quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

E então, lá terei eu que aderir à NOS!...


Sentado no conforto do meu sofá, tenho vindo a assistir quase incrédulo, mas curioso e interessado, às sucessivas batalhas de uma inusitada "star wars" entre as duas mais importantes operadoras por cabo a actuar em Portugal - MEO e NOS!...

Como cliente MEO, com ligação à PT ainda do tempo em que existia a empresa pública formada em 1969, CTT - Correios e Telecomunicações de Portugal, S.A., que viria a estar na sua génese, desde a privatização que o vínculo deixou de fazer sentido para mim, prevalecendo apenas a minha conveniência pessoal.

Com a guerra aberta e declarada entre as duas operadoras a partir do dia em que foi tornado o público o "vermelhusco negócio do século", não foi necessário muito tempo para que pudéssemos assistir a tão previsíveis quanto sucessivas batalhas, com cada operadora e clubes circunstancialmente aliados, a reclamar a ultrapassagem dos milionários máximos anteriores.

Quando a NOS se pintou de verde e arrebatou a parte de leão do mercado por cabo em Portugal, disse para com os meus botões que seria desta que cortaria o cordão umbilical com a MEO. Mas, como os jogos do Sporting serão exclusivo da SportTV até 2018, acalmei a passarinha dos meus botões e disse-lhes para estarem quedos e mudos e deixassem que sob as pontes corresse toda a água que tivesse de correr.

Hoje veio a público a notícia de nova batalha NOS/MEO, lá para os lados das Antas (LINK), que deixa adivinhar o que aí vem, porque quem possui 50% da SportTV e quase 70% dos direitos televisivos dos jogos de futebol em Portugal, com toda a certeza que retaliará e vai ser um "segurem-me senão eu vou-me a ela"!...

Não sei se o que vem aí, nos levará a poder estabelecer um paralelo com a carnificina de uma das mais dramáticas, sangrentas, brutais e decisivas batalhas que a História reporta, acontecida em 1521, com o grande cerco levado a cabo pelos espanhóis liderados por Hernán Cortez sobre Tenochtitlan, principal cidade do Império Asteca, que acabaria conquistada e viria a ser a génese da Nova Espanha, mais tarde México. Mas quer-me parecer que Miguel Almeida, o jovem líder da NOS, terá encarnado o espírito conquistador e colonizador de Cortez!...

E então, lá terei eu que aderir à NOS!...

Leoninamente,
Até à próxima

7 comentários:

  1. Alamo,
    Ja somos 2..tambem vou pedir transferencia..rs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigo João Antunes, tenho a bala na câmara, mas o revolver no coldre, até ver em que páram as modas. A guerra NOS/MEO parece ter um novo capítulo em cada dia. Vou aguardar e vendo o Sporting, se possível, a ganhar, na MEO e quando o pó acalmar, então decidirei!...

      SL

      Eliminar
    2. Também sou cliente MEO. Estou numa posição de expectativa, ainda que forçada, até final de Julho, pelo período de fidelização.
      Mas não faltará muito para que me contactem para fazer a renovação e, nesse momento, lá terei que lhes deixar o recado:"Não há Sporting Tv, não há MEO !".

      Eliminar
    3. Amigo Liondamaia, a minha situação será quase idêntica à sua. Com a diferença de o meu período de fidelização poder ser remível no imediato. Nessa condição também a minha decisão futura passará por "Não há SportingTV, não há MEO"!...

      Eliminar
  2. Eu para a nos, nunca na vida. Já fui cliente e bem mal tratado. Tenho um colega meu que tem sido perseguido por uma agente de execução por causa de uma parvoíce. Não aprecio nada a atitude dessa empresa. Sporting na Meo ou Sporting num núcleo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Creio, caro RdS's, que não deveremos confundir as instituições com as pessoas que dentro delas nos possam eventualmente ter maltratado. Mas respeito a sua posição, embora esteja disposto a abandonar a MEO se deixar de nela poder ver a SportingTV e os jogos do meu Clube. E olhe que no meu caso pessoal, para aderir à NOS, terei que voltar às parabólicas, pois nem há fibra por aqui e a PT exige à NOS mais do triplo do que cobra à MEO, para utilizar a linha de cobre! Consequências de privatizações estúpidas de uma rede que nunca deveria ter saído das mãos do Estado. Como os CTT, aliás...

      Eliminar
  3. Amigo Álamo, eu tb tenho a meo, mas não estou mto convencida a mudar, eu como não tenho sport tv, não me afecta nada, pois sempre que posso vou ver os jogos da nossa equipa, ao núcleo Sportinguista cá da localidade, não sei, é se a Sporting tv continuará com a meo, se não continuar dp logo se vê o que há para fazer, mas vou esperar com mta calminha...

    SL

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE