terça-feira, 23 de maio de 2017

Oxalá Jorge Jesus desta vez seja capaz de compreender!...


Lição de latim
Jesus e a etimologia

«Se Jorge Jesus não percebe a desilusão dos sportinguistas, então talvez valha a pena lembrar-lhe a origem da palavra. Negativo de "ilusão", "desilusão" significa, no fundo, a perda daquela. E aquela vem do latim "illusio", que equivale a "ironia". 

Não perceber a desilusão dos sportinguistas só pode significar duas coisas: que Jesus acha que a esperança de vencer nunca constituiu uma ilusão, mas uma convicção razoável (o que colide com os resultados apresentados); ou que não percebe que a convicção razoável tenha desaparecido (o que colide com a própria razoabilidade).

Tendo em conta a sofisticação demonstrada até ao momento, não me sinto tentado a creditar-lhe conhecimentos de etimologia. Pelo contrário, uma certa alienação, e de índole egocêntrica, não me parece tão descabida assim.

Já agora, "egocêntrico" também vem do latim e junta o termo "ego" ("eu") a "centrum" ("no centro de tudo"). Caracteriza, no fundo, a tendência de alguém para referir tudo a si mesmo, fazendo do seu eu o centro do universo.

Só para o caso de dar jeito.»


Já testemunhei mil e uma vezes e em múltiplas e variadas dezenas de locais, o recurso a uma variada caterva de argumentos, que variaram desde os mais sofisticados e chegaram a atrever-se a ir aos mais simples e "terra-a-terra", por parte das mais diversas personalidades, tanto hoje quanto no passado, no sentido de levar Jorge Jesus a descobrir o "shampoo" capaz de uma vez por todas, lhe conseguir lavar a cabeça. Nada feito! A única pessoa que parece ter alcançado tal desiderato, terá sido a cabeleireira responsável por mais uma das inúmeras e incorrigíveis vaidades do nosso "narcizinho"!...

Nesta crónica, pareceu-me assistir a uma curiosa e inusitada tentativa por parte de Joel Neto, de alcançar o que ainda ninguém se revelou capaz de alcançar!...

Oxalá Jorge Jesus desta vez seja capaz de compreender!...

Leoninamente,
Até à próxima

6 comentários:

  1. Caro amigo Álamo, não é querer catalogar o cavalheiro em causa, mas duvido que ele consiga entender a peça jornalística que motivou o seu post.
    SL
    Leão da Estrela

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro que de forma algo irónica, foi que pretendi demonstrar com o meu postal...

      SL

      Eliminar
  2. Depreendi da última conferência de imprensa do JJ que ele se acha no direito de pressupor que os Sportinguistas não estão desiludidos com ele, porque... Caramba... Só não ganhámos o título... De resto, diz a criatura, foram só coisas boas! Ao que isto chegou!
    Mais grave é que este ser que gravita ao redor do seu próprio umbigo acredita mesmo no que diz! Isto está a começar a roçar a esfera patológica! Este senhor está doente e entrou na fase da negação! Não consegue interiorizar os erros que comete e transforma-os em virtudes!
    E o problema é que quem deveria fazer o diagnóstico por ele ( porque o JJ é caso perdido), não contente com o descalabro, executa uma magnífica fuga para a frente!
    Que grande desilusão estás a ser BdC!

    ResponderEliminar
  3. Engracado, o homem quando estava no outro lado da segunda circular, era um virtuoso que entusiasmava tudo e todos, eu nunca gostei da personalidade dele, mas pergunto? O que e que nos sportinguistas ganhamos, em por a nu os seus defeitos, perante a opiniao publica?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Provavelmente não ganharemos nada "em por a nu os seus defeitos", mas haverá um aspecto que nos distingue deles: nunca seremos avestruzes, nunca enterraremos a cabeça na areia e jamais negociaremos a nossa dignidade, nem mesmo em troca do Sol! É a forma de estar de quem acredita que água mole em pedra dura...

      Eliminar
  4. Se há algo de que me orgulho e pretendo continuar manter ė liberdade de pensamento e critica seja a nível político, religioso, cultural ou desportivo. Sou sócio e adepto do Sporting mas não sou cego nem subserviente e penso sempre pela minha cabeça. Para quem me conhece dos vários blogs sabe que nunca gostei de Jorge Jesus, nem quando estava do outro lado. Não ponho em causa o homem, mas o profissional e a personalidade nunca foram e não são do meu agrado, embora lhe tenha concedido alguma margem para contrariar os meus pensamentos. Como ao fim de 2 anos, tudo o que ele fez veio realçar​ ainda mais o que já achava dele, só tenho de o criticar e mostrar o meu descontentamento, porque, para mim, nada nem ninguém está acima do Sporting.
    SL
    Leão da Estrela

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE