quinta-feira, 2 de julho de 2015

"Temos acesso a informações e chegamos primeiro que os outros"! Pois!!!...




"Vocês sabem do que eu estou a falar"! O pior é que de tantas vezes o cântaro ir à fonte, um dia deixa lá a asa!...

Parece que foi o que aconteceu agora!... (LINK) O homem, que tem toda a legitimidade para beneficiar da presunção de inocência, parece que terá sido "constituído arguido no momento das buscas feito no âmbito da megaoperação de investigação a empresas de segurança, que já envolve nove indivíduos detidos, entre os quais Eduardo Silva, director da SPDE, empresa que faz a segurança no Estádio do Dragão", decorrente de um processo que visará "crimes de extorsão, tráfico de armas, tráfico de droga, tentativas de homicídio e ofensas corporais."

Mas como cautelosamente anunciei atrás, a única presunção que eu respeito, é aquela que a lei estabelece! Mas lá que o homem um dia disse, em entrevista à revista francesa "France Football", que:

"... temos uma estrutura que funciona de tal forma que nos permite ter rapidamente acesso a informações. Só assim conseguimos chegar primeiro do que os outros"... 

Isso ele jamais poderá negar!...

O resto, bem o resto é com o Ministério Público! Só que... CADÊ OS OUTROS?!...

Leoninamente,
Até à próxima

6 comentários:

  1. Pergunta bem, amigo Álamo: cadê os outro?
    Só que, parecendo ter sido uma operação isolada, "os outro", às tantas, ficam com tempo para pôr as barbas de molho...

    ResponderEliminar
  2. Isto ainda agora está a começar...

    Estou esperançado que a Justiça portuguesa faça juz á sua designação e... Investigue, por exemplo, quantos Milhões de euros do 'Orelhas' andam a 'lavar' na "lavandaria do Mendes'... É que, para um individuo, ex-condenado em Tribunal, dever 600 M ao antigo BES, dos quais uma série desses Milhões ninguém sabe onde andam, e mais uns quantos (muitos) ao BPN, dos quais o estado portuguÊs perdoou 17 M (sabe-se lá porquê? ou talvez não) parece que é tudo normal (?!?)...

    Investiguem também a relação do fóculporto com diversas empresas que já têm um historial de condenações por tráfico de droga... tais como por exemplo... Vicaima, etc, etc ... Ou mesmo as relações com a Revigrês e por aí fora...

    Se isto fosse um país ás direitas, já há muitos anos que esta gente estaria a tomar o pequeno almoço e a ver nascer o sol aos quadradinhos... Infelizmente vivemos num paíszinho minado pela corrupção e pela soberba onde muitos se continuam a 'vender por pum prato de lentilhas'...

    Em frente Sporting Clube de Portugal! Esta gentalha tem de ser desmascarada!!!

    SL

    ResponderEliminar
  3. Pois... Pois...

    Comecemos então a perceber (como se fosse preciso) como é que se podem ter dirigentes NÃO REMUNERADOS e tão bem "calçados"...

    Ah pois é bebé...

    p.s. Agora é preciso o resto, não só da "quadrilha", mas do processo... Vocês sabem do que eu estou a falar...!!!

    SL

    ResponderEliminar
  4. Caro Álamo, a palavra estrutura soa-me cada vez ao que soa a palavra família numa extraordinária trilogia do Francis Ford Coppola.

    SL

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE