quinta-feira, 21 de maio de 2015

Terá Soares Dias soltado o grito do Ipiranga?!...


"Em vários momentos desta época falou-se sobre bloqueios, expressão aplicada a uma estratégia utilizada pelos jogadores do Benfica nos lances de bola parada. Curiosamente, no último jogo em Guimarães, o árbitro Soares Dias assinalou uma falta num lance em que Jardel impediu a aproximação à bola de um defesa do Vitória. Uma infracção que poucas vezes foi assinalada ao longo da época de tal forma que, em Guimarães, até causou perplexidade ao central benfiquista..."
(António Magalhães, Entrada em Campo in Record)

Finalmente, aparece um árbitro a sancionar os "famosos" bloqueios na grande área adversária, cometidos pelos jogadores do Benfica. Foram anos e anos com a arbitragem portuguesa a ignorar simplesmente o que estabelece inequivocamente a lei XII: "Será concedido um pontapé-livre indirecto à equipa adversária quando, no entender do árbitro, um jogador impedir a progressão de um adversário."

Foram anos e anos a fio com Jorge Jesus a aproveitar com inteligência, a terrível e descoroçoante incapacidade dos árbitros portugueses para se aperceberem das ilegalidades estimuladas pelo técnico benfiquista e terem a coragem de penalizar essa violação às leis de jogo, que quase nenhum dos espectadores nas bancadas e os analistas e comentadores dos mais diversos orgãos de comunicação se apercebem ou votam ao mais inacreditável desprezo.

Será Jorge Jesus o culpado maior pela situação? Claro que não! Obviamente ele abandonaria essa estratégia, a partir do dia em que concluísse que os árbitros portugueses já lhe tinham descoberto as manhas. Mas os árbitros portugueses, por incompetência ou outra razão qualquer que agora não virá ao caso, continuaram cegos e incompetentes e ele, Jorge Jesus, inteligente e sagaz como reconhecidamente é, tem vindo a aproveitar. Soares Dias foi o primeiro a descobrir a "careca" de Jesus. Resta saber se continuará a ser o único ou, agora que a lebre foi levantada, terá mais parceiros na competência e na decência!...

Muitos golos e vitórias foram construídas deste modo pelo Benfica, ao longo das últimas épocas. Nem ao clube da Luz, nem ao seu técnico deverá ser imputado o maior quinhão de responsabilidades. Muito menos deverão todos os outros técnicos  ser apelidades de cegos ou ingénuos. Muitos já se revoltaram contra a situação, revelando contudo estrutura moral ou inabilidade suficientes para que a fraude não tenha assim tantos seguidores...

Terá Soares Dias soltado o grito do Ipiranga?!...

Leoninamente,
Até à próxima

1 comentário:

  1. Isso é que era bom....!!!

    Ouvi, há dias, na Sporting TV.... Carlos Dolberth..., com toda a razão do mundo dizer... mais ou menos isto...

    "Se me roubarem o carro em janeiro..., não é por só descobrirem o ladrão em junho que o carro passa a ser dele"

    O que se passa há muitos e muitos anos.... é isto... Primeiro lançam-se as bases das conquistas.... e quando tu está decidido... faz-se a tal, e PODRE 'lei da compensação'... Depois, à posteriori, fazem-se as contas... e zás.... EUREKA.... Afinal os erros até são mais ou menos distribuídos....

    VERGONHA....

    p.s. O que será que dirá AM... aquando das primeiras alvissaras largadas em tons de azul e vermelho nas primeiras jornadas do próximo campeonato....??? Fica no ar....

    SL

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE