quarta-feira, 30 de julho de 2014

Não há pachorra para aturar araras e burros armados em leões !...



Será deveras interessante constatar a facilidade com que algumas "araras" ou mesmo "burros armados em leões", espalhados pela nossa CS e até, pasme-se, em alguns, poucos, lugares esconsos da blogosfera leonina, dão com os "burros na água" ao dissertarem sobre as contratações feitas até agora pela estrutura leonina, ao mesmo tempo que exibem esgares de repugnância, ou mesmo nojo, sobre as saídas de alguns dos que já por cá andavam em Março de 2013.

Sobre os que começaram há pouco a envergar o glorioso manto verde, é vê-los a emitir "papaias" sobre a insignificância, tanto do seu custo de aquisição, quanto do seu valor, como se todos pudessem ser "taliscas" e "djavans". Nada que nos surpreenda, a nós sportinguistas, treinados com aquilo que no começo da época passada foi dito pelos mesmos, sobre Fredy Montero, William Carvalho e Isman Slimani, de tal modo que ainda hoje andam a curar as aftas que lhes nasceram na boca com o estalar das castanhas. Nunca mais aprendem a evitar conclusões precipitadas, nem a interiorizar que as "cadelas apressadas parem cães cegos" !...

Quanto ao desdém evidenciado, também apressadamente, perante a bondade do esforço na colocação dos "excedentários", esse é manifesto e arrepiante: a estrutura do futebol sportinguista é uma récua de cavalgaduras que percebem tanto de futebol como de lagares de azeite. Eles, as araras e os burros armados em leões, é que sabem da poda!...

Porém, logo que o pó começa a acalmar e a visibilidade se torna suficiente para que as operações sejam analisadas com mais pormenor, perante o facto de invariavelmente se constatar que afinal terão sido realizadas excelentes operações, nessa altura, o silêncio dessas almas é ensurdecedor. Já fizeram todo o mal que pretendiam e preferem assobiar para o lado. Coitados, nem disseram nada...

Foi assim com Fito Rinaudo e Diogo Salomão, ontem com Valentin Viola e talvez amanhã volte a ser com Miguel Lopes. Quando se começam a conhecer os pormenores das "operações", qualquer espírito isento e justo conclui que, afinal, entre as poupanças salariais, os proventos dos empréstimos e as cláusulas de opção negociadas entre o Sporting e os clubes receptores e tomados em devida conta os custos das aquisições no passado, o Clube vai somando milhões de desafogo financeiro e entrando cada vez mais no caminho da sustentabilidade, projectada como objectivo fundamental de um Futuro que se pretende afastado do precipício para onde nos dirigíamos em passo acelerado!

E tão grave ou mais do que isso, será apreciar a magnanimidade com que são apreciados os caminhos titubeantes das pré-épocas dos nossos rivais, em confronto com o rigor viperino que rodeiam as críticas da nossa  menos boa prestação, no sétimo confronto a que a nossa gente foi submetida na Holanda, apenas dois dias depois da sexta vitória nesse mesmo período e ainda com mais de duas semanas pela frente até ao primeiro jogo a sério, em Coimbra!

Decididamente, começa a escassear a pachorra, para aturar tal gente!...

Leoninamente, 
Até á próxima

11 comentários:

  1. É verdade amigo Álamo, já não há pachorra, para aturar estes iluminadíssimos, eu já nem perco tempo a ouvi-los (araras e burros armados em leões) estou mto calma, confiando que em todos os passos ,que a nossa direcção dá, sejam vendas empréstimos ou aquisições, a única finalidade, é salvaguardar os interesses maiores do nosso Sporting.....Por tudo isto endereço mais uma vez os meus parabéns a esta direcção, que tão bem tem sabido, dar conta do recado....

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Na verdade, amiga Leoa Maria, só alguém movido por interesses estranhos ao nosso Sporting, deixará de aplaudir o que Bruno de Carvalho e a sua gente estão a fazer.

      Poder-se-à não concordar com o seu jeito atrevido e quase arrogante. Mas continuo com dúvidas sobre se essa não será a única postura para um presidente do Sporting, face ao pântano do futebol português. Quantas vezes os fins não justificam os meios?!...

      Abraço e SL

      Eliminar
  2. Olhem amigos...
    Eu cá já só vou olhando pelo canto do olho...para evitar levar algum coice dessas cavalgaduras...
    Ou alguma bicada mais profunda...do bico dessas galinhas emplumadas (e emproadas...)...

    Quanto aos que "se dizem" dos nossos...passa-se-lhes com a mão pelo lombo...que é para "arripiar" o pelo...e é deixá-los a falar...para o boneco...!!

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Faz bem amigo Max! O que vale é que nem o palrar das araras nem as "vozes" dos burros chegam aos deuses e, entretanto, vamos apoiando os nossos. Tal como o meu amigo, na sexta-feira, lá estarei em Alvalade! Vou-lhe enviar uma mensagem, para a sua caixa de correio!

      Grande abraço e SL

      Eliminar
  3. Estes comentadeiros são o cúmulo! E são o espelho perfeito do ser-português retratado por Eduardo Lourenço no Labirinto da Saudade... Desde quando se pode criticar um presidente por tentar contratar jogadores por quantias reduzidas e tentar pagar salários comportáveis, tendo como objetivo primacial atingir a solvência económica? Também não nos deveremos espantar muito com as críticas exógenas, quando temos na nossa tribo, os camaroteiros que também seguem por essa esteira de críticas, preconizando contratações e salários altos para a gestão do futebol leonino. Isto nem é um paralelismo conceptual com a megalomania benfas e tripas, pois não?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Meu querido amigo Helder Mestre, foi exactamente aquilo que define como um terrível "paralelismo conceptual com a megalomania benfas e tripas", que os "camaroteiros" e a "troupe do croquette", abençoados pelo divino "espírito santo", nos atiraram para a beira do abismo, de onde está a ser muito difícil fugir!!!...

      Mas sabe amigo, enquanto a voz não me doer, hei-de "rugir" alto e em bom som, para que nunca esqueçam a morte quase anunciada a que nos pretenderam condenar.

      Hei-de morrer, de alma e coração doentes com o professor Moniz Pereira, por não terem dotado Alvalade de uma pista de tartan. E já contribuí e hei-de contribuir mais uma. e outra e outra vez, para que a Missão Pavilhão seja um sucesso. Aquela gente pensava que Sporting podia ser apenas futebol! "Eles não sabem nem sonham que o sonho comanda a vida"!...

      Mas não contavam com a força e determinação de André Patrão e Miguel Paim! Nem com a resposta avassaladora de todos os sportinguistas, para lhes darem o definitivo pontapé no trazeiro. E vão zurrando por aí! É por isso que enquanto eu ouvir um zurro, hei-de rugir até que a voz me doa!!!...

      Grande abraço e calorosas Saudações Leoninas

      Eliminar
  4. Amigo Álamo, já agora e nesse enquadramento de criticar tudo o que é do Sporting e incensar tudo o que é benfas e andrade: será que a política presente de contratações dos andrades não tem similitudes com a de Godinho Lopes levada a cabo no Sporting?
    Todavia os andrades podem arriscar, porque se não der o plano a da o plano b (o das ajudas dos Calheiros cá do burgo).
    O amigo citou o grande Moniz Pereira, mas sabe que ele estava ao lado de Godinho e Companhia? A casa verde estava a derrocar e o senhor atletismo dizia que estava tudo bem, que apenas os resultados do futebol não eram bons, mas que de resto o Sporting estava com saúde e recomendava-se Enfim, todos nós nos equivocamos.
    Por falar na pista, posso dizer-lhe que eu até sou sportinguista, não pelo futebol, mas pelo Atletismo. Essa minha paixão pelo Sporting, começou em miúdo, aquando da pulverização do record mundial dos 10 000 metros por Fernando Mamede e carlos Lopes, num Meeting num paiís nórdico, que não me lembro com exatidão qual. Mas, ao ver aqueles dois atletas fabulosos com a verde e branca envergada no dorso fiquei eintranhado e inveterado para todo o sempre....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ao senhor Atletismo, por tudo o que deu ao nosso Sporting, há muito lhe perdoei esse desvio. Mas não me esqueço da sua afirmação pública de que sofreu o maior desgosto da sua vida quando lhe mostraram a maquete do futuro estádio, sem pista de atletismo. Foi nessa base que afirmei a minha comunhão de pensamento. Sobre o seu alinhamento, dele Moniz Pereira,, não o esqueço, mas compreendo-o: há facturas que muitas vezes são pagas, não porque gostemos, mas porque a isso somos obrigados! Ele pensava que estava tudo bem, como milhares e milhares de sportinguistas!...

      Sobre o record mundial de Mamede e Lopes, foi em Estocolmo e também tive a felicidade de ver em directo pela televisão. Na altura fiquei triste com Mamede, por ser uma vitória com 90% de mérito de Carlos Lopes e 10% de Fernando Mamede. Mas tinha de ser assim. Fernando Mamede era um atleta de eleição, mas nunca teve cabeça para gerir uma corrida. Teve de ser Lopes a fazê-lo e na ponta final o Mamede era melhor. Eu não o faria e no fundo no fundo, tenho a certeza que Lopes não gostou. Mas nunca o disse e isso mostrou o homem que é!...

      Abraço e SL.

      Eliminar
    2. Esqueci-me de dizer, que concordo consigo de a política actual do Porto, ser um decalque daquela que levou Godinho Lopes ao precipício. Espero que o desfecho seja o mesmo e tenho poucas dúvidas sobre isso, sendo o facto de Paciência me parecer melhor treinador que Lopetegui, uma enorme contribuição para a minha convicção.

      SL

      Eliminar
    3. Meus amigos...eu de inicio "também estive" com o GL...

      Aliás eu estou sempre com os Presidentes do Sporting...até concluir que...me enganei ...

      Daí que o "Senhor Atletismo" talvez tenha "estado" com a direcção de GL...face "as promessas" que lhe possam ter sido feitas...!!

      SL

      Eliminar
  5. Meus caros,

    Comungo por inteiro das vossas sábias palavras... Aliás, nem de outra forma poderia deixar de ser...

    Quanto aos "camaroteiros"... Bem, até engoli em seco, antes de proferir o que me ia na alma leonina... Deixem-me confidenciar-vos que, de vez em quando, passo por esses "becos escuros" onde se diz que há sportinguismo, mas o que eu ali encontro é apenas um 'bota abaixismo' primário, sem qualquer tipo de sentido, a não ser menorizar a instituição Sporting Clube de Portugal... Assim a modos que uma 'ponta de lança' de emissários de carnide e dos corruptos, pintado de verde e branco... Em suma, uma vergonha... Tudo ao contrário daquilo que o meu pai, que Deus tem, me passou como principios e valores que norteiam a minha vida, e que, em muitos pontos se confundem com o verdadeiro Sportinguismo.

    É uma autêntica vergonha que "encapotado" sobre aura do "ser do SCP" se cometam, diariamente, os atentados à NOSSA intituição, por parte desse escroque, desse verdugo, que destila ódio ao clube a que alega pertencer... A hipocrisia e o cinismo que esse energúmeno demonstra através do que escreve revelam bem o carácter de um invertebrado, logo sem coluna vertical, que se move nas sombras, no lodo... O pior é que parece que tem alguns "seguidores"... Nem que seja um já são demais...

    Pena é que não exista uma "Entidade Reguladora do Serviço Leonino", senão tal "beco sem saida" seria por certo dos primeiros a serem encerrados, e de forma exemplar. Por contraponto com o espaço, que o Álamo nos oferece, onde, não só se sente e vibra pelo Sporting Clube de Portugal, como ainda se defende a Instituição SCP dos demais ataques a que diariamente somos sujeitos... Um grande bem haja ao(s) Álamo(s) da blogosfera leonina!!!

    Aquele abraço de Leão!

    P.S. - Infelizmente não poderei comparecer na NOSSA festa de apresentação (onde gostaria muito de estar) por estar desempregado... Irei guardar os poucos tostões que me restam para ir ver os jogos a sério, com bilete anti crise... Pois mesmo nesta desagraddável situação não deixei de me voltar a fazer sócio do SCP, como também já contribui para a Missão Pavilhão! E gosto muito da minha camisola nº 12!!!

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE