quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Os árbitros são todos uns pulhas!...



Os árbitros são todos uns pulhas!...

Leoninamente,
Até à próxima

6 comentários:

  1. Por falar em pulhas ja viram o árbitro para domingo?

    http://www.record.xl.pt/futebol/arbitragem/detalhe/artur-soares-dias-dirige-o-v-guimaraes-sporting.html

    SL

    ResponderEliminar
  2. E então não são? Não respeitam nada, mas mesmo nada, a fragilidade dos jogadores portistas, obrigados a jogar contra brutamontes que, com um toque ou um sopro, logo os derrubam (até o André Silva já vai dando uns mergulhos jeitosos).
    Mas. é isso, it´s an injustice!...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O mais triste é o fóculporto transformar os seus jogadores em flores de estufa... quando eles forma um clube que sempre formou os maiores sarrafeiros que este país já viu.
      Jogadores à porco eram aqueles roça caniços que durante décadas aviaram tudo o que mexia... andré, fernando couto, jorge costa, bruno alves, paulinho santos, etc, etc, etc.
      É triste ver o porco queixar-se das arbitragens... para mim têm tanta credibilidade e seriedade estas queixas do fêquêpê, como a Kikas vir do vale de Santarém a chamar puta a qualquer mulher que com ela se cruze... qual é a moral que esse clube tem para se queixar dos árbitos?
      SL
      Basco "O Leão"

      Eliminar
    2. Paulinho Santos, o "Lenhador"... Mas o Rodolfo Reis também não fugia a dá-las! Mais inteligente, mais "técnico", mas era "um ver se te avias"...
      Curiosamente, encontramos lá para as bandas de carnide, a outra face da moeda: Luisão, Samaris, Fejsa, Nelson...

      Eliminar
  3. Pois...mas a verdade é que foi penalty claríssimo, dos que não deixam dúvidas, e as equipas portuguesas (menos os benfas...) continuam a sofrer prejuízos perante os mais fortes e mais influentes da Europa. Como nos aconteceu recentemente e claramente com Schalk, Wolfsbourg e CSKA de Moscovo. Ainda hoje me indigna quando me lembro...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda ontem, em Alcochete, um sr austríaco, de apito na boca, cometeu uma série de diabruras bem assinaláveis.

      Eliminar

PUBLICIDADE