terça-feira, 30 de maio de 2017

O filme do leão 2017/18 não passará de uma "reprise"!...


O regresso do leão à casa de partida

«Distante da luta do título e sem mais competições por disputar, o Sporting decidiu avançar em Janeiro para um emagrecimento do plantel. Uma opção justificável sobretudo do ponto de vista financeiro, mas que obriga o leão a voltar praticamente à casa de partida para enfrentar a época 2017/18.

Para compensar o elevado número de saídas, a SAD leonina decidiu chamar de volta alguns emprestados. Jesus assumiu então que era dar um passo atrás para depois dar dois em frente. Descobrir o presente para olhar o futuro, ganhar alguns meses.

O tempo dirá quantos destes jovens vão ficar no plantel 2017/18, mas seja como for o Sporting precisa de mais soluções para encarar agora quatro frentes novas.

Olhar exclusivamente para a Academia de Alcochete para preencher os espaços em branco é utópico, e Jesus sabe-o. Basta verificar as vezes em que o técnico já falou da necessidade de conciliar formação e prospecção.

«Quando as duas coisas não colam fica curto para ganhar títulos», disse o técnico, com toda a propriedade.

O problema está (bem) identificado, mas é legítimo questionar se a estrutura leonina terá capacidade para o contornar.

Durante muitos anos o problema foi falta de dinheiro, mas há um ano faltou sobretudo perspicácia no mercado. E se Alan Ruiz é um talento para lapidar e Markovic até parecia um bom golpe, o regresso de Elias e as contratações de Douglas ou Castaignos pareciam falhanços anunciados.

Alguns destes nomes deixam evidente a responsabilidade de Jorge Jesus, mas ela não se esgota aí. E o que mais deve inquietar os adeptos leoninos é perceber que (pelo menos até agora) a estrutura leonina não sofreu alterações significativas. E muitos talvez partilhem da opinião de que o reforço mais urgente não seria para jogar, mas sim para fazer a ponte entre presidente e treinador, com voz activa junto de ambos.
(Nuno Travassos, 4x4x3, in MaisFutebol)

Estou, hoje por hoje, profundamente de acordo com Nuno Travassos! Como já o teria estado há alguns meses atrás, se este mesmo cronista tivesse antecipado para esse tempo a sua crónica: disse-o por aqui então, que me parecia imperiosa, urgente e inadiável a "construção/aquisição" da ponte agora referida por NT, entre presidente e treinador  e cujos "cálculos" apontassem para uma robusta obra de engenharia em tudo diferente, das frágeis "pontes levadiças ou mesmo suspensas", que notoriamente têm ligado em todo o tempo que Bruno de Carvalho já leva de Sporting,  as "duas margens da estrutura leonina". 

E fui mais longe nessa ocasião, quando da forma necessária e obrigatoriamente velada e camuflada que o contexto de então impunha, pretendi reduzir a um nome apenas a lista de "engenheiros" capazes de levarem a cabo tão exigente missão, deixando à argúcia de cada um dos meus leitores, a capacidade para desvendar o enigma da travessia do Douro. Agora essa solução não existe mais. Porque alguém poderoso, com visão bem distante do seu umbigo e bem longe das nossas acanhadas raias físicas e mentais, se antecipou... E, desgraçadamente, não me parece que o nosso mercado interno comporte alternativa ao menos aproximada e do nível que seria exigível!...

Julgo que o Sporting estará condenado à dimensão dos umbigos de cada uma das margens do tumultuoso rio que atravessa Alvalade, cada uma presumida e erraticamente convencida da sua autosuficiência para ensaiar o gigantesco salto entre margens que a realidade impõe. E acabam por cair, cada ao seu modo, mas dolorosamente para os adeptos, no meio do turbilhão do rio, qual mulher sofisticada e vâ, que adora ir para o meio campesino de saia travada e sapatos de salto alto!...

Oxalá me engane, mas é minha profunda convicção de que...

O filme do leão 2017/18 não passará de uma "reprise"!...

Leoninamente,
Até à próxima

3 comentários:

  1. Ao caro Leão da Estrela, sem publicar a questão que me coloca, direi que sim!...

    Para temas desta natureza, ao fundo do blog, à esquerda, está a via mais recomendável.

    SL

    ResponderEliminar
  2. Acredito desta vez não irão falhar e iremos ter o melhor sporting dos últimos anos...
    Espero exitos e grandes jornadas de futebol...
    Abraço e SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E não nos dará, o MaximinoMartins, o prazer de informar em que se fundamentam estas suas suposições e esperanças?

      Por vezes o MaximinoMartins faz lembrar os fiéis seguidores de Vale e Azevedo. Só que esses mora(va)m na porta ao lado, e com os males dos outros ...

      Eliminar

PUBLICIDADE