quinta-feira, 16 de outubro de 2014

O "lamber de botas" de Carlos Barbosa da Cruz !...



A birra

Eu sei que não será a melhor altura, ou mesmo politicamente oportuno, abordar este tema, agora que o país está rendido de joelhos perante o Cristiano Ronaldo, que mais uma vez vestiu a pele de salvador da pátria. Mas há coisas que têm de ser ditas.

Cristiano Ronaldo recusou-se publicamente a falar à CMTV, porque alegadamente está zangado com o “Correio da Manhã”. É certo que este jornal, tal como os restantes media de todo o Mundo, vota ao mito CR um interesse recorrente. Admito até que nem todas as notícias sejam comprovadamente felizes. Só que o problema não é esse.

Cristiano Ronaldo hoje, muito mais do que um jogador de futebol, é um produto que se vende pelo Mundo inteiro e que entra nas nossas casas todos os dias; é a cara de campanhas publicitárias para a Bimbo, Linic, Armani, Herbalife, Pepsi, Castrol, Fuji, Modelo, Pepe Jeans, Nike, BES, Pro Facial Fitness, Relógios Time Force, Nissan e peco por defeito. Depois, por razões que ele saberá, é o próprio, que promove uma devassa pública da sua vida pessoal, expondo-a à curiosidade geral. Faz sessões fotográficas eróticas com a namorada, leva o filho a eventos públicos – até o utiliza em anúncios publicitários – isto para não falar nas indiscrições que ele e a família constantemente cometem sobre o mistério da concepção da criança.

Esta presença permanente de Ronaldo na comunicação social é sabiamente alimentada.

Esta presença permanente de Ronaldo na comunicação social é por ele e seus conselheiros, sabiamente alimentada, por forma a que a sua visibilidade nunca esmoreça; o fito é simples, ganhar dinheiro com ela. Não discuto os meios nem os fins. Limito-me a constatar factos e só espero que Ronaldo consiga ser remunerado em conformidade. Esta orquestração já vem de longe e, claro, tem dedo de mestre; não esqueço um certo verão em que um jovem Ronaldo foi sair umas noites em Los Angeles com a Paris Hilton – porventura a maior mercenária de aparições públicas – com aparatosa cobertura mediática (como é que eles souberam?), para que não fosse esquecido no defeso.

Ronaldo vende-se e faz vender e esta dependência simbiótica é tão inseparável como o caracol e a sua casca. Tem um contra: não pode reclamar para si a reserva de intimidade da vida privada, porque há muito que a alienou a troco de dinheiro. E claro, não dá para ter birras ou estados de alma contra os jornais; simplesmente porque carece de autoridade moral.
(Carlos Barbosa da Cruz, Canto do Morais in Record)


Eu também "sei que não será a melhor altura, ou mesmo politicamente oportuno", deixar por aqui a expressão de profundo desagrado e repulsa que me invadiram no final da leitura da infeliz crónica de Carlos Barbosa da Cruz. "Mas há coisas que têm de ser ditas".

Cristiano Ronaldo pode ter todos os defeitos que CBdC, deselegantemente, lhe atribui. Mas é um homem só, que veio de uma precária ou quase indigente situação económica, potenciada por atroz periferia, subordinada a um profundo défice democratico, que se tem sustentado de uma exaltação feroz de desigualdades culturais e económicas, felizmente em vias de extinção, que conseguiu alcançar a pulso, o patamar que hoje tanta inveja causará a CBdC.

Cristiano Ronaldo está em luta, contra uma poderosa máquina, ainda por cima estrangeira, da Comunicação Social portuguesa, que diariamente subverte os mais elementares princípios éticos e deotológicos, balizada apenas por objectivos mercantilistas, exibindo em permanência, os mais completos desprezo e desrespeito pelo povo que a acolheu, numa completa negação da contribuição que lhe deveria estar subjacente, na formação de uma consciência política sã e na elevação do, infeliz e dramaticamente pobre, índice cultural desse povo que, ironicamente, contribui para lhe aumentar os dividendos, enamorado por um sensacionalismo tão estúpido, quanto degradante.

Ao invés daquilo que sei, desconheço em absoluto os interesses que fazem correr CBdC. Mas do desprezível episódio que acaba de protagonizar, eu concluo sem a mais pequena réstia de dúvida, de que do alto do privilégio que a sociedade a que pertence lhe concedeu, do alto do seu título de advogado e de todas as concessões de que naturalmente não abdicará, a ganância e o egoísmo, ainda conseguem vencer a resistência que qualquer cidadão decente sempre oferecerá, ao humilhante cerimonial do... LAMBER DE BOTAS!!!...

Leoninamente,
Até á próxima

P.S. - Já depois de publicado o texto, o amigo António Gomes, remeteu-me para a composição do Conselho de Administração do Correio da Manhâ:

Conselho de Administração:Paulo Fernandes (presidente), João Borges de Oliveira, Carlos Barbosa da Cruz, Luís Santana, António Simões Silva, Alda Delgado e Pedro Araújo e Sá

Principal acionista: Cofina SGPS, SA (99,40%)~

Palavras para quê?! É um artista português!!!...
Mais do que "lamber as botas", vende a dignidade pelo "tacho"!!!...
Ainda haverá muita MERDA no Sporting!!!...

9 comentários:

  1. Carlos Barbosa da Cruz "é só" um dos membros do Conselho de Administração do "Correio da Manha" (sem til)

    Por isso se fosse a si não ligava muito ao que ele escreve sobre esse assunto

    http://www.cmjornal.xl.pt/mais_cm/ficha_tecnica/detalhe/ficha_tecnica.html

    ResponderEliminar
  2. Como é obvio defende-se sempre a sua dama, pelo menos quem não tem consciência e vergonha na cara.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigo António Gomes, escrevi o texto sem que me passasse pela cabeça o facto que acaba de me dar a conhecer, pelo que me orgulho do meu sexto sentido e outro nome não tenho para definir CBdC que... PORCO!...

      Eliminar
  3. Forte e feio, amigo Álamo, é mais do que justo o que acaba de escrever sobre CBdC.
    E sobre esse indivíduo, uma dúvida me surge agora: já seria ele administrador nos tempos do escriba manhoso?
    E se o era, que fez ele para suster a porcaria que o manha e outros acólitos quase diariamente debitavam sobre o Sporting?
    Isto de ser pregador em causa própria, dá nisto: caíu-lhe a máscara, definitivamente.
    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigo Liondamaia, sem certezas mas cruzando os dados que possuo e com enorme margem de segurança, já seria administrador nos tempos do "manhoso"! Só que a defesa do Sporting há-de ele colocar, SEMPRE, em último lugar. E se calhar, ainda há-de querer ficar com os louros de esse "manhoso" ter sido posto na rua! Mas sempre se há-de apanhar mais depressa um mentiroso que um coxo!!!...

      SL

      Eliminar
  4. É preciso não ter vergonha na cara! Mesmo sabendo-se onde ele pertence. Quem é que esta gente quer enganar... no século XXI não há ofendidas, quanto mais virgens...
    Já agora... gosto muito da maneira como escreveu MERDA com essa cor
    SL
    Basco "O Leão".

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim amigo Basco, nem ofendidas, nem virgens! O que há é PORCOS, FEIOS E MAUS!... E atrevem-se a intitular-se de sportinguistas!...

      SL

      Eliminar
  5. Carlos Barbosa da Cruz é administrador do correio da manha há muitos anos.A. Oliveira.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado A. Oliveira. Nada que nos surpreenda, mas preto no branco, traz a vantagem de podermos chamar os bois pelos nomes!...

      Vamos aguardar pela próxima crónica, de cutelo na mão...

      SL

      Eliminar

PUBLICIDADE