sexta-feira, 13 de maio de 2016

Nesta condição, seria uma pena que um novo ciclo fosse inviabilizado!...



Adormeci já de manhã com a crónica de José Ribeiro a martelar-me na cabeça. E a almofada recusou-se a embalar-me, segredando-me que não bastaria "postar" o apelo à reflexão leonina que a crónica me havia sugerido. Haveria ainda bem mais para explorar, se à preguiça e ao comodismo eu não permitisse que me coarctassem "engenho e arte". Acabei por adormecer, mas com a decisão tomada...

Depois de sono rápido, aqui estou cumprindo os desígnios da almofada, que pelos vistos também deve ser do Sporting...

Não sei se sonhei no seguimento da "conversa" com a almofada, mas o que é certo é que acordei, talvez premonitoriamente, com a palavra estratégia na mente, embora com uma estranha e gramaticalmente errada grafia. Mas talvez seja por essa e por muitas outras coisas que o Sporting é diferente, e precisa mesmo, não só de uma "estratéjjia" inteligente mas, particularmente bem arquitectada e planeada e levada à prática com rigor e fidelidade máximas.

Essa "nova estratéjjia leonina" terá de começar, necessariamente a meu ver, pelo estabelecimento de duas importantes premissas:

1 - A aceitação única e galvanizadora da segunda das opções que tão brilhantemente JR colocou: que a vitória do próximo campeonato seja "a primeira de muitas outras".

2 - A liminar recusa da estratégia utilizada esta época, tanto por Bruno de Carvalho quanto por Jorge Jesus, não sendo dispiciendo juntar-lhes tambem o "ámen" da grande maioria dos adeptos sportinguistas, que comprovadamente mostrou quão perniciosa terá sido, quer pelo desgaste que em nós provocou, quer pelo efeito motivacional que notoriamente provocou nas hostes adversárias.

Claro que a implementação de um novo conceito estratégico deparará com obstáculos difíceis de ultrapassar, mas nunca intransponíveis. Começando pela dificuldade de o Presidente a ela se adaptar e acabando na propensão natural e conhecida de JJ de nunca estar disposto a abdicar de qualquer elemento da espinha dorsal que suporta as suas equipas em cada temporada.

Mas se quanto a JJ estaremos conversados sobre a sua capacidade de transigir nesse desejo natural, bastará lembrarmos as saídas que se verificaram no seu anterior clube ao longo das seis épocas que por lá andou, já quanto ao líder leonino... " a porca torcerá mais o rabo"! Mas costuma-se dizer que "só os burros não mudam"!...

Nesta condição, seria uma pena que um novo ciclo fosse inviabilizado!...

Leoninamente,
Até à próxima

8 comentários:

  1. tudo isto faz-me lembrar a história do canal do suez...

    - os ingleses tinham o monopolio da navegação marítima em 1850.
    - os franceses viram na gigante obra uma forma de atingir o reinado dos bifes.
    - a obra fez-se usando mais de 1 milhão de escravos.
    - os ingleses inventaram uma lei internacional contra a escravatura e criaram uma força de beduinos que inspirasse a revolta entre os trabalhadores forçados.
    - os trabalhos estiveram parados.
    - o custo final superou em mais do dobro o que estava projetado.
    - depois de aberto, as receitas iniciais do transito comercial estavam abaixo do esperado.
    - o consórcio dono do canal estava falido, pouco tempo depois de abrir.
    - os bifes depois de boicotarem o canal de diversas formas decidiram exigir o pagamento da divida externa do egipto e receberam em troca todas as acções que os africanos tinham no canal.
    - o canal passou a ser importante.
    - criou-se uma lei para tornar o canal neutro politicamente.
    - os egipcios revoltaram-se, tentaram expulsar o corrupto kedive, os franceses e os ingleses de toda a influencia do país.
    - os ingleses esmagaram a revolta a pedido do kedive e tomaram conta do pais, do canal e todo o egipto até 1945.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então caro "aminhatvpifou" terei eu de concluir que o Sporting estará condenado a continuar a ser "colonizado" eternamente?! Sem a mínima hipótese de alguma vez pensar em pronunciar o "grito do Ipiranga"?! E em que mãos se encontra hoje o Canal do Suez?! Passei lá, ainda não haverá tantos anos como isso, umas largas dezenas de vezes e nunca lá vi ninguém além dos egípcios, sabendo nós que o canal, na actualidade, pertence e é mantido pela Autoridade do Canal do Suez, sob tutela do governo egípcio...

      Eliminar
    2. todas as vezes que tivemos um kedive, o que nos aconteceu? franceses e ingleses tentaram colonizar-nos.

      o atual presidente não é um kedive.

      alianças? nenhuma!
      o partido frances e o partido inglês têm de ser expulsos.

      Eliminar
    3. A resposta do caro leitor "aminhatvpifou" deixou-me mais tranquilo, não tivesse eu votado num "kedive" qualquer. Agora estou enquadrado no seu raciocínio e tenho a firme certeza de que nem "franceses" e muito menos "ingleses", alguma vez ousarão colonizar-nos.

      Mas será imperioso que preparemos o "nosso Canal do Suez", tal como os egípcios acabam de fazer, para o dobro, o triplo, ou mesmo o quádruplo da capacidade de navegação! E para alcançarmos tal desígnio, existe apenas uma via: a sustentabilidade económico/financeira! Que nas actuais condições, apenas poderá ser alcançada com a venda de alguns anéis, preservando a saúde dos dedos!

      Eliminar
  2. Gostava mesmo de 'acarditar' que foi o Mark Zuckerberg que nos ROUBOU o campeonato este ano... mas não 'acardito' que jovem bilionário esteja muito preocupado connosco...

    Não significa que concorde com BdC... pois não concordo... mas, infelizmente..., ...infelizmente uma coisa nada tem a ver com a outra... Era tão bom que tivesse... A solução era tão simples e fácil...

    p.s. no domingo, tenho cá um 'feeling' que vamos aprender mais uma lição nesta nossa formatura... com a cobertura televisiva que vai ser feita... designadamente no percurso de braga até Lisboa... Aguardemos...

    SAUDAÇÕES LEONINAS

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. C'afé é que nos salva caro amigo ZE! Felizmente c'afé ainda não paga imposto!...

      Saudações Leoninas

      Eliminar
    2. Não sei se terei sido bem entendido, meu amigo...

      Não era bem nesse sentido... Aguardemos então

      SAUDAÇÕES LEONINAS

      Eliminar
  3. Caro Amigo Álamo, confio plenamente no presidente e na sua relação com os jogadores... pegando no que josé ribeiro disse na crónica de ontem, não quer dizer que as cláusulas não possam ser batidas, mas tirando essas propostas irrecusáveis (para ambos os lados) na minha opinião os agentes têm muito pouca influência neste momento dentro do clube. Posso estar a ser ingénuo, até porque a recuperação das percentagens dos passes não percebi muito bem, mas acho que sairão apenas o que a direção/técnico decidirem, dentro de uma sustentabilidade controlada.
    Digo isto porque desde o verão quente das birra de Slimani/rojo/dier não tivemos mais episódios desses... acredito que tanto Jefferson, como Mané ou mesmo João Pereira não estejam felizes com a sua situação, mas ainda assim não mandam recados pelos jornais. As birras acabaram, na minha opinião, porque o diálogo e a atenção para com cada situação deve ser constante e aí acho que há muito dedo da direção/estrutura. Jesus já revelou ser um pouco frio com os jogadores... ele manda e quem não quiser assim, está assado. O presidente deve ser uma espécie de pai amigo... mal comparado, até porque falamos de dois mafiosi, aquilo que ouvi dizer foi que, nos idos anos 90, dom bufas era implacável com os jogadores (em relação a disciplina) e reinaldo teles era uma espécie de ombro amigo/motivador/companheiro de copos que aligeirava as piçadas... Com o devido respeito que hierarquicamente terão de obedecer o Presidente deve ter uma relação próxima aos jogadores, muito na base de confiança e da honestidade, porque reconhecem que o topo se precoupa com eles. Por outro lado os nossos excedentários, podem render 10 ou 15 milhões... digo eu, que poderá ajudar a manter a base da equipa. É claro que se fala (nas notícias) de 177 mil euros mês para João Mário... aí nada podemos fazer, mas se com um jogador nos sair o jackpot podemos manter mais alguns ovos de ouro. Temos também o trunfo da entrada direta na liga dos campeões.
    Em relação às personalidades... o mundo do futebol está povoado de "personagens". Tanto JJ como BdC são das maiores... Mutitissimo competentes entre muros, mas estereofónicos fora de portas. Veja-se o caso do mr. burns... também é um incendiário e no caso dele o crime compensa... as provocações da máquina não picaram os nossos jogadores porquê? Não creio que os jogadores se deixem afetar por picardias... a menos que lá por carnide adotem a tática de mourinho (ter sempre um inimigo para motivar as tropas) e a lavagem cerebral chegue a esse ponto...
    A truculência dos nossos é amplificada, isso sim, por uma cs suja! A dos outros é adocicada...
    Não acredito em muitas mudanças de "estilo", mas estou convicto que com a manutenção de grande parte do plantel, a manutenção do treinador e uma mudança na apaf o futuro? O futuro é Sporting Sempre! Tu vais vencer podes crer porque a nossa força é brutal...
    Grande abraço
    Basco "O Leão"
    p.s. - o que nos faz deitar sobre a manhã é esta tensão que agita, que nos faz ler, ler, ler textos, opiniões, sugestões para serenar e sossegar os espíritos leoninos inquietos. Andamos arredados desta tensão há muito tempo. Estava a ver o jogo com o fêcêpê e mandei uma mensagem à minha mulher quando marcámos o 2-1, o soares dias estava parvo e o resultado estava incerto... a mensagem dizia "Estamos em sofrimento, mas assim é lindo!"

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE