segunda-feira, 22 de maio de 2017

Aqueles que não mudam suas mentes, não podem mudar nada!...



Leoninamente,
Até à próxima

3 comentários:

  1. do George Bernard Shaw gosto mais desta:
    "The reasonable man adapts himself to the world; the unreasonable one persists in trying to adapt the world to himself. Therefore all progress depends on the unreasonable man."

    em relação à citação do post: não há tique mais irritante na língua portuguesa do que a supressão dos artigos definidos. Desculpe lá o desabafo de velho, amigo Álamo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cumpre-me dizer, se ele mo permitir, duas coisas ao caro "Más Semilla": a primeira que o pensamento de GBS que aqui trouxe, não me seduz tanto quanto aquele que publiquei; a segunda, que partilho inteiramente com o meu caro leitor, a condenação à "mania" que os brasileiros tentam impôr a todo o transe na língua portuguesa - bastará atentar no NAO para ficarmos esclarecidos! - da supressão dos artigos definidos. Mas a imagem que publiquei, colhi-a por aí, enfermava desse atentado à língua de Camões e Pessoa e, por preguiça, não me abalancei a uma complicada e demorada operação de retoque.

      Desabafos de velhos que somos, mas orgulhosos daquilo a que Pessoa chamou a sua pátria e que jamais renegaremos!...

      Eliminar
  2. Um dia perguntei a um amigo brasileiro licenciado o que achava do acordo ortográfico e a resposta dele não podia ser mais elucidativa: "Acordo? Qual acordo? Não conheço nenhum acordo ortográfico. "Nóis" falamos português mas com mais doçura, é só uma questão de sotaque"
    Isto é verídico. A conversa foi num chat de um fórum internacional à cerca de 4 anos atrás.

    Em relação à mensagem, pena é que o destinatário não tenha a capacidade intelectual e humana para a entender.

    S.L.

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE