terça-feira, 29 de julho de 2014

Querem ver que a "batata quente" ainda vai parar a... Alvalade ?!...




"O Sporting Clube de Portugal, SAD tomou conhecimento do Acórdão do Conselho de Justiça da Federação Portuguesa de Futebol relativamente às últimas eleições para os Órgãos Sociais da Liga Portuguesa de Futebol Profissional. Face à importância dos factos e que a instituição Liga merece, o Sporting encontra-se a analisar os recursos apresentados bem como o Acórdão referido e tomará posição oportunamente.

O Sporting continuará sempre na defesa da transparência, rigor e verdade desportiva que sempre preconizou.

A Sporting SAD"

Há pouco no noticiário da SIC-Notícias, assisti a uma civilizada e salutar divergência entre os comentadores desportivos David Borges e Ribeiro Cristovão, sobre o impacto que inevitavelmente resultará da decisão do Conselho de Justiça da FPF.

Começarei pela opinião expressa por RC que, em jeito de introdução, começou por dizer que conforme determina o acordão, as eleições na Liga terão de ser repetidas e que os candidatos terão de ser obrigatóriamente, os mesmos que apresentaram candidaturas para o último acto eleitoral, duas delas rejeitadas pelo Presidente da MAG da LIga, então em exercício e agora julgadas elegíveis pelo CJ. 

Recordando, teremos as novas eleições da Liga, necessariamente sujeitas às candidaturas de Mário Figueiredo, Fernando Seara e Rui Alves. E é aqui que surge a divergência dos dois comentadores. Para RC, Fernando Seara honrará a sua decisão "irrevogável" de não mais se apresentar a qualquer acto eleitoral da Liga. Já DB entende como perfeitamente normal que Seara avance para as eleições e definiu esse candidato como o mais credível e capaz de gerar o consenso tão necessário actualmente.

Bem lido e interpretado o comunicado da Sporting, SAD e tendo em atenção que alguma coisa de muito importante terá resultado da reunião desta tarde dos três grandes, ainda sem ser conhecida a decisão do CJ, digo eu na minha inocência, e como para "decisões irrevogáveis" todos já estaremos vacinados, quer-me parecer que andará já no ar um leve cheiro a pólvora. Só não sei se vem do Norte ou do Sul.

É público que Seara conseguiu o extraordinário feito, por muitos julgado improvável ou até impossível, de se zangar com gregos e troianos. Que Mário Figueiredo será o antídoto da palavra consenso. E que Rui Alves, de tanta porrada ter levado há poucos dias, não se sabe se por razões próximas ou remotas da Liga, não desejará tão cedo arriscar-se a segundo arraial de "trolha". 

Nesta condição, o que acontecerá se, pura e simplesmente, nenhum dos três candidatos admitidos pelo acordão do CJ da FPF, se mostrar disponível?! Ai, ai, ai, querem ver que a "batata quente" ainda vai parar a... Alvalade?!...

Leoninamente,
Até à próxima

3 comentários:

  1. Assim à partida, o que se me oferece dizer é que...:

    Se fosse eu a mandar, não deixaria de...
    Mandar aplicar a todos os intervenientes no processo, o mesmo tratamento já antecipadamente dado ao Rui Alves...

    Ninguém me tira da ideia, de que o que esta malta prescisa mesmo...é de um arraial de porrada...!!

    SL

    ResponderEliminar
  2. Nem mais amigo Max, um enxerto de porrada, ficava bem empregue nestes corruptos todos, não só nos intervenientes neste processo, mas tb extensível a todos os órgãos da federação, era malhar até fartar.......

    SL

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE