sexta-feira, 14 de outubro de 2016

Obviamente, demita-o!...


Ainda não é conhecida a classificação atribuída pelo observador destacado para o Estádio Municipal de Famalicão, ao trabalho do insigne talhante de Vila Verde que o presidente do CA da FPF designou para arbitrar o Famalicão - Sporting e já eu sorrio para a imagem que escolhi para ilustrar o meu discurso.

Oh senhor Fontelas Gomes, tem a minha palavra de que estou a apreciar o esforço que vem desenvolvendo no sentido de levantar do chão uma corporação em que vários membros teimam em colocar o focinho onde as pessoas de bem assentam os pés. Porém... não exagere, carago!...

Este senhor está bem de vida, lá com os seus múltiplos e variados talhos. Depois do primeiro aviso, fez uns seguros e agora podem chover pedras e picaretas sobre os grossos vidros das suas propriedades, que será sempre o lado para onde dorme melhor. Além do mais, poderá ter vida para árbitro - se apenas considerarmos a obscena retribuição actual dos juízes da bola -, mas haverá vários atributos importantes que há muito tempo toda a gente do futebol sabe que não tem e o senhor Fontela Gomes, melhor do que ninguém, não desconhecerá e que por respeito ao CA que o senhor preside, me abstenho de explicitar aqui.

Nesta condição, depois do "trabalhinho" que o homem ontem protagonizou em Famalicão, a que o senhor terá estado ainda mais atento que eu, tome o conselho de um tolo, antes que o gajo lhe espatife a regeneração a que meteu ombros, não pense duas vezes...

Obviamente, demita-o!...

Leoninamente,
Até à próxima

1 comentário:

  1. Este talhante ontem transmitiu uma mensagem:
    - Pode não haver boicote dos clubes aos arbitros, mas vai continuar a haver boicote dos arbitros ao trabalho de certos clubes.

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE