sexta-feira, 30 de setembro de 2016

O título de campeão nacional que a época passada ficou a dever ao Sporting!...


GELSON ERA MESMO ESPECIAL

«Há mais ou menos um ano entrevistei Jorge Jesus. A dado momento disse-me que, ao longo da carreira, nunca tinha visto um miúdo sair dos juniores com tanto talento quanto um pequeno extremo que tinha no plantel. Falava de Gelson. Referia-se apenas a jogadores treinados por ele. Como noutras ocasiões, desconfiei. Conheço bem a paixão que Jesus tem pelos dele. Onde os críticos apontam um defeito, ele vê meia dúzia de virtudes. E leva uma grande e decisiva vantagem sobre todos aqueles que escrevem e falam sobre os futebolistas dele: trabalha com eles todos os dias, conhece o ponto de partida de cada um e sabe quanto ainda lhes falta para atingir o ponto de chegada. Ora, nós (jornalistas, cronistas ou comentadores) julgamos o valor de um jogador apenas por aquilo que vimos a cada jornada. Não lhe conhecemos comportamentos em treino e nas mais das vezes é aí que se conhece de forma verdadeira o profissional.

Há uns meses não conseguia estar de acordo com Jesus: via Gelson como um futebolista com tremendo potencial mas em início da carreira (primeiro ano de profissional) Futre, Figo, Simão, Quaresma, Ronaldo, ou Nani (só para falar em ‘Aurélios’) estavam num patamar superior. Mas, lá está, não assisto a treinos, não tenho acesso ao panorama geral, aquele que permite a Jesus dizer o que diz. Provavelmente, há um ano ele já estava a ver diariamente aquilo que só esta época começou a ficar evidente para mim: Gelson é outra máquina de futebol saída da Academia leonina, pelos vistos especialista na ‘construção’ de extremo.

Não foi o facto de Gelson ter chegado à Selecção que me fez escolher este tema, mas o que li na página 3 , quando fui confrontado com a quantidade de futebolistas que chegaram a internacionais pela ‘mão’ de Jesus. E outros que já não entravam nas contas dos seleccionadores mas que voltaram a entrar durante as épocas em que trabalharam com JJ. Depois, lembrei-me da quantidade de jogadores, desde o Felgueiras ao Belenenses, passando pelo E. Amadora, V. Setúbal ou U. Leiria, que chegaram aos ‘grandes’ após o terem como treinador. Os factos são claros. Jesus não inventou o futebol, como gosta de dizer um conhecido comentador da televisão. Criou foi outra forma de o trabalhar, como gosto eu de dizer.»
(José Ribeiro, Contas Feitas, in Record)

Profundamente desalinhado contra a iníqua e cobarde campanha a que a "central de propaganda vermelha" mai-los fiéis lacaios que vegetam numa comunicação social abjecta  e imunda vêm desenvolvendo contra Jorge Jesus, José Ribeiro, nitida e absolutamente "contra a corrente do jogo" marca com esta sua crónica um "golo de antologia", que mais não significa do que a vitória do jornalismo sobre os "podres excrementos" que as cloacas dos "jornaleiros" que por aí infestam as redacções vão defecando.

A um ritmo louco e quase alucinante, a cada dia, semana e mês que vão passando assistimos todos, cada um segundo o seu carácter ou interesses, com sorrisos verdes de esperança ou amarelos de raiva, à queda inexorável de mitos e falácias, berrados em alta voz e amplificados por todos os meios possíveis e imaginários pela "central vermelha" dos "ddts" e seus prosélitos de um "quarto poder" que, parafraseando Sertório, "nem se governa, nem se deixa governar"!...

Alguém que agora não deverá ser para aqui chamado, terá dito um dia que cada um de nós tem o direito à indigação...

Ou me engano muito ou da justa indignação de JJ resultará a curto ou a médio prazo a hegemonia leonina na selecção nacional e...

O título de campeão nacional que a época passada ficou a dever ao Sporting!...

Leoninamente,
Até à próxima

5 comentários:

  1. Nem posso deixar de expressar aqui o meu contentamento por mais uma "joia" leonina brilhar na montra do futebol...

    Agora já não há duvidas, estamos mesmo perante mais um realidade e não de um "potencial" jogador razoável...

    Se o seleccionador não tivesse tido "a coragem" de ir em frente...mostraria que não estaria ao serviço do futebol português, mas ao serviço de interesses particulares (e eu que conheço o FS pessoalmente e que sei ser um homem honesto, nunca acreditaria que ele fizesse isso deliberadamente...)...
    Sou por isso de opinião que o Gelson chegou à Selecção A..."quando tinha" de chegar...!!

    Eu gostaria muito que ele "se fizesse velho" no Sporting...
    Sei que isso não vai ser possível, mas acredito que pela primeira vez (excluindo o JM), vamos "vender" uma joia ao verdadeiro preço do ouro...!!
    Este ...não o vão levar, como levaram por exemplo o Ronaldo...

    Por isso também...obrigado ao Presidente BC...

    Um jogador destes "no tempo" de GL...já estaria hipotecado por 700 ou 800 mil euros a um qualquer fundo...

    SL

    ResponderEliminar
  2. Quantos campeonatos nos ultimos 15 anos nos foram roubados á descarada?So assim de repente lembro me do golo do luisao ao ricardo,do golo com a mão do ronny e o colinho escandaloso do slb.
    SL

    ResponderEliminar
  3. Subscrevo na íntegra a crónica de JR e do amigo Álamo, pois uma coisa é certa o que ficará para a história não são os talentos de "barro"(criados por uma imprensa ávida de elevar ao "Olimpo" um determinado clube) mas sim os talentos puros que dia após dia vão desabrochando...

    SL

    ResponderEliminar
  4. Este jornalista é mais um dos adoradores de Jesus, nada de novo. Será que, tendo toda a gente a noção que Jesus é um grande técnico, ainda existe esta necessidade compulsiva de estar sempre a dar lustro ao ego exacerbado do JJ?

    Até numa peça em que poderia aproveitar o mote do seu próprio titulo para citar as enormes qualidades de um futuro grande jogador, ainda por cima com carácter simples, humilde e trabalhador, descai para mais uma peça laudatória, que não é nada mais do que mais do mesmo.

    O Gelson, para mim, está num nível semelhante aquele que levou o Renato Sanches a campeão europeu e jogador do Bayern aos 18 anos!!!, e não deverá ficar no Sporting para além desta época, pois de certeza que será transferido para um dos colossos europeus por números estratosfericos.

    Mas claro, o Jesus é que inventou o jogador, como se ele nas mãos de outro treinador fosse um pé de chumbo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Patologia grave a do "anónimo das 19:06"! Lamento mas tenho receio de lhe aconselhar a colocar alvaiade nisso! Quando os hematomas atingem uma relativa profundidade e se localizam na caixa craniana, já as mezinhas caseiras não serão de aconselhar! Talvez um bom neurologista...

      Eliminar

PUBLICIDADE