domingo, 5 de julho de 2015

E se JJ começa a ganhar?!...



E se JJ ganhar?

«Jorge Jesus chega ao Sporting depois de ter entrado na história do Benfica; deita mãos à obra em Alvalade depois de, na Luz, ter emperrado o rolo compressor do FC Porto; regressa às origens, veste a camisola verde e branca e pisca o olho ao título que escapa há treze anos. Pela convicção insolente no saber, no trabalho e na competência de quem o rodeia, sente que está num plano superior, capaz de enfrentar aqueles que, por norma, são os carrascos dos treinadores comuns. Não negoceia as ideias, muito menos os caprichos; age como se estivesse acima do bem e do mal, tornando-se alvo de quem odeia o indomável, o provocador e o arrogante; porque tem respondido à hostilidade com êxitos indiscutíveis suscita o medo em muitos que esperam pelo momento certo para o porem em causa.

A nova etapa levanta um mar de interrogações, em contraponto com o oceano de esperança leonino. A dúvida assenta na diferença que separa o Sporting dos rivais mas também na combinação entre um presidente que raciocina e age, vezes em demasia, como elemento da claque (Bruno de Carvalho); um treinador todo-poderoso que não admite intromissões e um director-desportivo defensor das causas que representa e eterno amante de uma boa picardia (Octávio Machado).

Em 1970, Joaquim Meirim correu todos os riscos na defesa prévia de um Belenenses que iria cumprir o sonho dos seus adeptos. O malogrado mestre anunciou os azuis como campeões antecipados, agitando as águas para lá dos limites razoáveis. Nas vésperas do início do campeonato, deu uma entrevista à revista "Século Ilustrado", na qual a jornalista Maria Antónia Palla lhe fez a pergunta sacramental: "Meirim, e se perder?" O mestre respondeu com outra pergunta: "E se ganhar?" Num caso como noutro nada ficará como dantes.»
(Rui Dias, Tiro e Queda, in Record)


Será a grande questão que muita gente, incluindo sportinguistas, quase se desabituou de colocar: treze anos é uma ponte terrivelmente difícil de atravessar! Mas Jorge Jesus, qual pegador intrépido e frio, atirou-se para cima dos cornos do touro!...

Uma parte significativa da populaça nas bancadas da arena, que ainda ontem o idolatrara e carregara em ombros, berrou basófias e assobiou de escárnio, com os polegares fazendo figas pronográficas.

Uma outra parte mais silenciosa e que parece ultimamente fugir das touradas como o diabo da cruz, silenciou com a pouca basófia que ainda lhe restava, decepções e medos e espreitou as profundezas do abismo, convicta que visão tão aterradora poderá ser o antídoto para a queda.

E Jorge Jesus terá ficado, numa primeira instância, sózinho nos cornos do touro. Mas corajosamente... não se "deslargou" e isso terá convencido uma boa parte dos "ajudas" e a pega consumou-se. E alguém, sózinho na bancada e com eles no sítio, começou a bater palmas, em cadência arrepiantemente lenta. O touro já estava imóvel na praça e as chocas começaram a rodeá-lo e lá o levaram para os curros. De repente, outro alguém sózinho e também com eles no sítio, entendeu fazer coro com as palmas do primeiro. E outro. E ainda outro e a certa altura, quase metade da praça batia palmas!...

E se Jorge Jesus começa a ganhar?!...

Leoninamente,
Até à próxima 

3 comentários:

  1. Jorge Jesus vai começar a ganhar e acredito que acaba com o titulo... não gosto de tourada mas acho engraçada a analogia dos cornos(vulgo lãpiões) e dos touros(vulgo encornados)

    vamos para cima deles como sempre, este ano acho que com mais possibilidade de sairmos vencedores, o calendario não é mau

    Viva o Sporting Clube de Portugal e venham daí essas orelhas

    ResponderEliminar
  2. O Zbording não tem o colinho, por isso vai discutir a qualificação para a Liga Europa com o Braga, Guimarães, Marítimo, etc.

    ResponderEliminar
  3. Os lãpeões andam todos 'borrados'...

    A tentativa de disfarçar que muitos envergam nas faces é reveladora do incómodo que continua a ser mais que muito... Algo tipo as 'novelas mexicanas'... De fraca qualidade. Logo, continuam a demonstrar que, apesar da 'central goebellsiana' tentar manter os cérebros dos galináceos sob controle e completamente alienados da realidade, eles começam a 'cacarejar' sobre o assunto... E dói, dói, dói...

    Eu espero e desejo que Jorge Jesus e o SCP comecem a ganhar mas o que mais me interessa é que esta Direcção Leonina tem sabido criar as condições para que o SCP possa vencer nas diversas modalidades e competições onde se apresente de forma regular. E isso deixa-me tranquilo.

    As contratações de Octávio Machado e Manuel Fernandes também estão a incomodar muita gente... E enquanto for ouvindo lãpeões e tripeiros a demonstrarem-se muito preocupados com o SCP sei que as coisas estão a ser bem feitas. Refiro que alguns destes 'rivais' que costumo encontrar com alguma regularidade já largaram o registo de "O Bruno de Carvalaho é outro Vale e azevedo", ou , "é um mafioso", etc, etc, para agora dizerem "Não gosto do Bruno de Carvalho, mas lá que ele está a fazer um bom trabalho disso não há dúvidas"...

    Por isso, se JJ começar a ganhar tanto melhor !

    Saudações Leoninas

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE