quinta-feira, 1 de setembro de 2016

Só eu, admirador confesso de Adrien, saberei quanto o lamento!...



Ainda a propósito do que a generalidade dos adeptos sportinguistas certamente terá entendido sobre a recente "mea culpa" com que Adrien Silva julgou poder apagar a nódoa que a sua quiçá inclassificável superficialidade permitiu que dias antes lhe sujasse de forma indelével o seu bonito trajecto no Sporting, lembrei-me da curiosa analogia que poderá ser estabelecida entre uma das passagens mais importantes da Epístola de Paulo aos Gálatas e o objecto do pérfido ataque de quem eliminou a gratidão do seu léxico.

Terá dito então Paulo aos Gálatas: "Não vos enganeis, de Deus não se zomba, pois aquilo que o homem semear, isso também ceifará"!...

Ora, sem que a minha agnosticidade pretenda colocar em plano de igualdade o deus dos cristãos e qualquer outra entidade, julgo que as palavras de Paulo conterão em si um ensinamento de tal modo profundo que nenhum homem o deverá desprezar em qualquer relação que possa ter com o seu semelhante.

Ora em meu entender, Adrien Silva zombou de quem ao longo de mais de uma década constituiu o farol da sua vida. E zombou da forma mais torpe, indigna e carregada de má fé, que poderia ter escolhido. Semeou ventos sem cuidar de reflectir que poderia vir a correr o risco de "ceifar" tempestades.

Em busca da "arma do crime" perpetrado por Adrien, o melhor que consegui encontrar encabeça este texto: se não foi exactamente esta a sofisticada arma que terá utilizado, distante não estará, a avaliar pelas consequências! De facto, Adrien terá visto o "tiro sair pela culatra"!...

Só eu,  seu admirador confesso, saberei quanto o lamento!...

Leoninamente,
Até à próxima

18 comentários:

  1. Que tal moderar a linguagem?! Já pensou nisso. Então eu digo-lhe que se lixe a sua opinião. Deveria ter menos vaidade pensando que qualquer merda que lhe passa pela cabeça deve ser partilhada com o mundo. O que importa é o Sporting e com isso o reconhecimento do que importa mesmo: que Adrien nunca regateou esforços em campo mesmo quando pensava que ia saír quando jogou contra o porto nem fez birras ou ameaças como não ir treinar ou jogar e que já se dispôs a estar de volta. Moralista da treta todos vocês. Beatas.

    Quem está a mandar tiros no clube é a malta como você com estes posts contra o capitão.

    JRamos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olhe JRamos, que se lixe também a sua opinião!...

      Eliminar
    2. Pois, que se lixe a minha opinião, tudo bem, mas a minha opinião em todo o caso facilita a vida ao Sporting porque integra o capitão sem reserva; a minha opinião compreende que ofertas de salários astronómicos da premier league assim como ir jogar para a melhor liga do mundo perturbam qualquer jogador a jogar em Portugal; já a sua opinião envenena a situação, esgravata a ferida, não ajuda nada.

      Os lambpias e os fruteiros tem interesse em que a ferida se mantenha aberta entre o capitão e os adeptos. Seria interessante que o Sportinguistas mesmo sem querer não lhes fizessem a vontade.

      JRamos

      Eliminar
    3. Para que conste, esta não é a primeira vez que Adrien encosta o seu clube à parede, no tempo do Godinho Lopes foi preciso vender jogadores para pagar salários e mister Adrien ameaçõu ir para o Porto se não fosse revisto o seu contrato. Sportinguista sim, mas nem tanto. Para já, tirava-lhe....... docemente a braçadeira de capitão.

      Eliminar
    4. Caro JRamos, permita que coloque um ponto de ordem nesta despretensiosa - pelo menos da minha parte - polémica que travamos. Eu apenas condenei e continuo a condenar, a atitude de Adrien ter dado uma entrevista para dizer o que disse. Todas as ilacções que porventura o caro tenha retirado do meu texto e que os seus comentários confirmam, serão de sua exclusiva autoria e jamais terão feito parte do meu pensamento.

      Não vou aqui e agora reconhecer ou deixar de reconhecer a justiça das alegações de Adrien. Mas se as propostas recebidas o perturbaram, só tinha um caminho: expressar essa perturbação e o forte desejo que o animava, no local próprio e junto das pessoas certas, jamais dar uma entrevista a um jornal, que considero infantilidade imperdoável e indigna de um capitão do Sporting.

      Informo-o de que eu seria o último a desejar que esta ferida se mantenha aberta. Talvez me compreenda melhor depois de ler o post que publiquei há minutos.

      O caro poderá dar-me lições de muita coisa. Aos 70 anos ainda me sinto capaz de aprender. Mas haverá um campo onde dificilmente receberei lições de alguém: no campo do sportinguismo!...

      Eliminar
    5. Nao questiono de todo o seu Sportinguismo apenas o seu julgamento nesta materia. Em todo o caso poderia ter deixado a minha critica num tom mais civilizado. Solicito apenas que reconsidere a sua opiniao sobre o nosso capitao.

      SL

      Eliminar
  2. Superficialidade? Zombou? Acho que esta ler nisto tudo coisas a mais.
    Querer sair para agarrar uma grande oportunidade para a sua carreira e carteira, é humano. E ele não fez birras nem ameaças. Tentou a sua sorte, mas foi infeliz na maneira que escolheu. Provavelmente na altura estava mesmo convencido que iria sair e pensou que só estava a dar um empurrãozinho e ao mesmo tempo a suavizar o impacto nos adeptos. Aí sim, o "tiro" saiu pela "culatra".

    Mas não acho que estivesse de má fé e acredito que continuará a dar tudo em campo. Se não o fizer, JJ não terá grandes contemplações para com quem não rende em campo.

    Vamos evitar diabolizar o jogador. Só temos a perder. Para além de ser uma reacção desproporcional ao caso em si.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O caro Angelo acaba por admitir no seu comentário o único erro, apesar de enorme e imperdoável, que condeno na atitude de Adrien "tentou a sua sorte, mas foi infeliz na maneira que escolheu"! Eu não lhe chamei "infeliz", fui mais elegante, chamei-lhe "superficial". Entre nós os dois quem será o mau da fita?

      Creio que terá interpretado mal este post. Talvez o que acabo de publicar o faça pensar diferente. Dá-me ideia que com o caro estarão a acontecer duas coisas que pouco abonarão em favor da sua argumentação:
      1- Será visita recente de Leoninamente, desconhecendo o seu histórico e a linha editorial!...
      2 - Nessa condição, desconhecerá por completo há quanto tempo e com que vigor tenho defendido Adrien Silva, que há longos anos admiro e que por tal motivo tanto me decepcionou a sua atitude de dar uma entrevista a um jornal quando deveria tentar alcançar os seus objectivos dentro do Clube e com as pessoas certas...

      Eliminar
  3. Pois é, mas a partir de agora é apoiar :-) Não é?

    99% dos jogadores só vêm uma coisa, dinheiro.
    99% dos adeptos só vêm uma coisa, vitórias.

    Agora é ele jogar e nós apoiar que se ele nos der vitórias, nós "esquecemos" e mais tarde ou mais cedo pode ir ao seu $$$$$....

    ResponderEliminar
  4. Pelos vistos ha gente que e mais do Sporting que outra... eu nao devo ser dos bons, ou dos puros porque acho que o capitao ja nao e mais... pelo menos para mim.
    Viva o respeito de quem vem a casa dos outros dizer o que podem ou nao fazer.
    SL
    Basco "O Leao"

    ResponderEliminar
  5. As declarações de Adrien e do seu pai colocam em causa a honestidade e a palavra do presidente do Sporting, Bruno AZEVEDO de Carvalho. Logo se as afirmações não correspondem á verdade, o Sporting deve suspender e levantar imediatamente um inquérito disciplinar ao jogador e nomear desde já um novo Capitão.

    Sportinguista Atento

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O melhor seria despedi-lo caro "Sportinguista Atento"! Ou será que se enganou e é mesmo "Benfiquista Atento"?!...

      Eliminar
    2. Num tempo em que se pretende novas relações com empresários, outros clubes e até com a CS, num tempo em que se quer elevar o estatuto do Sporting para deixar de ser o "Bombo da festa" a quem tudo se pode fazer incluído achar que se pode vir comprar jogadores por "tuta e meia" também deve ser o tempo de fazer com que os jogadores não façam o que lhes dá na gana. O Adrien foi para os jornais para pressionar o Sporting. O Sporting não pode ser pressionavel. Só vejo um caminho: não está à altura de ser capitão. Tudo na vida tem consequências. O Sporting está acima de todos os intervenientes e não pode estar refém de ninguém, custe o que custar a quem custar, nem que seja à maior vedeta mundial. Não se abdica dos princípios só porque hoje dá jeito e amanhã vimos reclamar os mesmos princípios.

      António Silva.

      Eliminar
    3. Existem muitos liricos, mas isso com os anos passa.

      Futebol é Futebol, desde que não se chegue a ilegalidades e eles continuem a correr e a defender bem o Sporting terão sempre o meu apoio.

      Eliminar
  6. Concordo que consequências daí terão de vir.
    O JRamos, diz: "que Adrien nunca regateou esforços em campo" - mas na mesa das negociações, é, talvez o português mais bem pago a trabalhar no seu país!

    Quando muitos não acreditavam, o Sporting fez tudo para dar a Adrien um futuro glorioso e MUITO bem pago no futebol. O que ele fez foi inaceitável.

    Sendo que, neste momento, até há jogadores para a sua posição, eu reitero o que já disse: tirar-lhe a braçadeira de capitão e não o convocar uns jogos, e quiçá, fazê-lo passar pela equipa B, afinal, ele quer "dar tudo pelo Sporting", pois devia ter estado calado.

    ResponderEliminar
  7. Esse JRamos anda a falar de borla,que não seja preciso eu dizer o que foi dito e feito no circulo intimo de amigos do Adrien!

    ResponderEliminar
  8. Este post de sportinguismo tem pouco, se a cor de fundo do blog fosse vermelha e se não conhecesse minimamente o seu blog diria que era post escrito por um lampião.

    Mas não se rale...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro que não me vou ralar com a opinião "corajosa" de um anónimo! A mim só me ralam matérias bem mais importantes do que o facto de um anónimo com calças se julgar um homem capaz de ter o direito de emitir opinião!...

      Eliminar

PUBLICIDADE