sexta-feira, 12 de maio de 2017

A mentira repetida atinge dimensões de verdade!...


«O FC PORTO CONTINUARÁ SEMPRE A SER RIVAL DO SPORTING»

«Ao contrário do que foi propagado, não foi uma cimeira 'anti' seja quem quer que for. Foi uma reunião em prol do que consideramos ser fundamental e estruturante no futebol português. O FC Porto não deixa de ser nosso rival por haver esta normalização das relações. Continuará a ser sempre rival do Sporting, a quem nós queremos vencer. Estamos, sim, a falar de pontos de vista, ideias e propostas que têm a ver com o futuro do futebol português, com vista à transparência, verdade desportiva e melhoria do desporto nacional. [...]

É disso que falamos quando dizemos que é mais aquilo que nos une que o que nos separa. Algo que, naturalmente, terá de ter sequência quando a normalização de relações se efectivar. O que demos agora foi o primeiro passo. Há muitos pontos de convergência e sintonia entre o Sporting e o FC Porto, desde logo as questões relacionadas com a introdução do vídeo árbitro, a publicidade imediata dos relatórios dos árbitros ou as alterações ao regulamento disciplinar. [...]

A lei existe, mas não é cumprida por todos. A verdade é que, não sendo cumprida por todos, também não há consequências para quem não a cumpre. Todos nós sabemos quais os clubes que actuam fora da lei e vivem com absoluta impunidade. É fundamental que a lei seja aplicada tal como existe, doa a quem doer, para todos. Se o Sporting e o FC Porto fizeram o esforço de legalizar as suas claques, porque razão é que os outros clubes não o hão de fazer? E porque é que, agindo fora da lei, não são castigados? [...]

Não podemos aceitar que os grupos organizados do Sporting sejam punidos, e que clubes que apoiam claques ilegais, com comportamentos idênticos ou muito mais graves, sejam punidos da mesma forma. Isto não é aceitável. Revela que, para quem aplica os castigos, é indiferente se a lei das claques está ou não a ser aplicada. A lei tem de ser aplicada a todos de igual forma...»
(Nuno Saraiva, director de Comunicação do SCP à SportingTV, in Jornal Record)


Impunha-se o esclarecimento, tendo em conta as especulações que de imediato foram decretadas pela "edição diária da cartilha", orgão oficial da "central de propaganda 'goebbelsiana' escarlate" e veiculadas sem surpresa e em humilde genuflexão pela generalidade dos 'media' cá do burgo...

A mentira repetida atinge dimensões de verdade!...

Leoninamente,
Até à próxima

2 comentários:

  1. Talvez uma das melhores decisões pensadas pelo nosso clube nos últimos meses.sporting e Porto concluíram e bem que estavam a ser comidos de cebolada por este polvo. O timing também parece ter sido no momento certo face a uma certa coragem reformadora por parte da Federação ao ter aprovado o vídeo árbitro e a divulgação dos relatórios. O facto da reunião ter sido em Lisboa indica 2 coisas. Que o FCP percebeu que o poder que tinha no futebol acabou e que nós sporting temos capacidade e liderança para fazer a limpeza que o futebol precisa.

    ResponderEliminar
  2. Para mim o principal é que todos sejam tratados como devem ser...
    Não vejo qualquer problema num entendimento entre Sporting e Porto... não para "tramar" o Benfica, mas para um tratamento igual e equilibrado para todos... Certamente isso será facilitado com uma conjugação de esforços...

    Mais do que "ganhar" o Porto ou o Sporting...
    O que se deve tentar... é que ganhe o Futebol...

    SL

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE