reforço do Sporting Clube de Portugal! Isto para não falar dos sentimentos que já vai despoletando no formidável e apaixonado universo leonino!...

Como já o havíamos dito por aqui, bem antes da sua feliz decisão de assinar pelo Sporting e Rúben Amorim ontem confirmou no final do jogo...

"Cansa só de ver"!!!...

Leoninamente,
Até à próxima

E o melhor ainda estará para vir!!!...

Fontes Record

Impressionante a exibição de Viktor Gyökeres frente ao Moreirense, ontem à noite em Alvalade. O avançado sueco revelou-se mais uma vez como extraordinariamente dificilmente de conter, depois de iniciar qualquer dos inúmeros lances que protagonizou, pelo que os cónegos usaram, e abusaram até, de todo o tipo de infracções, dando origem a um novo registo máximo de faltas cometidas (nove!) em jogos desta edição da Liga Betclic, quase todas bem duras e que acabariam por resultar na amostragem de três amarelos por parte de Manuel Oliveira.

Gyökeres destacar-se-ia ainda por muitas outras acções atacantes em que esteve envolvido, fixando um máximo pessoal de leão ao peito, com quatro oportunidades de golo criadas, factor que ajudou a condimentar aquelas que foram as duas cerejas no topo do bolo: o golo marcado – o terceiro esta época e primeiro de cabeça – e a assistência para o tento inaugural do encontro, da autoria de Morten Hjulmand.

E o melhor ainda estará para vir!!!...

Leoninamente,
Até à próxima

Mas então quem os "manda" não é o Amorim?!...


Viktor Gyökeres, marca e manda!...
Morten, marca e Hjulmand(a)!...
Ousmane, marca e Diomand(a)!...

Mas então quem os "manda" não é o Amorim?!...

Leoninamente,
Até à próxima