quinta-feira, 31 de julho de 2014

Eric Dier, a minha mais profunda decepção de sportinguista !...



No último post que, com mágoa e decepção, por aqui deixei aos amigos sportinguistas que me vão dando o privilégio da sua leitura, julgo ter deixado nas entre-linhas o meu estado de alma.  O desfecho que acaba de ser há pouco confirmado pelo Sporting, pese embora de contornos bem mais negros do que supunha, já me vinha sendo sugerido repetidamente por voz amiga.

Confesso que a minha admiração pelo "puto", nunca me permitiu a frieza com que estas coisas do futebol devem ser apreciadas. Daí a minha decepção ser ainda maior: infelizmente, não há a mais pequena diferença entre o famigerado tutor de Bruma e o "papá" Jeremy, sendo que o "corno" continua a dar pelo mesmo nome: Godinho Lopes!...

Não desejo perder muito tempo com tão sórdida história! E não me peçam para seguir a magnanimidade do Sporting, ao desejar ao puto que recebeu na Academia com 9 anos, as maiores felicidades. Apenas lhe desejo que seja feliz, na exacta razão inversa da decepção que causou a todos os sportinguistas!

Eric Jeremy Edgar Dier, foi um sonho mau que já passou!...   

Leoninamente,
Até á próxima

O vai-e-vem do mercado, o sentimentalismo e o pragmatismo !...



Pimenta Machado disse há muitos anos e ainda não vi ninguém a desmenti-lo: "No futebol português, o que hoje é verdade amanhã é mentira" !...

O nosso bom povo, calejado por séculos de temores e desgraças, há muito que interiorizou que: "Não há fumo sem fogo" !...

Em política e quero crer que também um pouco no nosso "pobrezinho" futebol, sempre me habituei a ouvir dizer que: "O que parece, é" !...

Tendo em conta que alguma coisa de verdade haverá nesses três "chavões" e na inusitada simultaneidade das notícias que, em quase todos os orgão da CS, apontam para as iminentes saídas do Sporting, de Eric Dier e Heldon e para as também iminentes contratações de Ramy Rabia e Filip Kostic, discuto com os meus botões, que talvez o cenário não seja assim tão desagradável, se eventualmente ele tiver sido desenhado pelos responsáveis da estrutura leonina.

Sendo certo que tanto Eric Dier quanto Heldon, apesar de todas as nossas enormes expectativas, ainda não terão dado o "pulo" que todos nós esperaríamos e tendo em conta também, que o futebol nos dias de hoje e nomeadamente no caso particularíssimo do Sporting Clube de Portugal, terá de ser vivido com cada vez menos sentimentalismos estéreis e um mais coerente pragmatismo, as soluções com que deixaríamos de contar, talvez possam vir a ser reparadas, quiçá superadas, pelas alternativas anunciadas, sem que da troca de algum modo se possam adivinhar prejuízos económicos, muito pelo contrário, já que como habitualmente acontece com todos os jogadores do Sporting, no tratamento dado pelos OCS, os números das contratações sofrem a inevitável inflacção, enquanto que os dos dispensados, a concomitante deflacção. Nunca será fácil de digerir, mas é a vida !!!...

Leoninamente, 
Até á próxima

Só está no Sporting quem é feliz e sente honra e orgulho por isso !...



Com um terço do mandato que uma expressiva maioria de sportinguistas lhe concedeu nas últimas eleições, Bruno de Carvalho já teve oportunidade de evidenciar, interna e externamente e de forma inequívoca, o seu perfil de dirigente.

Como qualquer indivíduo e ser humano, terá virtudes e defeitos e que venham os deuses destacar-lhe os últimos, porque não serão entre os humanos de carácter e integridade a toda a prova e sem suspeita, que virão certamente as primeiras pedras. Como a vida ensina, só fala quem tem que se lhe diga!

Vem isto a propósito de uma qualidade para uns, ou defeito para outros, que Bruno de Carvalho já demonstrou à saciedade: quando um agente, procurador, tutor ou familiar mais ou menos próximo de um atleta dos quadros do Sporting Clube de Portugal, vem a terreno, publicamente, colocar em causa, seja em que termos for e independentemente dos objectivos perseguidos,  a política desportiva adoptada pelo Clube para com esse atleta, mesmo que possuidor do maior talento e importância do mundo, estará a decretar-lhe, quase sempre estúpida e desnecessariamente, dificuldades quase insanáveis no prosseguimento da sua carreira em Alvalade.

Bruno de Carvalho afirmou-o sem tergiversações ou pruridos de qualquer espécie, pouco tempo depois de tomar posse. E já provou com uma boa dúzia de exemplos, que todos recordarão se se derem ao trabalho de rebobimar o filme do seu mandato, que jamais de afastará um milímetro dessa linha.

Quando o pai de Eric Dier veio a público tecer considerações despropositadas, sobre a política de utilização do seu rebento, ao longo de toda a época passada, por parte de Leonardo Jardim, disse este vosso amigo para com os seus botões: "não demorará muito que Eric Dier vá pregar para outra freguesia"!...

Com a proverbial especulação jornalística a que há muito nos habituámos, tanto sobre os destinos do jovem jogador, quanto sobre os valores que estarão em jogo, vimos assistindo há algum tempo à preparação do seu lançamento para fora da órbita leonina. Poderei estar enganado, mas o tempo dirá sobre a assertividade desta minha convicção.

Creio que o Presidente do Sporting já provou de forma eloquente, impassível e porventura irrevogável, que não se compadece de posteriores actos de contrição, venham eles de qualquer atleta ou de toda a "entourage" que o rodeia.

Para Bruno de Carvalho, as coisas resumem-se a algo de muito simples e nada transcendental, que aqui do meu canto aplaudo com entusiasmo:

SÓ ESTÁ NO SPORTING, QUEM LÁ É FELIZ E SENTE HONRA E ORGULHO POR ISSO!!!...

Leoninamente,
Até à próxima 

quarta-feira, 30 de julho de 2014

Tenho asco e nojo de burros, com a mania de que são leões!!!...



Os meus amigos sportinguistas imaginem que a qualquer de vós, chegava uma informação de fonte fidedigna, sobre uma inconfidência proferida em local público, numa roda de amigos, em tom não necessariamente baixo e sem a mão à frente dos lábios, por uma qualquer figura pública, ligada a um projecto com o qual não se identificavam. 

Agora imaginem-se com acesso a um qualquer "jornal de parede" e que, respondendo a um apelo interior qualquer, que para não alienar o vosso sentido de imparcialidade me abstenho de classificar, "botavam" em letras gordas, para todo o mundo ler, o seguinte aviso:

"O senhor Fulano, que já tem tempo de ligação ao Projecto X, para compenetrar-se da sua dimensão e grandiosidade, especialmente quando comparado com o anterior, e, por mais que não seja, nunca deve perder noção do impacto do seu actual projecto, esteja onde estiver, do que fala e com quem fala, nomeadamente em cafés e restaurantes, onde "as paredes têm ouvidos".

Deixo-vos a sugestão para um diálogo sério e honesto entre a vossa consciência e o fiel e confidente travesseiro de todas as noites. E guardem as conclusões para vós. Não me digam que classificação atribuíriam a vós próprios e ao vosso carácter. Isso serão reflexões do foro íntimo de cada um.

Digam-me apenas, se esse Projecto X, se chamasse Sporting Clube de Portugal, alguma vez seriam capazes de chamar sportinguista ao editor do "jornal de parede"?!...

Tenho asco e nojo de certos burros, com a mania de que são leões!!!...

Leoninamente,
Aré à próxima

Não há pachorra para aturar araras e burros armados em leões !...



Será deveras interessante constatar a facilidade com que algumas "araras" ou mesmo "burros armados em leões", espalhados pela nossa CS e até, pasme-se, em alguns, poucos, lugares esconsos da blogosfera leonina, dão com os "burros na água" ao dissertarem sobre as contratações feitas até agora pela estrutura leonina, ao mesmo tempo que exibem esgares de repugnância, ou mesmo nojo, sobre as saídas de alguns dos que já por cá andavam em Março de 2013.

Sobre os que começaram há pouco a envergar o glorioso manto verde, é vê-los a emitir "papaias" sobre a insignificância, tanto do seu custo de aquisição, quanto do seu valor, como se todos pudessem ser "taliscas" e "djavans". Nada que nos surpreenda, a nós sportinguistas, treinados com aquilo que no começo da época passada foi dito pelos mesmos, sobre Fredy Montero, William Carvalho e Isman Slimani, de tal modo que ainda hoje andam a curar as aftas que lhes nasceram na boca com o estalar das castanhas. Nunca mais aprendem a evitar conclusões precipitadas, nem a interiorizar que as "cadelas apressadas parem cães cegos" !...

Quanto ao desdém evidenciado, também apressadamente, perante a bondade do esforço na colocação dos "excedentários", esse é manifesto e arrepiante: a estrutura do futebol sportinguista é uma récua de cavalgaduras que percebem tanto de futebol como de lagares de azeite. Eles, as araras e os burros armados em leões, é que sabem da poda!...

Porém, logo que o pó começa a acalmar e a visibilidade se torna suficiente para que as operações sejam analisadas com mais pormenor, perante o facto de invariavelmente se constatar que afinal terão sido realizadas excelentes operações, nessa altura, o silêncio dessas almas é ensurdecedor. Já fizeram todo o mal que pretendiam e preferem assobiar para o lado. Coitados, nem disseram nada...

Foi assim com Fito Rinaudo e Diogo Salomão, ontem com Valentin Viola e talvez amanhã volte a ser com Miguel Lopes. Quando se começam a conhecer os pormenores das "operações", qualquer espírito isento e justo conclui que, afinal, entre as poupanças salariais, os proventos dos empréstimos e as cláusulas de opção negociadas entre o Sporting e os clubes receptores e tomados em devida conta os custos das aquisições no passado, o Clube vai somando milhões de desafogo financeiro e entrando cada vez mais no caminho da sustentabilidade, projectada como objectivo fundamental de um Futuro que se pretende afastado do precipício para onde nos dirigíamos em passo acelerado!

E tão grave ou mais do que isso, será apreciar a magnanimidade com que são apreciados os caminhos titubeantes das pré-épocas dos nossos rivais, em confronto com o rigor viperino que rodeiam as críticas da nossa  menos boa prestação, no sétimo confronto a que a nossa gente foi submetida na Holanda, apenas dois dias depois da sexta vitória nesse mesmo período e ainda com mais de duas semanas pela frente até ao primeiro jogo a sério, em Coimbra!

Decididamente, começa a escassear a pachorra, para aturar tal gente!...

Leoninamente, 
Até á próxima

terça-feira, 29 de julho de 2014

Querem ver que a "batata quente" ainda vai parar a... Alvalade ?!...




"O Sporting Clube de Portugal, SAD tomou conhecimento do Acórdão do Conselho de Justiça da Federação Portuguesa de Futebol relativamente às últimas eleições para os Órgãos Sociais da Liga Portuguesa de Futebol Profissional. Face à importância dos factos e que a instituição Liga merece, o Sporting encontra-se a analisar os recursos apresentados bem como o Acórdão referido e tomará posição oportunamente.

O Sporting continuará sempre na defesa da transparência, rigor e verdade desportiva que sempre preconizou.

A Sporting SAD"

Há pouco no noticiário da SIC-Notícias, assisti a uma civilizada e salutar divergência entre os comentadores desportivos David Borges e Ribeiro Cristovão, sobre o impacto que inevitavelmente resultará da decisão do Conselho de Justiça da FPF.

Começarei pela opinião expressa por RC que, em jeito de introdução, começou por dizer que conforme determina o acordão, as eleições na Liga terão de ser repetidas e que os candidatos terão de ser obrigatóriamente, os mesmos que apresentaram candidaturas para o último acto eleitoral, duas delas rejeitadas pelo Presidente da MAG da LIga, então em exercício e agora julgadas elegíveis pelo CJ. 

Recordando, teremos as novas eleições da Liga, necessariamente sujeitas às candidaturas de Mário Figueiredo, Fernando Seara e Rui Alves. E é aqui que surge a divergência dos dois comentadores. Para RC, Fernando Seara honrará a sua decisão "irrevogável" de não mais se apresentar a qualquer acto eleitoral da Liga. Já DB entende como perfeitamente normal que Seara avance para as eleições e definiu esse candidato como o mais credível e capaz de gerar o consenso tão necessário actualmente.

Bem lido e interpretado o comunicado da Sporting, SAD e tendo em atenção que alguma coisa de muito importante terá resultado da reunião desta tarde dos três grandes, ainda sem ser conhecida a decisão do CJ, digo eu na minha inocência, e como para "decisões irrevogáveis" todos já estaremos vacinados, quer-me parecer que andará já no ar um leve cheiro a pólvora. Só não sei se vem do Norte ou do Sul.

É público que Seara conseguiu o extraordinário feito, por muitos julgado improvável ou até impossível, de se zangar com gregos e troianos. Que Mário Figueiredo será o antídoto da palavra consenso. E que Rui Alves, de tanta porrada ter levado há poucos dias, não se sabe se por razões próximas ou remotas da Liga, não desejará tão cedo arriscar-se a segundo arraial de "trolha". 

Nesta condição, o que acontecerá se, pura e simplesmente, nenhum dos três candidatos admitidos pelo acordão do CJ da FPF, se mostrar disponível?! Ai, ai, ai, querem ver que a "batata quente" ainda vai parar a... Alvalade?!...

Leoninamente,
Até à próxima

O Ti Manel da Serra mandou baralhar, partir e... dar de novo !...



O Ti Manel da Serra, mandou baralhar, partir e dar de novo! Mas não mandou mudar de baralho, que continuará a ser o mesmo: com inúmeras cartas viciadas! Ele e os "magistruzes" que o acompanham, para desgraça do futebol português, usam uns óculos especiais, que antigamente se usavam na minha terra para colocar nos olhos dos bois, para que não ourassem de tantas voltas darem à nora!

O "padreco" Seara, já deu o dito por não dito! Como sempre"! Diz que vai ler o acordão com atenção! Ao "pobre" do Rui Alves, tudo lhe acontece: primeiro um "enxerto" de porrada que o pôs no hospital, agora o Ti Manel da Serra fê-lo passar por mais um vexame! O homem entregou o recurso primeiro que o Guimarães e o Estoril, mas será o último a ser analisado. O Ti Manel da Serra, é como o Paulo Bento: cria ódios de estimação com muita facilidade!...

Entretanto os jornaleiros e os respectivos directores dos jornais, andam desesperados com o silêncio dos três grandes que hoje estiveram reunidos na Federação: nem um suspiro transpirou cá para fora! Isto não são coisas que se façam! Nem aos jornaleiros, nem ao Ti Manel da Serra!...

Ah, já me esquecia! O Sarr e o Rojo já chegaram!!!...

Leoninamente,
Até à próxima

Valentin Viola cedido ao Karabukspor.



Sem surpresa, aquilo que se antevia como o destino mais provável no futuro de Valentim Viola, acaba de ser noticiado: o jogador será emprestado a um clube do meio da tabela da liga turca, o Karabukspor.

A notícia avança que o empréstimo será por uma ano, com cláusula de opção de compra, cujo valor não foi adiantado e que o atleta já terá partido para a Turquia a fim de realizar os habituais exames médicos.

Quando da sua chegada a Alvalade, a Sporting, SAD, pela voz do seu vice-presidente para a área financeira ao tempo, Filipe Nobre Guedes, afirmou ficar detentora, a custo zero, de 50% do seu passe, mercê de uma parceria de investimento, muito utilizada pela anterior gestão leonina, com os resultados que depois se viriam a conhecer. Porém, o seu salário anual que, não sendo dos mais elevados, ultrapassaria os 500 mil euros anuais, pelo que neste momento se situaria acima do tecto salarial definido para o Clube, desde que Bruno de Carvalho chegou à presidência do Sporting. 

Terá sido a sua eventual recusa em aceitar uma redução salarial, porventura aliada a outras razões de índole meramente desportiva, que terão estado na origem da sua exclusão do plantel principal no começo desta pré-época e cujo epílogo desaguou agora no empréstimo, com cláusula de opção. Tudo aponta para que seja a sua despedida definitiva de Alvalade.

Leoninamente,
Até à peóxima  

Desmontado o "negócio do lobo" !...




Segundo avança o jornal Record, a SPORTINGTV transmitirá no próximo dia 1 de Agosto, o jogo de apresentação aos sócios, com a Lazio, incluído no Troféu Cinco Violinos, num simultâneo com a RTP.

A estação pública de televisão, que terá adqurido junto do Sporting Clube de Portugal, os direitos de transmissão, será a responsável pela captação de imagens, mas cederá o sinal ao recém-criado canal do clube verde e branco, que desta forma terá oportunidade de pela primeira vez difundir em directo um desafio da equipa principal.

Não foi preciso desenterrar Cristovão Colombo, para que ele explicasse como se resolvia a questão do ovo. Será por isso muito difícil de explicar porque não terá sido possível na Taça de Honra da AFL, desmontar o negócio do "lobo"! Que ao menos fique a lição para a edição do ano que vem.

Leoninamente,
Até à próxima


segunda-feira, 28 de julho de 2014

E ao sétimo, o Sporting... não descansou !...



Com o devido respeito pelas convicções de cada um dos que me lêem, permitam-me estabelecer uma inocente analogia. Segundo a "historinha" bíblica, Deus terá criado o mundo em 6 dias e descansado no sétimo! Foi exactamente o que me sugeriu o jogo que o Sporting disputou neste final de tarde na Holanda, apenas com uma leve diferença: o Sporting ao sétimo jogo, não descansou! E com toda a naturalidade, perdeu. Nem poderia ser de outro jeito!...

E a derrota aconteceu, com a exibição menos dinâmica e determinada do Sporting. Entrou mal, foi-se arrastando quase abúlico e sem poder com as pernas, semeando erros atrás de erros ao longo de quase todo o tempo de jogo e acabou também por sair mal. Porque cansado. Das pernas e da mente...

Com surpreendente superficialidade, quiçá reflexo de alguma imaturidade que ainda habitará o seu espírito de menino e lhe vai manietando a carreira, André Carrillo, que até terá sido o menos mal comportado neste famigerado e cansado jogo de pré-época, acabou por corroborar o sentimento que de mim se apoderou no final:

“Defrontámos um adversário mais forte (que os anteriores, digo eu!) e temos de perceber que também é importante perder. Isso vai mostrar as nossas debilidades para, depois, as podermos corrigir”.

João Mário, mais maduro e profundo, foi bem mais assertivo, quando afirmou:
   
"... Retirámos algumas coisas positivas, notou-se algum cansaço, mas nesta fase da época o mais importante não é bem o resultado, mas os processos que estamos a definir. Dá para ver que nem tudo está perfeito, mas acho que conseguimos chegar lá."

Claro que todos sentiremos alguma dificuldade em compreender a razão de dois jogos de preparação nesta fase da pré-temporada, num curto espaço de 48 horas. Mas naturalmente não saberemos da missa a metade. Agora que este desaire poderá vir a revelar-se extremamente positivo para todo o grupo e, um pouco ironicamente, até para os adeptos, nenhuma dúvida me assiste.


Um bom regresso à Academia para todos!...

Leoninamente,
Até à próxima

Quando será que a FIFA encerra o mercado a 31 de Julho?!...


Tal como neste momento acontece com Jonathan Silva, tudo aponta para que o caso de Ramy Rabia seja muito semelhante, a julgar por aquilo que ainda há pouco, aqui foi noticiado.

As dúvidas do adeptos sportinguistas dirigem-se agora para Groningen, onde o braço de ferro entre o Sporting Clube de Portugal e o clube local, parece não mais ter fim, com o ala esquerdo sérvio contratado há dois anos pelo clube do Norte da Holanda, Filip Kostić, no centro do furacão!

Quando confirmadas as contratações dos dois defesas cujos acordos já terão sido alegadamente conseguidos e surgir no ar o desejado fumo branco do "affaire" de Kostić, os sportinguistas entrarão inevitavelmente num novo ciclo, porventura mais preocupante ainda: o ataque dos "grandes tubarões europeus", às nossas jóias mais apetecíveis! Será um ciclo de sofrimento! William Carvalho, Marcos Rojo, Islam Slimani, Diego Capel, Eric Dier e, quem sabe até, Adrien Silva, Rui Patrício, Cedric Soares, Jefferson, André Carrillo, Carlos Mané ou Heldon, poderão de um momento para o outro, escapar-nos como areia seca por entre os dedos!...

E este desgraçado e extenso período de abertura de mercado que nunca mais acaba! Quando será que a FIFA decide pôr cobro a todo este jogo sujo de interesses e fecha o mercado em 31 de Julho?!...

Leoninamente,
Até à próxima

Jonathan Silva, faltará apenas a confirmação oficial !...



«O Sporting veio encontrar-se com o Estudiantes, reuni-me com os dirigentes em Buenos Aires de forma directa e começou nessa altura tudo. Dentro de algumas horas mais, estará finalizado. É uma negociação directa de clube a clube.»  
(Oscar Cassata, vice-presidente E. La Plata)


Se a estas afirmações do vice-presidente do Club Estudiantes de La Plata, somarmos a convicção sustentada por António Fidalgo, alguns minutos antes da meia-noite, na Edição Especial Desporto da RTP Informação, de que a transferência de Jonathan Silva para o Sporting já estaria concretizada, quando nem sequer foi questionado sobre a matéria, tudo apontará para que a questão do segundo lateral esquerdo do plantel de Alvalade esteja resolvida, faltando apenas a sua divulgação oficial.

Calma e tranquilamente, aguardemos pela manhã desta segunda-feira, para vermos muito provavelmente colocada, preto no verde, aquela que parece ser a mais importante das últimas intervenções no mercado por parte do Sporting Clube de Portugal, a menos que os "tubarões europeus" ainda tenham alguma carta escondida na manga!...

Leoninamente,
Até à próxima

domingo, 27 de julho de 2014

Leão mecânico ou leão robótico ?!...



Leonardo Da Vinci era um génio! Quase 500 anos após a sua morte - 12 de Agosto de 1519 -, ninguém se atreverá  a dizer, se era físico, engenheiro, alquimista, mecânico, pintor, escultor, inventor, poeta, músico, etc. - talvez etc. tenha sido o seu mais importante atributo. E entre as suas incontáveis criações, terá "pintado", durante uma estadia de três anos que terá passado num castelo do vale de Loire, a convite de Francisco I de França, para divertimento do monarca seu amigo, em retribuição da sua gentileza e preferência, um "leão autómato" a que, rezam as crónicas, teria chamado T-800.

Graças a relatos escritos de quem o viu e desenhos deixados pelo artista, o "leão mecânico" de Da Vinci, terá sido "recuperado" - do original ninguém parece saber o paradeiro! -, em resultado do talento do mestre dos autómatos Renato Boaretto e da sua equipa de engenheiros e técnicos, que foram capazes de recriar o "animal" para o Château du Clos Luce, onde ele pôde ser visto como parte da exposição sobre Leonardo Da Vinci, que ali esteve patente nos finais de 2010 e cujo vídeo deixei acima.

O "leão de Boaretto", em tamanho real, precisa que alguém lhe dê corda, como um relógio antigo. Então, ele anda dez passos para a frente, balança a cabeça para os lados, abre e fecha a sua feroz mandíbula e balança a cauda para cima e para baixo.

Vem este meu "prefácio" a propósito de uma local de um desportivo qualquer, onde o Sporting, após conseguida exibição e expressiva vitória por 3-0, sobre o F.C. Utrecht em jogo de preparação, surge apelidado de... "leão mecânico"!

Claro que aparentemente, o "manhoso título" pretenderia significar que o Sporting havia revelado um evidente progresso nos automatismos de jogo, nessa sua sexta apresentação. Mas só aparentemente. Porque é notória e flagrante a pretensão de associar o agradável desempenho actual dos leões, à herança deixada por Jardim, desvalorizando o trabalho de Marco Silva.

A meu ver, haverá uma diferença muito grande entre um "autómato" e um "robot"! Entre o "leão mecânico" herdado da época passada e o sofisticado "leão robótico" de Marco Silva, se entendermos que "autómato" significará "mover-se sózinho", enquanto que os "robots" executarão muito mais coisas, mediante os circuitos que integrem o seu "cérebro" e a programação a que obedeçam.

O Sporting de Marco Silva, não será, a meu ver, um "autómato" herdado de Jardim, que funcione sózinho, bastando para isso dar-lhe corda. O Sporting de Marco Silva não é um "leão mecânico" como "manhosamente" foi sugerido. Antes um "leão robótico", preparado para reagir ao mais leve impulso do seu criador, porque foi exactamente concebido para isso. Poderá aproveitar, inteligentemente, toda a poderosa mecânica instalada por Jardim, mas vai muito mais longe nos seus movimentos, de cuja amplitude só agora nos começamos a aperceber e cujos limites ninguém se atreverá a imaginar.

Em remate direi que, na minha modesta opinião, o "leão mecânico" do final da época passada, era desconsoladamente previsível, sem que de algum modo pretenda retirar-lhe a mais minúscula partícula das inúmeras virtudes exibidas. 

Ao "leão robótico" de Marco Silva, atrevo-me a prognosticar uma contrastante imprevisibilidade, resultante da tremenda capacidade de "programação" de que o seu criador o estará a dotar. Só o tempo e os resultados o poderão confirmar.

Leoninamente,
Até á próxima

sábado, 26 de julho de 2014

ARIGATÔ, indomáveis leões !...




Um, voou pela lateral esquerda e cruzou com conta peso e medida! O outro, adivinhou o lance, ergueu o braço como que a dizer, "aqui vou eu" e todos assistimos a um bonito golo, que aconteceu mais depressa do que demora a esfregar um olho! Dois minutos depois de entrar em campo, Junya Tanaka carimbou o resultado com a sua marca, mas o seu olhar varreu o relvado à procura de Jefferson e ambos sorriram, correndo um para o outro, antecipando um ritual nipónico bonito e que será a demonstração cabal de uma aculturação que só o óbvio bom ambiente que se vive Alvalade permite.

Um dia, em vez do clássico samba dançado na marca de pontapé de canto, quem sabe se não assistiremos a uma réplica da imagem acima, mas... em vez de apenas dois, alargado a 11 leões de mãos erguidas, num sentido e respeitoso, ARIGATÔ ?! Tomara que seja na Champions !...

Leoninamente,
Até á próxima


Co Adriaanse, sempre a postura de um grande senhor !...



"Não esperava este Sporting. Fui algo apanhado de surpresa. Sei que venderam alguns jogadores e tem muitas nacionalidades diferentes, mas jogam como equipa, jogam bom futebol e estão muito bem fisicamente. [...]

O Montero pareceu-me muito bom jogador. Gostei também muito do defesa central, o Eric Dier. Por ser um jogador alto, parece ser pesado e com pouca velocidade, mas não o é. Teve lances muito bons. Parece-me um jogador muito completo. [...]

Quando eu estava em Portugal, o Sporting lutava pelo terceiro, quarto lugar. Hoje, tem uma equipa ao nível da Liga dos Campeões."
(Co Adriaanse, no final do jogo com FCUtrecht)

Co Adriaanse, um técnico cuja postura de grande senhor, sempre apreciei e sobre o qual, o único "defeito" que lhe poderei apontar, terá sido não ter revelado a capacidade para evitar passar por onde passou. O último Mundial terá confirmado que o modelo táctico que tentou aplicar, sem sucesso, no limitado universo em que teve a desdita de cair, estava avançado para o seu tempo e para as mentalidades com que foi confrontado. Esteve, algum tempo depois, a um pequeno passo de regressar a Portugal, para um Clube que talvez o merecesse. A saúde não lho permitiu. Terão perdido ambos...

Com três semanas de preparação e sob a liderança de um novo técnico, Co Adriaanse já vê no Sporting um nível de Liga dos Campeões. O que dirá daqui por um mês?!...

Leoninamente,
Até á próxima

NABI SARR, de repente e de surpresa, ruma a Alvalade !...



DADOS PESSOAIS

Nome:
Mouhamadou-Naby Sarr
Nacionalidade:  França  Senegal
Nascimento: 1993-08-13 (20 anos)
Naturalidade: Marseille - França
Posição: Defesa (Defesa Central)
Pé preferencial: Esquerdo
Altura: 196 cm
Peso: 94 kg


COMUNICADO


«O Sporting Clube de Portugal, Futebol, SAD e o Olympique Lyonnais, chegaram a acordo para que o jogador Mouhamadou-Naby Sarr, represente o Sporting nas próximas seis épocas.

Ficou ainda definida uma cláusula de rescisão no valor de 45 milhões de euros.

Naby Sarr, de 20 anos de idade joga na posição de defesa-central, é esquerdino e tem 1,96m de altura.»

Apesar de nas últimas horas alguns OCS terem vindo a noticiar o interesse do Sporting no jovem central francês de ascendência senegalesa, Naby Sarr, o clube leonino acaba por surpreender ao início da tarde, com o anúncio do acordo com o Lyon para a contratação deste campeão do Mundo de sub-20 pela França, em 2013, na fase final que se disputou na Turquia, numa equipa onde também jogava Paul Pogba, médio da Juventus.

O jovem defesa, nascido em Marselha e filho de pais senegaleses, começou nos escalões jovens do Paris Saint-Germain, mudndo-se aos 15 anos para o Olympique Lyonnais, onde completou a sua formação, vindo a estrear-se na equipa principal na temporada de 2012/13 e assinando ainda nesse mesmo ano o seu primeiro contrato profissional. 


Ingressa agora no Sporting, o que poderá significar uma previsível saída de Marcos Rojo, tendo em conta a anunciada e iminente vinda para Alvalade do egípcio Ramy Rabia, a menos que dificuldades na contratação deste, tenham precipitado o desfecho agora anunciado.

O Sporting não anunciou os custos desta surpreendente operação, limitando-se a observar os 6 anos da extensão do contrato e a cláusula de rescisão. Porém ela deverá enquadrar-se na linha que tem vindo a ser prosseguida pela estrutura leonina de "fazer mais com menos", sendo que tem sido apontado o valor de mercado de 1 milhão de euros, para este jovem central. 

Aguarda-se com natural expectativa, o desenvolvimento dos esforços leoninos para a contratação da notória lacuna do plantel na lateral esquerda, sendo que os últimos indicadores apontarão para que a contratação de Jonathan Silva aos Estudiantes de La Plata, esteja iminente.

Calma, tranquila e seguramente, sem grandes espaventos comunicacionais, o Sporting vai dando passos seguros no caminho que lhe permitirá alcançar os objectivos que animam todo o formidável universo sportinguista.

Leoninamente,
Até à próxima

Que descanse em paz !!!...

Cosme Danião, fundador do falecido SLB


Hoje, 26 de Julho de 2014, seria o dia em que, apelando a toda a minha civilidade e "fair play", viria aqui "parabenizar" todos os adeptos e simpatizantes do nosso maior rival, pelo seu 108º aniversário(ver link)

Mas infelizmente, o clube fundado em 26 de Julho de 1906 por Cosme Damião, com dor de corno por lhe ter sido negada a possibilidade de jogar no Sporting Clube de Portugal, já não existe, morreu aqui há uns anos, "estrafegado" pela megalomania parôla, diria mesmo pacóvia, de um até então ignorado "rei dos pneus" e perante a complacência idiota de alguns milhões de "doentes", com um "curriculum escolar" de sucessivas deficiências, tanto em Matemática, quanto em História.

Nesta condição, cumpre-me o dever de anunciar, que neste dia de eterna saudade, solidária e respeitosamente, mandei rezar 30 missinhas - tantas quantos os títulos de campeão conquistados EM CAMPO! -, por alma do saudoso defunto.

Que descanse em paz!!!...

Leoninamente,
Até à próxima

sexta-feira, 25 de julho de 2014

E fosse o que os deuses quisessem !...


Cá para mim, se de Amsterdam a Doorwerth distam uns curtos 100 km, até Groningen, pouco mais de 200 serão! Então, porque não apanhar a E232 e ir lá jantar, amanhã, depois do jogo com o F.C. Utrecht?! Talvez valesse a pena! É que ao pé da noiva é que se faz o casamento!...

O amigo YaZalde que me desculpe! Humildemente lho peço, mas se calhar o rapaz não será tão "cepo" como diz! Eu se estivesse lá, desafiava o Augusto Inácio e atirava-me à auto-estrada e fosse o que os deuses quisessem. A falar é que os homens se entendem e com um jantarinho pelo meio, bem regado com uns tintos do Alentejo, será que o presidente  Ed Zijp não perderia aquela irredutibilidade toda?! Ah ganda leão, raios me partissem se eu não o fazia!...

Leoninamente,
Até á próxima

Ryan Gauld parece estar feliz !!!...



Muito acarinhado no seio do plantel, seja pelos companheiros, com especial nota para Eric Dier, seja por toda a equipa técnica, Ryan Gauld parece feliz e a caminho de uma rápida adaptação à sua nova casa e a uma realidade competitiva completamente diferente, cumprindo um cauteloso processo de integração e evolução, de forma bem positiva.

Marco Silva entendeu conceder-lhe 10 minutos contra a selecção dos Açores, poupando-o depois em ambos os jogos da Taça de Honra. Agora na Holanda, frente ao Achilles’29 já alinhou durante 33 minutos e terá cumprido cabalmente aquilo que lhe foi indicado, patenteando um enorme sentido de responsabilidade, eficácia em todas as acções em que se viu envolvido e denotando grande determinação, tanto resistindo à tentação de se perder em lances individuais, quanto no rigor com que se submeteu, no plano táctico, ao que lhe terá sido solicitado pelo seu treinador.

Ainda será cedo para quaisquer conclusões. Mas já deu para ver que há perfume no seu futebol e que, sem pressas ou exigências descabidas, ainda durante esta época, celebraremos a assertividade da sua contratação.

Quando se corre por gosto, o cansaço não se revela e o sorriso inunda-nos o rosto! Torna-se evidente que Gauld "corre por gosto", na "pista" onde desejou correr e... irradia felicidade! Nós sportinguistas, sabemos como ninguém, avaliar que este leão à solta na savana... parece estar feliz !...

BOA SORTE RYAN !!!...

Leoninamente,
Até à próxima

SPORTING, TU ÉS A NOSSA FÉ !!!...



Decididamente, gosto deste logotema para a época de 2014/15! Uma feliz, harmoniosa e empolgante concepção. Vai fazer sucesso!...

SPORTING, TU ÉS A NOSSA FÉ !!!...

Leoninamente,
Até à próxima

A última esperança dos andrades, está na Cova da Iria !!!...



Brahimi já está... quase todo vendido! A vida está difícil! Depois de falhar o Espírito Santo, a última esperança dos andrades, está na Cova da Iria !!!...

Leoninamente,
Até à próxima

quinta-feira, 24 de julho de 2014

A "melodia do desespero" dos andrades !...



A verdade é como o azeite: acaba por vir sempre à tona da água em que o pretendam misturar! Não, não é preciso ser um génio financeiro, para perceber que este "ataque" dos andrades ao mercado, só era possível com o "colinho" de fundos!

É a "melodia do desespero" aquela que se vai ouvindo lá para os lados das Antas. Fechada irreversivelmente a torneira da banca, D. Bufas e os seus acólitos, decidiram arriscar as fichas todas na época prestes a iniciar-se. Tanto podem sair a ganhar e fugir do abismo, como podem nele precipitar-se irremediavelmente!

Mas estamos a falar de futebol, onde "o que hoje é verdade amanhã é mentira", onde a bola tantas vezes bate na trave ou nos postes, onde o apito do homem de negro nem sempre é dourado, onde as "tendinoses" dos génios são muito difíceis de prever e muito mais de debelar, "and so on"...

As "melodias do desespero" são mais próprias para funerais!...

Leoninamente,
Até à próxima

Enterrando a cabeça na areia !...


O jornal Record publicou hoje um estudo curioso sobre a exposição dos três grandes ao verdadeiro "tsunami" que se abateu sobre a família Espírito Santo e sobre todo o seu tentacular e hegemónico poder, comicamente designado por... EX-DDTs (ex-donos disto tudo, ao longo de mais de século e meio) !...

Porém, o seu autor, um obscuro jornalista pretensamente especializado em assuntos económicos do futebol português, que sempre me passara despercebido e que assina o artigo com o sugestivo nome de Diogo Jesus, ou por laços da afinidade com o treinador do Benfica que o seu sobrenome sugere, ou porque a esse clube deve a sacrossanta obediência a que grande parte dos jornalistas daquela casa há muito nos habituaram, ou ainda porque lhe faltarão argumentos e coragem, para afrontar os ditames "queridos e manhosos" do seu director, fosse porque fosse, a criatura manipulou com perfídia e desassombro, o gráfico que suportou o texto que escrevinhou à pressa, quiçá rebuscado em fontes cuja credibilidade e isenção não virá agora para o caso, porque o que verdadeiramente estará em causa não serão os números, antes o aberrante gráfico que distorceu e publicou e que aqui vos apresento, a meu ver suficientemente elucidativo.

Com as minhas parcas habilidades gráficas, tentei fazer um ensaio onde, não ofendendo tanto a realidade deturpada pelo espírito notoriamente avermelhado de Diogo Jesus, fosse mais patente e visível que a exposição do Benfica ao terramoto dos DDTs, será muito superior ao dobro da soma  das exposições do Sporting e do Porto! Ora reparem: a imagem da esquerda é o resultado da manipulação do profeta Diogo Jesus, enquanto a da direita é o ensaio que tentei, e se aproximará um pouco mais da realidade.


Elucidativo não?!...

Tão elucidativo como a comparação que vos proponho, será comparar as opiniões que Diogo Jesus recolheu e publicou também hoje e no mesmo enquadramento, emolduradas por uma monumental imagem do mais fantástico estádio, do melhor e maior clube do mundo, de três proeminentes especialistas nesta matéria: Camilo Lourenço, João Duque e António Samagaio. Quem está disposto apostar comigo sobre as afinidades clubísticas deste quatro "marmanjos" ?!...

Mas quando será que estes "jornalistas de meia-tigela" e estes "experts de vão de escada", se decidem a comprar cada um o seu espelho, para ensaiarem todos os dias de vida que lhes restarem, o teste do vómito?! Não conhecem este teste? Pois é um método infalível para avaliar a honestidade intelectual de cada um: enquanto olharem para as trombas e não forem a correr para a sanita, continuarão a ser... POBRES DE ESPÍRITO E DE CARÁCTER !...

A realidade está aí, nua e crua, para quem a quiser reconhecer! Só as avestruzes deste desgraçado jardim à beira-mar plantado, continuam a enterrar a cabeça na areia. Trajectos semelhantes ocorridos por esse mundo fora, não passaram de invenções dos media. O que se passou com a Fiorentina e o Nápoles em Itália, com o Racing na Argentina, com o Glasgow Rangers na Escócia e com tantos outros, nunca aconteceu! Porca miséria !...

Até quando ?!...

Leoninamente,
Até á próxima

Calma Mister, as melhores contratações já estão feitas !!!...




Calma Mister, as melhores contratações já estão feitas: apitos novos! Dizem que de um resplandecente vermelho!!!...

Leoninamente,
Até à próxima

Jonathan Silva, Sporting volta à carga ?!...



Passou pelas camadas jovens dos argentinos do Estudiantes de La Plata e atualmente é uma das jovens estrelas do plantel da equipa treinada por Mauricio Pellegrino. O seu nome é Jonathan Silva e é a nova coqueluche do clube da cidade argentina de La Plata. 

