domingo, 31 de dezembro de 2017

Vomitem s.f.f.! Na sanita da Liga, que está lá para isso mesmo!...



E esta então, para que não restem dúvidas de nenhuma espécie, terá sido a última ANEDOTA DO ANO! Mas...

Não ousem sequer rebolar pelo chão e rir à gargalhada! O chão está sujo! As pegadas do "caga-tacos" ainda estão marcadas no chão e fedem a "merda de Kadafi" que, dizem, andará com uma diarreia do tamanho das orelhas!...

Vomitem s.f.f.! Na sanita da Liga, que está lá para isso mesmo!...

Leoninamente,
Até à próxima

O melhor ainda está para vir!...


O melhor ainda está para vir!...

Leoninamente,
Até à próxima

sábado, 30 de dezembro de 2017

Rebolem-se a rir pelo chão!...




Esta foi, sem a mais pequena réstia de dúvida, a ANEDOTA DA SEMANA! Mas...

Não comecem já à gargalhada nas costas da criatura. É feio! Esperem que este "condenado por roubo" regresse de S. Tomé e então depois...

Rebolem-se a rir pelo chão!...

Leoninamente,
Até à próxima

Saravah!!!...


BENFICA-SPORTING NO MEIO DA BATOTA

«Um Benfica-Sporting a reatar o campeonato na abertura de 2018 é sempre um bom ‘cartão de visita’ para quem gosta de futebol, mesmo neste ambiente em que se discutem, acima de tudo e infelizmente, questões à margem do jogo, ou que no mínimo condicionam a competição, como resulta daquilo que já se sabe do desenvolvimento do ‘caso dos emails’ ou mesmo — se se provar — de jogos com resultados viciados.

Este Benfica-Sporting aparece, pois, num ponto alto de discussão (e tensão) em torno de batotas e batoteiros. E, enquanto não se chegam a conclusões, o tempo não pára, o calendário não pára, e as expectativas mantêm-se. Também por tudo o que se tem dito e revelado, o Benfica não quer desperdiçar a oportunidade de conquistar o primeiro penta da sua história e o Sporting sabe que, em teoria, esta pode ser a época da sua redenção, depois de um longo jejum que já dura há mais de 15 épocas.

Na rota do título, apesar de nada ficar decidido, seja qual for o resultado, nem Benfica nem Sporting ficarão muito confortáveis se não ganharem o dérbi, sendo que o Benfica tem a maior responsabilidade, uma vez que é o detentor do maior atraso pontual (-3) — e, feitas as contas, o grande beneficiado desta jornada inaugural de 2018 até bem pode ser o Porto, se cumprir aquilo que dele se espera na sua visita a Santa Maria da Feira e se o Sporting não pontuar na Luz.

Este Benfica-Sporting vai realizar-se num contexto muito especial, em termos desportivos:

BENFICA - Nos últimos 20 jogos, se considerarmos todas as provas, só ganhou 9 (45%), tratando-se, pois, de um desempenho invulgarmente negativo, considerando os habituais registos da equipa; contudo, nesse período, o Benfica realizou 10 jogos para o campeonato e não perde há 9. Conclusão: tivemos um Benfica absolutamente desconcertante na Liga dos Campeões, na Taça de Portugal e na Taça da Liga e temos tido um Benfica positivo no campeonato.

SPORTING - Nos últimos 20 jogos, em todas as competições, nas quais só já não se encontra na Champions (mas sem abandonar a Europa), ganhou 12 e, na Liga, ainda não perdeu, sendo mais forte fora de ‘casa’.

Significa que, em tese, Sporting entra mais forte na Luz, mas isso como se sabe, em jogos desta natureza, vale zero. Fundamentalmente em contextos de rivalidade elevada a extremos.

Neste particular — da rivalidade elevada a extremos —, este Benfica-Sporting vai realizar-se depois de uma AG da Liga em que se volta a perceber como Benfica e Sporting estão em campos totalmente opostos. Não há nada que, na verdade, os una. Nada. Curiosamente, Jorge Jesus vai regressar à Luz num momento de maior desanuviamento entre ele e o seu ex-clube, ultrapassadas as maiores (e desnecessárias) ondas de choque. Para reflectir.

Este Benfica-Sporting, ao que parece (custa a acreditar…), vai ser realizado com o presidente Bruno de Carvalho a liderar os cerca de 3 500 adeptos que se vão deslocar à Luz. Mais uma decisão populista, demagógica e… perigosa. São estas posturas que não ajudam nada à pacificação do futebol português. Estas e outras, bem entendido, porque antes de Bruno de Carvalho chegar ao futebol, com uma postura pouco institucional, já o futebol em Portugal era um lugar muito mal frequentado.

Nove dias depois do último jogo (Benfica-Portimonense, 2-2), e depois de dar mini-férias ao plantel, Rui Vitória decide alinhar no Bonfim com a equipa não titular. Quer dizer: muitos jogadores vão entrar na Luz com cerca de 15 dias com pouca ou nenhuma competição. Faz sentido?

O Sporting e Jorge Jesus, ao invés, puseram ontem, no Restelo, "toda a carne no assador", isto é, a equipa titular. A intensidade foi baixa, a exibição descolorida, mas a ideia foi, por um lado, não facilitar — uma vez que estava em causa um lugar na ‘final four’ da Taça da Liga — e dar competição aos jogadores, depois da paragem e do dérbi, a cinco dias. O Sporting ‘treinou-se’ e alcançou o objectivo principal: manter-se vivo na prova.

Este Benfica-Sporting realiza-se igualmente num contexto de reabertura do mercado de transferências. O Benfica parece querer esperar pelo desfecho do dérbi para tomar algumas decisões (informação veiculada pela imprensa que não confere com o perfil do projecto definido antecipadamente pelo presidente Luís Filipe Vieira) e o Sporting parece estar mais activo e determinado em reforçar a equipa. Foi-se falando da hipótese de regresso de alguns jogadores que já estiveram na Luz e em Alvalade… Que feliz ficaria o Benfica com o regresso de Gaitán! Que feliz ficaria o Sporting com o regresso de Slimani!… Mas nenhuma das hipóteses (?) parece passar de sonho de…fim de ano.
Feliz 2018!

NOTA - Um Benfica-Sporting, a começar às 21:30 horas, de uma quarta-feira, é mais um exemplo de "como não defender o futebol", na óptica do adepto/consumidor.

JARDIM DAS ESTRELAS - Diplomacia através do VAR

David Elleray foi contratado pela FPF para ser consultor do CA da FPF para a área da vídeo-arbitragem até final da presente temporada e isso encerra um aspecto positivo: não apenas o conhecimento técnico de alguém com uma posição relevante no IFAB (director-técnico) e no CA da Federação inglesa (chairman), mas também esta-coisa-muito-tuguinha, que é dar crédito a quem vem de fora, menosprezando — por culpa própria, pois claro! — as competências internas, minadas até à náusea por uma guerrilha institucional permanente, a partir da qual tudo é colocado em causa, até um simples ‘atchim’ nesta época de frio e de… Festas. Está também dado o ‘pontapé de saída" para Artur Soares Dias subir ao escalão ‘de elite’ da UEFA e só é pena que nesta ‘negociação’ não tenham sido colocados árbitros estrangeiros a dirigir alguns jogos da I Liga, numa época que começou debaixo de um manto de suspeição terrível (caso dos emails). Mas isso - hélas! - seria colocar em xeque toda a corporação da arbitragem nacional e aí… alto e pára o baile, porque mais importante do que a integridade das competições estão as benesses e o orgulho de uma classe ferida. Pois, pois.

O CACTO - Democracia: o que é isso?

As declarações de ontem de Pinto da Costa (FCP) e Bruno de Carvalho (SCP) e fundamentalmente a decisão de ambos em abandonar a AG da Liga tornam indiscutível o jogo de forças que se discute no futebol português. PdC e BdC pouparam Pedro Proença, porque vêem nele um interlocutor credível, seja lá o que isso quer dizer, mas não pouparam o G-15. O jogo de forças é claro mas verdadeiramente preocupante é a intolerância e o conceito de democracia, no futebol. É muito mau sinal para a ‘indústria’, quando as forças de bloqueio se constituem num desporto e num orgulho. Mas valeram, ainda assim, algumas úteis ‘aprovações’, mesmo sob o espectro de uma eventual impugnação.»
(Rui Santos , Pressão Alta, in Record)


Muitas histórias curiosas - e algumas tristes! - das margens do pântano. Entre umas e outras, Jorge Jesus e a 'sua gente' parecem focados no essencial!...

Saravah!!!...

Leoninamente,
Até à próxima

Ninguém me pergunte porquê, mas gostei! Muito!!!...



«Carlos Carvalhal estreou-se da melhor forma na Premier League, ao serviço do Swansea, com um triunfo (1-2) na casa do Watford, orientado pelo também português Marco Silva. Com esta vitória, a formação onde actua Renato Sanches - cumpriu os 90 minutos - saiu provisoriamente do último lugar...» (LINK)

Ninguém me pergunte porquê, mas gostei! Muito!!!...


Leoninamente,
Até à próxima

Somos todos uma cambada de estúpidos!...



Encarnados desconhecem e demarcam-se,  O JORNAL A BOLA COLOCA O XAILE SOBRE OS OMBROS DA CORRUPÇÃO INSTALADA E a PGr, o ministério público, a PJ e os adeptos  doS OUTROS CLUBES...

somos todos uma cambada de estúpidos!...

Leoninamente,

Até à próxima

A culpa é do vizinho!!!...


JOGO ENTRE RIO AVE E BENFICA INVESTIGADO POR SUSPEITAS DE VICIAÇÃO DE RESULTADO (LINK)


'Correio da Manhã' adianta que a Polícia Judiciária está a investigar alegados pagamentos a jogadores vilacondenses


«Uma investigação 'Correio da Manha'/CMTV dá conta de que a Polícia Judiciária está a investigar um encontro entre Rio Ave e Benfica da época 2015/16, por existirem suspeitas de viciação de resultados, com alegados pagamentos a jogadores vilacondenses para perderem o encontro (que terminou com o triunfo das águias por 1-0, em Abril)...»

Sempre se ouviu dizer que "não há fumo sem fogo"! Mas ninguém se admire de mais logo, as capas da pasquinada levantarem a suspeita de que... 

A culpa é do vizinho!!!...

Leoninamente,
Até à próxima

sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

A nota artística terá ficado adiada por uns dias!...



EMPATE CARIMBOU 'FINAL FOUR' DA TAÇA DA LIGA

Em jogo pobre e quezilento e com uma exibição pouco acima do sofrível, o Sporting alcançou esta noite o fundamental objectivo que lhe era proposto: o de estar presente em Braga, na 'Final Four' da Taça CTT.

A nota artística terá ficado adiada por uns dias!...

Leoninamente,
Até á próxima

"Deslarguem-me, pôrra"!...

Coitado do rapaz! Hoje serão oito à volta dele!...

Tudo aponta para que Seydou Doumbia deva voltar a ser titular na frente de ataque do Sporting, no encontro que dentro de pouco mais de uma hora arrancará no Restelo. O avançado costa-marfinense deverá continuar a ser aposta de Jorge Jesus na Taça CTT, à semelhança do que sucedeu nos outros dois jogos da prova, frente a Marítimo e U. Madeira. 

No que a golos diz respeito, até ao momento serão 7 o número de golos de Doumbia com a camisola do Sporting nesta sua primeira época. O avançado leonino regista três golos na Taça de Portugal, dois na Liga dos Campeões e outros tantos na Taça CTT, não tendo até ao momento a felicidade de marcar no campeonato, mas... "guardado estará o bocado..."!...

Reparando bem na imagem acima, veio-me à memória uma semelhante protagonizada por JJ, quando entrou em campo para defender um jogador seu, na ocasião defendendo outras cores e se viu rodeado e quase manietado por uma boa dúzia de seguranças. Terá então Jesus dito qualquer coisa parecida com o que Doumbia agora eventualmente terá dito...

"Deslarguem-me, pôrra"!...

Leoninamente,
Até à próxima

Será meio caminho para a Glória!...


SPORTING DEVORADOR

«A chegada a Alvalade de três jogadores com potencial para discutir a titularidade é um sinal demasiado forte do empenho que o Sporting está a colocar na corrida para o título de campeão nacional. Wendel, Vietto e Rúben Ribeiro são soluções de alto nível para uma equipa que, sem eles, já estava a funcionar (quase) com a perfeição de um relógio suíço. Por isso, o único problema que o Sporting pode vir a ter daqui em diante… é de abundância.

Jesus é um adepto das ‘mexidas de Janeiro’. Confirmou-o no Benfica, logo na sua primeira temporada, quando entraram na Luz os brasileiros Airton, Éder Luiz e Kardec. Na época de estreia no Sporting, também em Janeiro, os leões receberam Coates, Schelotto, Zeegelar e ainda Bruno César. A fórmula volta a ser repetida, mas agora com apostas de um nível ainda superior.

O plantel fica de tal forma recheado, que não deve ser afastada a ideia de que os leões querem até muito mais do que o campeonato. O Sporting chega vivo – e bem vivo – ao início do ano. Está em todas as provas e com legítimas condições para lutar por tudo até ao fim. Se já havia a possibilidade de fazer descansar alguns jogadores sem que o nível da equipa perdesse muita qualidade, agora o cenário é ainda mais entusiasmante. Jesus fica com o melhor plantel em Portugal e está obrigado a conquistar títulos.»
(Nuno Farinha, Saída de Campo, in Record)


Começa a nascer em mim a profunda convicção de que, finalmente, a secular parábola de Santo António de Lisboa, que lá por terras de Pádua terá afirmado "in illo tempore", o primado das obras sobre as palavras - "... cessem as palavras e falem as obras!" - Bruno de Carvalho e toda a sua ínclita "entourage" terão concluído pela riqueza e verdade intemporal dessa proclamação e ter-se-ão atirado ao trabalho como foguetes, "com garras e dentes" e tal empenho e determinação, que parece terem deixado toda a concorrência absolutamente pregada e sem qualquer reacção, nas estacas da partida!...

De facto ler esta crónica de um dos mais empedernidos "pontas de lança" com que o nosso vizinho do outro lado da rua vinha sucessiva e implacavelmente marcando e ampliando há longos anos os golos ditados pela "cartilha da corja escarlate a caminho da Carregueira", será desfazer as poucas e ténues dúvidas que ainda pudessem restar nos espíritos mais refractários!...

Derrotá-los em silêncio e bem antes do jogo começar, será qualquer coisa muito parecida e ainda mais eficaz que o "código postal"...

Será meio caminho para a Glória!...

Leoninamente,
Até à próxima

quinta-feira, 28 de dezembro de 2017

A segunda parte com o União da Madeira deixou água na boca!...



Embora o empate seja apontado por muitos como suficiente para o Sporting conseguir o acesso às meias-finais, algo me diz que JJ, com cinco dias a separá-lo do dérbi, não sentirá necessidade de proceder a poupanças que até poderiam revelar-se contraproducentes. Daí esta convocatória não ser mais do que o espelho da uma dupla estratégia, com os olhos no Restelo e na Luz, embora assegurando sem riscos a continuidade do Sporting numa prova enjeitada por quase todos, mas que tem servido de xaile a alguns em circunstâncias geridas consoante as necessidades ditadas pela propaganda e pelo oportunismo.

Nesta condição arriscaria o onze titular que o técnico leonino terá no pensamento, embora o desenvolvimento do jogo possa vir a ditar alterações: Salin; Piccini, Coates, Mathieu e Coentrão; William, Bryan Ruiz, Gelson Martins e Bruno César; Podence e Doumbia.

Suspeito que, eventualmente, também Acuña, Battaglia e Bas Dost poderão entrar na segunda parte, no caso da primeira metade do encontro revelar algumas dificuldades quanto à segurança do resultado. Mas acredito que os titulares que JJ chamar para o arranque do jogo, entrarão dispostos a resolver as coisas bem cedo...

A segunda parte com o União da Madeira deixou água na boca!...

Leoninamente,
Até à próxima

A luta só abrandará quando a Carregueira se voltar a pintar de escarlate!...


O ANO DO POLVO E AS APOSTAS VICIADAS

«Este foi um ano marcado por muitos temas à volta do futebol e não foi bonito. Diversos tentáculos foram aparecendo que influenciaram o que se passa dentro das quatro linhas. Cartilhas preparadas para manipulação da informação e opinião pública, mails com todo o tipo de ligações com árbitros, delegados, observadores e ainda para gozo geral cenas de "senhoras prendadas" e bruxos.

Aos nomes de craques que nos fazem vibrar com o jogo como Gelson Martins, William Carvalho, Pizzi, Jonas, Aboubakar, Brahimi, entre tantos outros e só citei jogadores dos três grandes, sobrepuseram-se os de Pedro Guerra, Paulo Gonçalves, Rui Gomes da Silva, Horácio Piriquito, André Ventura. Estes últimos, fazem parte de um rol de gente ao serviço do Benfica e que com muita classe, semana a semana, o Porto Canal foi denunciando e desmistificando.

Confesso que destes tentáculos do polvo já sabia de alguns, especialmente o papel exercido por Paulo Gonçalves nos bastidores. E num programa de televisão que tinha na ETV, depois da conquista do primeiro campeonato de Rui Vitória, com ironia, dei os parabéns a dois homens: João Gabriel, o mais influente director de comunicação de um clube de futebol nos últimos 20 anos e que semeou o poder do Benfica nos media e a Paulo Gonçalves pelas suas amizades e relacionamentos nas catacumbas de quem dirige o desporto-rei.

Mas este polvo tem uma cabeça e é tempo de a esclarecer. Os leitores sabem que em todas as actividades o responsável em tudo é o líder. Nos bons e nos maus momentos o líder é sempre a entidade suprema. Quem é que nunca se pode desculpar com o facto de não saber o que se passa? O líder. Quem recebe prémios pela actividade de um clube ou empresa? O líder. Quem sobe ao palco nos momentos dos troféus conquistados? O líder. Ora, o líder dos encarnados chama-se Luís Filipe Vieira. Ele que não se desculpe porque nada foi idealizado e concebido sem o seu conhecimento. Se assim fosse era um mero boneco, mas como em termos mediáticos é vendido como um grande líder, então que assuma as responsabilidades e que tenha a coragem de pôr um ponto final nesta rede tentacular que só ensombra a reputação da instituição que lidera e retira o mérito a conquistas que possa ter dentro do campo porque subsistem as dúvidas fora dele.

E o ano termina ainda com mais um lamaçal. Tal como o doping é batota e altera a honestidade de uma competição, o "match-fixing" é das maiores pragas nos tempos modernos. Quatro jogadores do Rio Ave arguidos num jogo da temporada passada. O clube não tem qualquer culpa e muito bem estiveram os vila-condenses ao estar ao lado da apuração até às últimas consequências dos factos ocorridos. Aqui, o caso é de um bando de pulhas que aproveita as fraquezas dos homens para os aliciar para apostas viciadas. Se houver culpados que sejam banidos da profissão, porque tudo isto é um nojo e os adeptos querem verdade desportiva.»
(Rui Calafate, Factor Racional, in Record)


A minha mais sentida homenagem a Rui Calafate, pelo tremendo e justo ataque, diria até demolidor, que em boa hora entendeu fazer nesta sua já insubstituível coluna!...

É cada vez mais necessário que os bois sejam chamados pelos nomes e que termine de vez a água benta com que uma considerável franja de jornalistas - cujos nomes todos conhecemos! - continua a entender "dever" aspergir sobre o causador principal e outros causadores menores, do caos em que se encontra o futebol português!...

A luta só abrandará quando a Carregueira se voltar a pintar de escarlate!...

Leoninamente,
Até à próxima

Ou será que o "furacão Bruno" passou para aviso vermelho?!...


Andam para aí uns boatos terríveis, acerca de "alianças e pactos de não agressão", que até me apetece benzer-me com a mão esquerda! Querem ver que o feitiço se virou contra o feiticeiro?!...

Ou será que o "furacão Bruno" passou para aviso vermelho?!...

Leoninamente,
Até à próxima

Outra qualquer e nobre alternativa!...


A pouco mais de 24 horas do último jogo deste ano de 2017 que, muito provavelmente, deixará marcas profundas no futebol português!...

Há quem afirme categoricamente que "o melhor ainda estará para vir"! Porém, será muito difícil de acreditar, se ousarmos pensar em termos de uma há longo tempo tão desejada auto-regeneração deste enraizado futebol corrupto e de terceiro-mundo que deixámos que se instalasse entre nós.

Sim, "o melhor poderá estar para vir", mas apenas se formos capazes de o construir com as nossas próprias mãos! Apenas com o nosso esforço, a nossa dedicação e a nossa devoção, será possível alcançar a merecida glória de inscrevermos na história do futebol português a letras de ouro, a "revolução" imperiosa e inadiável que  ele exige e  há tanto tempo se impõe. 

Apenas um caminho resta ao Sporting: somar vitórias sobre vitórias! Na Taça da Liga, na Taça de Portugal e, com chave de ouro, na competição maior, a nossa Primeira Liga...

A incompetência, a corrupção, a mentira, o compadrio e o crime instalados, inviabilizam...

Outra qualquer e nobre alternativa!...

Leoninamente,
Até à próxima

Ser campeão pelo Sporting Clube de Portugal!...




laSexta|DeportesConta verificada

@DeporteslaSexta


🔴 Gil Marín, sobre Vietto: "Hemos alcanzado un acuerdo con el Sporting de Portugal para su cesión con opción de compra."


Faltará apenas o verde no branco! Mas as declarações de Gil Marín, dirigente do Atlético de Madrid, poucas ou nenhumas dúvidas sugerem: Luciano Vietto jogará, pelo menos, até final da época  de leão rampante ao peito. Faltar-lhe-à apenas demonstrar se o seu talento e ambição poderão contribuir para... 

Ser campeão pelo Sporting Clube de Portugal!...

Leoninamente,
Até à próxima

A VERDADE NÃO PODE SER ADULTERADA!!!...



A VERDADE NÃO PODE SER ADULTERADA!!!...

Leoninamente,
Até à próxima

Há gente que nunca será capaz de compreender outra linguagem!...


Como sempre por aqui há muito venho defendendo, existe apenas um caminho para que o Sporting veja reconhecido o estatuto e o respeito que impõem a sua história centenária e o papel decisivo que sempre desempenhou no desporto, como a maior potencia desportiva nacional: o caminho da vitória!...

E nunca será apenas dentro das pistas, das quadras e nos hectares relvados que essa vitória deverá ser alicerçada e alcançada. Ela há-de surgir sempre como imprescindível, imperiosa e inadiável noutros campos, desde a comunicação social às mais altas instâncias de decisão da causa desportiva.

E quando o glorioso universo leonino assiste ao "sapo vivo" que, no dia de hoje, os jornais desportivos, como aquele cuja capa escolhi para ilustrar estas minhas palavras, se viram obrigados a engolir, saberão os deuses com que custo e relutância o terão feito.

Será assim também que um dia mais ou menos próximo, as multifacetadas e pintadas de cores adversas "forças da reacção", se verão obrigadas a reconhecer e a levar em notícias até ao fim do mundo, o nome glorioso do Sporting Clube de Portugal, desde os 22 títulos do passado, aos títulos que se adivinham hoje e se perspectivam para o futuro.

Dados natural e repetidamente como perdidos em longas e inglórias lutas de bastidores, Rúben Ribeiro e Luciano Vietto afinal irão colocar sobre o peito, o nobre e respeitado leão rampante...

Há gente que nunca será capaz de compreender outra linguagem!...

Leoninamente,
Até à próxima

quarta-feira, 27 de dezembro de 2017

Medo?! Qual medo?! Apenas um ligeiro aperto na tripa!...



DÉRBI ADIA CONTRATAÇÕES

Dossiê Rakip estagnado

«Luís Filipe Vieira deu indicações no sentido de não avançar qualquer dossiê que diga respeito a reforços até ao dérbi com o Sporting (3 de janeiro). O presidente encarnado considera que esse embate será importante para definir o posicionamento da SAD no mercado, pois em caso de derrota as águias ficariam a seis pontos dos leões – e possivelmente do FC Porto, que nessa jornada defronta o Feirense –, tornando mais complicado o ataque ao penta...» (LINK)

Medo?! Qual medo?! Apenas um ligeiro aperto na tripa!...

Leoninamente,
Até à próxima

terça-feira, 26 de dezembro de 2017

Não sei que raio de sabor terão os "guisados de libras"?!...


DIZ-ME ONDE JOGAS

«Como todos os interessados, gosto de seguir a carreira dos futebolistas portugueses, ou que passaram por Portugal, no estrangeiro.

Eu sei que estas coisas das transferências são assuntos complexos, com facetas muitas vezes desconhecidas do grande público em que, frequentemente, as premências financeiras não permitem a quem vende dar-se ao luxo ser selectivo. Leva quem se chega à frente primeiro.

Há jogadores que viram a sua carreira verdadeiramente empolada, por conseguirem ir jogar num clube de referência (acho que o caso mais patente será o André Gomes, em quem continuo a não vislumbrar méritos para jogar no Barcelona) e outros encalham porque não têm essa sorte (o Rui Costa poderia e deveria ter muito mais títulos, não fora a sua enigmática transferência para o Fiorentina, onde, nos sete anos que lá esteve, nunca foi campeão).

Outras situações são mais enigmáticas; vi, a semana passada, o Leicester jogar contra o Manchester United, onde foi bravo, mas não dá para perceber a razão pela qual o Slimani, nem suplente é.

Vêm estas cogitações a propósito do reiterado interesse do West Ham pelo William Carvalho; trata-se de um jogador com características muito especiais na posição em que joga, sendo claramente uma referência do chamado futebol de posse, pela sua técnica refinada, visão de jogo e capacidade de passe. Noutro contexto táctico, o William, nunca será um jogador vulgar, mas renderá sempre menos.

Quem vê jogar o West Ham, num estilo moldado no jogo directo da procura da cabeça do seu possante avançado Andy Caroll, perguntará o que é que os pés de veludo do William, lá andarão a fazer.

Lembro-me de um Arouca-Sporting em 2013, em que o treinador de então, Leonardo Jardim, empatado 1-1, a meio da segunda parte, tirou o William, que estava a ser o melhor jogador e fez entrar o Slimani, que veio a marcar o golo da vitória. Razão? Leonardo, esclarecido, como de costume, percebeu que William não encaixava num esquema táctico que, face às condições do terreno, mandavam despejar jogo na área do Arouca. E assim o Sporting deu a volta ao marcador.

William pode ir realizar muito dinheiro para o West Ham, mas não creio que se vá realizar como jogador, muito menos ganhar o que quer que seja. 

O talento de William merece outros voos. Diria mesmo mais: mais vale ser campeão no Sporting e querido de todos, do que rico e anónimo, numa equipa inglesa de terceira linha.

Os adeptos do Sporting agradecem e estou em crer que o seleccionador nacional também.»
(Carlos Barbosa da Cruz, Opinião, in Record)

Penso o mesmo e subscrevo inteiramente aquilo que Carlos Barbosa da Cruz deixou bem explícito e mais claro que a água, neste seu artigo de opinião. Mas o que poderemos nós, adeptos sportinguistas fazer, quando a muitos dos nossos leões lhes dá na real gana de começarem nervosamente "a escavar no chão", para depois partirem à desfilada ao encontro de "sacrossantas desilusões"?!... 

Também poucas dúvidas terei de que William não será excepção! E que, infelizmente, não será o último a fazê-lo! Mesmo quando em Alvalade alcançam estatuto e absolutas garantias na construção do futuro!... 

Não sei que raio de sabor terão os "guisados de libras"?!...

Leoninamente,
Até à próxima

Será que já poderá jogar na Luz?!...



Luciano vIETTO A CAMINHO DE ALVALADE (LINK)




Será que já poderá jogar na Luz?!...

Leoninamente,
Até à próxima

Se calhar o Duarte Lima ainda será preso antes!...

Futebol Impraticável

Imperdoável mas compreensível o esquecimento do cartoonista, sobre a impraticabilicade no momento actual do futebol português! Como se os bois não tivessem todos nome e como se todos nós, os que gostamos de futebol, não conhecessemos a solução, imperiosa e inadiável! Mas...

Se calhar o Duarte Lima ainda será preso antes!...

Leoninamente,
Até à próxima

segunda-feira, 25 de dezembro de 2017

BOAS FESTAS aos lampiões e ADEUS à mentira!...




Olha que não, Derrotas, olha que não! Serão três as palavras que nunca serás capaz de dizer...

BOAS FESTAS aos lampiões e ADEUS à mentira!...

Leoninamente, 
Até à próxima

domingo, 24 de dezembro de 2017

Ó Pai Natal, não sejas mau p´rá águinha, coitadinha!...



Ó Pai Natal, não sejas mau p´rá águinha, coitadinha!...

Leoninamente,
Até à próxima

O que andará a ADoP a fazer?!...



A culpa desta vez não foi do Sporting! Antes haverá que questionar...

O que andará a ADoP a fazer?!...

Leroninamente,
Até à próxima

sábado, 23 de dezembro de 2017

Com amigos destes o pobre do "orelhudo" não precisa de inimigos!...



Sim, até há uns dias atrás, a estratégia do "estado lampiânico", alegadamente, parecia ter sido delineada no sentido do "apaganço"! Porém, recentemente, ou por interferência de algum "espírito santo de orelha", ou porque a "alma danada" do arcanjo Gabriel tenha voltado a pairar sobre os abanadores do "primeiro-ministro", o certo é que temos vindo a ficar com a ideia de que terá havido uma substancial alteração estratégica e a "ordem do dia" passou para "branqueamento"!...




E quem melhor do que o Mr. Quatorze Milhões para patrocinar ou mesmo protagonizar o novo estratagema?!...

Com uma palete de pacotes de OMO às costas, o homenzinho lá nos apareceu prazenteiro na SIC, mas no caminho para o estúdio, deve ter atravessado alguma zona recentemente lavada e ainda húmida, escorregou e... espalhou-se ao comprido quando afirmou: "Corrupção, posso garantir que não há. Tráfico de influências pode uma ou outra questão ser interpretada como tal..." Ora se bem me estou a pôr na coisa e no que dizem os regulamentos, o "amigalhaço" do JJ, muito provavelmente, com essa "inteligente tirada", terá eventualmente tirado o bilhete de ingresso do Benfica na II Liga!

Com amigos destes o pobre do "orelhudo" não precisa de inimigos!...

Leoninamente,
Até à próxima

Será esta uma das duas prendas a que se tem referido JJ?!...


O Sporting parece já ter chegado a acordo com o River Plate para a transferência já em Janeiro de uma das suas pérolas mais resplandecentes, Gonzalo Pity Martinez. Neste momento a dificuldade maior estará em conseguir chegar a acordo com o jogador sobre o salário, mas neste momento a diferença já não será intransponível...

Será esta uma das duas prendas a que se tem referido JJ?!...

Leoninamente,
Até à próxima 

Reguladores gástricos e anti-depressivos estão esgotados nas farmácias!...


Como era expectável e fazendo jus à reconhecida supremacia eclética traduzida no facto incontornável de estarmos em presença da Maior Potência Desportiva Nacional, o Sporting vai passar o Natal na liderança - isolada ou partilhada - do campeonato em sete modalidades: futebol, futebol feminino, futsal, hóquei em patins, andebol, futsal e voleibol.

Melhores Boas Festas seria muito difícil!...

Reguladores gástricos e anti-depressivos estão esgotados nas farmácias!...

Leoninamente,
Até à próxima

sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

Só lhe faltava esta p'ró Kadafi lhe oferecer os patins prometidos!...



E diz o "sonso" entre dentes: "Agora sim, já cá canta o 'penta'"!...

Só lhe faltava esta p'ró Kadafi lhe oferecer os patins prometidos!...

Leoninamente,
Até à próxima

Boas Festas!...



Leoninamente,
Até à próxima

Bastará acontecer apenas futebol!...



Regresso à anormalidade

Depois da goleada frente ao Tondela, o Benfica voltou à normalidade das exibições sofríveis e dos resultados comprometedores

«Afinal, as notícias da retoma do Benfica eram francamente exageradas. O empate de ontem, frente a um Portimonense que Vítor Oliveira submeteu a oito mexidas em relação ao jogo com o Sporting, deixa os encarnados com um pé fora da Taça da Liga e dependente de resultados de terceiros para poder sonhar com o apuramento. Depois da participação catastrófica na Liga dos Campeões e da eliminação na Taça de Portugal, a Taça da Liga, prova onde o clube até tem tradições, parecia o lugar certo para ganhar balanço para o decisivo dérbi com o Sporting, mas o que se viu foi, mais uma vez, um Benfica tacticamente instável, emocionalmente frágil e a atravessar uma enorme crise de confiança.

Perder uma vantagem de dois golos para acabar com o credo na boca, jogando em casa e frente a uma equipa que aproveitou para dar minutos a jogadores que ainda não os tinham tido - Vítor Oliveira destacou os casos de Inácio, Jadson e Ryuki - diz quase tudo sobre o momento que os encarnados atravessam, desmentindo a "boa fase" que Rui Vitória imaginou estar a atravessar depois da goleada que o Tondela permitiu. Salvo uma conjugação de resultados altamente improvável, o Benfica arrisca chegar ao final do ano apenas com o campeonato na agenda e isso implica jogar o dérbi com o Sporting com a corda ainda mais apertada na garganta. Uma situação desconfortável, especialmente considerando a demonstração de força que os leões protagonizaram ontem em Alvalade e a vontade que Jesus terá de estreitar o laço.»
(Jorge Maia, Opinião, in O Jogo) 


Parece que todos estarão à espera de compreender verdadeira e finalmente a diferença entre a 'normalidade" e a 'anormalidade' que reina no 'estado lampiânico'! E mais uma vez parece que as culpas sobre a continuação deste 'estado de coisas' terão de recair, não sobre o sujeito que sempre esteve, está e continuará a estar na génese de toda a violenta onda de criminalidade, instabilidade e caos que reina no futebol português, mas apenas e tão só sobre o Sporting!...

O clube das Antas recebeu recentemente no seu estádio esse tal 'sujeito' e, pesem embora todas as toneladas carregadas por inúmeros combóios de camiões de loas e encómios que por aí vemos transportadas e descarregadas quotidianamente, não foi capaz de contribuir para eliminar de vez toda a onda de dúvidas que assalta ainda uma boa parte dos analistas da nossa triste, pobre e podre praça. O Porto de Sérgio Conceição, acreditado como o 'extra-terreste emergente' do futebol português, quando confrontado com os 'pés decalços' do futebol tuga, vai coleccionando goleadas e mais goleadas e já não faltarão palavras ou expressões para que esses analistas sejam capazes de definir tanta classe e capacidade de destruição. Mas perante o tal sujeito, não foi capaz de ir além do comportamento de um vulgar 'melhoral': nem fez bem, nem fez mal, muito pelo contrário, regressou a penates ao balneário, sem ter feito sequer parecido com o que bem melhor acabou por fazer o modestíssimo Rio Ave! E terá sido, alegadamente, o maior responsável pelo prolongamento da vida do moribundo!... 

Sugere agora que outros façam aquilo que não foi capaz de fazer! E pelos vistos, de viva voz ou através dos pagens da sua corte ou dos servos da sua glebe, entende de bom tom clamar agora aos quatro ventos que a sua última aposta seja agora o Sporting e Jorge Jesus! Era muito bonito que o Sporting e Jorge Jesus fossem capazes de não deixar ninguém com dúvidas! E aqui para nós, a coisa até nem se apresentará com elevado grau de dificuldade...

Bastará acontecer apenas futebol!...

Leoninamente,
Até à próxima

quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

Primeiro umas Boas Festas e depois fazer o que tem de ser feito!...



Com o nulo desta quinta-feira entre Belenenses e Marítimo, o Sporting manteve a liderança isolada do grupo B da Taça da Liga, decorridas que são as duas primeiras jornadas. Deste modo, os leões deslocar-se-ão ao Restelo na última jornada,  a disputar no próximo dia 29, como claros favoritos para alcançar o apuramento para as meias-finais e, assim, entrar em Janeiro a disputar ainda quatro competições. Um triunfo em Belém garantirá automaticamente a qualificação, sendo que o empate eliminará os azuis e obrigará o Marítimo a golear em casa o U. Madeira por mais de seis golos de diferença. 

Primeiro umas Boas Festas e depois fazer o que tem de ser feito!...

Leoninamente,
Até à próxima

Andará por aí cada "pai natal"!...


OS 22 TÍTULOS DO SPORTING E O PAI NATAL

Eu que não frequento galas, não ando com a situação nem com a oposição e não perco tempo com zaragatas de redes sociais, enquanto sportinguista julgo que há um tema que a todos deve unir: o Sporting tem 22 títulos e essa pretensão de reconhecimento deve fazer parte das nossas motivações. Esta é a realidade que a Federação Portuguesa de Futebol terá de observar como justa e correcta.

Não vou entrar em muitas justificações históricas, que conheço, pois esta semana e de maneira bem detalhada já o advogado Carlos Barbosa da Cruz as explicou nas páginas de Record. Neste dossier, tenho de elogiar o presidente do Sporting Clube de Portugal pela galhardia neste combate e pelo mérito que teve por o ter colocado na agenda mediática. Às vezes cai em exageros que devia refinar, pois já tem experiência na sua cadeira de sonho para ver que o silêncio é a melhor arma contra chacais, cartilheiros e especialistas em ruído. No entanto, neste tema, tem conduzido muito bem o processo e se houver a tal deliberação que os sportinguistas desejam, terá uma medalha de honra por essa vitória.

Depois de ler que Pinto da Costa não vai deixar cair a saga dos mails, é tempo do Sporting estar unido em defesa de Jorge Jesus e dos seus jogadores, não perder energias em assuntos que nos são colaterais e usar apenas o nosso poder para as batalhas que nos motivam. Como dizia São Paulo, «combatei, combatei sempre, mas combatei o bom combate». E a luta pelo reconhecimento dos 22 títulos do Sporting é o bom combate.

Estamos quase no final de 2017 e o panorama nas principais ligas europeias é bastante evidente. Os clubes mais poderosos comandam tranquilamente, com a excepção de Itália onde o sensacional Nápoles de Maurizio Sarri se vem sobrepondo à Juventus e Inter. Senão vejamos: em Inglaterra o Manchester City de Guardiola vem arrasando espectacularmente como um rolo compressor todos os adversários; na Alemanha, desde que Jupp Heinckes substituiu Carlo Ancelotti, o Bayern voltou à tranquilidade de sempre que é ganhar e já tem vantagem; em terras gaulesas, o PSG do tridente Mbappé, Cavani e Neymar este ano não vai dar hipótese, e em Espanha, um Barcelona de pinceladas racionais e mais consistente de Ernesto Valverde vem matando a concorrência. Com isto quero mostrar que o dinheiro não é tudo, mas conta muito. As armadas destes líderes custaram muitos milhões e nós portugueses não podemos rivalizar com eles taco-a-taco. A lei do mais forte é estabelecida por quem tem mais dinheiro para arrematar talentos. Escusamos em Portugal de pedir ao Pai Natal para um dos nossos clubes vencer a Champions. O Pai Natal não existe.

PS: Aproveito para desejar a todos os jornalistas de Record, a todos os leitores do jornal e da edição Premium on-line um excelente Natal em paz e no calor das suas famílias.
(Rui Calafate, Factor Racional, in Record)

Também para Rui Calafate aqui deixo o meu obrigado e retribução pelos desejos de um Natal bonito, em paz e no calor da sua família.

Deixo também a satisfação de poder desfrutar a leitura das suas crónicas e o exemplo que dá, na leonina defesa de todos os "bons combates" do Sporting!...

O Pai Natal não existe mesmo! É por isso que penso que andará por aí muita gente com responsabilidades de toda a ordem, que não deveria permitir que houvesse prendas só para alguns! Porém...

Andará por aí cada "pai natal"!...

Leoninamente,
Até à próxima

Muito dificilmente haverá água benta que lhes valha!...


RETRATOS DA ÉPOCA


«Não foram promessas vãs. Jorge Jesus e Rui Vitória projectaram os encontros da Taça CTT garantindo foco absoluto na competição. Na hora do jogo, os técnicos reforçaram o discurso e apenas mudaram quatro titulares do jogo anterior. Deram um claro sinal à equipa e voltaram a ‘anunciar’ o que pretendiam: ganhar e se possível ganhar por muitos.

As boas intenções tiveram correspondência total em Alvalade e ficaram comprometidas na Luz. E não se pode dizer que o jogo não tenha começado por correr de feição ao Benfica. Ainda não se tinha esgotado o primeiro minuto e Jonas já tinha marcado. Os leões tiveram de esperar 20 minutos para verem Doumbia fazer o primeiro golo. O Benfica chegou ao 2-0 ainda antes do intervalo; o Sporting só aos 50’. Mas depois tudo foi diferente. O leão levou a promessa até ao fim; a águia perdeu-se pelo caminho.

O que se passou nos jogos da Taça CTT não é mais do que o reflexo daquilo que tem acontecido durante a época. O Sporting está consistente e fiável; o Benfica anda inseguro e ao sabor das circunstâncias. Nos momentos menos bons, a equipa de Jesus é suficientemente forte para resistir e corresponder às exigências, enquanto a equipa de Vitória está permeável à mais pequena contrariedade. O dérbi dirá se ainda será possível criar outro quadro.»


Preso por arames desde o arranque da época, se o Benfica tem vindo a conseguir manter-se à tona e com a cabeça fora de água, bem poderá agradecê-lo aos "colinhos" tanto de uma inclassificável arbitragem, quanto de uma comunicação social, completamente benevolente, acrítica ou mesmo subserviente.

Vá-se lá saber porquê, apenas de quando em vez alguém sobe à tribuna e aponta para a nudez do "estado lampiânico", seja pelo periclitante desempenho desportivo, seja por uma praxis insolente e impunemente posicionada para além das raias do estado de direito.

Mas mesmo aqueles que, como António Magalhães, em raros momentos de lucidez apontam o dedo ao céu cinzento que desde o arranque da época vem cobrindo o "latifúndio escarlate" que desgraçada e impunemente vai operando do outro lado da nossa rua - "o Benfica anda inseguro e ao sabor das circunstâncias, permeável à mais pequena contrariedade" -, não permitem que se extingam os ecos das suas palavras sem antes, pelo sim ou pelo não, empunharem o aspersor e derramarem com abundância a conveniente e quase inegociável água benta - "o dérbi dirá se ainda será possível criar outro quadro"!...

Cá para mim que não sou de intrigas e não devo rigorosamente nada a ninguém, se no dérbi tivermos a fortuna de ver reflectido o valor e desempenho que uma e outra equipa têm evidenciado desde o começo da temporada e factores estranhos ao jogo nele não intervenham...

Muito dificilmente haverá água benta que lhes valha!...

Leoninamente,
Até à próxima 

PUBLICIDADE