terça-feira, 3 de maio de 2016

O pânico de que Portugal venha abaixo!...


PAGAR PARA GANHAR? SIM!

«Lamento incomodar as consciências puras dos que defendem a proibição de profissionais de futebol serem pagos para ganhar. Não concordo minimamente com esta visão, apesar de a ver partilhada por personalidades que muito estimo pessoal e profissionalmente.

Permitam-me que defenda a seguinte posição, certamente modelada pela minha já distante experiência no futebol profissional: se um jogador, que vive do seu trabalho no futebol, em lugar de ter a promessa de um prémio curto e incerto, de um clube à beira da penúria, tiver a garantia de uma boa quantia recebida logo que termine o jogo em causa – tal facto, positivo na área motivacional, desvirtua ou mantém firme a verdade desportiva?

É suposto uma equipa entrar no campo para deixar correr o jogo de feição à equipa contrária? Não – estamos de acordo. Mas é também o dinheiro que motiva os bons profissionais. Um bom profissional nunca aceitará receber uma verba, por maior que seja, para perder. Mas, qualquer bom profissional quererá ser pago o melhor possível para cumprir a sua missão de tentar ganhar. É com o dinheiro que ganha de forma honesta, que um bom profissional de futebol alimenta a família e deveria poder amealhar para um final de carreira, inexorável logo ao virar dos trinta anos. 

Pagar para ganhar só pode gerar um problema: eventualmente levará alguns jogadores à tentação do doping. Mas é para isso que os controlos devem existir sempre, e especialmente nas últimas jornadas. Ou esse elemento, de facto essencial para a verdade desportiva, não está assegurado para a ponta final deste campeonato escaldante?»
(Octávio Ribeiro, De Olhos na Bola, in Record)


Vai cair o Carmo e Trindade em cima de Octávio Ribeiro! É certo que todos teremos direito ao nosso momento de loucura e o cronista não poderá constituir excepção, mas este "verão de maio de 2016" está demasiado quente e parece trazer o diabo no ventre, para ele se abalançar a "incomodar as consciências puras" a quem eu prefito chamar "virgens ofendidas", ou "putas" se preferirem e os puritanos me perdoarem, com o devido respeito pelas senhoras que por aqui passarem.

É certo que terão sido exactamente essas "putas" que propuseram e aprovaram a redacção do artigo 84 do Regulamento Disciplinar da LPFP, que reza assim:

"O clube que, por si ou por interposta pessoa, oferecer, prometer ou entregar dinheiro ou qualquer outra vantagem patrimonial ou não patrimonial a um terceiro clube, sem que lhe seja devido, com vista à obtenção de um resultado positivo por parte deste num jogo oficial, assim como este terceiro clube, serão punidos com a sanção de multa de montante a fixar entre o mínimo de 125 UC e o máximo de 250 UC" - 12.750 a 25.500 €.

Ora, será que com tão ridícula penalização, passará pela cabeça das "putas" convencerem alguém da gravidade da infracção?! Se fosse assim tão grave, estaríamos a falar de interdições de estádios, perda de pontos,  e até de descidas de divisão. e esse não terá sido, exactamente, o objectivo das "putas" ao lavrarem o disposto no regulamento, uma espécie de "melhoral" para a apaziguar a tosse!...

Nesta condição e que me perdoem aqueles que possam pensar o contrário, mas não vejo como a razão não acabe por estar com Octávio Ribeiro: estimular a vitória, seja de quem for e em que circunstâncias for, também nunca me parecerá crime. E todos nós teremos o legítimo direito de recordar tristes cenas que o tempo já ajudou a digerir, que apontaram para chorudos e generosos prémios... de derrotas, esses sim, condenáveis e atentatórios da "verdade desportiva"!... 
  
Mas a origem da preocupação das "putas", nunca foi, nem alguma vez será, o desvirtuar da "verdade desportiva". O que verdadeiramente as preocupa, será exactamente o que Sérgio Conceição, em momento de inspiração, terá definido de forma magistral e que é o medo, o pânico, o terror, de...


Que Portugal venha abaixo!...

Leoninamente,
Até à próxima

2 comentários:

  1. É a "puta" do dolo sem intenção...

    Quem é este parolo do OTÁRIO R. para falar de profissionalismo... Se calhar são as almoçarias oferecidas pelo burns que lhe aguçam o engenho... HIPÓCRITA... VENDIDO... CORRUPTO...

    #VAMOSTAPAROFOSSO

    SL

    ResponderEliminar
  2. O ribeiro é um gozão de primeira apanha... diz tudo com ar de puta séria e remata com o dopping... quando a agência nacional perdeu o crédito internacional e vale o equivalente a uma valente poia!
    Com uma prosa destas estou a ver a hagen dass e ben & jerry's a contratá-lo quando o "correio da manha" implodir. É gelado do bom... não admira que os benfas estejam cegos.
    SL
    Basco "O Leão"

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE