sexta-feira, 9 de setembro de 2016

É óbvio que processo a JJ vai cair ... madurinho!...


«... Para o projecto que o Benfica tem, não podíamos planear a médio/longo prazo. Todos sabem como ele trabalha e essa forma de trabalhar não servia os interesses do Benfica. Com ele, não era possível planear a três anos, por exemplo. [...]

O Benfica tem um projecto e não vamos fugir da linha que traçámos. O paradigma mudou no ano passado com a chegada de Rui Vitória.»
(Luís Filipe Vieira, em entrevista à TVI)

«Começámos a preparar esta época no ano passado e temos traçado para o Sporting um plano a médio/longo prazo. O que sei é que este não é um treinador para qualquer presidente. Há presidentes que não conseguem estabelecer um projecto com o grau de exigência e profissionalismo que ele tem. Mas eu consigo perfeitamente. É simples conseguir isso porque somos ambiciosos, gostamos de desafios e queremos ficar na história. Dessa afirmação, só posso dizer que Jesus não é um treinador para qualquer presidente. Nem todos têm capacidade para ter um treinador como Jorge Jesus. [...]

É uma questão interna do presidente do Benfica. Interessa-me só o Sporting e o projecto que estamos a fazer em conjunto. Agora, disseram muito tempo que Jesus traiu o Benfica e agora percebe-se que era o clube que não queria Jesus. Se havia um processo em tribunal, caiu.»
(Bruno de Carvalho, em entrevista à SIC)

Luís Filipe Vieira na recente e muito bem planeada e concertada entrevista que deu na TVI ao seu colaborante correlegionário José Alberto de Carvalho, terá cometido um tremendo e surprendente "erro de palmatória": esqueceu por completo toda a argumentação aduzida no processo que moveu ao seu ex-treinador e que ainda decorre no Tribunal do Barreiro e acabou por estabelecer com as afirmações demagógicas e populistas que produziu, a mais anedótica contradição com as razões invocadas para lhe exigir uma indemnização estapafúrdia de 14 milhões de euros!...

Bruno de Carvalho, arguto e sagaz, a fazer lembrar outros celebrados dirigentes do futebol português, na ainda mais recente entrevista dada à SIC, entendeu, para além de desmontar toda a falácia utilizada por LFV para demonstrar a inaptidão de Jorge Jesus para ser treinador do Benfica, não dever perder a oportunidade para transformar em certezas as dúvidas da magistrada que conduz o processo no Tribunal do Barreiro, Anabela Gomes Marques, que em tempo declarou inepta toda a argumentação do Benfica...

Afigura-se agora mais do que óbvio, que o processo a JJ cairá... madurinho!...

Leoninamente,
Até à próxima

Sem comentários:

Enviar um comentário

PUBLICIDADE