O jovem lateral-esquerdo argentino, de 20 anos, é um jogador forte na marcação aos adversários, é bastante veloz pelo lado esquerdo, possui um excelente remate de longa distância e nunca dá um lance como perdido. Para além destas caraterísticas, Jonathan Silva sabe como se deve movimentar no terreno de jogo, é muito criativo com a bola nos pés, é dono de um excelente sentido posicional, demonstra alguma classe com o esférico colado ao pé e é um exímio marcador de grandes penalidades. 

Com apenas 20 anos, Jonathan Silva apresenta ainda uma enorme margem de progressão e o Estudiantes de La Plata é o clube ideal para o jovem defesa argentino poder continuar a evoluir as suas capacidades desportivas. Mauricio Pellegrino saberá extrair dele o maior proveito do potencial do jovem lateral-esquerdo sul-americano em prol da equipa da cidade de La Plata, visto que pode jogar como lateral-esquerdo ou, até mesmo, como extremo-esquerdo. Quando estiver bem "lapidado", Jonathan Silva poderá render uns milhões aos cofres do Estudiantes e poderá rumar a um campeonato mais competitivo. 

O jovem prodígio argentino já começou a despertar o interesse de grandes clubes europeus, entres eles o Sporting Clube de Portugal. Seja em que clube ou campeonato for, Jonathan Silva vai dar muito que falar, nesta nova época, e por isso fixem bem o nome deste menino. É um dos grandes valores do futebol argentino. 
(Mundo Talentoso)

Vale o que vale esta notícia! Mas que o Sporting talvez tivesse tudo a ganhar em "oferecer" a Jefferson um concorrente com os atributos que Jonathan Silva parece possuir, restarão poucas dúvidas.

Sendo inquestionável que quase todos os jogadores sul-americanos, nomeadamente os argentinos, necessitam de um período substancial de adaptação ao futebol europeu, faria todo o sentido que, a ser ele o eleito pela estrutura do futebol leonino, pudesse chegar a Alvalade neste início de época. Seria como que matar dois coelhos com apenas uma cajadada: concorrência para um e adaptação para outro!

Será que o passarinho se estaria a referir a Jony, quando me segredou que o lateral esquerdo já estava a caminho?!...

Leoninamente,
Até à próxima

Pedalando na Holanda !...



A nossa gente lá pela Holanda, a julgar por esta imagem que o Google me "emprestou", parece andar bem disposta e satisfeita com o novo exercício "inventado" por Marco Silva! A brincar a brincar, quando chegam ao treino, já levam os músculos quentes e preparados para o rigor da "pancada" que vão levar. Copiando a tradição holandesa, o grupo cumpriu o trajeto entre o hotel e o campo de treinos de bicicleta e, naturalmente tudo acabou por desaguar numa competitiva corrida pelo primeiro lugar, em que Eric Dier, que nem a feijões gosta de perder, acabou por triunfar. Dizem que Marco Silva apreciou, de sorriso rasgado.

Esta saltada até ao país das tulipas, parece estar a decorrer sob o signo da poupança. Um passarinho veio contar-me também, que a comitiva leonina, terá viajado para Amesterdão, não em classe executiva segundo hábitos instituídos num país rico como o nosso e com os clubes a respirar saúde, mas em classe económica, porque em Alvalade parece não haver petróleo. Claro que quando isto for confirmado por "fonte segura" e chegar ao conhecimento de uns certos ocupantes de "camarotes", vai cair o Carmo e a Trindade e lá vai o Bruno de Carvalho levar mais 10 chicotadas dos fundamentalistas!

O mesmo passarinho me contou, que estará a ser organizada lá mais para os finais do mês, uma jornada de protesto em frente à porta 10A, por causa do lateral esquerdo que ainda não chegou. Não consegui confirmar, mas vendo-a pelo preço que a comprei, por aí pelas fontes e camarotes desta nossa imensa família leonina, muito surpreendidos por Marco Silva ter feito alinhar o André Geraldes na lateral esquerda e o rapaz já estar cansado de negar que o nome dele não é Sílvio! Caramba, também não era preciso estar sempre a lembrar ao Marco Silva, que Jesus há só um! Chiça, a meu ver, não serão coisas de sportinguistas!

Bom, para rematar, deixo-vos um segredo: o nosso Junya, depois de assinar o hat-trick desta tarde, parece que ainda foi perguntar ao árbitro se ele era maluco, porque pelas contas dele, Junya, ainda faltariam dois ou três minutos para os 90 e mais o tempo de compensação! Ah, "ganda" Tanaka! Acho que ainda aguentava mais meia hora!...

Bom, agora muita atenção para sábado: sempre que deparo com um clube com as iniciais "fêquê", fico com urticária e o nosso adversário é... FC Utrecht !...

Leoninamente,
Até à próxima

quarta-feira, 23 de julho de 2014

Faltará mais algum lateral esquerdo do outro lado da rua ?!...

O rebolão que ela deu, não foi ela não, fui eu!...

Como espectadores sempre parciais e jamais desinteressados das curiosidades oferecidas pelo mercado futebolístico, o dia de hoje trouxe-nos uma surpreendente novidade que reflecte a (des)organização que vai do outro lado da rua! Depois de Benito, Candeias, Djavan, César, Derley, Luís Filipe, Talisca, Friensenbichler, Victor Andrade e Dawidowicz, aí está Eliseu a engrossar o pelotão de rendição ao destacamento sérvio/argentino que já partiu ou se prepara para partir, em missão internacional, quiçá sob solicitação e égide de Ban Ki-moon, o preocupado secretário-geral da ONU.

Tudo bem, o problema será deles! Mas quando penso no facto de o "pobrezinho" do Sporting andar há longo tempo a tentar descobrir um lateral esquerdo para "ajudar" o nosso Jefferson a ser ainda melhor e que bastou ter fixado o seu olhar em Loris Benito e em Djavan, ambos laterais esquerdos, para que a "ave de rapina" realizasse sobre os dois um voo picado e agora, depois de assistir à contratação de Eliseu, seguida do anúncio da partida iminente de Djavan, para o "grande" da cidade dos arcebispos, atirei-me a rebolar para o chão.

Mas, de repente, interrompi as minhas gargalhadas, para ler com atenção uma curiosa análise à chegada de Eliseu ao "galinheiro", feita decerto em plena crise de azia, por quem habitualmente sempre comenta as odisseias da espectacular gestão do "orelhas, rei dos pneus"

Diz o nosso povo, que é feio gozar com a balbúrdia que vai na casa dos outros. Eu quero aqui apresentar os meus protestos, perante quem pense que eu estou a gozar com quem quer que seja. Eu apenas não consigo reprimir as gargalhadas!

E agora que um passarinho me disse que, embora no segredo dos deuses, em Alvalade já se estará a tratar do tal lateral esquerdo - ainda bem que Benito e Djavan se enganaram no lado da estrada! -, vou mas é apreciar como os meninos do Marco Silva se portam no meio das tulipas, contra os 29 Achilles!...

Será que faltará mais algum lateral esquerdo, do outro lado da rua?!...

Leoninamente,
Até à próxima

Fabrice Fokobo já está! Os outros, que vão trabalhar, malandros !...



DADOS PESSOAIS


Nome:
Fabrice Fokobo Atud
Nacionalidade:  Camarões
Nascimento: 1994-01-25 (20 anos)
Naturalidade: Buea - Camarões
Posição: Médio (Médio Defensivo) / Defesa (Defesa Central)
Pé preferencial: Direito
Altura: 185 cm
Peso: 83 kg
Clube:  Sporting
Contrato: 2019/06
Agente: Roger Titi SK



A Sporting, SAD anunciou há poucas horas, através de comunicado publicado no site oficial do Clube, ter chegado a acordo com Fabrice Fokobo, para a renovação do seu contrato, que passará a vinculá-lo ao Sporting até 2019.

Era um dossier muito complicado que, a julgar pelo tempo que demorou a resolver, deve ter dado água pela barba a Bruno de Carvalho. Os atributos revelados pelo jogador e a sua previsível margem de progressão, sempre pesaram no interesse do Sporting. Já as exigências salariais e não só, da parte deste ou de quem o representa - ao que chegou a constar, 30 mil euros/mês e prémio de assinatura de 200 mil euros! -, sempre se revelaram um obstáculo quase intransponível, conhecida que é a filosofia leonina no que ao tecto salarial diz respeito e, "last but not least", a sua inflexibilidade relativamente às famigeradas luvas, que se haviam tornado a "marca de água" em administrações anteriores e que fizeram durante muitos anos as delícias de jogadores e seus familiares e agentes, com o concomitante reflexo no passivo acumulado pelo Clube.

Face ao impasse, o jogador acabou por se revelar o maior prejudicado: com apenas mais um ano de contrato com o Clube e recusando-se a renovar, acabou por sentir na pele a inflexibilidade da estrutura, consubstanciada na sua colocação na já conhecidada prateleira! Particularmente no último ano de contrato, em Alvalade, apenas se promovem os atletas interessados em continuar no Clube!

A notícia hoje divulgada pelo Clube, inevitavelmente traduzirá uma aproximação das partes. Não foram divulgados números, nem a habitual milionária cláusula de rescisão. Mas, sem que o acordo possa significar o triunfo de qualquer das partes, facilmente se depreenderá qual a que obrigatoriamente mais concessões terá feito.

De qualquer modo, Marco Silva terá a partir de agora, mais uma excelente opção, tanto para o centro da defesa, quanto para a linha média defensiva. Por seu turno, Fabrice Fokobo ter-se-à libertado para, finalmente, dar asas aos seus sonhos. 

E terão ficado salvaguardados os únicos e reais interesses em jogo: os do jogador e os do Clube! Os outros, que vão trabalhar, malandros !...

Leoninamente,
Até à próxima 

Vamos deixar sair tranquilamente a procissão !...



"Impressionou a organização do Sporting na final da Taça de Honra. Secou completamente o adversário, não lhe consentindo qualquer oportunidade de ser feliz. E se é certo que o Benfica apresentou uma equipa com um decréscimo de qualidade demasiado evidente face ao passado recente, não é menos certo que ainda assim é uma equipa com uma organização e qualidade individual mil furos acima de todos os outros adversários que os leões encontrarão na Liga. FC Porto será a excepção. O optimismo não tem nada a ver com o resultado. Apenas com os processos colectivos apresentados. O resultado foi fruto do trabalho colectivo, dos processos. Ficou a sensação de que será tremendamente difícil magoar o Sporting quando a equipa leonina estiver em vantagem. E porque há organização para tal, e não porque como nas épocas anteriores em quase todos os jogos o guarda redes leonino fazia de salvador. [...]

Foram apenas dois jogos e o risco de uma precipitação é enorme, mas o que apresentou Marco Silva foi de facto muito interessante. Até domingo ainda não conseguia olhar para o Sporting como um candidato real ao título em Portugal. Hoje o cenário é diferente. Aguardam-se com maior expectativa os próximos jogos. O desenvolvimento do seu jogar e não os resultados que obtém, naturalmente. Finalmente será possível por cá realizarmos aquelas análises com fotos e mostrar que o Sporting é uma equipa de futebol que se move em conjunto e não onze jogadores soltos no campo. O maior perigo é mesmo a pontuação descabida para o nível apresentado que Leonardo Jardim fez. E no final a matemática estará sempre presente na avaliação do trabalho do promissor Marco Silva. Ignorando-se as condições em que tal pontuação surgiu (o tempo de preparação para cada jogo. Jardim guardava os dois últimos dias da semana só para preparar o jogo em função do adversário tendo por base, naturalmente o seu modelo, utilizando os primeiros dias da semana para modelar o seu jogar. O foco e o tempo de preparação de cada jogo foi tão determinante como foi a invulgar eficácia que os leoninos tiverem na maioria dos jogos com Jardim ao leme, apesar de um modelo nada entusiasmante). Marco Silva, porque Jardim foi brilhante na marca que obteve, terá pouquíssimo tempo de jogo para jogo, para treinar."

Calma, o que Paolo Maldini escreveu, poderá ser muito agradável de ler. E tanto a ele como a nós ainda só foi possível ver uma pequena parte da procissão. Aquela que já saiu do adro. Mas ainda haverá mais "andores" e santos e anjinhos e há-de sair o pálio, para depois aparecer a banda! Calma...

Quando passar a azia ao Shikabala e ele meter naquela caixa dos pirolitos que é igualzinho aos outros e que se veio para Alvalade para ser vedeta, será melhor, em vez de regressar ao Nilo, atirar-se ao Tejo e refrescar-se.

Quando o Ryan Gauld se habituar à relva da Academia e Marco Silva lhe der autorização para pisar a de Alvalade.

Quando chegarem o Rabia e o Rojo e rebentar a guerra civil entre os centrais e nos entrar pela porta dentro o lateral esquerdo que era para vir, mas ainda não veio.

Quando chegar o tal extremo que dizem que parte tudo e ainda por cima marca golos, mesmo que custe os milhões que ainda não arranjámos, mas havemos de arranjar.

Quando o William Carvalho começar a escutar a revisão da matéria que Marco Silva já parece ter conseguido que Rosell assimilasse.

Quando Marco Silva regressar da Holanda já com os 25 na cabeça e começar semana a semana, a injectar sucessivas almotolias de óleo naquela engrenagem.

Bom, nessa altura então, sempre quero ver o que nos diz o Paolo Maldini. Até lá, vamos deixar sair tranquilamente a procissão!...

Leoninamente,
Até à próxima

PUBLICIDADE