quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Acérrimo e inveterado "brunista" ?!...


"... Quanto às questões de fundo, a nova eleição, terá sido decidido que deve vir a ser escolhido um dos presidentes dos clubes profissionais, para presidente da Liga, afastada a ideia de que melhor seria ter um político hábil, capaz de dirigir, negociar, influenciar. Não há, ao que parece, candidatos escolhidos ou pré-determinados. A reunião decidiu o que se queria, mas falta agora uma reunião para decidir o que se quer.

A questão, como sempre, centra-se em figuras e não em projectos, planos, transformações estruturais da gestão amadora e ruinosa da Liga, que pretende sustentar um futebol insustentável e que é uma autêntica trapalhada de modelos.".
(Vitor Serpa, editorial de A Bola)


"Não é preciso os três grandes estarem em uníssono, não é preciso o consenso dos três. Para melhorar o futebol, aí sim, é preciso o Sporting. Para fazer estas coisas o Sporting não faz falta. O Sporting continuará na sua senda, com as suas propostas, que mais cedo ou mais tarde os clubes vão perceber. O dinheiro não cai do céu." [...]

É preciso primeiro pensar numa estratégica comum e só depois em candidatos que possam servir esses mesmos objectivos definidos entre todos. Tínhamos uma oportunidade única e há uma preocupação em fazer isso de forma rápida. Mas acenou-se com o bicho-papão e os clubes não vêem mais nada. Depois se o futebol melhora... logo se vê! Houve um documento que o Sporting não assinou, por pensar primeiro num modelo e só depois ver quem é a pessoa ideal. Não encravámos processo nenhum. Pode ser que aproveitem alguma coisa dos documentos do Sporting...".

Estou muito preocupado! Algo de muito anormal se passará na mente de Vitor Serpa, tal a evidência do seu pensamento parecer decalcado daquilo que há muito é preconizado pelo presidente do Sporting Clube de Portugal: "o céu é azul e a água é molhada"!

Por este andar, ainda aparecerá alguém a acusar o director do jornal A Bola, de acérrimo e inveterado... "brunista" !...

Leoninamente,
Até à próxima

2 comentários:

  1. Vítor Santos terá muitos defeitos, mas é um entendido em futebol, gosta de futebol e defende o futebol, ainda que esta defesa lhe custe, algumas vezes, uns quantos incómodos. É um jornalista muito respeitado e ainda que aqui e ali lhe surjam, por vezes, uns laivos do "seu" clube, não abdica da defesa da sua dama, o futebol.
    Por isso e neste caso concreto, é minha opinião que VS não está ao lado de BdC -VS está, uma vez mais, ao lado do futebol. Nós, sportinguistas, apoiamos BdC porque reconhecemos que as suas propostas defendem o futebol.
    Além disto, ainda há pouco tempo VS expressou ideias coincidentes com as de BdC.

    Reportando-nos, agora, ao caso da Liga: mas em que raio de empresa a administração escolhe um nome para CEO antes de ter um projecto e um plano delineados?
    A não ser que as eminências pardas do nosso futebol:
    1º nomeiam o "seu" (deles) cardeal;
    2º convidam-no a apresentar umas quantas ideias;
    3º umas ideias aprovam, acrescentam mais uma por pressão do clube A;
    4º acrescentam uma outra por pressão do clube B
    5º quando o cardeal diz "assim não sou capaz, respondem~lhe "ó homem, não se preocupe,
    mantenha é os conselhos de disciplina e de justiça a funcionar ao ritmo que necessitamos"
    6º E finalizam, esclarecendo "ah! e avise lá o vitinho dos árbitros que não pode andar a fazer
    nomeações à balda, ele tem que o consultar primeiro".
    Andarei longe da verdade ou essas eminências pardas estão a prepara-se para reeditarem os tempos de Cunha Leal e de Guilherme Aguiar? Ou, mais sofisticadamente (andam tãããooo " amigos", quem diria?) descobrem um pau mandado que faça o 2 em 1 ?

    Amigo Álamo, com toda a sinceridade lhe digo que é grande o meu receio de que não faltará muito para que, nas nossas principais Ligas, haja resultados combinados.
    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como quase sempre, cá estou eu a subscrever outro excelente comentário do amigo Liondamaia.

      Porém desta vez, a meu ver, faltará um dado ao seu "estudo": a vertente económico/financeira! Os clubes nunca atravessaram um deserto tão inóspito e longo! Falta a "água" e... COMO NÃO SÂO CAMELOS, perecerão na travessia!!!...

      Abraço e SL

      Eliminar

PUBLICIDADE