domingo, 31 de julho de 2016

Ouvir o silêncio é óptimo, mas ficar em silêncio é muito melhor...



O silêncio é uma resposta

O silêncio nunca me causou inquietação, angústia nem dor. Quando criança, não me importava de brincar sózinha. Gostaria até que minha mãe tivesse sido uma mulher silenciosa. Acho que é por isso que sempre busquei o silêncio. Ora em cima do pé de jambo, ora no telhado. Sempre me refugiei no silêncio, e quanto mais o tempo passa mais percebo que o silêncio é precioso. O silêncio pode-nos trazer excelentes respostas.
Às vezes a gente passa o tempo com perguntas internas pendentes e um belo dia descobre que é no silêncio que elas são respondidas de maneira serena e quase óbvia. Ah se eu soubesse que hoje compreenderia algumas coisas através do silêncio, não teria questionado tanto o meu destino. Não teria falado tanta bobagem, não teria dado ouvidos a tantas asneiras. Ter-me-ia poupado mais, ter-me-ia cansado menos.
O silêncio cala a razão e apazigua o coração. O silêncio diz coisas importantes a respeito das pessoas e dos seus sentimentos. O silêncio pode ser um NÃO delicado ou um SIM áspero. Ouvir o silêncio é óptimo, mas ficar em silêncio é muito melhor. Obviamente que não é emudecer para disfarçar a ira, como uma estratégia para chamar a atenção. O coração silencioso e manso sofre bem menos.
Jenima Pompeu, Pensamentos e Fragmentos

Ouvir o silêncio é óptimo, mas ficar em silêncio é muito melhor... 

Leoninamente,
Até à próxima

Sem comentários:

Enviar um comentário

PUBLICIDADE