sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Sporting, tu és a nossa fé !!!...



"... Só a vitória interessa. Temos consciência da dificuldade do jogo, mas também plena confiança nas nossas capacidades, no que tem sido o nosso comportamento e no que queremos para o jogo. Não tenho dúvidas de que vamos dar uma resposta positiva, num jogo de grande dificuldade, [...]

Os jogos naquele estádio (D. Afonso Henriques) são sempre muito intensos, vai estar uma boa moldura humana, com muitos adeptos do Sporting, o que também é muito importante para nós. É um jogo grande. Estamos preparados para dar uma reposta muito positiva e ser o Sporting que temos vindo a ser, melhor todos os dias para podermos estar mais perto da vitória. Estamos no caminho certo, mas queremos mais. Queremos a terceira vitória consecutiva. [...]

Temos de continuar a crescer e bastante. Estamos longe do ponto ideal, queremos ser cada vez mais fortes, semana após semana, sabendo que vão aparecer obstáculos difíceis, que teremos de ser capazes de resolver."

(Marco Silva, in A Bola)

O treinador do Sporting assenta sempre o seu discurso no respeito pelo adversário, na plena confiança nas capacidades da equipa que lidera e em outras duas importantes vertentes: a profunda convicção na correcção do caminho escolhido e a ilimitada ambição que o anima a ele e a todos os seus comandados.

E será talvez a serenidade com que de forma tão natural o afirma, que tem vindo a conquistar a simpatia e o apreço dos adeptos leoninos, que rapidamente aprenderam a transformar o seu habitual empolgamento, quantas vezes raiando os limites desaconselháveis da euforia, numa calma e tranquila expectativa sobre o futuro.

Estarei, porventura abusivamente, a pretender colar à fantástica massa adepta leonina, o sentimento de calma e tranquila expectativa que hoje me anima, naquele tempo de "nervoso miudinho" anterior a qualquer jogo. Mas o que sinto neste momento, a 24 horas do tremendamente difícil jogo de Guimarães, julgo que será um sentimento exactamente igual ao que anima os milhões de sportinguistas espalhados por toda a parte.

Ainda terá passado pouco tempo sobre a gloriosa vitória alcançada nas Antas. Mas já será suficiente para que aqui possa afirmar, sem qualquer margem para dúvidas, que no olhar que hoje dirijo para Guimarães, há tonalidades absolutamente coincidentes com aquelas que antecederam esse fantástico e decisivo triunfo, sendo que a qualidade do adversário de amanhã, quase torna coincidente o grau de dificuldade que antevi para as Antas.

E se, embora a minha fé apontasse para essa indiscutível vitória, a minha razão sempre colocou uma tripla no virtual boletim da minha imaginação. Sem pruridos e sempre consciente da aleatoriedade deste fenomenal desporto de massas, recusando a sobranceria comum a quem se julga o maior do mundo, antes preparando-me para conviver em paz com qualquer resultado.


Bebendo até à última gota as serenas, tranquilas e realistas, embora ambiciosas, palavras de Marco Silva, sinto-me um sportinguista em paz consigo próprio. A fé que me inunda aponta para que um sorriso inunde o meu rosto amanhã. Mas... será apenas mais um jogo de futebol! E nenhum resultado será capaz de beliscar este facto...

SPORTING, TU ÉS A NOSSA FÉ !!!...

Leoninamente,
Até à próxima 

Em "queda livre", um puto de 20 anos, carregado de talento?!...



Tenho todas as reservas possíveis ou imaginárias, misturadas com profunda indignação, acerca da intenção que terá norteado quem escreveu e fez publicar esta local "assassina" no jornal Record!

Quando um jornalista consegue ir ao ponto de afirmar, que um miúdo de 20 anos, carregado de talento e com um futuro promissor no Sporting e no futebol português, está em "queda livre", provavelmente só encontraríamos paralelo aproximado, se fôssemos confrontados com o hipotético gesto de um médico que perante os resultados da primeira bateria de testes clínicos, que revelassem leves indícios de doença grave, de um qualquer jovem da mesma idade, lhe dissesse que a sua morte poderia ser muito provável ou até, estar próxima!

Mas é o jornalismo com que quotidianamente somos confrontados, perante a permissividade, laxismo ou pura ausência de controle, por parte dos orgãos competentes, responsáveis pela "luz verde" que a publicação de um tal "aborto jornalístico" desta natureza deveria exigir, antes de ver a luz do dia.

Não acredito que António Magalhães, Bernardo Ribeiro ou Nuno Farinha, tenham passado os olhos por tamanha "obscenidade" antes da sua publicação. E custa-me a acreditar, que outro alguém em quem os mesmos tenham delegado responsabilidades, o possa ter feito. Algo de muito grave se estará a passar na redacção do jornal, para que ultimamente estejamos a ser confrontados com sistemáticas diatribes de "jornaleiros de meia tijela", capazes de pisar a pés juntos os mais elementares princípios da ética e da deontologia, em prol de propósitos tão diabólica ou maquiavelicamente obscuros. 

O que será capaz de escrever um dia destes, este "ímpio escriba", sobre Marcelo Boeck, André Martins, André Geraldes, Uri Rosell, Ryan Gauld, Simeon Slavchev, Heldon, Junya Tanaka, Ricardo Esgaio e tantos outros que o banco leonino inevitavelmente continuará a receber, por via da melhor qualidade, experiência ou momento de forma que atravessam os seus companheiros, agora titulares?!...

E qual a sensação que lhe animará o espírito, se e quando, os seus superiores do corpo redactorial, alguma vez lhe disserem, que a sua prestação no jornal está... em "queda livre"?!...

Leoninamente,
Até à próxima

E daqui não saio, daqui ninguém me tira !!!...



Se lançarmos um olhar desapaixonado para a política de gestão dos quadros de atletas profissionais de futebol dos três grandes e tivermos em consideração que, para além daqueles que constituem os planteis A e B de cada um, ainda se encontram espalhados por esse mundo fora, quase cinco dezenas de jogadores a eles ligados contratualmente, na condição de emprestados, compreenderemos facilmente que por este caminho apenas poderemos encontrar pela frente... o precipício!

O Sporting, com Bruno de Carvalho, reduziu drasticamente o seu quadro salarial. Há, nesta altura, apenas 9 jogadores sob contrato, a jogar noutras paragens, na condição de emprestados:

SPORTING (9 jogadores)

Defesas:
. Ruben Semedo (Reus), 3 jogos (225 minutos)

Médios:
. Zezinho (AEL Limassol), 3 jogos (105 minutos)
. Kikas (Rapid Bucareste), não utilizado

Avançados:
. Diego Rubio (Sandnes Ulf), 26 jogos/7 golos (1789 minutos)
. Wilson Eduardo (Dínamo Zagreb), 13 jogos/1 golo (768 minutos)
. Labyad (Vitesse), 6 jogos/2 golos (471 minutos)
. Viola (Karabukspor), 3 jogos/70 minutos
. Betinho (Brentford), 1 jogo/13 minutos
. Diogo Salomão (Deportivo), não utilizado

Contudo, e tendo em atenção, por um lado o patamar de competitividade e importância dos clubes a que foram emprestados e por outro as paupérrimas prestações, no tempo e na qualidade que, de uma forma generalizada, têm vindo a evidenciar, torna-se óbvia a colocação da questão sobre se será positiva para o clube a manutenção das ligações contratuais em vigor com todos eles, ou se não será um mal menor a tentativa de acordo de rescisão com a sua grande maioria.

E nem o mal dos outros, como claramente se poderá inferir dos quadros a seguir, poderá servir de lenitivo para uma situação para a qual rápida e imperiosamente, deverá ser encontrada uma solução compatível com a sustentabilidade do Clube:

BENFICA (20 jogadores)

Luís Felipe (Criciúma), 10/709'; Sidnei (Deportivo), 7/630' Bruno Gaspar (V. Guimarães), 4/340'; João Cancelo (Valência), 1/90'; Serginho Neves (Belenenses), não utilizado; Airton (Botafogo), 31/2184'; Luís Fariña (Deportivo), 8/652'; Raphael Guzzo (D.Chaves), 7/491'; Filip Djuricic (Mainz), 8/409'; Bernardo Silva (Mónaco), 9/382'; Jota (Vilaverdense), 2/46'; Yannick Djaló (SJ Earthquakes), 18/1137'; Jorge Rojas (Gimnasia), 13/990'; Clésio (Harrisbury City Islanders), 20/905'; Candeias (Nuremberga), 8/677'; Funes Mori (Eskisehirspor), 8/671'; Ivan Cavaleiro (Deportivo), 9/439'; Harramiz (Farense), 7/435'; Lolo (Lugo), 10/326';Friesenbichler (Lechia Gdansk), 5/173'.

FC PORTO (18 jogadores)

Igor Stefanovic (Chaves), 3/270'; Sinan Bolat (Galatasaray), não utilizado; Abdoulaye Ba (Rayo Vallecano), 7/557'; Quiñones (Penafiel), 5/270'; Júnior Pius (Aves), 2/170'; Pedro Moreira (Rio Ave), 13/936'; Izmaylov (Krasnodar), 12/730'; Tozé (Estoril-Praia), 9/570'; Carlos Eduardo (Nice), 7/530'; Josué (Bursaspor), 7/516'; Rúben Alves (Famalicão), 1/16'; Mauro Caballero (Aves), 13/936´; Ghilas (Córdoba), 7/510'; Licá (Rayo Vallecano), 6/472'; Kléber (Estoril-Praia), 7/416'; Sami (Sp. Braga), 4/141'; Djalma (Konyaspor), 1/45'; Silvestre Varela (WBA), 1/15'.
(Fonte: MaisFutebol)

Parece vir expresso em todos os compêndios do futebolzinho que vamos tendo por cá, o terror que assalta os seus dirigentes, de que a uma qualquer rescisão possa sobrevir no futuro, a explosão de uma serôdia estrela, mais inadmissível e intragável ainda pelos adeptos, se ocorrrer no seu rival de estimação.

Para obviar a esse tremendo risco, que pode vir a fazer embaciar o brilho dos mandatos e a ditar a perda das eleições que se perfilam no horizonte, vai-se hipotecando o futuro com a manutençao dos "pesos mortos", com a defesa acérrima do "satus quo"! Será sempre preferível o comodismo de não provocar muitas ondas, em vez da assumpção da coragem de navegar por mares mais ventosos e encapelados, pesem embora possam corresponder a rotas mais recomendadas e correctas...

Vamos falar verdade! Todo o empréstimo encerra em si uma despromoção para o atleta! Torna-se evidente a razão que dita a sua cedência a um clube necessariamente menos prestigiado. E a esse atleta, apenas restam duas alternativas: a revolta, ou a aceitação, de braço dado com o comodismo até aí evidenciado. A revolta, traz o atleta de volta ao Sporting: Cedric Soares, Adrien Silva, William Carvalho e João Mário, serão exemplos lapidares!

A aceitação, de braço dado com o comodismo, a desmotivação e a queda, deverão ser sempre indicadores seguros, que deveriam aconselhar a rescisão! 

E daqui não saio, daqui ninguém me tira!!!...

Leoninamente,
Até á próxima

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Shikabala vai "dançar" até quando, Sporting?!...




"Shikabala, jogador dos quadros do Sporting, continua no Egipto à revelia do clube e aparece no radar de quando em vez, em eventos públicos ou através de publicações em redes sociais.

Desta vez, o atleta de 28 anos foi filmado a dançar num casamento em Aswan. A sua situação continua indefinida."

Não sei e tenho muito sérias reservas sobre se algum sportinguista saberá, dirigentes incluídos, o que se passará com Shikabala!...

Mas reconhecerei sem qualquer dificuldade, que o homem parece muito determinado, a julgar pelas imagens que este vídeo nos mostra, em não descurar a sua "preparação física!...

Shikabala vai "dançar"até quando, Sporting?!...

Leoninamente,
Até à próxima

Porque não Nani como percursor de um novo mito?!...

Talvez uma nova forma de relacionamento com a arbitragem!...

Ninguém terá dúvidas de que Nani é único! Como ninguém duvidará que o serão Cristiano Ronaldo, Lionel Messi, Arjen Robben, Franck Ribéry, Manuel Neuer... Mas, até as grandes estrelas do maior espectáculo do mundo, passam por períodos  em que o seu briilho empalidece.

Quantos grandes talentos do futebol mundial, hão-de viver nos dias que correm, o drama vivido por Nani em Manchester, particularmente nas últimas duas épocas?! Quanta classe e talento varrerá os bancos de suplentes das grandes equipas europeias por essa Europa fora?!...

Nani acreditou que o Sporting poderia ser o caminho ideal para o fazer regressar de novo à ribalta, tanto pelos mútuos afectos, quanto pelo "know-how" há muito instalado numa das melhores academias do mundo.

Segundo afirmações do próprio treinador Marco Silva, o Sporting terá preparado um plano específico para Nani, que consistiu, para além dos celebrados e reconhecidos meios técnicos e de conhecimento, capazes de proporcionar a excelência dos cuidados de preparo físico e técnico, comuns a todos os atletas leoninos, fundamentalmente, na sua utilização sob enorme intensidade durante praticamente os noventa minutos de todos os jogos, a ser complementada, necessariamente, com uma rigorosa conduta e aturados cuidados por parte do jogador, para além das paredes da Academia. E os espectaculares resultados estão à vista de todos: Nani voltou a ser, hoje por hoje, o grande jogador que saiu de Alvalde e que brilhou a grande altura nas primeiras épocas em Manchester, a ponto de já ninguém ter dúvidas sobre o seu regresso a Old Trafford no final do empréstimo ao Sporting.

Perante este rotundo êxito conseguido na Academia com Nani, à reconhecida excelência da sua formação, o Sporting estará a construir e a somar um novo mito, que não passará despercebido a todos os grandes talentos mundiais, cujo percurso se assemelhe ao que Nani ultimamente vinha percorrendo. E apenas surpreenderá os mais incautos observadores, que outras estrelas não admitam e desejem o seu ingresso em Alvalade, em tentativas sustentadas pelo exemplo de Nani, de recuperarem as suas carreiras.

Obviamente que a este meu suspeito e utópico lirismo, não corresponderá um milagroso aparecimento de longas filas de talentos caídos em desgraça, junto aos portões da Academia Sporting. O que pretenderei, será apenas e tão só, destacar um novo argumento para os dirigentes leoninos, quando pensarem na normal reconstituição do plantel no final da época, quiçá até na nova abertura do mercado em Janeiro, que poderá muito bem e em muitos casos, vir a revelar-se profunda e marcadamente decisivo. 

Leoninamente,
Até à próxima

Quem não há-de ter gostado nada deste inquérito, sei eu !...



A máquina de propaganda vermelha, conseguiu que um rapazinho que não chega a ser inteiro, porque ninguém sabe muito bem, nem o próprio "rei da táctica", se será um 6, um 8, um 9 ou até um 10, ou se será talvez uma "talisca" de isto tudo, fosse o melhor jogador a pisar os relvados portugueses no último mês. Nada de estranho, se atentarmos que com regularidade quase sobrenatural, são colocados como candidatos a disputar a "bola de ouro" com CR7, nelsons oliveiras, cavaleiros, andrés gomes e almeidas, gonçalos guedes, cristantes e samaris. e outros, e outros, que de tão famosos agora não me ocorrem.

Afinal, em momento de rara lucidez, alguém lá para as bandas do Record, terá resolvido promover um inquérito entre os seus leitores, sobre Nani estar a ser o melhor jogador da nossa Liga e sobre a sua influência na candidatura do Sporting ao título desta época.

Quem não há-de ter gostado mesmo nada desse inquérito, sei eu!...




Leoninamente,
Até à próxima

Força "mister", vamos a eles que nem leões !!!...



Poderá Fernando Santos não ganhar os céus por outros pecados! Por este, é minha firme convicção que não deixará de os ganhar!...

Não, não é pecado nenhum sonhar e acreditar que é possível! Como os sportinguistas compreendem bem Fernando Santos!!!...

Força "mister", vamos a eles que nem leões !!!...

Leoninamente,
Até à próxima

quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Onde estão a ética e os valores do jornal Record?!...




Apenas a três dias de um jogo, provavelmente o mais importante para o Sporting, desde o início do campeonato, o que será que o jornal Record pretenderá com isto?!...

Alguém terá apanhado o director  e adjuntos fora de redacção, a caminho do almoço e avançou com esta provocatória acção de desestabilização de dois dignos profissionais?! As "manhas" de outrora terão sido apenas varridas para debaixo da carpete, ou o campo estará a ser minado por outros "manhosos" que ainda por lá continuam infiltrados?!...

Onde estão a ética e os valores da honrada tradição do jornal?!...

Leoninamente,
Até à próxima


Finalmente, tocar o céu ?!...



"Não era crível que a UEFA alterasse o padrão de comportamento face à queixa do Sporting devido ao erro cometido pelo árbitro no jogo com o Schalke. Nem a dimensão colossal do erro ou as suas graves consequências fariam mudar a habitual resposta perante documentação, provas, testemunhos, “whatever”, apresentados em sede de recurso. A decisão foi a de sempre: não.

Presumo, aliás, que o Sporting já esperava que a UEFA fosse intransigente e não abdicasse dos seus princípios, o que poderia abrir um precedente de consequências imprevisíveis. Por muita razão que o Sporting tivesse (e tinha toda!), dificilmente se poderia acreditar num acto de enorme grandeza da UEFA. Ainda assim, o Sporting conquistou duas pequenas “vitórias” neste processo: uma advém do simples facto de o organismo ter tomado a iniciativa de questionar o Schalke sobre o caso; a outra resulta da resposta do clube alemão, que admitiu o grave erro de arbitragem.

O Sporting é também motivo de notícia por ser um dos clubes que fornecem maior número de jogadores seus formados às cinco principais ligas europeias. A escola leonina há muito tempo que é valorizada por essa Europa fora, mas em termos de conquistas desportivas ela pouco ou nada representou para o Sporting. Essa sempre foi a mágoa de adeptos, dirigentes e treinadores, que se foram conformando com a inevitabilidade das vendas e a consolação do reconhecimento público.

Nos dias de hoje, o Sporting vive uma renovada esperança de poder ser recompensado. Com um onze que tem seis titulares produtos da casa e cavalgando uma onda de entusiasmo que parece ser capaz até de fazer milagres, os leões, mais do que desfrutar do momento, querem finalmente tocar no céu."
(António Magalhães, Entrada em Campo in Record)


Há poucos dias atrás, na caixa de comentários de um post que publiquei, deparei com um comentário em termos tão "eloquentemente elogiosos" e utilizando tão "expressiva linguagem", que me vi forçado a "guilhotiná-lo".

Pretendia o presumível adepto rival, equiparar-me a um lazarento asno, apenas pelo facto de eu ter classificado o resultado da acção do Sporting junto da UEFA, como uma "saborosa vitória"! 

Quem me conhece, sabe bem as razões que me levaram a "despachar" esse adepto rival com a cabeça debaixo da asa, que nada tiveram a ver com o desencontro de ideias sobre o tema em causa. Posso assumir a defesa feroz do contraditório, porque já não estou em idade de mudar a minha forma de reagir ao mundo que me rodeia. Calar porém a boca de quem pense diferente de mim, nunca fará parte da minha bíblia. Apenas calei a baixeza de expressão utilizada, como sempre foi, é e continuará a ser a minha conduta, num cantinho, que é meu e de quem como eu interpreta a civilidade e onde jamais permitirei comportamentos dessa natureza. 

Hoje, o director do Jornal Record, na crónica que acima vos deixo, veio ultrapassar-me, pela direita ou esquerda pouco interessará, ao afirmar ter o Sporting conquistado, não uma, mas "duas vitórias neste processo"!

E fala também António Magalhães de um outro motivo porque o Sporting foi notícia por essa Europa fora, que terá sido por ser um dos clubes que fornecem maior número de jogadores seus formados, às cinco principais ligas europeias, a que naturalmente corresponderá uma terceira vitória!

E remata com uma subreptícia "quarta vitória", sonhada, pretendida, alimentada, desejada, ou como queiram chamar-lhe, de todos os sportinguistas: FINALMENTE TOCAR O CÉU!...

Imagino o que diria de António Magalhães,  o adepto rival que "despachei" de regresso a casa, com a cabeça debaixo da asa! Provavelmente multiplicaria a sua "pobre e descortês azia", pelas quatro patas do asno!...

Leoninamente,
Até à próxima

terça-feira, 28 de outubro de 2014

Sporting desafia o polvo !...


"Essencialmente, o Sporting pretendia publicitar o mais possível a situação e junto da entidade competente reclamar com todos os meios possíveis perante aquele escândalo. O que o Sporting fez, independentemente da decisão da UEFA, foi levar a que o assunto fosse falado no mundo do futebol, de tão escandaloso que foi. [...]

Por ter sido um caso 'tão evidente', nem mesmo os dirigentes do Schalke 04, que publicamente se solidarizaram com o Sporting, 'podiam ir contra esta situação'. [...]

Os próprios árbitros sabem o que fizeram, principalmente o juiz de baliza. O que está em causa são os regulamentos. A UEFA toma a decisão baseada em regulamentos."

Para os que persistem em derramar sobre o Sporting e os seus decisores, a espuma da idiotice ou da demagocia populista, a sensatez e a argúcia de Paulo Andrade poderão constituir excelentes ensinamentos.

De tão óbvia a certeza de que da UEFA, jamais poderiam vir "bons ventos ou bons casamentos", o Sporting terá utilizado a figura jurídica da queixa ou do apelo, para publicitar a vergonha de Gelsenkirchen. E te-lo-à conseguido plenamente numa primeira fase: toda a imprensa europeia, quase sem excepção, o referiu, e os orgasmos dos acólitos tugas multiplicaram-se, com a utilização até à exaustão de inadmissiblidade da acção leonina junto da UEFA. Como se todo o corpo jurídico de Alvalade se conduzisse como uma asinina récua, a quem tivesse sido colocada uma tão tremenda carga de estupidez, para transportar até às instâncias uefeiras.

E de tão evidente ter sido o êxito da "operação", já o recurso estará em preparação, por óbvios e salutares motivos: é preciso abanar a corrupta estrutura de Platini e todos os "gazproms" desta vida, que hão-de praguejar irritados, prometendo vingativas retaliações...

É o futebol que hoje vamos tendo! É a lei da selva, onde os burros fogem com o rabo entre as pernas e só dos leões se ouve o rugido!...

É o mar do sargaço onde o polvo se sente em casa, até ao dia em que alguém arranje coragem para lhe virar o capelo do avesso!...

Leoninamente,
Até à próxima 

Queixa, protesto, reconhecimento do erro e... LIMPINHO !...




A "patine" do tempo e a UEFA, acabaram por trazer à superfície o nome e objectivo reais e verdadeiros, da acção levada a cabo pelo Sporting junto da UEFA: afinal os especuladores da CS e outros espíritos mal intencionados, terão mesmo que engolir que se tratou apenas de uma... QUEIXA, em vez do pretenso PROTESTO, que a UEFA, como sempre foi suposto, até pelo Sporting, acabou por rejeitar.

Moralmente, é certo, mas o Sporting acabou por contabilizar uma saborosa vitória, quando no comentário solicitado pela UEFA ao Schalke 04, o clube alemão terá assumido a existência do erro, não se alongando naturalmente sobre o assunto.

Fica o reconhecimento e o lamento da UEFA pelos erros cometidos e as naturais consequências para Sergei Karasev, Vitali Meshkov e os restantes membros da "mafia russa" que actuou em Gelsenkirchen, que ficará de "quarentena na jarra", por tempo indeterminado, se calhar bem mais que uma jornada, com os concomitantes milhares de euros a voarem...

E fica também a lição de verticalidade exibida pelos dirigentes do clube alemão, que deverá ser recebido em Alvalade com a nossa homenagem, sem assobios e com palmas. Outros em Portugal, diriam... LIMPINHO, LIMPINHO!...

Derrotá-los no relvado de Alvalade, SEMPRE! Mas creditando-lhes o respeito que nos devem merecer !!!...

Leoninamente,
Até à próxima

Como uma "persona non grata", pode ser bem acolhida !...


Para além da opinião pessoalíssima que tenho nos meus registos, sobre os árbitros portugueses de 1ª categoria, há um indicador que refuto de muito seguro sobre a idoneidade, isenção e capacidade técnica de cada um deles, que assenta no facto de serem ou não declarados "personas non gratas" lá para as bandas de Carnide: sempre que eles vomitam impropérios sobre pretensas vitórias e até títulos, de que foram "criminosamente espoliados" por qualquer "homem de negro vestido", esse árbitro passa a ser, automáticamente, recebido na minha savana, com honras de homem sério.

O árbitro internacional Hugo Miguel, nomeado para o jogo de sábado em Guimarães, consta nos meus registos como àrbitro, apenas... razoável! Mas quando o vejo por aqui, apelidado de... sportinguista, fico esclarecido sobre os seus atributos de juiz e satisfeito com a sua nomeação para arbitrar o nosso difícil jogo na Cidade Berço. 

Claro que para o Benfica-Rio Ave de 6ª feira, o Vitor Pereira foi de... Mota! Todos nós sabemos bem porquê: o "magarefe dos talhos" será, essencialmente, "persona grata" em Carnide e em qualquer outro estádio do país onde joguem as "papoilas saltitantes"! Tudo bem, serão lá negócios entre o Orelhas e o Bítaro! Desde que a Mota jamais se cruze com o Leão, não haverá problemas. De contrário o Bítaro arrisca-se a que o homem vá de mota e nem a pé possa regressar! Quem avisa, amigo é!...

Leoninamente,
Até á próxima

E nunca mais morrem os "papas, cardeais e bispos" !!!...

O pódio e a lata !...

“... Eu não gosto muito de dar os outros, como exemplo, mas ....se os outros fazem bem... Enfim... Até se fala (foi Bento Valente que o contou) que o rival encarnado terá arranjado maneira de Bruno Maruta (espécie de Aurélio Pereira do Benfica) ir para o Sporting espionar , para mais tarde colocar tudo que tinha aprendido ( e roubado!) no Sporting, em prática no Benfica. O que é certo é que este "espião" passou por Alcochete , teve acesso á nossa base de dados e passado uns tempos nem quis renovar contrato e adivinhem para onde foi trabalhar...claro que foi, outra vez, para o Benfica. Se isto for verdade porque será que sabem colocar o que 'aprenderam' em prática e nós andamos ás voltas?..."
(Rui Cerdeira Fernandes, in AMORSPORTING)

"... Até que... uma bola 'a rasgar' passa por de entre todos os jogadores da equipa da casa e chega até ao último homem - Fredy Montero. O colombiano, de carrinho, faz o encosto final e a redondinha vai mesmo lá para dentro. Sem qualquer dúvida que, da mesma forma que me tinha emocionado com o golo 'abre-latas' de Slimani aos 69', me arrepiei com este golo de Fredy Montero. Acho que foi um dos momentos mais felizes que vivi enquanto sportinguista em 2014/2015. Vi o sorriso estampado na cara do sul-americano que finalmente tinha quebrado o enguiço. Vi os adeptos leoninos cantarem o nome do craque. Mas, acima de tudo, vi o Montero meter a gaja lá dentro!..."


“... Aproveito para saudar os ideólogos por detrás da sua eleição e expressar todo o meu orgulho pela preocupação que mostram com a ascensão do Sporting, ao ponto, veja-se, de hipotecar toda a legitimidade e consenso da próxima gestão da Liga, apenas num acto de mesquinha prova de isolamento do clube leonino. Mas isso a si não o incomoda caro Luis Duque, porque haveria de incomodar? O que vale para si espetar uma faca nas costas de milhões de adeptos, alguns deles que o elogiaram e ajudaram a pagar chorudos ordenados? O que vale para si passar a ser odiado por todos os que apenas querem que o clube da sua preferência, outrora o seu também, queiram poder vencer os encontros que merecem? Nada, eu sei..."



"...Não há, ainda, data prevista para a constituição final do Tribunal Arbitral do Desporto, nem tal é fácil de prever, uma vez que ainda são necessários os seguintes passos (i) designação pelo CAD dos árbitros que irão integrar a lista de árbitros do TAD; (ii) eleição do Presidente e do Vice-Presidente do TAD pelo plenário dos árbitros designados; (iv) constituição do Conselho Diretivo do TAD; (v) elaboração e aprovação de vários regulamentos: de processo, de custas aplicáveis no domínio da jurisdição arbitral voluntária, da mediação e da consulta, do serviço de mediação, do secretariado do TAD e ainda os regulamentos internos necessários ao funcionamento do Tribunal..."
(Carla Alves Teixeira, in A Bola)

Lata. É preciso muita lata, para um Governo demorar uma tão inconcebível e tamanha eternidade, para implementar a trave mestra da "justiça desportiva"! O mundo de interesses que estará subjacente a este tão difícil parto!...

Mas mesmo assim, adivinha-se que o Tribunal Arbitral do Desporto venha a ser, à boa maneira tuga, novo, mas... velho nas regras!...

E nunca mais morrem os "papas, cardeais e bispos", desta tenebrosa "igreja" !!!...


Leoninamente,
Até à próxima

segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Sopram ventos de mudança na Academia !...



Sopram ventos de mudança na Academia Sporting! A julgar pelos resultados obtidos por alguns dos diversos escalões da nossa formação e pelos ecos que nos vão chegando, sobre insipientes ou perversos cenários que os poderão ter originado ou deles decorrentes, serão ventos absolutamente previsíveis, de que apenas se desconheceriam o tempo e o modo com que seriam avaliados e encontrados os remédios mais adequados.

As últimas notícias dão-nos conta de que o treinador José Lima da equipa de juniores, terá sido afastado do cargo, sendo de imediato substituído por Luís Boa Morte, que integrava a estrutura técnica da equipa B. Na sequência desta decisão por parte da estrutura dirigente do Sporting, também Bento Valente, coordenador técnico da Academia desde a eleição de Bruno de Carvalho, terá apresentado a sua demissão.

Até ao momento, nenhuma informação foi adiantada pelo Clube, pelo que as alterações decorrentes dos efeitos da ventania, poderão ou não consubstanciar-se nos dois nomes avançados pela Comunicação Social.

Vamos aguardar pelo Sporting Directo da SportingTv. Talvez possamos obter os esclarecimentos para as nossas preocupações.

Leoninamente,
Até à próxima

Ou a coragem, ou o inferno!...


Foram 18.000 €uros e uma séria e não velada, antes clara e inequívoca ameaça, o "prémio" que a UEFA "concedeu" ao Sporting, pela animalesca vertigem de meia dúzia de estúpidos e tacanhos adeptos que temos a desdita de albergar, cobardemente escondidos nas nossas claques!...

E que me perdoem os milhares de restantes sócios e adeptos que a cada jogo fazem do topo Sul um espectáculo ímpar em Portugal. Mas eu não acredito, ninguém acredita, que largas dezenas, senão mesmo centenas, não fiquem ao portão, enquanto os ladrões assaltam o quintal. E tão ladrão é o que entra no quintal, como o que fica à porta!... 

Mas então, entre todos os membros das nossas claques, não haverá gente boa e sportinguista, que se envergonha de dar cobertura a este autêntico "terrorismo urbano e desportivo", que continua a viver na mais indigna, iniqua e repugnante impunidade?!...

Certamente que sim! E até nem desconheço que entre "anjos e demónios", existirá um secreto código de (des)honra, quase impossível de ultrapassar. E que é mais fácil regressar a casa com a consciência pesada como chumbo, que arriscar o "beijo da morte"!... 

Mas então não haverá solução e os "demónios", hão-de continuar a sua saga, na mais completa impunidade, sabe-se lá instrumentalizados por quem, mas que com elevada dose de probabilidade, todos conheceremos os rostos?!...

Ora digam-me cá os meus amigos sportinguistas. Haverá algum criminoso desses, que no momento de rebentar um petardo, desconheça as consequências do seu acto para o Sporting?! Impossível! Então porque persiste na delinquência e na perpretação de um acto que sabe vai custar ao Clube uma penalização superior ao que um qualquer cidadão mediano e trabalhador - não o caso dele, bem entendido! - ganha num ano?! Porque alguém lhe paga mais do que isso para o fazer! E os "anjos", calam-se! Por cobardia, por medo, seja por aquilo que for, menos por dignidade, menos por sportinguismo!...

Imaginemos que a UEFA, perante novos rebentamentos de petardos no próximo dia 5 de Novembro, interdita o topo Sul, para o jogo seguinte, vinte dias depois, contra o Maribor. Se isso vier a acontecer, alguém duvida que contra os eslovenos, mesmo com todos os "executores" disseminados pelas restantes arquibancadas de Alvalade, novos petardos venham a rebentar?!...

Pois é, o Sporting está de mãos atadas, perante o hediondo, criminoso e maquiavélico plano, daqueles que foram corridos do Clube e que pretendem regressar. Perante a complacência, o silêncio e a inacção, ditados seja lá pelo que for, dos sportinguistas!...

O dilema estará instalado: ou a coragem da denúncia, ou o afastamento das competições internacionais, para não sobrecarregar o horizonte com outras perspectivas ainda mais terríficas...

Ou a coragem, ou o inferno!...

Leoninamente,
Até à próxima

No Municipal de Aveiro é que era! Oremos...



E para não dar nas vistas e antes que os "aquecedores" das bolas fossem apanhados em "flagrante", desta vez o sorteio foi... limpinho, limpinho! Há quem diga que os "aquecedores" já foram eliminados! Mas com esta Federação, nunca fiando!...

Pronto, lá para 21, 22 ou 23 de Novembro, vamos a Espinho ou quem sabe se a outro lugar qualquer mais ou menos próximo, para defrontarmos os "tigres" lá da terra, um clube histórico que já militou no escalão principal do futebol português e agora milita no Campeonato Nacional de Seniores, nome pomposo dado à I Divisão do futebol amador.

Vai ser uma festa e uma excelente oportunidade para os leões cá do Norte matarem saudades de verem ao vivo, o seu grande amor, em preparação para o jogo seguinte da Champions League, que se disputará a 25 de Novembro, em Alvalade, contra o Maribor.

Estando a "rotatividade" agora tão em moda, é bem provável que Marco Silva peça emprestada ao "LoPatego", a sua já tão famosa "cartilha" e possamos assistir à evolução de Tanaka, Slavchev, Rabia, Rosell, Carlos Mané, Geraldes, Heldon, quiçá Ryan Gauld, quem sabe?!...

Até poderá acontecer que, por influências divinas, o jogo se venha a disputar no Municipal de Aveiro! Oremos...

Leoninamente,
Até à próxima

A cabeça dos jogadores é deles e de mais ninguém !...


Curtas de Alvalade

A importância da vitória: "Uma equipa que joga bem e não ganha, vai deixar de jogar bem". É muito isto, este início de época. É o não deixar fugir as expectativas iniciais, e procurar construir um modelo em cima de vitórias. Para que os jogadores sintam mais confiança no processo, para que a aquisição dos comportamentos pretendidos seja mais fácil e célere.

- Rui Patrício. Fenómeno. Haverá algum jogo onde ele não tire duas, três bolas de golo ao adversário? Haverá algum jogo onde ele não seja absolutamente decisivo para um resultado positivo do Sporting? Anseio por esse dia.

- Nani. Mais do mesmo. Num campeonato de pinos, demasiado fraco o estímulo competitivo para um jogador desta qualidade. Resta saber como será o seu rendimento no futuro, num contexto onde os pinos se movem um pouco mais.

- Maurício. Contenção. Ahn?!

- Montero. Poderá com o fantástico golo que marcou ter ganho a confiança necessária para se assumir de vez no onze do Sporting. Resta saber se o treinador lhe dará confiança para isso, ou se continuará a queima-lo na primeira oportunidade que surgir. Para já, parece-me que o seu treinador continua a remar no sentido contrário ao dele, e ao que ele precisa: "Um avançado vive de golos, embora seja tecnicamente evoluído e trabalhe muito para a equipa. Era muitas vezes notícia a falta de golos e isso mexia com ele, pelo que é importante que os golos apareçam"
Marco Silva

- Marco Silva. Ouvi-o, pela primeira vez, falar dos erros de posicionamento que o Sporting tem tido. Interpreto isso como um sinal de que está a trabalhar para os corrigir. Urge corrigir as avenidas que o Sporting tem permitido aos seus adversários, pelo mau controlo da profundidade da linha defensiva, pela dificuldade em controlar o corredor central por ter extremos que ficam na frente quando a bola está do lado contrário, e um médio ofensivo que não chega a tempo depois da pressão nos centrais. E aí, chegará o dia em que Rui Patrício não será mais fundamental. O maior desafio do treinador do Sporting é o de retirar o protagonismo do seu guarda redes.

- Conversa de café. Fala-se em maior controlo emocional, em melhor gestão das expectativas, em maior controlo do jogo quando se consegue uma vantagem daquelas. Tudo muito fácil. Mas qualquer equipa que não esteja habituada às andanças europeias vai sempre ter essa dificuldade. Sobretudo porque no seu contexto competitivo tem apenas 4,5 jogos ao nível do que se exige na Europa. O problema é o foco. Tem um estímulo competitivo muito forte ao nível europeu, segue para o campeonato e consegue uma vantagem confortável ao intervalo: nem o mestre Mourinho os impediria de descomprimir. Há muita coisa que os treinadores não controlam, e a concentração/descompressão e a cabeça dos jogadores é deles, e de mais ninguém.
(Roberto Baggio, in Lateral Esquerdo)


Eu pelo-me por análises simples, directas, sem rodrigos e veludos, em vez daquelas que apenas pretendem mostrar o luar do futebol em lua nova, chamando-nos a todos de estúpidos. Depois de cada jornada, é vê-las surgir em catadupa por essas televisões fora...

Cada vez me sinto mais empolgado com o que vou lendo em Lateral Esquerdo! Ontem Maldini, hoje Baggio! E começo a perceber uma certa ostracização a que "antigamente" votavam o Sporting: praticava um "futebol de pinos"! E ambos odeiam esse futebol, quem o "inventa" e quem se vê obrigado a "cumpri-lo"!...

Eles, com inteligência e argúcia e porque amam o futebol, apaixonam-se apenas quando vale a pena. E eu sinto que até eles começam a acreditar que o Sporting pode estar a caminho de abandonar o... "futebol de pinos"! E gosto de me "embebedar" de futebol quando os leio, gosto de olhar para o futebol do Sporting com os seus olhos! E sinto que devagar, muito devagarinho, começo a entendê-los e a "perceber" quão bonito e fácil pode ser este jogo.


Amigos, se assim me permitirem chamar-vos, obrigado por tudo!...

Leoninamente,
Até á próxima

Sei que estás em festa, pá!...!...


Sei que estás em festa, pá
Fico contente
E enquanto estou ausente
Guarda um trago para mim.

Eu queria estar na festa, pá
Com a nossa gente
E colher pessoalmente
Uma flor no teu jardim...

Mas sei que há léguas a nos separar
Tanto mar, tanto mar
Sei, também, quanto é preciso, pá
Navegar, navegar...

Sérgio, fiquei contente com a tua alegria! Acho que é merecida e que também terá deixado muita gente contente, além de mim! Nem toda tão óbvia, quanto alguns possam pensar...

Não temas, que não serei eu a desvendar o teu "segredo" de uma vida! Serás tu e mais ninguém! Se algum dia a vida te colocar na "tua cadeira de sonho"!...

Leoninamente,
Até à próxima

domingo, 26 de outubro de 2014

Eu também fui às lágrimas !...



Eu também fui às lágrimas!... 
Foi limpinho, limpinho!!!...

Leoninamente,
Até á próxima

Sporting e o insustentável vício da emoção !!!...



Hoje ao assistir longe de Alvalade, ao jogo da 8ª jornada da nossa humilde e quantas vezes rasca Liga, tive a sensação de estar a ver uma grande partida da liga inglesa, em que vemos disputar cada metro de terreno e cada segundo de jogo, como se fosse o último da vida de cada um dos protagonistas.

Uma primeira parte em que só uma equipa fantástica e poderosa poderia ter produzido o espectáculo a que assistimos em Alvalade, perante uma grande e bem orientada equipa como este Marítimo hoje mostrou ser e com uma arbitragem surpreendente, uns bons furos acima do nível a que estamos habituados neste futebolzinho português.

A segunda parte trouxe-nos toda a magia e imprevisibildade do futebol, com uma entrada avassaladora dos insulares e em que foram notórias algumas arestas que Marco Silva ainda terá de limar. Dois golos de rajada da equipa de Leonel Pontes e o Sporting, regressado do balneário talvez com excessiva confiança, a ver-se de repente encostado às cordas. Foi uma fase "mazz(ou)inha" dos leões, a que tantas vezes assistimos já, para mal dos nossos pecados.

Não sei quem é que deu o grito a sério, ou mesmo o tremendo berro que ecoou em Alvalade, que colocou juizinho nas cabeças daqueles leões. O que sei é que resultou e a equipa rapidamente voltou ao registo da primeira parte e Montero acabaria por assinar o mais belo momento da noite, com um golo que vai correr a Europa. E não fora Carrillo ser meigo para o Salin e Capel descuidado com a linha de fora de jogo, até poderia ter sido uma goleada, que talvez o Marítimo não merecesse, pela fantástica réplica que deu.

As camisolas Stromp são bonitas e foram devidamente homenageadas e honradas, porque para além da alegria que oferece aos sportinguistas, parece que teremos de conviver com duas realidades:

Sporting e o insustentável vicio da emoção!... 
(link recomendado)

Leoninamente,
Até á próxima

Obrigado basquetebol do Sporting!...


"Na deslocação a Esgueira, naquela que foi a primeira saída da equipa sénior feminina, no Campeonato Nacional da 1ª Divisão, além da brilhante vitória - 36-66 -, há a salientar o excelente apoio que nos foi prestado pelo Núcleo Sportinguista de Ilhavo.

Além do acompanhamento permanente à comitiva, do apoio na bancada, tiveram a amabilidade de oferecerem o jantar e a ceia, no excelente "Rei das Migas", em São Bernardo.

A ABSCP agradece aos Sportinguistas de Ilhavo!"
(SportingBasquetebol, na sua página do FB)

Claro que as palavras sempre terão a sua relativa importância e do léxico leonino jamais constarão falsas modéstias. Estivemos lá, sim senhor, solidários com quem nos ofereceu o renascimento do basquetebol no Sporting e que, sejam quais forem as contingências com que o presente ou o futuro nos venham a surpreender, sempre ficarão nos nossos reconhecidos corações de sportinguistas, e com as nossas leoas, que apoiámos e a quem estamos gratos pela alegria e prazer que nos ofereceram.

Bem hajam portanto, Edgar Vital, Juvenal Carvalho, Raul Castanheira e Carlos Sousa, equipa técnica e atletas que nos priveligiaram com esta visita, a primeira de muitas, para nosso orgulho e satisfação. 

E aqui expressamos a nosso mais profundo sentimento, de que o que recebemos, foi incomparavlemente mais importante do que o pouco que possamos ter oferecido.

Obrigado basquetebol do Sporting!...

Leoninamente,
Até à próxima

Vamos Sporting! Tu és a nossa fé !!!...

Alvalade cheio é lindo !...

Hoje será dia de festa em Alvalade! A gloriosa camisola bipartida Stromp, equipamento alternativo e homenagem a Francisco Stromp, fundador, dirigente, jogador, capitão e eterno sócio nº 3 do Sporting Clube de Portugal, perfazendo 106 anos, após longo interregno, voltará a ser a ser a pele dos leões que Marco Silva entender colocar em campo, para receber o S.C. Marítimo, após três jogos longe de Alvalade.

A par dessa justa homenagem a Francisco Stromp, tudo aponta para que o estádio José Alvalade venha a estabelecer um novo máximo no total de espectadores, ao cabo dos primeiros cinco jogos oficiais de uma época. O melhor registo de Alvalade, para este período, está fixado em 167.443 e dado que às quatro partidas até agora disputadas, corresponderam 151.435 presenças, com toda a certeza que o anterior record será largamente ultrapassado.

Decorrente dos números que hoje se vierem a verificar e tendo também em conta que o próximo mês de Novembro será passado, quase na totalidade, "em nossa casa", será perfeitamente admissível que também a média de assistências, neste momento muito próxima das 38.000, possa vir a ser ultrapassada a muito curto prazo.
Fonte: Record 

Para além destes múltiplos motivos de interesse, fica a enorme expectativa dos sportinguistas, de ver fechado com chave de ouro, este fim de semana que nos premiou com algumas inesperadas decepções, em termos dos resultados alcançados pelo futsal e equipa junior de futebol.

VAMOS SPORTING! TU ÉS A NOSSA FÉ!!!...

Leoninamente,
Até à próxima

Taha Zareei, o amanhã é já ali !...



Dados pessoais


Nome: Taha Zareei
Nacionalidade:
Irão
Local de nascimento: Teheran
Data de nascimento: 20/11/1995
Altura: 1,88 m
Posição: Guarda-redes
Pé preferencial: direito
Clube: Naval 1º de Maio desde 30/08/2014
Contrato: até 30.06.2015

Está a cumprir um período de testes na Academia Sporting, sob o olhar atento de João de Deus, técnico principal da equipa B do Sporting. Joga actualmente na Naval 1º de Maio, da Figueira da Foz, que disputa o Campeonato Nacional de Séniores e se a avaliação se vier a revelar positiva e do interesse do Sporting, poderá resultar na sua contratação a custo zero, já em Janeiro, quando reabir o mercado de transferências.

Segundo Carlos Queiroz, actual seleccionador nacional do Irão, que o conhece bem, Taha Zareei será o guarda-redes com mais potencial do Médio Oriente.

O amanhã é já ali!...


Leoninamente,
Até à próxima

sábado, 25 de outubro de 2014

Porque Nani é top mundial !...


"Nani é top mundial. [...] O Nani joga com o cérebro. Analisa o contexto, e decide em função dele. Tem mil soluções diferentes. Sabe quando segurar, ir para cima, soltar ou prender. [...] Joga o que o jogo lhe dá. E quando parece apagado é porque os adversários lhe sabem fechar o espaço e ele faz a bola rodar por espaços mais livres. Não força o que lhe dará insucesso. Mesmo sendo em criatividade e níveis técnicos bem superior. Para ti está apagado individualmente porque não partiu os adversários, mas colectivamente se calhar deu coisas boas à equipa fazendo a bola entrar noutros espaços. Revê o jogo na Luz, por exemplo. Não perdeu uma bola e quando surgiu o momento, colocou o Slimani na cara do Artur. Foi uma em um. É por isso que provavelmente no final da época estará de regresso ao United para o seu 9º ano..."

E Nani voltou a jogar no Sporting! Entrou em pés de lã, quase com vergonha de que dessem por ele, mas sempre disposto a dar tudo o que tinha dentro de si, pelo seu Sporting! Atravessou-se a Adrien no penalti e falhou. Mas Adrien disse o que tinha de ser dito, como um leão, e já nenhum sportinguista se lembra desse episódio. Porque entrou pelos olhos dentros de todos que é um privilégio ter Nani connosco, mesmo que seja apenas por uma época. Porque ele é de outra galáxia e terá todo o direito de continuar a ser feliz, obedecendo apenas e só, àquilo que o seu coração lhe ditar...

Mas quando partir e se partir, seja para onde for, Nani poderá olhar para trás orgulhoso. Porque o espírito que ele deixará como legado aos seus companheiros, a dimensão de grande equipa que trouxe e ofereceu ao Sporting, nenhum deles alguma vez mais esquecerá ou deixará escorregar por entre os dedos como areia seca. Chama-se mística e associada ao talento, resulta naquilo que temos perante os olhos: a transformação de um conjunto recheado de talento, numa equipa poderosa e temível, onde quer que se apresente e perante qualquer adversário, interno ou externo.

E o trabalho nem a meio irá ainda! Marco Silva sabe-o bem, como sabe o privilégio que lhe foi concedido, na primeira vez que se viu com uma equipa da dimensão do Sporting nas mãos: ter Nani como "ideólogo" do seu projecto, será uma aventura que só os deuses saberão se voltará a repetir na sua ainda curta mas inegavelmente promissora carreira.

Nani alimentará um sonho! Quase certo que igual ao de mais de três milhões de sportinguistas! Quem sabe se não o concretizará?!...

Leoninamente,
Até à próxima

PUBLICIDADE