sábado, 13 de maio de 2017

Então o que dizer do Hotel Ritz?!...


A faca e o queijo

Tudo na mesma mão

«É possível que eu esteja a ler tudo isto à luz errada, e de qualquer modo ainda vai ser preciso esperar algum tempo até que não restem dúvidas sobre os resultados desta crise no Sporting. Hoje, o que me parece é que Jesus saiu fortalecido no status quo leonino.

Bruno de Carvalho criticou-o e criticou-o bem. Jesus é um grande treinador e faz agora um ano que quase operava um dos mais extraordinários milagres da história do futebol português. Mas era o que faltava o presidente de um clube como o Sporting não poder indignar-se com uma época tão miserável como a que agora finda.

Apesar disso, e menos curiosamente do que talvez fosse conveniente, Jesus conservou com facilidade não só o ónus, mas o próprio (digamos) privilégio da palavra sobre a sua continuidade. Vendeu a mensagem de que poderia ouvir outras propostas e ainda conseguiu mobilizar José Maria Ricciardi para um (vá lá) casualíssimo encontro de intercedência beata.

Já então os sinais apontavam todos no mesmo sentido: vitória do treinador. Teria de ser o inevitável post vespertino de BdC - sobretudo se fosse mal escrito, provando autoria efectiva - a declinar a impressão. Pois, feliz ou infelizmente, por cada burocrático sinal de autoridade há nele um ruidoso ponto de exclamação (ou outro superlativo qualquer) a brindar o treinador.

Quem saiba mais de semiótica poderá fazer melhor leitura. A mim, o que isto sugere é que Bruno de Carvalho quer muito reclamar a soberania, mas desconfia que não pode dar-se a esse luxo.

Resta saber porquê. Se é porque está demasiado amarrado ao treinador, contratual e estrategicamente, não será bom. Se é porque nem sequer concebe outra solução - e represente o Conselho Leonino o papel que nisso representar -, será pior.»
(Joel Neto, Opinião, in O Jogo)

Está decidido. Durante o próximo fim de semana não sairei de casa! Tenho duas tarefas ciclópicas para levar a cabo, qual delas a mais difícil...

Primeiro, conseguir fechar os olhos às invenções que Jorge Jesus vai levar para Terras de Santa Maria, de modo a conseguir regressar a Lisboa com o fatito em bom estado.

Depois, conseguir sair do labirinto em que Joel Neto me conseguiu enredar com esta crónica, sobretudo bem escrita, provando autoria efectiva...

E ainda dizem que o Facebook é o maior causador de divórcios!...

Então o que dizer do Hotel Ritz?!... 

Leoninamente,
Até à próxima

1 comentário:

  1. Eu quero mudanças...

    Mas nem quero JJ fora do Sporting...

    Nem quero BC de sdesivo na boca...

    Quero JJ vompenetrado de que no Sporting nuncs ganhará com "colinho" e por isso terá de colocar os melhores e não olhar a "estatutos"...
    Faça o que quiser... mas ganhe...

    Quanto a BC se tiver de falar que fale...
    Mss por favor...pense antes se não seria melhor ficar calado...

    Com isto quero dizer que BC será o meu Presidente para o Sporting, pelo menos nestes 4anos que se seguem...
    E JJ quero celebrar com ele ...aquilo que já espero há muitos anos
    ..

    SL

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE