terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

O criminoso volta sempre ao local do crime!...


Parece mentira, mas é verdade! Três anos, dez meses e vinte seis dias depois de uma das mais miseráveis arbitragens de que haverá memória, realizada em Barcelos e que se saldou numa derrota por 2-0, Bruno Paixão volta a arbitrar um jogo do Sporting Clube de Portugal.

Claro que, ardilosa e maquiavelicamente, o Bítaro deportou esse arremedo de árbitro de futebol para o torrão mais longínquo que lhe era possível! Não fora com o Atlântico pelo meio e a decisão poderia ter consequências graves. Assim, longe da vista, longe do pensamento, longe de eventuais e bem merecidas acções de represália, e... pode ser que não aconteça nada!...

Sim, pode ser que não aconteça nada de mal a essa espécie de árbitro. Mas quem o poderá garantir?! Não haverá nada de mais arriscado do que foguear junto de uma bomba de gasolina, exactamente o que se poderá entender da inclassificável nomeação por parte desse mentecapto a soldo que, vergonhosa e provocatoriamente, continua a liderar o CA da FPF.

Valha-me ao menos o facto de ao longo de todo este tempo, não ter eliminado dos meus arquivos, a imagem que acima vos deixo! Talvez porque dos romances da Agatha Christie que devorei em adolescente, me tenha ficado a "certeza" de que...

O criminoso volta sempre ao local do crime!...

Leoninamente,
Até à próxima

Sem comentários:

Enviar um comentário

PUBLICIDADE