sexta-feira, 29 de abril de 2011

Pela verdade jornalística !...

Disputaram-se hoje em Almaty, no Cazaquistão, os dois jogos das meias-finais da "UEFA Futsal Cup", em que participaram o Sporting Clube de Portugal e o Benfica.
O Sporting defrontou o Kairat Almaty às 13.30 e jogo foi transmitido em directo pela RTP2. Após um jogo bastante disputado, os campeões nacionais em título, acabaram por vencer por 3-2 os casaques, apurando-se para a final a disputar no próximo domingo.
Por sua vez ao Benfica coube disputar pelas 16.00 os italianos do Cittá de Montesilvano, com transmissão directa na RTPN. Os italianos golearam os detentores do troféu conquistado o ano passado, por um claro 3-0 e vão defrontar o Sporting na final, a disputar no próximo domingo, também com transmissão televisiva, ao que suponho.
Tudo isto são acontecimentos normais em qualquer modalidade. Umas vezes ganha-se, outras vezes perde-se. É a vida !... E nós, sportinguistas, sabêmo-lo bem. Só que, para quem se recordar dos grandes títulos e primeiras páginas, com que os dois pasquins desportivos de Lisboa acompanharam no ano passado o percurso do Benfica até à conquista do referido troféu e acompanhar agora o (não)relevo dado à presença do Sporting na final, perguntará obviamente, qual a razão de tal discriminação.
 Pois, para quem tiver dúvidas, a razão está à vista: os resultados acabaram trocados em relação às perspectivas de quem dirige tais pasquins ! E os destaques que já estavam alinhavados para as primeiras páginas de amanhã, foram penosamente retirados e substituídos por outros destaques quaisquer, onde o vermelho apareça a menorizar tudo o que for verde ou mesmo azul !!!...
Até as edições "on-line", que bem recordo do ano passado, nem uma linha gastaram para falar do apuramento do Sporting e da eliminação do Benfica ! Obviamente !!!...
Quantas e quantas vezes me pergunto a mim mesmo, que raio de força é que os sportinguistas tem, que não são capazes de fazer um boicote a sério a esses pasquins ?!... Quando será que, todos juntos, renunciamos em definitivo à compra desses jornais vermelhos ?!... Se uma posição drástica desta indole, não pode, por motivos mais que óbvios, ser liderada por alguém, pessoal ou colectivamente ligado aos dirigentes do Sporting Clube de Portugal, quando será que vai nascer um movimento que mostre a esses senhores, que o seu mercado não são só os "não sei quantos milhões de benfiquistas", mas todos os desportistas portugueses em geral ?!...
Há uns anos, a equipa do Sporting, depois de roubos escadalosos da arbitragem, apresentou-se em determinado jogo, de que já não tenho memória precisa, com fumos negros nas camisolas. Sem pretender fazer uma análise correcta dos prós e contras da medida, nem das respectivas implicações legais ou morais, apenas quero dizer que esse gesto incomodou muita gente. Nesta condição, quando será que os sportinguistas decidem também "incomodar" as tiragens destes pasquins e, concomitantemente, as suas receitas e equilibrio financeiro ?!...  Se vão proliferando movimentos em prol da "verdade desportiva", com grandes ou pequenas adesões, consoante a óptica dos respectivos promotores, porque não "arrancar" com mais um que tenha por objectivo a reposição da "verdade jornalística ?!...
Leoninamente.

Até à próxima

quinta-feira, 28 de abril de 2011

Aplausos e reservas

Já aqui fiz a minha declaração pública de interesses: não foi em Godinho Lopes que coloquei o meu voto nas últimas eleições ! Mas isso é passado e hoje:

1 - Godinho Lopes é o presidente do meu Sporting Clube de Portugal. Aceito-o e desejo ardentemente que todas as sua acções redundem em clamoroso sucesso para o nosso clube.
2 - Aplaudi a desistência do candidato em que votei, da via judicial de contestação que empreendera e mais ainda a sua decisão de contribuir, no interior do clube e nos locais devidos, para que o clube se modernize e seja dotado de uma verdadeira "constituição", de modo a prevenir acontecimentos como os que envergonharam os seus sócios, adeptos e simpatizantes.
3 - Venho compreendendo e aplaudindo o "low profile" que o presidente e a sua equipa tem vindo a exibir no capítulo de renovação do plantel e constituição da nova equipa técnica. Começo a ver frutos dessa política, quando os  três - ou mais !... - "fabricantes diários" de contratações, hipóteses de mercado e vendas mirabolantes, parece terem perdido a saga quotidiana de fabrico de notícias. Dá ideia de que terão desistido. Ou então secaram as fontes habituais !...
4 - Como grande admirador de Izmailov, aplaudi o processo que conduziu à sua recuperação e renovação com o clube. E desejo-lhe os maiores êxitos.
5 - A fazer fé em algumas fontes que refuto de credíveis, aplaudirei a substituição na direcção máxima da Academia Sporting/Puma. Sai um apregoado benfiquista que pouco ou nada fez em prol do funcionamento e optimização da "menina dos nossos olhos" e entra um grande sportinguista que todos os sócios e adeptos respeitam e consideram. José Couceiro será, com muita margem de certeza, o homem certo no lugar certo. Pelo seu amor ao Sporting Clube de Portugal e pelo carácter, ponderação, "savoire faire" e profundo conhecimento do futebol, acredito que transformará a nossa Academia numa verdadeira universidade de futebol e da vida. Os frutos, que ultimamente deixámos de ver surgir com a frequência a que estávamos habituados, hão-de brotar de novo, para nossa alegria e para benefício da grande equipa sénior que todos desejamos.
6 - Não aplaudo e declaro profundas reservas à entrada no clube, em catadupa e sem qualquer tipo de planeamento ou objectivos precisos e claros, de ex-futebolistas do Sporting Clube de Portugal. Fala-se que alguns deles irão assumir a responsabilidade de treinar as diversas equipas do futebol da formação. Mas é legítimo perguntar, com que preparação e com que credenciais ? E os outros, o que irão fazer ?!... Penso que nem todos serão legendas ou ídolos perenes do nosso glorioso clube. Grande parte deles, vestiram a camisola verde às listas, mas o que lhes deve o Sporting Clube de Portugal, para além do que lhes pagou, pontualmente, ao longo de anos e anos ?!... Na ânsia de ir ao encontro de raízes e referências, não se estarão a cometer demasiados erros, que no amanhã poderão ter de ser pagos por preços incompatíveis com a capacidade do clube e com a menor valia que acabarem por revelar ?!... Aguardo com preocupação  o desenvolvimento e clarificação desta enxurrada e é grande o meu receio sobre a possibilidade de ela em nada vir a contribuir para a estanquecidade do departamento de futebol profissional de que o Sporting Clube de Portugal há tanto necessita.

 Aqui do meu canto, com aplausos e reservas, vou assistido ao desempenho presidencial de Godinho Lopes, na esperança de um Sporting Clube de Portugal diferente. Para melhor !...
Leoninamente

Até à próxima

terça-feira, 26 de abril de 2011

Izmailov até 2015 !...

