segunda-feira, 14 de setembro de 2015

Calma, falta William Carvalho!...


Falta o instinto devorador

«O Sporting ganhou ao Rio Ave e cumpriu o essencial. Somou os 3 pontos que lhe permitiram (re)colar-se ao FCPorto na liderança e manter a vantagem de um ponto sobre o Benfica. Contra isto... batatas! O fundamental foi feito.

Mas, como sublinha Jesus, o Sporting é um grande. E essa grandeza faz com que arraste multidões – como destacou o treinador após mais um jogo fora em que pôde contar com precioso apoio – mas confere-lhe também responsabilidades. No caso de ontem, além da ‘obrigação’ de vencer, o Sporting tinha também o dever de evitar sofrimento suplementar aos seus adeptos.

Dois sentimentos resultam do jogo de Vila do Conde. Por um lado, a constatação de uma tremenda eficácia. Com apenas 3 remates, o Sporting fez 2 golos e ficou praticamente a salvo de qualquer dissabor. Por outro, ficou a certeza que ontem, como noutras ocasiões, foi por culpa própria que chegou a ter em perigo uma vitória que estava ‘garantida’.

Esta atracção pelo risco é estranha e deverá merecer reflexão imediata – provavelmente foi o que Jesus fez mal soou o apito final quando ficou sozinho, sentado no banco, durante alguns minutos – e sobretudo resposta adequada. Se a vitória em Vila do Conde foi uma lição de eficácia, a verdade é que este leão tem sido demasiado austero quando tem condições para ser mais ambicioso. Decididamente, tem andado longe do animal feroz que tanto promete. Consola-se com o pouco que conquista e depois passa por sofrimentos desnecessários. O faro de matador está lá, mas falta o instinto devorador.»
(António Magalhães, Entrada em Campo, in Record)


Subscrevo em absoluto o sentimento que António Magalhães expressa na sua crónica. Mas permitir-me-ia acrescentar o que estará farto de concluir e que, eventualmente, não lhe terá ocorrido no momento da sua elaboração!

Falta a Jorge Jesus o pêndulo, o fiel da balança, o chá de tília da defesa leonina e as costas quentes dos construtores do jogo e intérpretes do faro matador e instinto devorador que reclama:

Calma, falta William Carvalho!...

Leoninamente,
Até à próxima

4 comentários:

  1. Subscrevo totalmente o texto de AM, e sim, Amigo Álamo, é mesmo William, que tem faltado a este Sporting....Aqui ficam os meus desejos para que regresse o mais rápido possível e totalmente recuperado....

    SL

    ResponderEliminar
  2. Sim, sem dúvida, falta-nos William, o pêndulo da defesa/meio campo e ,,. e uma certa contratação, que a batota nos retirou...
    Mas falta pouco para voltarmos a ter o William connosco e faltará um pouco mais para o termos na sua plenitude.

    ResponderEliminar
  3. Falta porque tanto os dirigentes do Sporting como o próprio WC têm o cérebro atrofiado.

    Toda esta palhaçada das selecções já deu como resultado o afastamento da Champions com fortes prejuízos desportivos e financeiros.

    ResponderEliminar
  4. E falta Carrilho. Infelizmente a novela Carrilho já corre há muito tempo. Já há muito devia de ser encostado e treinar sozinho. Depois se quisesse entrar no bom caminho (de quem o tem ensinado e valorizado) muito bem, se não não brincava mais com os SÓCIOS e ADEPTOS sportinguistas. O tempo corre a seu favor e contra o Sporting. Os dirigentes não se apercebem disto? Estão à espera de quê? SL

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE