sábado, 7 de maio de 2016

Carta aberta ao meu amigo João


Carta aberta ao meu amigo João

Escrevo este post a poucas horas de um jogo que a todos nós, sportinguistas, nem pela cabeça passa outra coisa que não a vitória! Para continuarmos todos a alimentar a esperança de ver renascer o Sporting para os grandes feitos...

Mas dirigindo-me a todos os sportinguistas, permitam-me que em nome de todos, me dirija muito particularmente ao João. Dirão quase todos, mas que João?! Permitam-me também que entre tantos, me dirija muito particularmente a um João, meu pessoal e muito caro amigo, a quem quero, simplesmente chamar João, porque sim e na certeza de que ele sabe que é a ele que me estou a dirigir...

João eu conheço-te suficientemente bem para saber de cor e salteado o teu grande amor ao nosso Sporting. Exactamente do tamanho do meu. Mas és mais teimoso que um burro e, por razões que sempre te escusaste a dizer-me, andas há anos "a fugir com o rabo da seringa" sempre que te faço o apelo para te tornares sócio do Sporting.

João eu respeito a tua casmurrice! Há sempre uma razão para a casmurrice de cada um de nós. Mas acima dessa razão, entende que haverá duas coisas que se deverão sobrepôr: a tua inteligência, que admiro e o "nosso grande amor"!...

João eu sei que não clicas no link de "Sócio num Minuto", por uma mera e sempre compreensível razão económica. É apenas a casmurrice que te trava e sei também que te tens visto aflito para combater o remorso que vai lavrando na tua consciência de leão. Porque sabes tão bem quanto eu, que o "nosso" Sporting precisa da nossa ajuda. Sem ela nunca chegaremos ao patamar que nas nossas conversas temos confessado um ao outro, de sermos "tão grandes como os maiores da Europa"! Não se conseguem fazer filhoses de água, João!...

João pensa nisto que te digo hoje...

E boa sorte para nós, logo à noite em Alvalade!...

Leoninamente,
Até à próxima

1 comentário:

PUBLICIDADE