quarta-feira, 12 de outubro de 2016

Obviamente!...


Não se enervem

O mordomo foi só ao WC

«O debate sobre o número de títulos do Sporting é divertido porque se trata de um clube a tentar provar que é maior do que aquilo que é. As controvérsias em torno das fundações de Benfica e FC Porto não o foram menos: tratava-se de dois clubes a tentar provar que eram mais antigos do que aquilo que são.

O futebol faz-se destas coisas: números (só Guardiola e Wenger pensam o contrário). É natural que os números se discutam.

Ademais, a história - ou a historiografia - não passa de uma convenção. No caso em epígrafe, a prova X resulta na prova Y e a prova W na prova Z, mas por outro lado a prova X tinha o espírito (e até o nome) da prova Z, enquanto a prova W tinha o espírito (embora não o nome) da prova Y.

Há aqui uma discussão que se pode ter, mesmo parecendo ridícula. Aliás: mesmo sendo ridícula. Quase todas as hipóteses historiográficas, di-lo o método cartesiano, são ridículas. De vez em quando, surge um milagre.

É assim com a história como é assim com a matemática, a sociologia ou qualquer outra ciência - tenha como objeto o movimento dos planetas ou as neuroses domésticas, uma competição desportiva ou a paz entre as nações.

O problema é este: existe uma história oficial, essa história não foi sempre a mesma e, pelo menos até ontem de manhã - meses após a reivindicação do Sporting -, o historiador oficial estava calado. Quem tentou ouvir a FPF recebeu silêncio. Quem procurou pesquisar no site perdeu-se nos links.

Só isso me preocupa: que o mordomo ou tenha perdido a chave da gaveta, ou não saiba onde guardou os papéis. Quanto ao mais, é conversa para entreter entre jornadas. Ao primeiro penálti mal assinalado, só tornamos a arremeter com o palmarés quando voltar a não haver assunto.»


Eu não aconselharia calma aos mais nervosos e muito menos aparentaria a fleuma quase britânica de Joel Neto! A menos que ao nosso ponta-de-lança no jornal O Jogo, nem lhe passe pela cabeça que o mordomo é um  infiltrado e zeloso "funcionário" do um certo clube que...

Obviamente!...

Leonianmente,
Até à próxima

Sem comentários:

Enviar um comentário

PUBLICIDADE