quinta-feira, 26 de maio de 2016

Oh Presidente, ficamos à espera que diga de sua justiça!...




Vou sentar-me por aí num canto qualquer e esperar que alguém me explique o que é que o Sporting se prepara para fazer, ou já fez, da nossa briosa equipa feminina de basquetebol que tão galhardamente se bateu ao longo de toda a época para conseguir a manutenção na Liga Portuguesa...

É que entre o comunicado emitido pelo Clube (LINK1) e aquilo que nas últimas horas tem vindo a público (LINK2), qualquer adepto sportinguista fica sem saber muito bem, nem o que será a "bota" e a "perdigota" e muito menos porque razão não bate uma com a outra!...

Já terá passado um ano sobre acontecimentos nebulosos e pouco edificantes para um Clube com a história e tradição do Sporting Clube de Portugal, no que concerne ao basquetebol feminino. Como adepto interessado pelo basquetebol, a segunda modalidade da minha preferência em todo o formidável ecletismo leonino, o que veio então ao meu conhecimento deixou aberta no meu pobre e gasto e doente coração de sportinguista, uma profunda ferida que até hoje não deixou de sangrar. Mas o meu profundo amor ao Sporting exigiu-me silêncio absoluto sobre toda a "telenovela" do Verão passado, sempre na esperança de que o "rumo correcto" fosse de novo encontrado e a dignidade e o profundo sportinguismo de devotados seccionistas, equipa técnica e atletas fossem salvaguardados.

Agora, parece que o calor do Verão que se avizinha, voltou a toldar a moleirinha de uns quantos, volta-se a extinguir o que tanto custou a construir, para anunciar de seguida o renascimento de algo que já vivia em nós, que era nosso, muito nosso e à custa sabe-se lá de quantos sacrifícios...

Cuidado, é muito feio brincar com os sportinguistas e amantes do basquetebol em particular! E pode tornar-se muito perigosa a brincadeira!...

Oh Presidente, ficamos à espera que diga de sua justiça!...

Leoninamente,
Até à próxima

1 comentário:

  1. É tão feio brincar com o clube como fizeram os "grandes gestores" durante várias décadas, com fecho de modalidades, venda de património, negócios obscuros, prejuízos constantes e falta de resultados desportivos. E isto tudo com o beneplácito de muitos "croquetes" que hoje se mostram muito indignados com qualquer decisão da actual direcção. São uns tristes, coitados!

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE