sábado, 1 de outubro de 2016

Que diferença entre "jornalixo" e jornalismo!!!...


O JOGO QUE FALTA

Não é nenhum destes

«A convocatória de Gelson para a Selecção vem confirmar várias coisas: a grande escola de extremos que Portugal constitui, o rápido crescimento de uma potencial estrela e ainda essa ironia que é a de a traiçoeira partida de Carrillo ter tido pelo menos um efeito positivo para o Sporting. Nem sempre o crime compensa, e às vezes até compensa para a vítima. Tenho pena de ainda não ver entre os convocados Rúben Semedo, talvez o melhor central português da actualidade; fico contente por ver André Silva, porque continuamos a precisar de formar um ponta de lança de referência; e não deixo de assinalar a falta de jogadores do campeão nacional. No mais, lamento o azar do calendário. Andorra e Ilhas Feroé são os piores adversários que podíamos apanhar agora. Com eles, Portugal tem tudo a perder e nada a ganhar: vencer é obrigatório, não vencer será um desastre. Esta era a altura de defrontar a Hungria. Só uma vitória perante um bom adversário acabaria garantidamente com o tal "modo campeão europeu". Mas adversários bons, neste grupo, são coisa rara.

O GRANDE CINISMO

Proibido ter consciência

O Legia não quer jogar contra o Real à porta fechada e uns quantos adeptos do Sporting não querem ser multados em Espanha. Mão pesada para ambos: violência, não! Agora, sancionar o Celtic por alguém exibir na bancada uma bandeira da Palestina? Pergunto eu, que em muitos aspectos continuo pró-israelita: até quando vai manter-se este cinismo, no futebol, de se considerar desordem uma manifestação política pacífica?»
(Joel Neto, Opinião, in O Jogo)

No espaço de menos de uma hora calha-me na rifa "ouvir zurrar um burro com 10 orelhas" e depois, apaziguar a minha raiva e nojo com um redentor e lancinante grito de revolta contra a violência e a proibição de ter consciência!...

Que diferença entre "jornalixo" e jornalismo!!!...

Leoninamente,
Até á próxima

Sem comentários:

Enviar um comentário

PUBLICIDADE