quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

O barco vai de saída!...


«BARCOS É MORTÍFERO NA ÁREA»

"É importante que o Sporting perceba que o Barcos não é jogador para ficar parado na área. Comigo, jogava no apoio ao avançado. Pelo que sei, Slimani é mais fixo. Sendo assim, se o Jorge Jesus quiser, eles poderão formar uma boa dupla. Tem todas as condições para dar certo. Foi o melhor marcador da sua equipa aqui na China, mas já não queria ficar cá. Não é jovem, mas é experiente e sabe o que faz. É um grande profissional e boa pessoa. Repito: grande contratação."
(Scolari, in Record)


Já não faltará muito tempo para podermos confirmar as palavras de Filipão. Mas os indicadores, quando afirma que se trata de um grande profissional e com um carácter de eleição, aliados ao facto de marcar "meio golo por jogo" e trazer porventura a imprevisibilidade e a estampa atlética que vinha faltando à equipa leonina naquele sector específico, serão garantias suficientes para alimentarmos a esperança de que se tratará de facto de uma boa contratação.


"O barco vai de saída
Adeus ao cais de Alfama
Se agora ou de partida
Levo-te comigo ó cana verde
Lembra-te de mim ó meu amor
Lembra-te de mim nesta aventura
P'ra lá da loucura
P'ra lá do Equador

Ah mas que ingrata ventura
Bem me posso queixar
da Pátria a pouca fartura
Cheia de mágoas ai quebra-mar
Com tantos perigos ai minha vida
Com tantos medos e sobressaltos
Que eu já vou aos saltos
Que eu vou de fugida

Sem contar essa história escondida
Por servir de criado essa senhora
Serviu-se ela também tão sedutora
Foi pecado
Foi pecado
E foi pecado sim senhor
Que vida boa era a de Lisboa

Gingão de roda batida
corsário sem cruzado
ao som do baile mandado
em terra de pimenta e maravilha
com sonhos de prata e fantasia
com sonhos da cor do arco-íris
desvaira se os vires
desvairas magias

Já tenho a vela enfunada
marrano sem vergonha
judeu sem coisa nem fronha
vou de viagem ai que largada
só vejo cores ai que alegria
só vejo piratas e tesouros
são pratas, são ouros,
são noites, são dias

Vou no espantoso trono das águas
vou no tremendo assopro dos ventos
vou por cima dos meus pensamentos
arrepia
arrepia
e arrepia sim senhor
que vida boa era a de Lisboa

O mar das águas ardendo
o delírio do céu
a fúria do barlavento
arreia a vela e vai marujo ao leme
vira o barco e cai marujo ao mar
vira o barco na curva da morte
e olha a minha sorte
e olha o meu azar

e depois do barco virado
grandes urros e gritos
na salvação dos aflitos
estala, mata, agarra, ai quem me ajuda
reza, implora, escapa, ai que pagode
rezam tremem heróis e eunucos
são mouros são turcos
são mouros acode!

Aquilo é uma tempestade medonha
aquilo vai p'ra lá do que é eterno
aquilo era o retrato do inferno
vai ao fundo
vai ao fundo
e vai ao fundo sim senhor
que vida boa era a de Lisboa...

O barco vai de saída!...

Leoninamente,
Até à próxima

5 comentários:

  1. "...Levo-te comigo ó cana verde
    Lembra-te de mim ó meu amor..."

    Eu quero o Sporting Campeão...!!

    SL

    ResponderEliminar
  2. Um tiro no ...............
    Ao fundo.....
    Era um submarino (ninguém o viu).

    ResponderEliminar
  3. Alamo,
    Os ditados populares fazem parte da riqueza cultural de um povo e refletem na maioria dos casos,vivencias e conhecimento.
    O ditado "Matar 2 coelhos de uma cajadada" foi o que fez o sporting na venda de Montero.
    Encaixou algum dinheiro pois as batatas compram-se com pilim e trouxe para o plantel um jogador com um perfil futebolistico identico a Slimani.
    Tinhamos essa "batata quente nas maos", se Slimani se aleijar ou baixar de forma, tinhamos pouca alternativa. O mestre so joga com um na frente, alguem acredita que Montero pudesse fazer esquecer o argelino?
    Nestes casos temos de esperar o abrir do melao para depois saborear, mas tanto Coates como Barcos tem o perfil certo para nos tornar mais fortes.
    Venha o rio-ave!!
    SL

    ResponderEliminar
  4. Caro Álamo:
    Obrigado por citar o grande Fausto Bordalo Dias, grande sportinguista e enorme compositor.
    Um grande Abraço,
    Joaé Lopes

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE