terça-feira, 17 de maio de 2016

Irra, isto não é motivação! Isto é suplício e estúpida condenação!...



ALVALADE: O REGRESSO AO MAPA

«... Parte do êxito benfiquista, há que sublinhá-lo, resultou do toque a reunir provocado pelo equívoco da comunicação do Sporting, pese os momentos em que teve motivos e razão. Mas os erros servem para que sejamos mais fortes no futuro e a realidade leonina deve ser vista tanto à luz da recuperação financeira como do regresso do emblema de Alvalade ao mapa dos grandes duelos futebolísticos, à dimensão do seu jogo, ao reequilíbrio do plantel – nesta altura, para mim o melhor – e à identificação entre presidente e treinador. Falhou agora o Sporting? Não é o fim: os perdedores de hoje são os vencedores de amanhã.»
(Alexandre Pais, Canto Directo, in Record)

"Falhou agora o Sporting"? Por muito que a todos os sportinguistas custe reconhecê-lo, torna-se óbvio que falhou! E no epicentro dessa falha, terão estado, sobretudo, razões de índole comunicacional, mesmo que "pesem os momentos em que tivemos motivos e razão". Mas mais óbvio será concluir que "não é o fim: os perdedores de hoje são os vencedores de amanhã"!...

Chegados aqui e mesmo que uma parte considerável do universo leonino continue a demonstar não estar interessada no reconhecimento do óbvio e persista na defesa da mesma linha que nos atirou para a entrega em bandeja de prata do título a quem não o mereceu, mesmo que essa franja considerável continue a argumentar com causas externas para explicar o quase inexplicável, como justificar a utlização de fórmula igual, sem que se afigure como auto-flagelação e acabe por nos conduzir ao mesmo inferno em que hoje nos encontramos?!...

Entendo que "os perdedores de hoje só serão vencedores amanhã" se formos capazes de reduzir ou mesmo eliminar os erros cometidos. E isso terá de começar, necessariamente, pelo reconhecimento desses erros. Enterrar a cabeça na areia será típico de avestruzes, nunca de leões, ainda que rugindo tonitroantes e disparando em todas as direcções menos naquela que nos poderá conduzir ao êxito.

E o que vemos nós enquanto vamos lambendo as feridas nestes "days after"do nosso descontentamento?! Pese embora ter arrancado na madrugada de ontem uma nova época, pese embora ser universalmente reconhecido que "só os burros não mudam", aquilo que mais profundamento lamento e me decepciona tão amargamente, será... continuar a ver esvoaçar sobre Alvalade as mesmas moscas!...

Irra, isto não é motivação! Isto é suplício e estúpida condenação!...

Leoninamente,
Até à próxima

27 comentários:

  1. e uma palavrinha sobre os Vouchers...?!?

    Ainda no último jogo vimos 1/2 penalties perdoados ao benfica e um golo marcado em fora-de-jogo...

    Yap! Os posts (dispensáveis, atenção!) do Bruno no facebook é que fizeram a diferença... não baram a pestana, não...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Minha querida leitora e sportinguista Rute Rockabilly, permita-me que recentre a questão que me levou a escrever o post que comenta. Qualquer estudo psicológico que seja feito para explicar a motivação que acabou por levar o Benfica ao título, desaguará em muitos dos erros comunicacionais cometidos por JJ e BdC desde o início da época. Obviamente que não me refiro a coisas menores como penáltis e foras-de-jogo. A questão de o reconhecer é que será mais difícil para alguns. Para mim, nem atenta contra a minha dignidade de sportinguista, nem me faz cair os parentes na lama, embora aceite com naturalidade quem eventualmente possa ter opinião contrária...

      Acerca dos "vouchers" apenas lhe digo que no lugar de BdC não usaria a televisão para fazer a denúncia pública. Há locais apropriados dentro dos organismos que superintendem o futebol para o fazer. Só em último recurso e depois de esgotados todos os caminhos regulamentares, pensaria em ir à televisão...

      Quanto ao "abrir da pestana" que me aconselha, na minha idade já terei alguma dificuldade em fechá-la, mas compreendo-a...

      Eliminar
    2. Recuando aos tempos áureos de Pinto da Costa, recordemos que ele precisava de guerras e guerrinhas que lhe serviam para unir a "naçoue" à sua volta.
      Ora, ao que se vai sabendo, o puro e santo Luís Vieira, que deve sonhar vir a dormir o sonho eterno ao lado do beato Euséb(r)io, copia os métodos fruteiros, pelo que um afrontamento directo é aproveitado e exponenciado através do seu gigantesco polvo comunicacional.
      Precisamos de nos especializar em "caça furtiva"...

      Eliminar
    3. O caro Álamo por vezes tem com cada ideia nessa cabeça.

      Quer dizer então que em relação aos vouchers, se fosse você o Presidente do Sporting clube de Portugal ia primeiro aos locais apropriados, imagino eu que se refira ao Ministério público/Tribunais, onde ai é onde UNICANENTE se julga com consequências ou não, e se mesmo assim não desse, só em último caso ia para a televisão?

      Fazer o que para a televisão já agora?

      Fazer queixinhas depois de já estar tudo arquivado/decidido a favor do slb, tal como se veio a verificar?

      Ainda bem que o nosso Presidente é o Bruno de Carvalho!!

      SL

      Eliminar
    4. O caro Francisco, se bem analiso, pela juventude e fogosidade que lhe adivinho pelos comentários, julga que se pode colocar na mente dos outros e por eles construir os cenários que lhe apetece ou lhe parecem mais verosímeis e adequados. Mas nem o caro imagina quão de errado existe nesse modo de ser. Penso que estarei a ir além do merecimento que esta matéria me deveria despertar, mas como não conheço, nem sei a sua idade e concepção de mundo, entendo que me deve merecer, por mais uma vez, o respeito que atribuo a quem não conheço. Apenas para lhe dizer que se eu fosse Presidente do Sporting, jamais viria para a praça pública denunciar fosse o que fosse relacionado com matérias que dissessem respeito à Liga, e não ao "Ministério Público/Tribunais" como o caro erradamente entendeu julgar por mim, sem que primeiro apresentasse nessa mesma Liga os meus protestos, para que ali fossem discutidos até à exaustão. Era isso que faria e nunca julgue que consegue adivinhar o pensamento de ninguém. Reduza-se insignificância daquilo que é, e não presuma nunca ser capaz de se meter na pele dos outros. Isso é muito feio!...

      Quanto à felicidade que diz sentir por Bruno de Carvalho ser o Presidente do Sporting, faltar-me-à saber se terá concorrido para isso tanto quanto eu! Sabe, é cá uma leve premonição da minha parte! Normalmente são assim os apanhadores das canas dos foguetes!...

      SL

      Eliminar
    5. Vamos por partes, caro consócio álamo:

      1) eu não me revejo no frenesim comunicacional do BdC

      2) eu dispenso certo tipo de brejeirices com que BdC, por vezes ilustra o seu discurso (tipo a tirada das "nádegas", "pinguinhas de xixi" e etc.)

      3) eu iria mais longe e até despachava o otávio machado que (para mim) não credibiliza a comunicação/imagem do clube

      mas... explicar a vitória do benfica com base em "erros de comunicação"... meu caro consócio! isso é conversa dos média do estado lampiónico!!!

      É que a nossa equipa bateu o record de pontos num campeonato! e plos vistos os jogadores souberam ignorar as picardias ao longo da época...

      e do outro lado tiveste um clube que, com uma equipa de cepos e 2/3 bons avançados bateram todos os recordes dos campeonatos portugueses... okay! vamos ignorar o famoso "colinho" - o tal que se viu com os erros de arbitragem do último jogo do benfica...

      De qualquer modo, não deixa de ser comovedor os conselhos de tantos paineleiros e opinadores sobre os malefícios das denúncias do BdC... eh pá! é quede repente até parece que se preocupam com o Sporting!!! Resta saber a quem (verdadeiramente interessa que BdC deixe de ser um "incendiário"...

      no fundo (e não obstante os erros cometidos), a"teoria" em voga não passa dum branqueamento do que se passou no campeonato - e repito! num país civilizado, aquela mão do talisca seria um verdadeiro escândalo

      Eliminar
    6. É com prazer carregado de leoninidade que respondo, grato, à querida consócia Rute Rockabilly - penso que a minha idade me permite tratá-la tão afectuosamente -, dado que o seu comentário teve a virtude de colocar tudo como eu gosto: em pratos limpos! Nesta condição, seria pura e estulta demagogia estar em desacordo consigo, muito particularmente nos pontos 1 e 2 com que inicia o seu "ataque" ao meu pensamento - no ponto 3 abstenho-me de considerações dada a carga de subjectividade que possa encerrar a minha opinião.

      Na verdade, só um tolo poderia pensar que "nádegas, pinguinhas de xixi" e outras 'boutades' da mesma natureza poderiam alguma vez concorrer para explicar a vitória dos benfas. A tese que defendo vai muito mais fundo e prende-se sobretudo com o discurso, muito específico e directo de JJ, demasiadas vezes complementado até ao exagero por BdC, tendo ambos conseguido produzir argumentos motivacionais, em particular junto dos atletas vermelhos - os adeptos pouco contam na minha análise -, que colocaram a gratidão do Vitória no ponto máximo, em contraste com as suas notórias deficiências nesse campo. Ao ponto de serem bem conhecidas, não na CS que tão bem conhecemos, mas através de segredos de bastidores pouco difundidos e que sempre chegam a quem se esforça por se manter informado, as palavras dirigidas ao técnico pelos jogadores em pleno balneário: "Míster, não lhes responda, que a gente trata do assunto no campo"!...

      Porque, minha querida consócia, tudo o resto que argumenta no comentário, estamos fartos de saber e não seria por isso - nomeações e roubos arbitrais, chantagens vindas dos Conselhos de Disciplina e Justiça da FPF e da CII da Liga, etc, etc, etc - que o Sporting deixaria de ser campeão. Onde falhámos, terá sido precisamente por subavaliarmos a carga motivacional, a raiva, o ódio, o desejo irreprimível de vingança que nasceu dentro do balneário dos benfas e os levou a 20 vitórias em 21 jogos, onde deveremos destacar a vitória decisiva em Alvalade, naturalmente tudo somado aos parâmetros nossos conhecidos, como "colinho e andor"!...

      Esta é que é, essencialmente, a tese que defendo. O resto, pode ajudar, mas nunca impediu que Porto, Sporting e até Boavista se tivessem sagrado tantas vezes campeões. O dado novo na temporada que agora terminou, esteve no factor motivacional, cujos alicerces foram, a meu ver, inequivocamente lançados por JJ e BdC, numa estratégia situada nos antípodas do que seria recomendável e desejável.

      Foi um prazer grande este "bate-papo de leões". Oxalá possamos celebrar dentro de um ano, aquilo que agora não fomos capazes de alcançar. Ninguém o desejaria mais do que eu...

      E permita-me a "querida consócia", em remate, confessar-lhe uma coisa que nunca me atrevi a deixar por aqui. É minha profunda convicção de que JJ só conseguiu encontrar o antídoto, que nem me atrevo a imaginar mas que merece a minha homenagem, para a carga motivacional que ajudou a entregar de "mão beijada" aos benfas, depois da derrota em Alvalade. Mas já foi tarde...

      SL

      Eliminar
  2. Caro Álamo,

    Imagine que esta época tinha sido exatamente como foi à excepção da comunicação.

    Ficávamos todos, mas mesmo todos caladinhos, o discurso nas conferências de imprensa era só e apenas de ser jogo a jogo e que vença o melhor no fim.

    O que criticava o caro Álamo, visto termos perdido o campeonato mesmo com uma comunicação perfeita?

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Francisco, vou admitir que tenha pretendido escrever, em vez do que escreveu, julgo que por lapso, no seu comentário:
      "O que criticava o caro Álamo, se tivéssemos perdido o campeonato mesmo com uma comunicação perfeita?"

      Se isso tivesse acontecido, obviamente que nada teria a criticar e endossaria todo o mérito ao Benfica. Acontece que nem vivemos num "mundo faz-de-conta" e nem os decisores actuais do Sporting terão o dom da perfeição, como qualquer de nós também não tem. Todos cometem erros e esses decisores não foram excepção. Importante seria que tivessem capacidade para os corrigir e foi exactamente perante a continuação da repetição dos mesmos erros, que entendi escrever o que escrevi, aproveitando o "mote" de Alexandre Pais. Só isso e nada mais. Por sinal, serei daqueles que ajudei com os meus 4 votos, a eleger Bruno de Carvalho, mas tenho, felizmente, espírito crítico e vivo num país onde, por enquanto, ainda gozo de liberdade para o poder afirmar. Apesar de "apelidado de carneiro", nem na ditadura o fui, embora tenha sofrido com isso!...

      SL

      Eliminar
  3. Acho que agora fiquei um bocadito baralhado, caro amigo. Depreendo das suas palavras que acha que os vermelhos terão sido beneficiados, apenas, por causa da catástrofe comunicacional do SPORTING...??? E que de outra forma... com os mesmos benefícios vs prejuízos em que nós tivéssemos sido, na mesma, os "comidos de cebolada" os méritos deles, em termos de classificação final seriam diferentes... dos que são hoje... i.e. pouco mais que residuais...

    Essa argumentação, recentemente aparecida, sabe-se bem de onde... para simplesmente 'tapar o sol com a peneira' e JUSTIFICAR O INJUSTIFICÁVEL, é efetivada por aqueles que hoje... pouco mais terão a dizer de bem, acerca dos deles, que a """simples""" e """redutora""", ainda que evidente, classificação alcançada... Porém..., o conjunto dessas mesmas evidências - todas elas, não poderão nunca corroborar as opiniões que as querem contrariar... Daí, em minha opinião, esta neo e consertada argumentação que agora emergiu na pérfida comunicaçãozinha social...(essa sim, suficientemente catastrófica para dever ser destruída...) e no futebolês (vide vitor oliveira - logo este que diz pouco mal quado se sente acossado... deve ir treinar os B's para o seixal - Oh vitor... olha que os B's não podem subir...!!!) é tão desajustada como fazer crer que BdC, à 6 jornada, onde já nos tinham sonegado pontos suficientes (4) para termos ganho esta inquinada competição, já tinha o discurso tão cinzento, violento e absorto que só este desfecho seria possível...

    Olhe que não... olhe que não...!!!

    Isto em nada desmonta a sua, legítima e correta, diga-se, opinião acerca da, evidente, má comunicação do SPORTING... e dos efeitos nefastos que ela possa ter ajudado a potenciar... nem tampouco obsta a que lhe dê toda a razão na avaliação e assunção dos erros próprios... (que obviamente devem ser suprimidos por força do trabalho e dedicação) mas daí a ser uma relação única causa-efeito, acho que dista um bocado... assiiiiim deeeeste tamaaanho...!!!

    Continuo na minha... perdemos o campeonato no dia em que, pensámos, e bem, estar a começar a ganhá-lo... e todos sabemos que dia foi esse... mas não nos deixaram. Gostava que se contentassem apenas com um... mas, infelizmente não me parece... a avaliar por estes 'dois dias' de Day After..., não me parece que eles arrefeçam a cadeira tão depressa... eles, ou outros como eles que vai dar no mesmo...!!! #FIGHT&RESIST | #ACTION&JUSTICE.

    Espero e desejo que de facto ela, a comunicação, se ajuste a uma realidade mais..., vá..., sportinguista... Mas, permita-me a expressão, "tiremos a cavalinho da chuva"... Isto não vai lá só com 'boas cantigas'... Se fosse só isso... Era tão simples...!!!

    SAUDAÇÕES LEONINAS

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ora nem mais, revejo-me totalmente neste excelente comentário! Parabéns caro ZE.

      SL

      Eliminar
    2. Caro amigo ZE, teremos visões algo distintas sobre a matéria ora em discussão. Isso parece-me natural e absolutamente legítimo. Mas, não posso, não quero, nem aceito que de algum modo, mesmo que subrepticiamente, lhe possa ficar a bailar no espírito o meu mais leve alinhamento com o que define como "esta neo e consertada argumentação que agora emergiu na pérfida comunicaçãozinha social". Há longos meses que por aqui venho batalhando e alertando contra os "colossais erros comunicacionais do Sporting" e sempre receei que mais tarde ou mais cedo se "virasse o feitiço contra o feiticeiro". E acabou por virar, com o menor ou maior impacto que cada um entenda por bem julgar. Para mim, sem desvalorizar muitos outros, os "erros comunicacionais do Sporting" estiveram na génese, foram o segredo, da sublimação motivacional do Benfica, que Rui Vitória jamais teria e nunca terá, capacidade para gerar em qualquer equipa que treine. Esta é a minha opinião e valeu os dois pontos que nos faltaram!...

      Não sei se "isto irá lá ou não com boas cantigas"! Mas sei que voltaremos a fracassar se porventura continuarmos a motivar os nossos adversários como o fizemos esta época: nenhuma força conseguiu até hoje a nível global, alcançar êxito e poder através de uma "guerra de guerrilhas". Ninguém ganha uma guerra desta natureza!...

      SL

      Eliminar
  4. Infelizmente concordo consigo. Com a diferença de qualidade que tinhamos numa fase da época era desnecessário andar a espicassar "mortos". Ainda para mais sabendo de antemão que se perdessemos o estrondo iria ser muito maior. Era evitável.
    Paulo Dinis

    ResponderEliminar
  5. "Se isso tivesse acontecido, obviamente que nada teria a criticar e endossaria todo o mérito ao Benfica"

    Era exatamente isto que temia que fosse responder.

    Endossar todo o mérito ao slb.

    Não querendo faltar-lhe ao respeito, vá gozar com outro!


    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cada um veste a pele que se adapta mais ao seu carácter, meu caro Francisco! Do meu carácter não faz parte gozar com ninguém com quem dialogo. Do seu falará o caro: as acções ficam sempre com quem as pratica. Ou estava à espera que eu usasse do mesmo prisma de observação que o caro costuma usar?! Além de pensar o que digo e escrevo, digo e escrevo o que penso! Foi por isso que não entendi ser "carneiro" quando me pretenderam incluir na "carneirada"! Muitos terão ficado ofendidos. Não foi o meu caso...

      SL

      Eliminar
  6. Prezado Álamo,
    Nem eu conheço bem as razões que me levaram um dia a gostar de futebol e, muito particularmente, a ser adepto do Sporting! Posso confessar-lhe que vi "todos" os jogos do Sporting e "quase todos" os do Barça! Quase sempre em live streaming, raramente pela televisão! Tenho a sorte de só poder assistir ao Trio de Ataque pela RTPi e, pelo que sei, escapei, com muita sorte, a todos os outros! Não quero acreditar que tenha sido só pelo método de comunicação que o Sporting falhou! Tanto quanto eu posso imaginar Portugal nunca poderíamos esperar que a CS (pobrezinha) trouxesse para a praça pública certos horrores que aconteceram a nível de arbitragem! A primeira vez em que desconfiei da sua seriedade (da arbitragem) foi o penalti e expulsão de Patrício creio que contra o Tondela! Foi o primeiro aviso! A machadada final foi o SCP-SLB em Alvalade com a não expulsão de R. Sanches.
    Claro que é sempre possível e desejável corrigir os erros cometidos mas acredito que nem BdC nem JJ consigam mudar as suas convicções. Não acredito na banalidade que os benfas pretendem agora utilizar de que a união entre eles a tal seja devida. O Vitinho contribui com tudo o que pode e, da mesma maneira que o Porto se queixou na época pasada, temos o direito de nos queixarmos nós também!
    Ando agora a tirar pontos que são em quantidade inferios aos 86 conseguidos.

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Prezado Aboim, longe de mim rebater toda a sua forte argumentação, com a qual concordo sem reticências. Mas do meu ponto de vista ela representa apenas e tão só um lugar comum de décadas no futebol português. E com ela e apesar dela, o Porto, o Sporting e até o Boavista, foram capazes de ser campeões. Nesta época que agora encerrou, a meu ver, houve algo mais para além desse lugar comum, que catapultou o Benfica para o título. Esse algo mais, é o que tenho vindo a pretender transmitir aos sportinguistas que por aqui passam, correndo sérios riscos de ser mal interpretado e apenas com o único propósito de contribuir para a correcção dos erros que cometemos, de modo a sermos capazes de ser campeões na próxima época, em que voltaremos a ser prejudicados como sempre fomos por toda esta "entourage" de que tão cedo nos libertaremos. Julgo que para alcançarmos esse desiderato, estaremos proibidos de cometer os erros que, a meu ver, esta época cometemos e que terão estado na origem do nosso inêxito. O tempo dar-me-à razão. Ou não! Cá estaremos então para o concluir...

      Que o meu amigo tenha mais sorte que o Sporting: que lhe tirem todos esses pontos... sem dor!...

      Grande abraço

      Eliminar
  7. Se o Bryan tivesse feito golo em Guimaraes ou contra os lampioes esta conversa nem existia.
    Quem comecou a "guerra" do folclore que originou o corte de relacoes?Quem iniciou uma caca as bruxas com o treinador do SCP,Jorge Jesus?Quem atacou semana apos semana o SCP,atraves do JJ,do carrillo,da doyen,das SMS,etcetc para ofuscar os seus graves problemas internos?O slbatota.
    Eu vi o BDC reacionario apenas a defender o SCP,socios,adeptos,seus profissionais e sempre a favor dos valores humanos e da verdade desportiva-Fosse do video arbitro ou do sorteio dos arbitros enquanto outros ficaram em silencio porque estao no colinho-Eu vi BDC acusar e provar o caso dos vouchers que nao deu em nada,eu vi 4 jogadores do slb a agredir jogadores do SCP e sairem impunes.Eu vi os roubos constantes a equipa do SCP desde a 1 jornada e o colinho do slbatota.etc etc
    Esse tempo do SCP passivo e do come e cala acabou,e ainda bem!!
    Estes episodios todos tristes lancados pelo estado lampionico e a manipulacao da comunicacao social e tanta que ate sportinguistas ficam a questionar se BDC e o SCP nao deveria ter "levado" e ficado calado.Enfim,eu estou muito contente com BDC e JJ.E entendi sempre a comunicacao de ambos pois temos que ver o contexto em que foram ditas certas coisas.
    Agora volto ao inicio,e se o bryan tivesse feito golo?..
    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigo Balakov, longe de mim defender a tese de levar uma "chapada" e oferecer a outra face! Longe de mim tentar escamotear "colinhos" e "roubalheiras arbitrais"! Longe de mim camuflar os líquidos purulentos que escorrem de toda uma comunicação social que aqui combato quase diariamente! Não se trata de nada disso. Trata-se simplesmente de entender como deveras perniciosa em termos de danos próprios, o tipo de comunicação adoptada por Bruno de Carvalho e Jorge Jesus, ao longo de toda a época. Penso assim e peço desculpa a todos os sportinguistas que não concordarem comigo. Não tenho culpa de ter erigido uma estátua dentro de mim próprio, a um grande senhor que foi Presidente do Sporting, de seu nome, JOÃO ROCHA!...

      Se o Bryan tivesse feito golo, teríamos sido nós os campeões! Foi pena que tenhamos mais uma vez morrido na praia...

      E só eu sei quanto isso me doeu!...

      SL

      Eliminar
    2. "Não tenho culpa de ter erigido uma estátua dentro de mim próprio, a um grande senhor que foi Presidente do Sporting, de seu nome, JOÃO ROCHA!..."

      Caro Átamo, o problema do Sporting nestas últimas décadas é precisamente este; o de hoje em dia haver muitos poucos de nós Sportinguistas que sabem e viveram um SPORTING gerido e presidido por um GRANDE SENHOR E SPORTINGUISTA como o foi JOÃO ROCHA.

      Infelizmente o atual presidente está para João Rocha, como agua putrefacta está para um excelente vinho.

      Na verdade nós não temos culpa de saber o que eram os valores superiores do Sporting... mas estes mais jovens sportinguistas (só podem) se calhar também não tem culpa de nunca terem tido na sua curta vida de sportinguistas um presidente como João Rocha.

      JL


      Eliminar
  8. Esta tese da comunicação do Sporting ter falhado porque motivou o rival para ganhar o campeonato dos Vouchers, o que dizer da forte motivação que Pinto da Costa e o FCPorto deram anos e anos a fio às galinhas para estas conquistarem tantos campeonatos que até parece não estiveram 11 anos sem ganhar qualquer campeonato. Algumas teses da nossa comunicação social já estão a fazer o seu efeito dentro da Família Sportinguista. Alguns Sportinguistas já caíram na armadilha. A nova estratégia do Carnide é clara e óbvia, criar a divisão dentro do Sporting suscintando dúvidas em alguns Adeptos do Sporting em relação ao que falhou na perda do campeonato. O Poder dos interesses instalados dentro do Futebol Português nunca foi tão ameaçado como este ano foi, se o Sporting for um clube simpático para com os seus adversários está condenado ao fracasso, o célebre sistema dos interesses instalados no Futebol Português vai continuar a beneficiar os mesmos de sempre. Quem Cala Consente.

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Infelizmente a realidade demonstrou que a tese passou com distinção. E é claro que foi o grande motor motivacional do nosso adversário.

      Mas até acho normal que alguém como o SL, que confunde e faz uma infeliz analogia entre o comportamento criminoso continuado por parte de Pinto da Costa e do FC Porto ao longo de mais de 30 anos que tanto prejudicou igualmente o nosso clube, como o mesmo motivo de motivação para o Benfica como realmente foi a péssima politica de comunicação por parte de Bruno de Carvalho em particular e do Sporting em geral. É que uma ação psicológica pode ser rebatida com uma outra, já um crime não.

      Como o já afirmei aqui, infelizmente as últimas gerações de Sportinguistas não sabem o que era o Sporting dos tempos de um GRANDE HOMEM E Presidente como foi JOÃO ROCHA. Não é falta de elevação que faz do Sporting um clube melhor e mais vencedor, é precisamente o contrário.

      É sabido que o mais distinguiu João Rocha de quase todos os presidentes que lhe sucederam foi que enquanto ele colocou toda a sua grandeza de homem e gestor ao serviço do Sporting, os outros ou fizeram precisamente o contrario e/ou os que não o fizeram trouxeram para o Sporting aquilo que nunca souberam fazer na sua vida empresarial, ou seja boas praticas de gestão.

      É bom saber que com João Rocha um homem como Octávio que esteve tanto anos associado ao do que pior sucedeu no futebol português, logo ao nosso próprio clube, nunca teria lugar no Sporting. E JJ também teria que mudar a sua postura e o discurso de EU para o NÓS, se não o caminho de saída também lhe seria apontado.

      JL

      Eliminar
  9. Então Álamo??? Ke se passa?? Não me diga ke anda a ler jornais desportivos??
    Motivar e unir os vermelhos, foi a apaf ke tratou disso.
    Acha mesmo ke se não fosse em directo na TV os vouchers tinham algum impacto? Já assim foram bem abafados.
    Não caia nas teorias da imprensa vermelha.
    Abraço
    SPORTING sempre

    ResponderEliminar
  10. Caros Sportinguistas,
    Não vale a pena discutirmos opiniões porque quem as expressa normalmente tem uma opinião formada e dificilmente a altera. Vamos a factos. Esses é que interessam. Insistir no politicamente correcto, já tivemos, recentemente, essa postura nos governos do SCP e sabemos ao que nos conduziu. Quase que falimos e obtivemos a pior classificação de sempre no futebol.
    As coisas concretas deste campeonato resumem-se ao seguinte: Há equipas que ganham campeonatos, há outras que os compram, como é o caso deste ano.
    Compraram o campeonato antes mesmo de começar:
    1. Alterando o sorteio dos árbitros para as nomeações, contrariando a decisão da maioria dos clubes;
    2. Com o sorteio dos jogos do campeonato. Como é que o SCP vai ao Porto e a Braga nas últimas 3 jornadas;
    3. Pagando aos vendilhões do templo que diariamente os defendiam até à exaustão na comunicação social;
    4. Pagando os árbitros e assistentes, com os vouchers;
    5. Às comissões da liga e da fpf para terem as decisões sempre a seu favor;
    6. Compraram com prejuízo lugares de bancadas em campos adversários e adiamento dos seus jogos;
    7. Com a cedência das suas instalações às equipas adversárias;
    8. Com o impedimento de jogadores adversários de participar nos seus jogos;
    9. Com os jogadores e treinadores que eram expulsos antes e durante os seus jogos;
    10. Compraram para não sofrerem penaltis e expulsões;
    11. Com a espionagem nos balneários adversários;
    12. Com as ameaças e intimidação com processos judiciais;
    13. Com o menor controlo anti-doping da sua equipa face aos principais rivais;
    14. etc. etc.
    Mais um campeonato da vergonha, mais um ganho ao modo do Apito Dourado (encarnado). O clube da fruta alicerçou a seu reinado no período cavaquista e os encarnados fizeram-no no período socrático. Onde andam as autoridades e instituições deste país. Os encarnados ao ganharem o campeonato é uma coisa perfeitamente normal. Alias, eles deviam ganhar todos os anos e outros clubes só entravam para participar. Ainda vamos falar de políticas de comunicação? Haja Deus!

    ResponderEliminar
  11. Amigo Álamo, reconheço uma certa lógica na colagem que faz com a relação motivação do Benfica/ perda do campeonato pelo Sporting, na minha opinião o ponto chave que ditou a perda do campeonato residiu no ódio visceral ao Sporting a partir do momento em que JJ mudou para o nosso lado, a partir daí o objectivo estava deleniado com requintes de malvadez, era preciso descredibilizar JJ a todo o custo, provar ao país que o Benfica não precisava dele para ganhar campeonatos, objectivo que foi conseguido com a ajuda de todo o tipo de corrupção, aqui é que residiu a verdadeira grande arma que nos despojou daquilo que nos pertencia por direito.
    Claro que gostava que a comunicação do clube sofresse uma evolução positiva, mas estou feliz com o presidente e treinador do nosso Sporting....

    SL

    ResponderEliminar
  12. Caro amigo

    3 days after sobre o nosso desencanto, procurando resumir em poucas palavras o campeonato da Liga, “penso eu de que”:

    1- Ao ver que JJ lhe roeu a corda em ir para fora de Portugal, e, pior, vir para o Sporting, o slb acertou todas as suas baterias para fazer a vida negra a JJ e ao Sporting. Desde julho de 2015 nunca passaram 15 dias sem que viesse um ataque a JJ, ou a BdC, que, ainda por cima, não sabe estar calado.

    2- Logo no início da Liga, com a equipa ainda em formação, começamos a ser roubados, e perdemos alguns pontos. Com o apuramento das capacidades da equipa a roubalheira continuou, mas como jogávamos muito mais que os adversários, conseguíamos ganhar na mesma. Nessa altura abriu-se um fosso para os protegidos, onde o treinador esteve com um pé na rua, e tornou-se necessário pôr a APAF (e a CS) a funcionar com mais força. Para tapar os roubos veio a canção da “união contra o desaforo”, e a choradeira comunicacional, para convencer e unir os adeptos.
    Com um pouco de falta de sorte (e aselhice) acabamos de perder o primeiro lugar.A partir deste momento foi só aguentarem os protegidos na frente.

    3- Olhando para o desempenho da nossa equipa podemos ver que bateram o máximo de pontos de qualquer equipa campeã tinha conseguido até agora, o que já é um feito notável. Mas, como eram outros que tinham de ganhar, foram postos à nossa frente.
    A minha convicção para a próxima época, a continuar este estado de coisas no futebol português, o Sporting pode ganhar os 34 jogos do campeonato, mas no fim aparecerá o clube do regime (nunca o foi tanto com é agora) que graças a que, em alguns dos seus jogos, a vitória passe a valer 5 ou 7 pontos, ou a ter direito a fazer mais jogos que os outros, ganhará o título.

    4- Não tenhamos qualquer esperança que com a saída de Vitor Pereira a arbitragem passará a ser mais séria. Quem ai vem é muito mais lampião, e sem vergonha, que VP.


    Resta- nos lutar com todas as nossas forças para acabar com este nojento sistema que controla o futebol em Portugal.

    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro amigo "8", um abraço de "boas vindas".

      Subscrevo completamente o teu comentário, especialmente no ponto que me atrevo a sublinhar de que "BdC não sabe estar calado" e colando-lhe ainda, se me permitires, "e JJ também não"!...

      E concordarei a 100% com o teu remate:"Resta-nos lutar com todas as nossas forças para acabar com este nojento sistema que controla o futebol em Portugal", se me permitires acrescentar... "usando a inteligência e privilegiando a maior arma de que poderemos dispôr, o silêncio, concentrando-nos com todas essas 'nossas forças' na acção imperiosa e incontornável de modificar por dentro esse nojento 'sistema'"!...

      "Quem habitualmente comunica, quer aprender técnicas e estratégias de comunicação e melhorar o uso da palavra. O silêncio é, muitas vezes, encarado como 'não comunicação ou comunicação pobre'. Quem já não viu jornalistas atónitos e embaraçados diante do silêncio dos seus interlocutores? Os blackouts, por norma, geram nervosismo e mal-estar na comunicação social. Mas também é verdade que o excesso de palavra, sem escuta e reflexão, pode ser 'não comunicação e um ruído estridente' que irrita e ensurdece. Por isso é importante o silêncio, para a escuta e a reflexão. Sem o silêncio, para se dar espaço ao outro e para se dar algum conteúdo ao que se diz, a comunicação torna-se uma palração angustiante e um falatório inútil e maçador... Precisamos de redescobrir o silêncio. É o bálsamo que está a fazer falta à nossa vida moderna e à vida de muitas pessoas. A nossa cultura divorciou-se do silêncio. Temos hoje uma cultura do entretenimento e do ruído e parece que já não conseguimos viver sem eles a toda a hora, o que é mau. Muito mau..." (Comentário recolhido na blogosfera, decorrente de uma intervenção de Bento XVI sobre o Silêncio)

      Um grande abraço.

      Eliminar

PUBLICIDADE