domingo, 17 de janeiro de 2016

Dias Ferreira: há quem nunca chegará sequer ao nível dos seus sapatos!...


"Doyen? Não vamos pedir dinheiro a Benfica e Porto"

«A decisão do TAS em penalizar o Sporting relativamente ao diferendo por Rojo foi um dos temas abordados por Dias Ferreira numa entrevista concedida aoDesporto ao Minuto. Mas o antigo dirigente comentou ainda a renegociação das VMOC e o acordo conseguido por Bruno de Carvalho com a NOS para venda dos direitos televisivos.

Desporto ao Minuto: Como observou a decisão do TAS relativamente ao diferendo entre a Doyen e o Sporting?

Dias Ferreira: Ao contrário da maioria das pessoas que comenta, que nem percebe sequer do que se trata, eu não me pronuncio. O que lamento é que haja advogados que discutam o processo como se não fosse normal contestar contratos em tribunal. Eu vivo disso e acho que é normal. Contratos até o Governo os rasga.

Desporto ao Minuto: Não teme que estas decisões venham a afectar o clube até financeiramente?

Dias Ferreira: Não se preocupem com os montantes que possamos dever. Nós não vamos pedir dinheiro a ninguém, nem ao Benfica, nem ao Porto. Os outros que não se preocupem se o Sporting tem pagar à Doyen. Dói-lhes muito? Não se preocupem.

Desporto ao Minuto: Recentemente, houve quem alegasse que o Sporting tinha uma relação de privilégio por ter conseguido renegociar as famosas VMOC. Que tem a dizer sobre este tema?

Dias Ferreira: Houve a inteligência e o prestígio para se fazer um acordo e adiar esse pagamento. É normal, mas parece que não é normal quando se trata do Sporting.

Desporto ao Minuto: O acordo que o Sporting conseguiu com a NOS para venda dos seus direitos televisivos foi, porventura, o melhor dos três grandes. Qual é a sua posição sobre este tema?

Dias Ferreira: Acordo? Dá muita dor de cotovelo porque todos pensavam que o Sporting não seria capaz de um negócio daqueles. Não me importa se é maior ou melhor, interessa-me é que foi bom para o clube. Para mim, foi um negócio bom. Onde se vai aplicar o dinheiro? Quem lá estiver é que tem de decidir isso, se é para pagar aos bancos é decisão de quem dirige ao clube.»
(Dias Ferreira, Entrevista a NotíciasaoMinuto)

Começam a escassear palavras para expressar a admiração e gratidão que me merece a figura e a postura desse grande sportinguista que, inquestionavelmente, é José Eugénio Dias Ferreira!...

Num contexto particularmente difícil para o glorioso Sporting Clube de Portugal, obrigado a enfrentar desgastantes, justas e duras batalhas, tanto interna quanto externamente, decorrentes da firme e decidida acção de uma estrutura dirigente apostada em reconduzir o Clube à posição  que por valor e direito já foi sua e sujeito por isso a todos os inclassificáveis ataques de quem sente nesse propósito perigar o seu recente estatuto, quantas vezes alcançado à custa de caminhos ínvios e contrários aos valores e princípios que deveriam reger o Desporto e a Lei, e perante o natural esgotamento e fragilidade dos leões mais envolvidos nessas duras frentes, logo outro leão, aquele que existe em Dias Ferreira, levanta a sua voz em defesa fraterna e solidária dos grandes ideais leoninos!...   

Um exemplo que deveria envergonhar muitos que, dizendo-se sportinguistas, nunca chegarão sequer ao nível dos seus sapatos!...

Leoninamente,
Até á próxima

5 comentários:

  1. Sempre simpatizei com a maneira franca como Dias Ferreira encara os problemas e os descute...

    Era disto que se deveria esperar de outros sportinguistas...

    Aqui o que conta verdadeiramente...é o Sporting e Dias Ferreira que certamente muito melhor do que eu deveria saber o estado deplorável em que se encontrava o Sporting...
    Como bom Sportinguista que é e até mesmo reconhecendo também em Bruno Carvalho alguns defeitos (quem os não tem...?) sabe também que ele e a sua equipa dirigente, fez o Sporting "inverter a queda no abísmo" que todos esperavam...

    Também penso como ele, deixem lá estar que o Sporing há-de resolver as suas questões com a Doyen, que não se preocupem connosco...nós não lhes ficaremos gratos...por assumirem as "dores alheias"...

    Obrigado dr Dias Ferreira ...
    E já agora em aparte...ainda hoje estou admirado como Dias Ferreira conseguiu sair da TV...sem dar antes um murro na "cabeçorra" do "papagaio da SiC" o Rui gosma da selva...

    Ainda bem que saiu a tempo dr...!!

    SL

    ResponderEliminar
  2. Grande Dias Ferreira, eu sempre simpatizei com esta personalidade, lembro-me que qd era comentador no dia seguinte, percebi sempre o seu desconforto na presença de um pulha, como rui gomes da silva ( com letra bem pequenina) dia após dia a minha admiração por ele vai crescendo, é um exemplo para esses que se dizem Sportinguistas mas passam a vida ao ataque...

    SL

    ResponderEliminar
  3. Este é um verdadeiro Sportinguista, nunca se serviu do clube, e sempre lutou na defesa do Sporting, fossem quem fossem as direcções e presidentes. Episodicamente posso não estar de acordo com uma ou outra posição dele - ao longo destes anos - mas é um Leão e é destes que defendem o clube intransigentemente que precisamos. SL

    ResponderEliminar
  4. Este é um sportinguista a sério que sempre defendeu o clube. Lembro-me que é um homem corajoso que nunca virava as costas aos adeptos. Quando chefiou o Departamento do Futebol Profissional e as coisas não corriam bem, vi-o a enfrentar os adeptos, no exterior da mítica porta 10-A, argumentando e apaziguando a insatisfação dos adeptos (eu próprio)que protestavam, pelos maus resultados. Vi-o como uma excepção positiva do que era ser dirigente. Um dirigente à altura do Sporting Clube de Portugal.

    ResponderEliminar
  5. Quando se colocam os interesses do clube a frente de quaisquer interesses pessoais é assim claro, ou como diria o JJ limpinho limpinho limpinho!

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE