terça-feira, 30 de maio de 2017

As dúvidas assaltam a nação leonina!...


É AGORA QUE SE COMEÇAM A GANHAR TÍTULOS

«Terminada a temporada, eis que os grandes se esforçam e digladiam por encontrarem os melhores reforços. É verdade que parte do trabalho já está feito, nomeadamente em Sporting e Benfica, mas há ainda muito a fazer. Seja em compras ou vendas. Águias e dragões estão obrigados a encaixes milionário para equilibrarem as contas e as notícias sobre saídas sucedem-se. Primeiro as baixas nas balizas. Ederson protagoniza a segunda maior transferência de sempre de um guarda-redes, Casillas está de partida pois os encargos assumidos são demasiado elevados para a realidade portista. E se na Luz a estabilidade parece adquirida, garantida a continuidade de Rui Vitória, tanto pelo próprio como por Vieira, no Dragão, para além de um novo n.º 1, procura-se também um líder para o projeto futebolístico. E claro que isso dificulta a reorganização necessária. Pinto da Costa e Luís Gonçalves não têm ainda interlocutor para que os alvos da próxima época estejam identificados. É o preço a pagar por trocar de treinador. Nada perdido, longe disso, mas dificulta.

Em Alvalade Bruno de Carvalho e Jesus vão acertando agulhas, entre constantes notícias de possível saída do técnico, mesmo que desmentidas por quem é suposto contratá-lo. Para ser campeão o Sporting precisa de ser muito mais certeiro neste mercado do que a época passada, quando parecia campeão do defeso. E se o leão está menos obrigado a encaixes, ainda assim tudo leva a crer que para haver investimento a sério alguma pérola terá de sair. Resta saber se quem chega faz a vez de quem sai. O Sporting perdeu identidade de uma época para outra e dificilmente se poderá dizer que o plantel de 2016/17 era pior do que o anterior. É na análise de tudo isto que assentará o eventual sucesso de Bruno e JJ. Uma mescla perfeita entre formação e contratações precisa-se. Não é fácil, diga-se.


Concordo com Bernardo Ribeiro: para de novo "ganhar identidade" o Sporting terá de conseguir "uma mescla perfeita entre formação e contratações"!...

A grande questão será a de saber se JJ é capaz ou se nisso estará interessado?!...

As dúvidas assaltam a nação leonina!...

Leoninamente,
Até à próxima

5 comentários:

  1. O Sporting vai ter de vender 60M brutos. Metade vai para os bancos. Bernardo Ribeiro não sabe o que diz.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois não, sabes tu. Mas olha que não são "60M", são para aí 80M. Se eu digo, é porque é.

      Eliminar
    2. Como não há "glutões" (ou empresários, como queiras), aos 60M muito pouco haverá a deduzir, até porque a SAD é titular da quase totalidade dos passes dos jogadores.
      E metade não vai para os bancos, já serão apenas uns 40% e para amortizar dívida (Passivo bancário), uma parte, sendo que a outra irá aumentar o bolo já capitalizado com a vista à compra de 44M de VMOCS.
      Bem sabemos que clubes há que, quanto mais vendem, mais vêem o Passivo a aumentar... e uns poucos, lá no meio, a engordar - situação que, até ver e a continuar assim, não nos toca a nós.
      É lidar, pazinho.

      Eliminar
  2. Enquanto isso... O Vieira, quer dizer... os lampiões "nada(m)" em dinheiro... ou será... em dívidas...?

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Qual quê?... Eles nadam em dinheiro, tanto dinheiro, mas tanto, que o Passivo continua a aumentar...
      Entretanto, deram-se a um luxo de 2M, convidando um rapazinho colombiano para umas férias intercaladas com umas corridinhas na capoeira do Seixal, tão bem pagas que o rapaz, 6 meses volvidos e regressado à sua terra, foi abrir uma oficina de bicicletas.
      Frise-se que se tratava de uma das pérolas de um clube lá do sítio - só que o pó fazia uma nuvem tal que nem viram que o rapaz só jogava peladinhas com amigos...
      Coisas!...

      Eliminar

PUBLICIDADE