quinta-feira, 31 de julho de 2014

Só está no Sporting quem é feliz e sente honra e orgulho por isso !...



Com um terço do mandato que uma expressiva maioria de sportinguistas lhe concedeu nas últimas eleições, Bruno de Carvalho já teve oportunidade de evidenciar, interna e externamente e de forma inequívoca, o seu perfil de dirigente.

Como qualquer indivíduo e ser humano, terá virtudes e defeitos e que venham os deuses destacar-lhe os últimos, porque não serão entre os humanos de carácter e integridade a toda a prova e sem suspeita, que virão certamente as primeiras pedras. Como a vida ensina, só fala quem tem que se lhe diga!

Vem isto a propósito de uma qualidade para uns, ou defeito para outros, que Bruno de Carvalho já demonstrou à saciedade: quando um agente, procurador, tutor ou familiar mais ou menos próximo de um atleta dos quadros do Sporting Clube de Portugal, vem a terreno, publicamente, colocar em causa, seja em que termos for e independentemente dos objectivos perseguidos,  a política desportiva adoptada pelo Clube para com esse atleta, mesmo que possuidor do maior talento e importância do mundo, estará a decretar-lhe, quase sempre estúpida e desnecessariamente, dificuldades quase insanáveis no prosseguimento da sua carreira em Alvalade.

Bruno de Carvalho afirmou-o sem tergiversações ou pruridos de qualquer espécie, pouco tempo depois de tomar posse. E já provou com uma boa dúzia de exemplos, que todos recordarão se se derem ao trabalho de rebobimar o filme do seu mandato, que jamais de afastará um milímetro dessa linha.

Quando o pai de Eric Dier veio a público tecer considerações despropositadas, sobre a política de utilização do seu rebento, ao longo de toda a época passada, por parte de Leonardo Jardim, disse este vosso amigo para com os seus botões: "não demorará muito que Eric Dier vá pregar para outra freguesia"!...

Com a proverbial especulação jornalística a que há muito nos habituámos, tanto sobre os destinos do jovem jogador, quanto sobre os valores que estarão em jogo, vimos assistindo há algum tempo à preparação do seu lançamento para fora da órbita leonina. Poderei estar enganado, mas o tempo dirá sobre a assertividade desta minha convicção.

Creio que o Presidente do Sporting já provou de forma eloquente, impassível e porventura irrevogável, que não se compadece de posteriores actos de contrição, venham eles de qualquer atleta ou de toda a "entourage" que o rodeia.

Para Bruno de Carvalho, as coisas resumem-se a algo de muito simples e nada transcendental, que aqui do meu canto aplaudo com entusiasmo:

SÓ ESTÁ NO SPORTING, QUEM LÁ É FELIZ E SENTE HONRA E ORGULHO POR ISSO!!!...

Leoninamente,
Até à próxima 

14 comentários:

  1. Pessoalmente acredito que Dier pode vir a ser um grande defesa central (pode...porque ainda o não é, em meu entender...)...

    Mas também não me é dificil acreditar que o Dier (ou até talvez o seu pai...) sonha todos os dias com a possibilidade de ser pago à semana...
    É verdade que gosta do Sporting...é verdade isto e aquilo,. mas o "raio" do dinheiro acaba muitas vezes por dar a volta à maior parte das cabeças...

    O que eu quero dizer com isto é que se o rapaz já "estiver ligado" à corrente no Reino de sua Majestade...não haverá nada que o faça ficar de verde e branco...

    E agora o que fazer...?
    É claro que receber pela clásula ou muito perto disso...é possivelmente "entrar no reino da fantasia"...

    Poderá "castigar-se o moço e fica encostado"...até poder assinar e sair a custo zero...e o que ganhamos com isso...?

    Nada a não ser podermos dizer...: pensávas que fazias o que te apetecia...lixáste-te...!

    Pois...!

    O melhor mesmo é deixar nas mãos da Direcção a solução para o assunto, mas é como diz BC ...:

    "Só está no Sporting quem é feliz e sente honra e orgulho por isso !..."

    Abr e SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Patrício está feliz por cá?
      Alguem sabe quanto é a clausula?

      Eliminar
    2. Amigo Max, a meu ver, ninguém melhor do que a estrutura do futebol sportinguista, para avaliar a situação e decidir pela melhor solução possível! Por mim, terão o meu total apoio.

      SL

      Eliminar
  2. ainda o rapaz não saiu e já se arranja desculpas (ou atribuem-se culpas) para a saída dele. Acredito que estejam lá bastantes (não no sentido de 50 ou 100, mas mais do que deviam haver) jogadores que não queiram lá estar, alguns nota-se bem e continuam lá à 2/3 épocas. Também há aqueles que queriam lá estar e foram vendidos.

    Fico triste se o Eric sair, mas não vamos começar a atribuir culpas ao rapaz, que se esforçou para jogar nas duas últimas épocas mas que perdeu o lugar para um jogador da segunda ou terceira divisao brasileira, e não estou a falar mal do Mauricio, fez uma grande época mas é tramado não conseguir agarrar o lugar que parecia ser dele.

    O Eric cumpriu o contrato, nunca fez nada contra o clube, se não tem oportunidades é legítimo que saia para procurar jogar. Estamos a falar de um jogador inglês que nunca escondeu que o objetivo um dia seria voltar a jogar no seu país. Se não tem lugar no Sporting e há interessados em Inglaterra, desejo-lhe sorte.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. e que leve o jovem Patrício

      Eliminar
    2. Ao anónimo das 12.41 e das 13.22, que penso sejam uma e a mesma pessoa face às dores exibidas, aconselharei a pedir encarecidamente ao Rui Patrício, para não abusar da areia, pois em excesso poderá provocar lesões irreparáveis! Ou será que o anonimato esconde a personalidade do árbitro Duarte Gomes, ou outro qualquer a quem Patrício fez infeliz?!...

      Eliminar
    3. O Dier já encontrou os rins ? o ano passado partiu-os todos naquela finta do Enzo, pensei que ainda andava à procura dos Rins, se calhar foram parar a Inglaterra, tal foi o nó que levou ...

      Eliminar
    4. O Enzo tem fintas fantásticas! Tão fenomenais que se prepara para vos dar cabo dos rins! Oxalá não fiquem as galinhas pior do que o Dier !...

      Eliminar
  3. O comentário de Pythium, é tão razoável que quase se aproxima daquilo que penso. Mas comete uma injustiça de relevo: esquece, propositadamente ou não, toda a deliberada, nociva, sistemática e facilmente desmontável, intervenção do senhor Jeremy Dier. Provavelmente, Eric Dier ainda não terá atingido perante o pai, o estatuto de maioridade, que lhe permita dizer: Pai, porque não te calas?!...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. pois, não tenho acompanhado muito os comentários do pai. Mas vai de encontro à ideia de que os jogadores não deveriam ser representados por familiares. Correu mal com o Elias, com o Bruma e com o Dier (entre outros).

      Agora que a transferência ficou concluida acrescento que não gostei do comunicado do Sporting é algo mesquinho. O que se passará com a nossa defesa que nos ultimos tempos perdemos 3 jogadores que seriam facilmente patrões da defesa leonina: Dier, Ilori e Semedo. Espero que o Tobias Figueiredo seja o tão esperado patrão. Para já fico com a ideia de que é um jogador com a cabeça às direitas.

      Eliminar
  4. Vamos esclarecer
    Essa do "jovem Patricio" é muito simples

    Como sportinguista era bom que fosse transferido
    Não vou explicar porquê mas bastava olhar só para o último Mundial

    Patrício é o nosso Artur (para pior)

    Por isso...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este "anónimo das 14.55", que se afirma sportinguista - até se me aperta o coração e um arrepio me percorre o corpo! - certamente que será um fã do "velho" Donovan dos anos 60, cujo maior êxito terá sido. "Cabelos compridos e ideias curtas" !...

      Eliminar
  5. Infelizmente, já é oficial:
    http://www.sporting.pt/Noticias/Futebol/Fut_Prof/notfutprof_comunicadodier_310714_130174.asp

    José Eduardo Bettencourt e Godinho Lopes... who else?

    ResponderEliminar
  6. Amigo Álamo, não quero (longe de mim) vir a comparar o nosso presidente, ao sr. Pimenta Machado. Por isso o nosso presidente deve ter cuidado naquilo que diz. Um abraço.

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE