quinta-feira, 18 de maio de 2017

Veremos!...


JESUS E O FACEBOOK

«Bruno de Carvalho tomou duas decisões importantes esta semana: manter Jorge Jesus e abandonar o Facebook. A primeira é uma escolha que também terá consequências para si mesmo. Escrevi há uma semana que o ciclo de Jorge Jesus parecia esgotado. Porque o brutal investimento que o clube está a fazer no treinador, estando entre os mais bem pagos do mundo, só poderia resultar numa evolução rápida. Assim parecia estar a acontecer na temporada passada, assim não aconteceu nesta. Não foi este o entendimento do presidente do Sporting e oxalá seja eu a estar enganado e ele certo. A escolha, que respeita a promessa eleitoral de Bruno de Carvalho, tem um resultado óbvio: a ausência de resultados, já no próximo ano, recairá sobre o presidente. Não pode criticar os adeptos por serem benevolentes com os "meninos" das modalidades enquanto ele próprio absolve um treinador pago a peso de ouro de uma época catastrófica.

A outra decisão é positiva. Bruno de Carvalho queixa-se de uma confusão entre proximidade com os sportinguistas e o direito que outros sentem a incomodá-lo e a envolverem-se na sua vida pessoal. Não é confusão: estar demasiado próximo, fazendo desabafos nas redes sociais, leva ao imediatismo e à falta de ponderação. Por parte do dirigente e dos que a ele reagem. Por mim, que tenho elogiado o papel de Bruno de Carvalho como presidente e criticado o excesso de informalidade com que fala em nome do clube, penso que o fim da sua página de Facebook é um passo no caminho certo. Passado o modismo, os dirigentes de instituições vão aprender que a gestão dos seus perfis nas redes sociais deve ser feita por profissionais e para fins estritamente institucionais. De resto, são um perigo desnecessário.»

Se bem entendi Daniel Oliveira, Bruno de Carvalho tem uma propensão especial para, permanentemente, se envolver com os perigos! E mais grave que isso, invariavelmente desnecessários...

Como S. Tomé só quando colocar a mão na "ferida comunicacional", aparentemente debelada e enfrentando porventura um longo processo de cicatrização depois da "despedida facebuquiana", acreditarei na mudança. Contudo, como há muito se admitia como previsível e de há muito por aqui e noutros locais da blogosfera leonina fora alertado, as violentas ondas de choque provocadas pelo maremoto de uma desbragada comunicação, começam agora a chegar à praia. A demissão de Vicente Moura poderá muito bem ser apenas a ponta do icebergue. "Oxalá seja eu a estar enganado e ele certo"!...

Quanto a outro dos potenciais perigos que ainda vão envolvendo Bruno de Carvalho e falo de Jorge Jesus...

Veremos!...

Leoninamente,
Até à próxima

5 comentários:

  1. Caro Alamo,
    Mais uma vez uma excelente crónica do Daniel Oliveira a tocar em duas feridas do atual Sporting : comentários do BdC e permanência do iluminado das táticas.
    Em relação à primeira ferida concordo com o silêncio no Facebook até porque temos um diretor de comunicação que tem de assumir esse papel mas de uma maneira muito mais assertiva do que tem sido até agora! Fala-se demais no nosso clube!
    Em relação à segunda ferida, essa sim extremamente inflamada e sem cura à vista por parte do protagonista que já perdeu há muito tempo a confiança das bancadas de Alvalade.
    Ainda reside em mim uma secreta esperança que BdC dê o braço a torcer e engula o orgulho por algo que tenho a certeza que lhe vai custar muito : dar razão ao estado lampiãnico quando dizem que o JJ só ganhou no benfica pela estrutura e não pelo valor individual! Mas a verdade é mesmo essa. Atualmente qualquer Rui Vitória se arrisca a ser campeão no benfica!
    Outra ideia que me assola diariamente é que se calhar temos também o JJ a não querer assumir isso mesmo e daí também não ter muita vontade de bater com a porta!
    Casmurrices no meu entendimento!
    Mas a minha esperança mantêm-se que o nosso presidente acorde um destes dias de manhã a pensar que o grau de exigência que ele exige foi tudo menos cumprido pelo treinador da principal equipa do Sporting!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Levei quatro longos anos à espera que o nosso presidente acordasse um dia qualquer a pensar em ser um Presidente à altura do Sporting. Voltei a renovar agora os votos que lhe entreguei em 2013. Quando esperava algumas melhoras, vejo agora que a renovação do mandato o tornou ainda pior!...

      Já não tenho mais pachorra! Nem para um, nem para o outro!...

      Eliminar
  2. Caro Jubas, conforme o pedido expresso, não publiquei o último comentário. Compreendo a situação como ninguém: já lá vão 17 anos que enfrentei percalço semelhante, provavelmente com a mesma gravidade, senão mesmo maior e com as mesmas recomendações, que nunca cumpri, porque o Sporting é algo que jamais e em caso algum conseguirei colocar de parte! Talvez só na morte! Deduzo pelo comentário que terei idade aproximada à pessoa em causa e que o Jubas andará pela faixa etária do meu único filho. Isso e a forma como fui educado levam-me a digerir muito mal certos hábitos dos novos tempos. Julgo que não utilizará esse tratamento com a personagem central do seu comentário. De qualquer forma, mesmo reagindo mal, esforço-me por entender e relevar.

    Não poderá existir qualquer conflitualidade entre dois leões. Apenas divergências pontuais, que não deixarão de ser salutares. A tristeza será comum e a esperança também!...

    A gente vai continuar. Abraço e Saudações Leoninas

    ResponderEliminar
  3. Nem 48 horas passaram do reatar de relações com o FCP e no SCP só se vê é tiros nos pés de tal ordem que tudo está a ser colocado em causa e nem a 3 meses o presidente foi eleito com 86%.
    Mas a culpa desculpem é dele, que nunca soube moderar o seu discurso, colocou pressão em todos os atletas do clube de qualquer modalidade e provocou mal estar agora entre adeptos e treinadores do clube, ninguém está a salvo de poder planificar uma época e leva-la até ao fim com "tranquilidade" (lembram-se de quem dizia isto), pois é este presidente vai da euforia ao desespero/depressão em menos de uma hora, tem medo de decidir o quer que seja e ultimamente quando decide é mal!
    O problema é ele e quem lhe dá os améns, que vivem a mama do SCP.
    O clube nas mãos deste senhor até a credibilidade e honra está prestes a ser colocada em causa e acima de tudo está refém de JJ!

    Rui Reis

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Meu caro Rui Reis, sem questionar a sua posição, apenas quero lembrar-lhe que quem lhe deu os "améns" foram os sócios, há pouco mais de dois meses.
      A sua opinião é a sua, tem todo o direito a ela, queria apenas esclarecer este pequeno pormenor, passe a redundância.

      SL
      Edmundo Gonçalves

      Eliminar

PUBLICIDADE