segunda-feira, 13 de julho de 2015

Continuar a dormir com a "mulher adúltera"!...


Nova hierarquia

"... O Conselho de Arbitragem vai fazendo a sua campanha eleitoral para a AG da FPF. Normal. O que levará a agência Lusa, porém, a aceitar a condição de anonimato pedida pela "fonte" que nos trouxe as tais 26 razões para não se sortearem árbitros? Do ponto de vista do CA, percebe-se: convém evitar uma imagem de despeitado. Mas, como é suposto um jornalista validar as razões para o anonimato de uma fonte, começo a desconfiar que se trate de algo mais misterioso."
(Joel Neto, Nova hierarquia, in O Jogo)


Se Joel Neto tivesse parafraseado Octávio Machado e rematado a sua crónica de opinião com um "vocês sabem do que eu estou a falar", talvez me tivesse evitado a supresa e a preocupação de só agora ficar a saber que "começa a desconfiar que se trate de algo mais misterioso"!...

Assim, ou Joel Neto pretendeu recusar o plágio da celebrada expressão do "palmelão" e autoflagelou-se com a ingenuidade da sua desconfiança, ou estará, ao contrário daquilo de que que acusa o(s) jornalista(s) da Lusa, a validar as razões para o anonimato da(s) sua(s) fonte(s) e acaba por cair numa contradição difícil de digerir, já que antes afirmara como normal que "o CA fosse fazendo a sua campanha eleitoral para a AG da FPF".

Esperava que para Joel Neto, o pão fosse pão e o queijo nunca deixasse de o ser! Até os clubes que votaram na AG da LPFP o fim das nomeações e a sua troca pelo sorteio, sabem porque o fizeram e não terá sido pelas virtudes deste. Se Vitor Pereira não tivesse o espírito de "corno manso", ter-se-ia demitido na hora! Não o fez e agora todos os adeptos de futebol, não "desconfiam que se trate de algo mais misterioso", antes têm a certeza de que pretenderá,  com a reles campanha eleitoral que colocou em marcha... 

Continuar a dormir com a "mulher adúltera"!...

Leoninamente,
Até à próxima

Sem comentários:

Enviar um comentário

PUBLICIDADE