E de repente, sem que nada o fizesse supor, Izmailov renova pelo Sporting até 2015 e dá uma entrevista no jornal do clube, onde afirma uma grande dívida para com o Sporting e adeptos e a sua firme intenção de fazer o possível e o impossível para a saldar !...
Tenho a profunda convicção de que este jogador faz parte do lote restrito de "grandes jogadores" que o Sporting Clube de Portugal tem actualmente nas suas fileiras. Não tem tido sorte com as lesões, nem com as sucessivas cirurgias e recuperações pós-operatórias. Ainda hoje os sócios e adeptos do clube não sabem tudo o que se tem passado com Izmailov em termos clínicos e psicológicos . Sabe-se que terá um temperamento difícil e que nunca teve os devidos e correctos apoios, em termos de compreensão, estimulo e recuperação psíquica, por parte das anteriores estruturas técnica e dirigente. Para que tudo isto tenha mudado e o jogador de repente tenha sido ganho para a equipa e para o clube, algo de bastante bom se terá passado em termos de relacionamento e apoio ao jogador. Será justo relevar a acção desenvolvida por José Couceiro. Terá estado neste homem providencial a salvação do homem e do atleta ?!...
Ainda é cedo para se poder concluir que temos finalmente Izmailov recuperado para o Sporting. Mas a indicação dada por esta renovação é muito boa. O homem está connosco e os indicadores do seu desempenho e atitude terão levado os dirigentes a não terem dúvidas sobre o seu futuro em Alvalade. Acresce ainda a subida da sua cláusula de rescisão. É reconfortante para quem, como nós, sempre vimos em Izmailov um dos melhores, senão mesmo o melhor jogador ao serviço do Sporting !
Por tudo isto aplaudimos, com esperança, esta nova etapa da carreira do jogador no Sporting Clube de Portugal.
Leoninamente !...

Até à próxima.

segunda-feira, 25 de abril de 2011

Garantidos na Champions !...

Um jornal desportivo noticia hoje o convite que o Sporting Clube de Portugal terá recebido para participar no "Next Generation Tournament", uma competição que envolverá equipas de sub-19 de 16 emblemas europeus e que apresentará semelhanças ao formato existente na Liga dos Campeões. Os responsáveis leoninos vão, durante a semana corrente, assinar o contrato de participação no evento, cujo arranque está previsto para 2012.
A prova resulta de uma aposta forte de vários investidores árabes e envolverá um conjunto de procedimentos similares aos usados pela UEFA na organização das suas competições. Sabe-se que decorrerá entre Agosto e Dezembro e que serão constituidos quatro grupos, apurando-se o primeiro de cada um deles, para a fase final a disputar em Abu Dhabi durante 10 dias.
O factor mais importante da prova, em particular para o Sporting Clube de Portugal, dadas as dificuldades financeiras conhecidas, é o de que os clubes convidados para integrar a prova, não terão quaisquer despesas com os voos e alojamentos das delegações. Acresce ainda o facto de serem aliciantes os proventos monetários a atribuir aos participantes.
Como no arranque da antiga Taça dos Campeões Europeus coube, no nosso país, exclusivamente ao Sporting Clube de Portugal a honra deste convite, comprovando não só a reputação do clube, como o prestígio alcançado em todo o mundo com a sua Academia.
Aguardemos o desenvolvimento do processo, com a expectativa inerente a uma prova desta envergadura, que bem poderá ser um poderoso substituto das provas que não se vislumbram em Portugal para as equipas B,  que o Sporting Clube de Portugal há muito vem reclamando.
Obviamente que este convite orgulha todos os sportinguistas. O meu aplauso para mais uma vitória do nosso glorioso clube.
Leoninamente,

Até à próxima

sábado, 23 de abril de 2011

Vamos aguardar ...

Pese embora a minha opção de voto nas últimas eleições não ter sido favorável ao presidente empossado do Sporting Clube de Portugal, Godinho Lopes, quer-me parecer, vem desempenhando as funções, que já nesse dia se adivinhavam difíceis, com algum equilíbrio e moderação. Não posso  ter a veleidade de pensar que alguma vez ele percorrerá os caminhos que eu desejaria para o meu Sporting. Julgo que essa capacidade não fará parte do seu "adn", mas tenho que lhe reconhecer uma vontade firme de fazer algo pelo clube, de mudar algo que todos nós sabemos estar bastante mal.
Com quase um mês de exercício no poder, não posso acusar Godinho Lopes de ter cometido algum erro maior, ou de ter desenvolvido alguma acção prejudicial aos interesses do clube. Se pecados cometeu, foram leves e prendem-se, em minha opinião, com a sua falta de capacidade para ser mais incisivo e severo nos julgamentos a alguns atropelos que o Sporting tem recebido do exterior. Mas tem a sua personalidade e terá há muito definido a sua melhor estratégia nos vários tabuleiros em que terá de intervir. Nesta condição, penso que se torna obrigatório por parte de todos os sportinguistas, concederem-lhe o benefício da dúvida e darem tempo ao tempo. O futuro há-de dizer da sua capacidade para recolocar o Sporting no caminho do respeito, por parte dos mais diversos agentes, que se habituaram a limpar os pés no tapete verde de Alvalade.
Tenho acompanhado com particular e cuidada atenção a sua postura, no que à renovação do plantel e equipa técnica diz respeito. Chovem críticas à indefinição, inacção, contemporização e laxismo que aparentemente estará a exibir. Os sportinguistas, cansados de tanto sofrer e de há muito terem deixado de assistir a bom futebol praticado pelo Sporting Clube de Portugal, estão sequiosos de novidades bombásticas, de aquisições fantásticas, de uma intervenção espectacular no mercado. Mas com a ligeireza que a sede atroz determina, não estarão, provavelmente, a apreciar devidamente aquela que eventualmente poderá estar a ser a melhor atitude que o Presidente do clube poderia tomar.
A Godinho Lopes seria extremamente fácil avançar e anunciar aquisições sonantes e dar a conhecer desde já, tudo o que ele e a sua equipa - Luis Duque e Carlos Freitas - já terão conseguido. Quer-me parecer porém, que terá decidido desde o início guardar no "baú", tudo o que já foi realizado e que traria alegria e satisfação aos sportinguistas, em troca da  estabilidade do plantel e da prossecução do único objectivo que ainda resta, o 3º lugar !
Se alguém disser que esta estratégia pode encerrar riscos diversos, talvez esteja perto da verdade. Mas quem tem que decidir, terá sempre de optar pelo mal menor. E eu penso que Godinho Lopes terá optado bem. Está seguindo de forma firme e convicta a linha que lhe pareceu a melhor e só o futuro confirmará ou não o acerto da sua decisão. Para mais,  se eventualmente foi esse o rumo que escolheu, nada o impede de continuar, no segredo dos deuses e bem longe das manchetes dos jornais, aquele trabalho que ninguém vê, valoriza e aplaude no imediato, mas que pode trazer uma contribuição importante para o clube.
Ironicamente, o processo que Godinho terá escolhido, encerra algumas vantagens. Nos últimos dias a CS trouxe-nos a notícia da decisão de um central brasileiro, que antes se tinha pintado de verde, de permanecer no Brasil em detrimento da vinda para o Sporting Clube de Portugal. Mais um mercenário de que nos livrámos e logo daqueles que gosta muito de falar. O SCP não tem necessidade de jogadores palavrosos, com "os pés no chão" e a "cabeça levantada". Necessita isso sim de, silenciosamente, colocar a bola na relva, tratá-la bem e enfiá-la de mansinho ou depressinha nas balizas dos adversários.
Vamos aguardar pelo final do jogo de Braga. Depois, em 3º ou em 4º, será o primeiro dia do resto das nossas vidas. E aí cobraremos ao presidente, ou aplaudi-lo-emos de pé, de preferência no local apropriado. Em Alvalade.
Leoninamente.

Até à próxima

Três vitórias !...

Hoje vou-me deitar com a alegria de três vitórias !...
Duas delas vieram do judo: João Pina e Joana Ramos afirmaram o ecletismo leonino e arrebataram duas medalhas para este pobre país cercado de crises. O João foi a confirmação da classe pura. Adivinhava-se é certo, mas todos sabemos que, mais difícil que chegar ao topo, é conseguir manter esse lugar. Ele conseguiu e teve a recompensa de ver a bandeira das quinas lá no alto e ouvir "A Portuguesa" !
A Joana foi a surpresa. Para nós, porque dentro dela, é quase certo que há muito morava a esperança. Não se ganha a prata de surpresa. Houve ali muito trabalho e sacrifício.
Aos dois a minha gratidão. Ao Sporting Clube de Portugal a minha certeza de que o ecletismo não é uma palavra apenas. É um caminho, que continua a afirmar a nossa grandeza!
A outra vitória é pessoal. Embora autodidacta puro, consegui colocar um bonito fundo, ferozmente leonino, sob o título deste blog, que também conta a partir de hoje, com um contador de visitas. Para muitos serão insignificâncias ... Serão, mas a vida é feita de pequenos nadas !...
Leoninamente,

Até à próxima

terça-feira, 19 de abril de 2011

E agora, ajudar a mudar ...

Como tinha defendido e desejado, Bruno de Carvalho assumiu a desistência da via judicial para impugnação das últimas eleições. Tendo em conta, exclusivamente os interesses do Sporting Clube de Portugal. Tudo está bem, quando acaba bem !
Agora, irá estar activo: ".... A nossa próxima iniciativa será de, a curto prazo, propormos uma alteração de estatutos ... e do regulamento eleitoral que permita o futuro funcionamento exemplar das assembleias eleitorais". Aplaudo com satisfação e desejo que o seu contributo seja forte e eficaz.
Contudo, desejarei vê-lo noutras frentes. Sempre na primeira linha, numa oposição construtiva, desempoeirada e sem complexos de qualquer ordem. Primando sempre pela elevação e pelo profundo respeito pelos Corpos Sociais  que, hoje por hoje, pesem embora as vicissitudes conhecidas, são o rosto do Sporting Clube de Portugal. Como a reserva moral escolhida pela "maioria" dos sócios, que naturalmente estarão atentos e lhe "exigem" já e agora, o "prefácio" de um futuro mandato.
Os actuais estatutos do Sporting Clube de Portugal, sendo irrefutável a necessidade urgente da sua profunda alteração, não impedem que, com inteligência, ponderação e fidelidade aos princípios sagrados do clube, um qualquer associado possa contribuir, nos locais próprios e adequados, para a revolução que há muito vive nos sonhos dos sportinguistas. Sem alaridos, fugindo à mediatização selvagem e adversa que tem envolvido - não por acaso! - o clube, esquecendo com magnanimidade ultrajes passados, tendo sempre presente o grande amor que o Sporting Clube de Portugal lhe merece e no qual os seus eleitores acreditaram e acreditam, Bruno de Carvalho pode ter um papel importante no Sporting de hoje e estará, acredito, a construir o seu próprio futuro, como presidente de todos os sportinguistas.
Como o desejo !
Leoninamente !...

Até à próxima

segunda-feira, 18 de abril de 2011

Porto 3 Sporting 2

Foi um jogo com muitos erros, alguns de palmatória !...
Evaldo, fora de forma, displicente, desconcentrado e ... Falcao empata.
Polga, como há muito nos vem habituando, sem classe, sem garra, sem impulsão e ... Falcão faz o segundo.
O sr. Artur árbitro inventa uma falta contra o Sporting, na lesão de Helton, quando o homem chocou com o seu central e a bola foi para canto.
Valdês isolado permite a recuperação de Sereno e remata ao lado.
O sr. Artur árbitro teve um momento de falha de visão e não vê o penalty claro cometido por Rolando.
José Couceiro vem com ideia peregrina de que devem ser trocados os bancos de suplentes.
Finalmente Carlos Freitas vem imitar tripeiros e lampiôes e "entra" na guerra das arbitragens, provavelmente a preparar terreno para a nova época. Parece-me excelente estratégia, só que nem é original, nem me revejo, como sportinguista, em tais processos.
Muitos erros. Nossos e alheios.
O Porto fez o que lhe competia. No Sporting, não se podem fazer filhoses de água.
Um aplauso para Marat Ismailov, pelo seu regresso e por ter salvo os centrais de sofrerem ainda outro golo.
E esta época nunca mais acaba. Tanto tempo que ainda terei de continuar a suportar o suplício de ver o meu Sporting a cometer tantos erros !... Já não suporto ver certos "caras" de verde às listas !...

Leoninamente

Até à próxima

sábado, 16 de abril de 2011

Aqui do meu canto ...

Aqui do meu canto, quero endereçar uma palavra de aplauso a Bruno de Carvalho !
Embora reconheça alguns contornos de verdade e de justiça na acção judicial empreendida, não a aplaudi e sempre suspeitei do beco sem saída a que acabaria por conduzir. Nesta condição, o prosseguimento da mesma noutras instâncias, equivaleria a um erro ainda maior, com potenciais prejuízos para o S.C.P. e para o próprio Bruno de Carvalho.
Nas declarações que recentemente prestou à Lusa, BdC parece ter reencontrado o trilho mais correcto. O bom senso que começa a revelar reverterá, com muita margem de certeza, em benefício para o clube e para a própria imagem pessoal. Porém, penso que seja o tempo de enterrar definitivamente o machado de guerra e concentrar todas as suas forças e capacidades naquilo que, hoje por hoje, é importante para o Sporting Clube de Portugal e para toda a família sportinguista e que passa, fundamentalmente, pela urgente alteração estatutária, de modo a que não mais seja possível a repetição das "inconformidades" que estiveram na origem do triste espectáculo da noite das eleições. Quer-me parecer que esta mudança talvez seja mais importante e urgente que a vertigem dos títulos. Para que a vergonha não se repita daqui a três anos e os sportinguistas não mais voltem a sentir o desânimo e a impotência desse dia de má memória.
É urgente repor a regra máxima da democracia de um homem um voto ! Como urgente se torna descentralizar o voto e permitir que cada sportinguista possa votar sem ser obrigado a deslocar-se à capital. Porque somos o Sporting Clube de Portugal ! De Lisboa a Vila Real, de Ponta Delgada ao Funchal, de Dili a Brasília, Luanda, Maputo, Cidade da Praia ou Bissau, ou ainda de Madrid a Paris, Nova Iorque ou Otava.
Pedi a palavra para dizer, que um passo atrás, pode ser a razão da vitória no futuro e que muitos sportinguistas que, como eu, votaram em Bruno de Catvalho, esperam isso.

Leoninamente.

Até à próxima

Hoje é o primeiro dia ...

Hoje é o primeiro dia desta aventura leonina.
Porque é uma aventura mesmo e porque sou leão desde que me conheço.
Aventura será, pela razão simples de não dominar como desejaria as técnicas deste novo universo.
Mas leoninamente, pretendo fazer deste blog uma forma de me dirigir a quem, dentro ou fora do Sporting Clube de Portugal, merecer o meu aplauso ou a minha reprovação.
Quero em cada dia imaginar-me em Assembleia Geral e ... pedir a palavra ! Aqui pelo menos, tenho a certeza que direi aquilo que quizer e quando me apetecer. Leoninamente !...
Tentarei sempre subordinar  os meus impulsos pessoais aos superiores interesses do meu Sporting Clube de Portugal, . Mas serei cáustico e impiedoso, sempre que sentir ou pressentir a mínima beliscadela na gloriosa instituição leonina. Não suporto lamber as feridas.
Procurarei estar em permanente actualização e "pedir a palavra" sempre que se justifique, sem a preocupação de "falar todos os dias". Apenas quando e quanto necessário.
Até à próxima.

Leoninamente

PUBLICIDADE