sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Este será o único caminho para um Sporting campeão!...




Naturalmente que o comunicado enviado pela Sporting SAD à CMVM, dando conta de um prejuízo de 31,905 milhões de euros no exercício compreendido entre 1 de Julho de 2015 e 30 de Junho de 2016 é preocupante para todo e qualquer adepto sportinguista.

Contudo, será um exercício ridículo tentar pincelar essa preocupação com laivos de exacerbado e pouco inteligente dramatismo, sem nos determos na análise de todos os complexos circunstancialismos que concorreram para que tal acontecesse e sem tomarmos na devida conta o jogo de sombras que inevitavelmente decorre dos encargos que transitaram do exercício anterior e dos benefícios que não podendo ser contabilizados agora acabarão por ser incluídos no próximo.

Estará no primeiro caso, por exemplo e entre muitos outros de menor impacto, a contabilização de 14,991 milhões decorrentes do processo Rojo/Doyen ainda em contencioso nos tribunais e no segundo, os significativos encaixes com as vendas dos direitos económicos de João Mário (40 milhões de euros, mais cinco por objetivos) e Islam Slimani (30, mais cinco), assim como os mais de 15 milhões directos ou indirectos com o acesso do Sporting à Liga dos Campeões 2016/17.

Será claro todavia, que para todos constitua motivo de preocupação, o facto de os gastos totais terem disparado de 52,1 milhões em 2014/15 para 78,4 milhões em 2015/16, um significativo acréscimo de 26,38 milhões, embora a SAD alerte para que tal "não significará uma qualquer inversão na política de contenção de gastos, antes corresponda a uma aposta na maior dinâmica da actividade, tendo em vista posicioná-la, de forma permanente, entre as melhores equipas portuguesas, donde resulta naturalmente um substancial acréscimo dos encargos".



Tal incremento resulta fundamentalmente do acréscimo verificado na rubrica de gastos com pessoal, decorrente da decisão de "investir fortemente no reforço do plantel e equipa técnica, antecipando um período de oportunidade", mas determinante para um inusitado acréscimo de "visibilidade dos atletas do Sporting, consubstanciado nas alienações de direitos económicos ocorrida já em Agosto de 2016". Este gastos com o pessoal passaram de 20,548 milhões de euros para 39,945 e as remunerações da equipa técnica e jogadores cresceram de 18,524 para 37,165 milhões de euros.
Ainda segundo o comunicado enviado à CMVM, a Sporting SAD refere que a sociedade apresentava em 30 de Junho, capitais próprios negativos, devendo por tal facto os accionista deliberar em AG marcada para 30 de Setembro - julgo que por força das disposições legais -, entre 4 hipóteses:

a) - a dissolução da sociedade
b) - a redução do capital social
c) - a realização de entradas em dinheiro que mantenham pelo menos em dois terços a cobertura do capital social
d) - a adopção de medidas concretas tendentes a manter pelo menos em dois terços a cobertura do capital social


No mesmo comunicado a Sporting SAD garante que "ainda assim, é convicção do Conselho de Administração que o caminho traçado para a Sporting SAD, com linhas orientadoras já anteriormente anunciadas, sustentado e assente no projeto de reestruturação financeira já implementado e tendo em consideração os factos subsquentes constantes no presente relatório, permitirá à SAD criar valor, gerar lucros e sair da situação de perda de metade do capital em que se encontra."

Por tudo o que acabo de expor, torna-se claro, transparente e perfeitamente justificado para mim todo o teor do comunicado enviado pela Sporting SAD à CMVM  e merece a minha total aprovação.

Este será o único caminho para um Sporting campeão!...

Leoninamente,
Até à próxima

P.S. - Já depois de ter publicado este post, encontrei no blog O ARTISTA DO DIA, uma análise bem mais profunda e detalhada sobre o exercício de 2015/16, que recomendo vivamente a todos os sportinguistas que apreciam os "pormaiores"! (LINK)

3 comentários:

  1. Pró-ano a juntar a Slimani e JM e LC tens também Naldo, e os contratos de TV e publicidade

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Creio que os contratos de Tv estão contabilizados em Factoring /Antecipação de Receitas 29,7 M€.

      Eliminar
  2. É claro que seria "muito mais agradável" se a apresentação de contas nos mostrasse um saldo altamente positivo...
    Mas para que isso seja possível, creio eu...é necessário matermo-nos neste caminho da exigencia e da busca do sucesso...
    Só "por milagre" teríamos a possibilidade de sermos vencedores em todos os campos, reduzindo "a factura", para números que não nos permitissem termos mais do que uma "equipa simpática" em vez do que esperamos todos (bem todos não...há quem prefira que "nos enterremos" para dar suporte às suas raivinhas...!), termos a possibilidade de uma equipa demolidora...

    É que "montar" uma equipa assim, custa dinheiro e não é "com migalhas" que isso se conseguirá...!
    A única vez que me recorde, uma equipa "limitada" ganhou um campeonato, foi a do Boavista, mas essa...tinha um "ponta de lança" na direcção da Liga que se chamava Valentim Loureiro e "jogava por fora"...!

    Já noutros tempos o Sporting teve equipas fantásticas e nada ganhou (outros "poderes se levantaram" sempre contra nós e a favor de terceiros...), mas na verdade só será possível "festejarmos no Marquês", se tivermos uma grande equipa outra vez...e os "poderes paralelos" fiquem inactivos...!!

    Para o ano espero..."os valores" a apresentar serão outros...muitos mais agradáveis para nós...!

    SL

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE