sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

Apenas e tão só porque o que afirma é a mais pura e límpida das verdades!...


«Apesar de discordar do estilo, do conceito, e até de acreditar menos do que muitos de vós no sucesso desta direcção, reconheço algumas coisas bem feitas e, porque quero ser justo, a construção do pavilhão será mesmo a grande 'bandeira' do seu mandato. A verdade terá que ser dita. Também por uma questão de honestidade intelectual. Sei que herdou um legado complicado. Outra verdade. Sei que trouxe para o Sporting uma nova geração que andava arredia, etc... Afinal é humano e tem feito coisas boas e outras menos. Faça-nos é um favor. Deixe-se do culto do 'eu'. Fica-lhe mal, entre muitas outras coisas, dizer que o Sporting, que não contava então, internacionalmente, até à sua chegada. Não renegue a História do Sporting...

Abaixo, numa descrição. Presunção e água benta...»




Subscrevo inteiramente o pensamento de Juvenal Carvalho. Não por ter o privilégio de com ele contar no meu círculo de amigos, ou porque é um sportinguista dos sete costados...

Apenas e tão só porque o que afirma é a mais pura e límpida das verdades!...

Leoninamente,
Até à próxima

12 comentários:

  1. O Sporting pós-Godinho não foi às competições europeias, pela primeira vez na sua centenária história.

    Creio que era isso a que se referia o presidente.

    E a julgar pelo caminho que o clube estava a levar, tão cedo não iria contar para a Europa.

    Eu não tenho memória curta. Foi há um par de anos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu gostaria que o caríssimo Valdemar Iglésias, em vez de crer, tivesse a certeza, como eu e todos os sportinguistas!

      Ninguém conseguirá alguma vez negar o peso de palavras erradas!...

      Eliminar
    2. Porém, amigo Álamo, que sempre acompanho, embora raramente comente,

      continuemos a ter espírito crítico, com o clube, o presidente, os jogadores.

      O clube é nosso, dos sócios e adeptos.

      Saibamos elogiar o que de bom foi feito por esta direcção, que foi muito, e criticar os erros, que também existiram, existem e existirão.

      Eliminar
    3. É o que venho fazendo em LEONINAMENTE, já lá vão quase cinco anos, meu amigo! E mais, posso confessar-lhe sem pruridos que me custa muito criticar quem apoiei desde 2011! Mas para este "velho leão", jamais alguém poderá colocar-se acima do Sporting Clube de Portugal, mesmo que em bicos de pés!...

      Em todas as religiões, constitui mandamento sagrado jamais invocar o nome do respectivo deus em vão! Sou agnóstico, mas sportinguista e hei-de morrer seguindo escrupulosamente um "mandamento" semelhante na "religião" que professo, tanto no meu comportamento, quanto no de qualquer outro adepto, mesmo que investido nas funções de Presidente, chame-se "bruno" ou "narciso"!...

      Eliminar
  2. Boa tarde,
    Apresar de concordar com este post, também acho que o que o Presidente se referia ao facto de o nosso clube não ter atenção das instituições lá fora. Foi infeliz na forma que usou, mas nada mais que isso.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aceito, caro Luís Antunes! Chamemos então INFELIZ, ao Presidente do Sporting Clube de Portugal e desejemos que afaste de si para sempre, essa INFELICIDADE, que parece não estar disposta a descolar dele!...

      Eliminar
    2. Concordo com o post. E até digo que se todos os que não concordam com esta direcção e presidente tivessem esta honestidade intelectual o nosso Clube seria uma maravilha. Também não gosto do "eu" minimiza o trabalho da restante direcção, mas isso é comum a quase todos os presidentes. Quanto ao reconhecimento internacional, penso que foi um lapso. todos os sportinguistas sabem que o Sporting é reconhecido internacionalmente, não só pelos vários títulos em diversas modalidades (futebol incluído) como também por ter uma das 3 melhores academias do Mundo que já formou 2 bolas de ouro Fifa. E BdC também sabe. E sabe que os sportinguistas sabem da grandeza do clube forjada ao longo de 109 anos! Portanto, penso que foi apenas um lapso. Faltou apenas a JC dizer o mais importante. A direcção presidida por Bruno de Carvalho SALVOU o Sporting Clube de Portugal! E por isso estou-lhe(s) eternamente grato! SL

      Eliminar
    3. O caro "anónimo das 18:32", com a palavra "lapso", pretenderá conseguir que seja classificada de "água pura", o "líquido turvo, lodoso e putrefacto" que todos os sportinguistas constataram! Pois que assim seja, terá toda a legitimidade para o fazer. Cada um terá a sua consciência: umas falam baixinho, outras gritam alto e bom som que... "o rei vai nu"!...

      Quanto ao que, na sua opinião, faltou dizer a JC, domino a língua portuguesa o suficiente para perceber que esse enorme sportinguista teve a "honestidade intelectual" capaz de lhe permitir... dizer tudo! E quanto a gratidão, será uma palavra como o sportinguismo: cada um mede-a a seu gosto e segundo o seu carácter!...

      Eliminar
  3. O Presidente nunca disse que o Clube não tinha ganho títulos internacionais mas sim que a projecção do Sporting internacionalmente era diminuta. Usou uma hipérbole mas não deixou de se referir a uma realidade que, felizmente, virá a alterar-se.
    A verdade é que é o futebol que dá projecção e o único título que vejo nessa lista referente ao 'desporto rei' data da década de 60.
    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ao caro "Grande Artista e Goleador", confessarei que não me parece que possamos classificar de hipérbole a frase: "Um clube que então, internacionalmente, não contava nada, ninguém sabia quem era o Sporting"!...

      Compreendo que "sinta e entenda" a figura de estilo que refere, como definição daquilo que Bruno de Carvalho proferiu. Reconheço-lhe, a si, esse direito. Mas terá que aceitar que para outros sportinguistas como eu, não tenha passado de um impropério, uma asneira, um disparate, uma tolice, um dislate, um desconchavo, uma baboseira, uma burrada, uma bacorada, uma pueril, rasteira e narcísica idiotice!...

      SL

      Eliminar
  4. É fácil comentar afirmações descontextualizadas. Dar-lhe-emos assim, o valor que quisermos.
    Eu desvalorizo....
    Com todo o respeito que tenho por quem não conheço, mas os comentários de Juvenal Carvalho, são show off.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já o mesmo não acontece comigo, caro "Cristiano Messi" - curioso e quiçá sintomático o nick! - e porque conheço o passado e o presente sportinguista, nas mais diversas áreas de intervenção, de que Juvenal Carvalho se pode orgulhosamente ufanar, sei que o seu comentário poderá ser tudo, menos "show off". Não desvalorize, não percorra os caminhos do protagonista desta "triste história", que poderá muito bem estar a desbaratar o capital de confiança que conseguiu, com mérito, dentro do formidável universo sportinguista: mais difícil do que chegar ao topo, será continuar a merecer por lá continuar!...

      Eliminar

PUBLICIDADE