segunda-feira, 6 de julho de 2015

Acredito que vou ser campeão pelo Sporting, já na primeira época!...


Uma capa feliz do jornal Record, que resume magistralmente a excelente participação de Jorge Jesus no programa "Play-off" da SIC-Notícias, ontem à noite. Como se diz cá pelo Norte, JJ deu baile, numa entrevista colectiva em que terá revelado as suas melhores facetas, fugindo inteligentemente à indisfarçável preocupação do moderador de menorizar a sua contratação pelo Sporting, seleccionando com perfídia todos os temas que mais poderiam embaraçar o novo treinador leonino, enquanto descaradamente tentou mistificar que da relação Benfica/JJ, apenas terá sido o técnico a sair a ganhar. Um adepto benfiquista cego e vesgo não teria feito melhor. Nada que não se conhecesse já da mediocridade deste arremedo de jornalista benfas.

O "irmão branco" teve mais uma noite negra, julgando que ninguém conseguiria aperceber-se da tremenda "dor de corno" que lhe deixou o "atravessar de rua" do entrevistado, ou de toda a estúpida hipocrisia que usa para fazer valer a sua presunçosa omnisciência.

Já o "andrade arruaceiro" apenas somou mais uma demonstração cabal da sua tremenda falta de chá, atropelando tudo e todos e monopolizando estupidamente o programa com novos vómitos de inclassificável comportamento.

Manuel Fernandes não foi capaz de esconder o desconforto da presença de JJ e pouco terá acrescentado ao programa. Outra argúcia teria permitido que o entrevistado pudesse abordar temas bem mais interessantes, quiçá alterar o teimoso e predeterminado rumo da entrevista.

Rui Santos terá sido o único a saber imaginar a óbvia curiosidade dos telespectadores, partindo para as únicas questões válidas que terão estado em cima da mesa.

Oxalá as competições que se aproximam se revelem tão fáceis para JJ, como este "Play-off" que há muito os deuses deveriam ter levado!...

Leoninamente,
Até à próxima

1 comentário:

  1. Uma entrevista perigosa... à partida, mas na qual JJ..., aparentemente desconfortável, soube nas horas certas responder à letra... e mostrar o lado mais leonino da sua personalidade...

    Demasiado carnide... mas perfeitamente aceitável, nesta primeira entrevista... após o terramoto (daqui para a frente STOP só tem de dar verde...)...

    O "branquela" revelou a faceta APALHAÇADA que eu bem conheço de certos corredores... Deixou cair a máscara de eloquente e imparcial orador... e revelou a soberba vermelha que lhe vai na mente (levou na boca na única intervenção aceitável do 'putanheiro')... Quis, uma vez mais fazer-se passar por aquilo que não é... Mas a azia é f******... Quando soube... é tramada de descer...!!! Chega mesmo a queimar a careca....

    O "putanheiro" entrou logo, a pés juntos (tal e qual quando calçava...) e falou tempo demais sem ser retardado... mas quando a coisa ganhava contornos de azedume... JJ abateu-o.... de certa forma... dizendo literalmente aquilo que eu, aos saltos no sofá, gritava F***** Manel... diz-lhe ........ e zás... salta o Jesus e transcreve o meu pensamento... (até bati palmas.... mesmo...!!!) Pô-lo em sentido... Então ninguém lhe perguntou quantos cigarros, o seu (dele) treinador, fumou ao lado dos putanheiros de serviço (os OUTROS...!!! - PALHAÇO) no banco de suplentes durante sei lá quantos anos...!!!

    O "Manel"... para não se pôr em sarilhos... tem de SAIR JÁ DALI.....!!! Não tem andamento para estes fuzilamentos... É muito tenrinho.... e ingénuo...!!! E de lições bem estudadas tem ainda que comer muita papa... (Um gajo que, noutras circustâncias, veria ali a ser aquilo que nós precisávamos... com um handicap grande por ter jogado lá na 'frutaria', era o Inácio... (Bruto, Grosso, e Contundente, quando quer utiliza a sua verborreia pouco letrada com a souplesse dos cínicos - ao nosso serviço seria uma boa malha - desconheço a sua relação pessoal com o 'putanheiro')

    O 'caracolinhos' fez o papel de uma espécie de devoção pessoal ao Jesus... e falou menos mal.... O João 'pivot(ante)'... está ao serviço do seu patronato... As linhas editoriais são tramadas... e a antena não perdoa traições... porque, no caso, até sei que o verde lhe enche nas veias.... e, mais ainda, os genes..., ainda que não propriamente, pelo menos ao inicio, na cor destes corpos sociais...

    E se Jesus começa a ganhar...????

    SL

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE