sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Não havia nenhuma necessidade, senhor António Dias da Cunha!!!...



Terei de confessar, sem pruridos e atavismos estéreis, que António Dias da Cunha terá sido o único Presidente do Sporting Clube de Portugal, ao longo de toda a demasiado longa e dolorosa "era roquettista", que me mereceu respeito pela sua postura, admiração pela coragem da denùncia do "sistema corrupto do futebol português" e alguma benevolência, pese embora alguma insatisfação, pelo trabalho desenvolvido no Clube.

Nesta condição, entendo como absolutamente escusadas, extemporâneas, deselegantes e desnecessárias as suas últimas afirmações:

"Infelizmente o futebol é a única coisa que está a ser bem gerida, falo da parte desportiva. A forma como se está a comportar em relação aos seus antecessores, com a apresentação da auditoria na assembleia geral, é de uma profunda demagogia. Ao contrário do que apregoa, não está a unir os sportinguistas, mas a dividir, está a criar um Sporting rasca, devido ao preconceito em relação aos que o antecederam."

O SPORTING CLUBE DE PORTUGAL, nunca será um clube rasca!...  

Não havia nenhuma necessidade, senhor António Dias da Cunha!...

Leoninamente,
Até à próxima

7 comentários:

  1. O problema do SPORTING é este mesmo... é que há sempre gente pronta a "mandar bitáites" mesmo quando deve estar calado... E se têm alguma coisa para dizer..., pois que o façam mas em prol do clube... o que raramente acontece... Aliás..., correndo o risco de ser injusto com alguns, ONDE ANDA ESTA GENTE QUANDO O SPORTING JOGA...???

    É que as bancadas são o local próprio para se fazerem ouvir e GRITAR BEM ALTO... p.ex. "E O SPORTING É O NOSSO GRANDE AMOR..."

    Mas não... colarinhos brancos e afins... só sabem fazer barulho para nos tentar dividir... ( NÃO VÃO SER BEM SUCEDIDOS) - Se alguma coisa deviam ter aprendido com os "outros" era a estarem calados... Não falo de unanimismos... mas de LEONINIDADE...!!!

    CALEM-SE C******...!!!

    é por estas e por outras é que........ - e não são os tribunais civis que sabem...!!!

    "...preconceito em relação aos que o antecederam..." oH senhor ex-presidente... o problema é que os que o antecederam iam acabando com o clube que move milhões de pessoas, que nada dele tiram e tudo a ele dão.. ao contrário dos que "...o antecederam..."

    SL

    ResponderEliminar
  2. Tristeza!
    Tristeza é o meu sentimento por estas declarações de António Dias da Cunha, um dos poucos presidentes desta última década que me merecia respeito.
    Independentemente de algumas "partes gagas" que foi deixando ao longo dos tempos -e que eu considerava "imagem de marca"- vi sempre em ADC um acérrimo defensor do Clube e, pelo que ajudou, o meu bem haja.
    Contudo, desde que BdC chegou à presidência, aqui e ali este "ex" foi deixando pelo caminho alguma diarreia, aqui e ali, compreensível, justificável, até, mas surpreendente se se atender ao silêncio crítico nos tempos de Bettencourt ou de Godinho.
    Agora...perdeu o tino, só pode. No afã de criticar BdC, nem se dá conta da borrada que deixou escapar -é daquelas coisas que às vezes deixamos escapar...e nos descobrem a careca!
    Ó senhor doutor António Dias da Cunha, então um Sporting popular, um Sporting dos sócios, é um Clube rasca?
    Pouca vergonha a sua, senhor doutor! De certeza que serão pouquíssimos os sócios capazes de se reverem nessas palavras. Pois é, ao que parece, bom, bom, era aquele Clube amorfo, já sem alma, motivo de gozo para os seus adversários e a caminho do fundo, mas que sabia respeitar a nobreza que antes o governara. Então, à arraia miúda restava (con)viver com a vergonha do presente, com o gozo dos adversários.

    Mas o senhor doutor António Dias da Cunha esqueceu um elemento fundamental -ignorou-o, mesmo: a força dos sócios do Sporting Clube de Portugal! Pois, pois, esses que choram, que sofrem com cada derrota, que são capazes de tirar algum pão da boca para ajudar o seu Clube!
    Muitos têm dificuldade em pagar quotas de 6 e 8 euros, senhor doutor -são mesmo rascas, pois são?
    Mas são a alma do Clube, sabe? Cada vitória, por insignificante que seja, de uma das nossas equipas, deixa-nos felizes, extasiados.
    São eles que, jornada a jornada, dão vida às bancadas de Alvalade, transformando cada jogo numa festa.
    São eles que hoje dizem na rua, com orgulho, "Sou Sporting".
    São eles que hoje ouvem na rua "ó pá, o teu clube é rasca!" - graças a si, excelentíssimo senhor doutor António Dias da Cunha. E quer que o nosso popular BdC vos trate com respeito?
    Ó senhor doutor, vá-se catar lá para o seu quintal, as suas pulgas incomodam tanto como as dos plebeus.

    ResponderEliminar
  3. Estou a ver o caminho que o clube verde está a seguir é o do "ou estão comigo, ou estão contra mim".
    Apesar do elogio de um lado, não se admite critica pelo outro lado.
    Não é preciso unanimidade.. apenas quem não concordar que fique calado.

    clube deprimente e de gente triste!

    ResponderEliminar
  4. Olhe que não, anónimo, olhe que não!... Olhe os telhados de vidro! Cuidado!...

    ResponderEliminar
  5. Para mim, confesso, foi uma grande desilusão esta "saída" do dr Dias da Cunha...
    De todos os que ao longo de décadas geriram o Sporting, era o dr Dias da Cunha, aquele que mais respeito me merecia...
    Foi ele o único a dar uma "pedrada no charco" em que se tornou o futebol português...
    O Dr Dias da Cunha é claro que não é obrigado a gostar da governação do Bruno de Carvalho, mas devia como sportinguista saber que não é o melhor para o Sporting neste momento, "fazer coro" com todos os que nos querem reduzir à expressão mais simples...

    O dr Dias da Cunha como gestor que é e foi, deve concerteza querer que quem fez uma gestão danosa do Clube, deve responder pelos seus actos...

    Se ele geriu o Sporting com saber e devoção, deverá gostar que na auditoria o seu nome fique fora das "rebaldarias" financeiras em que muitos mergulharam o Sporting...

    A mim pouco me importa que A ou B sejam "presos" ou chamados a ressarcir os prejuizos que causaram ao Sporting, desejo é que sejam apurados os factos, até para que de futuro se saiba, que o Sporting não é uma "coutada" onde se possa "caçar" à vontade de um qualquer gestor de "trazer por casa", mais preocupado em "cuidar" (ou não), dos seus interesses pessoais ou dos amigos em vez de defender intrasigentemente os interesses do leão...

    É claro que a muitos saberia melhor que fosse colocada uma pedra sobre o assunto...e se fosse em frente...
    Só que o problema é que dessa maneira, os sócios nunca saberiam o que efectivamente aconteceu ao longo de décadas ao Sporting e pelo menos eu como sócio com as quotas sempre pagas na totalidade e algumas vezes o fiz com algum sacrificio, não me satisfaz saber que alguns prejudicaram o Sporting por má fé, ou simplesmente por incapacidade e que se fez tábua rasa do assunto...

    Não quero saber o que a justiça fará a seguir, mas quero saber tudo...o que levou o Sporting ao estado em que o deixaram...

    Quanto ao BC, pelo muito que já fez pelo Clube, até lhe desculpo uma ou outra coisa que deveria ter sido "melhor pensada" antes de ser dita...se levar a sua cruzada até ao fim, sempre na defesa dos mais altos interesses do Sporting...!!

    SL

    ResponderEliminar
  6. Infelizmente vivemos num país, num clube, numa sociedade do faz de conta...
    Quando Godinho Lopes prometeu fazer uma auditoria interna:
    http://www.maisfutebol.iol.pt/sporting-godinho-lopes-auditoria-sporting-sporting-lisboa/520bd6fe3004b157905230fd.html
    Muitos se levantaram e bateram palmas como sendo uma coisa prioritária. Ele prometeu isto para ficar bem, assim como fazem todos os gestores . Fez a auditoria? Acho que não. Apresentou-a? Não, não se pode apresentar uma coisa que não existe.
    Todos os presidentes do Sporting quiseram com certeza saber como foi a gestão da anterior direção, mas como vivemos num mundo do faz de conta, diz-se uma coisa destas para parecer bem mas depois não se faz nada para não parecer mal. Porque os idealismos são muito bonitos da boca para fora mas quando é o "doa a quem doer" isso já não é socialmente benéfico porque desestabiliza... e assim vamos andando de geração em geração, neste mundo de aparências.
    Aparece Bruno de Carvalho, promete, faz e cai-lhe tudo em cima, porque ele devia ter dito mas nunca o devia ter feito... porque abre precedentes... a conclusão que se tira é a seguinte: "Isto até aqui não estava bom, mas mais vale continuar assim que procurar uma maneira de se ser melhor... dá muita convulsão social e o que é melhor é andarmos sempre com paninhos quentes".
    O argumento do apresentar na assembleia geral é tão ridículo... então ele ia apresentar onde? Populista como ele é devia era ser como, em conferência de imprensa na SIC/TVI/RTP em direto? Não devia ter metido na gaveta.
    Acusam o atual de ser uma pessoa divisionista e incendiária nos comentários e depois fazem o mesmo.
    SL
    Basco "O Leão cada vez mais f**** com esta gente toda!

    ResponderEliminar
  7. O sr. Dias da Cunha, vem dizer por outras palavras, que somos um clube de viscondes e viscondessas, e nós somos a plebe, reles e ordinária, que só serve para bater palmas, e tirar o chapéu, aos senhores dirigentes do Sporting. Não senhor Dias da Cunha. Como escreve a Liondamaia, nós a plebe, é que damos o coirão em Alvalade, sempre que o nosso clube joga. Eu sei que esta forma de estar, é uma afronta à aristocracia que tomou conta do nosso clube, com resultados perfeitamente catastróficos. Mas acabou-se, o Sporting Clube de Portugal,é de todos, repito de todos nós.

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE